21 de fevereiro de 2018

ABUDE CRITICA SESAB CAUSAR PREJUÍZO À SAÚDE E CONVOCA PROTESTO POPULAR

Na opinião do empresário, Ronaldo Abude, somente o clamor popular
poderá evitar que Itabuna perca os serviços de cardiologia e neurologia
O empresário e ex-presidente da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, Ronaldo Abude, está usando as redes sociais para criticar o cancelamento no próximo dia primeiro de março, dos contratos de serviço de cardiologia e neurologia, que eram mantidos pela Secretaria Estadual de Saúde com a Santa Casa de Itabuna. Abude denuncia que o Secretário Estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas, anuncia que esses serviços serão “ampliados”, quando na verdade estão sendo transferidos para o Hospital do Cacau em Ilhéus. Como consequência desse ato, Itabuna perderá R$ 700 mil dos já escassos recursos da Saúde, proveniente do Estado, e esse recurso será transferido para Ilhéus. Além disso, não só a nossa Santa Casa terá prejuízo, como toda população de Itabuna. O empresário ressalta, que esta perda é absurda e o povo itabunense deve manifestar sua indignação. Abude também critica a passividade das autoridades locais e indaga: “Será que de nada adianta a “parceria” do nosso prefeito com o governador Rui Costa? “Ilhéus merece e precisa desses serviços, porém não deveriam ser retirados os serviços de Itabuna. Se assim fizesse a Secretaria de Saúde do Estado estaria, de fato, fazendo uma ampliação dos serviços”, destacou o ex-presidente da ACEI. “Só mostrando nosso protesto e propagando em todas as redes sociais e na imprensa conseguiremos reverter essa situação. A convocação de Abude é para que todos se envolvam, pois somente o clamor popular, poderá fazer o governo desistir de cancelar os serviços de cardiologia e neurologia, que são realizados na Santa Casa de Itabuna.

LAVA JATO: WAGNER VIRA ALVO DE INQUÉRITO POR SUSPEITA DE RECEBER CAIXA 2

Candidatura de Wagner está em estágio moribundo!
Parte da estratégia de sua defesa, o ex-ministro e ex-governador Jaques Wagner virou alvo de inquérito por suspeita de recebimento de caixa 2, mas escapou de ser investigado por corrupção. Segundo informações da coluna Satélite, do jornal Correio, a mudança da tipificação foi conduzida pela defesa do atual secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, que é encabeçada pelo advogado Gamil Föppel – o crime previsto na legislação eleitoral raramente é punido com prisão. A apuração tem base nas delações da Odebrecht à Operação Lava Jato. Com a alteração, o caso passa ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que pode aceitar a denúncia, o que faria Wagner réu, ou arquivá-la. Como Föppel atua no âmbito do Direito Penal, Wagner agora está sendo defendido pelo advogado Pablo Castro, especialista em crimes eleitorais.

COM INTERVENÇÃO NO RIO, OPOSIÇÃO CRITICA NÚMERO DE HOMICÍDIOS NA BAHIA

Bahia é o Estado onde mais há assassinatos no Brasil
Em meio a uma intervenção federal no Rio de Janeiro, justificada pelo governo por causa dos índices de violência no estado, a bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) voltou a criticar o aumento no número de homicídios por aqui. Em nota divulgada à imprensa nesta terça-feira (20), o bloco destacou números do Mapa da Violência entre janeiro de 2015 a agosto de 2017, quando a Bahia superou os estados do Rio de Janeiro e São Paulo na quantidade de assassinatos. Segundo a oposição, nesse período, o estado teve teve 17.650 homicídios, contra 12.294 em São Paulo e 15.685 no Rio. O líder da oposição na AL-BA, Leur Lomanto Jr. (PMDB), atacou o governo pelos números. “A violência aumentou em todo o país, mas na Bahia houve um crescimento maior e que embora o governo estadual propague o combate nós não vemos isso se concretizar na prática. Os policiais continuam reclamando sobre a falta de estrutura e baixos salários e a população está cada vez mais insegura, com assaltos na zona rural e urbana, explosões de caixas eletrônicos e assassinatos. O tráfico de drogas invadiu as pequenas, médias e grandes cidades do estado e as respostas do estado ainda são mínimas. Consequentemente, trabalhadores, cidadãos baianos estão cada vez mais a mercê da marginalidade. Uma tristeza sem tamanho”, lamentou Leur.

STJ AFASTA MÁRIO NEGROMONTE DO CARGO NO TCM

Lugar de corruptos em países sérios, é na cadeia e não
em Tribunais, como julgadores de outros corruptos!
Além de tornar Mário Negromonte (PP-BA) réu por corrupção passiva, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu na tarde desta quarta-feira (21) também afastá-lo do cargo de conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios. A medida contra o ex-ministro das Cidades foi tomada até que esteja concluída a fase de instrução penal do processo. Na denúncia, apresentada pelo Ministério Público Federal (MPF) em outubro do ano passado, Negromonte é acusado de receber R$ 25 milhões em propina para beneficiar empresas do setor de rastreamento de veículos. A denúncia tem como base a delação premiada do doleiro Alberto Youssef e foi apresentada pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot. Após explicar o teor da acusação, Janot pediu que Negromonte seja afastado do TCM. 

RUI DÁ R$ 15 MI PARA A SAÚDE DE ILHÉUS E UMA BANANA PARA ITABUNA


Rui só tem dado abacaxi pra o povo de Itabuna descascar!
O Governador da Bahia, Rui Costa (PT), investirá R$ 15 milhões na área da saúde em Ilhéus, para ajudar na reestruturação do setor no município. Os recursos serão aplicados na reforma do Hospital Regional Luiz Viana Filho e para concluir 4 Unidades Básicas de Saúde (UBS), com remanejamento de mais de 200 servidores para a rede municipal. Segundo o governo do Estado, após a reforma o Hospital Luiz Viana Filho será transformado em uma maternidade de referência de alto risco, que contará com UTI neonatal e pediátrica, além de um moderno centro cirúrgico e obstétrico. Enquanto isso, faltam recursos do Estado em Itabuna, para solucionar graves crises financeiras que podem implicar em fechamentos do Hospital São Lucas e Centro Médico Pediátrico de Itabuna (Cemepi). E a gravidade das dificuldades a que estão submetidos os serviços públicos de Saúde em Itabuna, se estendem à asfixia de sustentabilidade da Santa Casa de Misericórdia e condições moribundas dos Postos Médicos da cidade. Estes fatos revelam, que o compromisso advindo do compadrio do prefeito de Itabuna, com o governador da Bahia, se restringiu a interesses políticos e eleitorais deles apenas. Eles querem votos de quem negam o direito de respeito e dignidade humana.

TEMER JÁ ROUBOU MUITA COISA, MAS MEU DISCURSO NÃO VAI ROUBAR, ATACA BOLSONARO


Todo petista está a temer Bolsonaro acabar com a máfia do Lula
Defensor da intervenção militar e do porte de arma, o pré-candidato à Presidência da República, deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), acusou o presidente Michel Temer (PMDB) de roubar seu discurso. “Temer já roubou muita coisa, mas meu discurso não vai roubar”, alfinetou. Um dos votos favoráveis ao decreto da intervenção federal no Rio de Janeiro, Bolsonaro acredita que a medida seria apenas paliativa e defendeu o que chamou de “retaguarda jurídica”. “Votei a favor, mas se fosse eu teria feito diferente. Tem que ter retaguarda jurídica, que antes mesmo de levar o tiro, você almeja o inimigo”, afirmou. Segundo ele, as Forças Armadas não terão como exercer adequadamente o seu trabalho. “É uma medida paliativa que vai durar entre 20 e 30 dias e depois vai voltar a tudo como é. Mas o que Temer fez foi uma intervenção política. Ele agora está sentado, deitado... Vou torcer que dê certo. Se der errado, vai jogar no colo das Forças Armadas”.

CUMA DESPERDIÇOU NO CARNAVAL, O DINHEIRO DA SAÚDE


Só não falta dinheiro para pagar contratos suspeitos
Depois do prefeito Fernando Gomes (Cuma), ter dilapidado mais de R$ 3 milhões para realizar o carnaval no início de janeiro, a prefeitura convive com graves dificuldades financeiras, que resultam na dramática falta de tiras para o teste de glicemia, essencial para os diabéticos da cidade. Enquanto bandas e atrações musicais locais, reclamam da inadimplência do prefeito, pacientes criticam a não disponibilização das tiras reagentes na Farmácia Pública Municipal e denunciam que este fato se arrasta desde dezembro do ano passado. Ou seja, a prefeitura teve muito dinheiro para investir em 4 dias de festa do Rei Momo, mas os pacientes de diabetes estão há mais de 80 dias sem um material imprescindível para o controle de uma doença que pode levar à morte. As tiras para o teste de glicemia, medem o índice de açúcar no sangue; devem ser distribuídas gratuitamente e o que mais causa indignação, é que a Prefeitura recebe verbas específicas do governo federal para a distribuição do produto e isto não está acontecendo. A promessa de regularizar o fornecimento vem desde dezembro, quando alegaram que em janeiro o serviço estaria regularizado. Janeiro já passou, fevereiro está passando e não há previsão e explicação para esta negligencia. JOGO DE EMPURRA-EMPURRA: A secretária de Saúde de Itabuna, Lísias Miranda, afirma só ter sido informada sobre a falta das fitas na sexta-feira (16), apesar das reclamações virem desde dezembro. Ela diz que o almoxarifado tem 200 caixas com 50 tiras cada. Segundo a secretária, o coordenador de Assistência Farmacêutica, Wanderlei Machado, não fez o requerimento do material. Por sua vez, Wanderlei garante que ele não sabia que havia material e, desmentindo a secretária, afirma ter pedido sim o insumo, no dia 2 de janeiro. Enquanto um setor da Prefeitura joga a responsabilidade em outro, os diabéticos de Itabuna que dependem do medidor permanecem menosprezados e tratados com pouco-caso.