30 de setembro de 2010

O ANALFABETO POLÍTICO

"O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe que o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que da sua gnorância política nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos que é o político vigarista, pilantra, o corrupto e lacaio dos exploradores do povo." Nada é impossível de Mudar "Desconfiai do mais trivial, na aparência singelo. E examinai, sobretudo, o que parece habitual. Suplicamos expressamente: não aceiteis o que é de hábito como coisa natural, pois em tempo de desordem sangrenta, de confusão organizada, de arbitrariedade consciente, de humanidade desumanizada, nada deve parecer natural. Nada deve parecer impossível de mudar." Privatizado "Privatizaram sua vida, seu trabalho, sua hora de amar e seu direito de pensar. É da empresa privada o seu passo em frente, seu pão e seu salário. E agora não contente querem privatizar o conhecimento, a sabedoria, o pensamento, que só à humanidade pertence." (Bertolt Brecht) - www.bassuma43.com.br

AUGUSTO CASTRO E FÉLIX MENDONÇA JÚNIOR SÃO ACLAMADOS EM ITAPÉ

Uma grande caminhada seguida de “buzinaço” e “apitaço” animou a campanha dos candidatos a deputados Augusto Castro (estadual) e Félix Mendonça Júnior (federal), no município de Itapé. Eles lideraram uma caravana que contou com a presença de inúmeras lideranças políticas e comunitárias, correligionários, amigos e eleitores dos candidatos que levantaram bandeiras e demonstraram a união dos dois políticos naquele município. Durante o cortejo foi iniciado um “adesivaço” com a presença de vereadores, ex-vereadores e também do ex-candidato a prefeito Humberto Mattos, dentre outros políticos. Augusto Castro e Félix Mendonça Júnior foram intensamente saudados por moradores de diversos bairros que saíram de suas casas para externar o apoio a eles no dia 3 de outubro. O ponto alto da festa foi na praça Helena Iglessias da Fonseca, centro da cidade, onde o grupo foi aclamado. O local ficou completamente lotado de pessoas de várias idades que foram ouvir as principais propostas de trabalho. O ex-candidato a prefeito, Humberto Mattos aproveitou a oportunidade para também lembrar a falta de compromisso do atual gestor com a população de Itapé. De forma sistemática o prefeito Jackson Rezende atrasa o pagamento do salário dos funcionários e que tem cerca de dois meses que não paga os prestadores de serviço e nem os fornecedores. Os coordenadores do evento asseguram que foi uma das maiores manifestações organizadas até o momento por Augusto Castro e Félix Mendonça Júnior naquele município. José Silva, que faz parte da campanha do de Augusto Castro e presente no acontecimento, disse que foi grande o carinho da população de Itapé. “A festa teve a mesma concepção da anterior, principalmente em termos de público. O seu povo ordeiro recebeu mais uma vez de braços abertos os seus reais representantes na Assembléia Legislativa e Câmara Federal”.

SEGURANÇA GARANTIRÁ ELEIÇÕES NO DOMINGO

Faltam três dias para a eleição de geral de 3 de outubro. No próximo domingo, milhões de cidadãos brasileiros irão às zonas eleitorais para escolher a nova representação política do país. Serão eleitos os novos deputados estaduais, federais, senadores, governadores e presidente da República. A proximidade do pleito deixa a sociedade alerta, especialmente os segmentos que trabalharão na data para garantir que o processo ocorra com tranqüilidade. O objetivo é assegurar que os eleitores não sofrerão qualquer tipo de pressão por parte dos candidatos. E, para isso, os olhos da Justiça Eleitoral estarão atentos. Não custa lembrar que a cobertura policial vai desde o centro da capital até os municípios mais distantes e de mais difícil acesso da Bahia. O trabalho envolve todos os batalhões da Polícia Militar e Bombeiros, além do reforço da inteligência da Polícia Civil. A Segurança Nacional, representada no Estado pelas polícias Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF), também estará em ação para reprimir o tráfico de drogas, os crimes eleitorais e os abusos no trânsito das estradas. O aparato é grande e já está organizado, torcendo, inclusive, para que o uso da força não seja necessário. No entanto, a ação repressiva vai depender do comportamento dos cidadãos em relação às leis, seja no trânsito, nas residências, nos bairros, nas ruas ou nos locais de votação.

MANIFESTO PELA DEMOCRACIA

O candidato a Dep Federal (4331) Marcos Espinheira posiciona-se a favor da democracia brasileira e de forma muito empenhada trabalha para a renovação do quadro político defendendo a postura muito ética e séria da candidata Marina Silva à Presidência do Brasil restituindo o orgulho de sermos brasileiros. A alternância do poder é e deve ser prática saudável no cenário político, onde e quando novas visões de governância se faz presente na busca de governos mais sérios, muito mais justos e honestos reduzindo o aparelhamento de qualquer dos partidos e consequentemente a famigerada CORRUPÇÃO, IMPOSTO INVISÍVEL de muitos danos econômicos, sociais e ao patrimônio moral da comunidade brasileira. Sou contra a compra de votos.À distribuição de cestas básicas, à distribuição de brindes e de todos os outros artifícios da malandragem instituída pelo Presidente Lula. (Marcos Espinheira - Deputado Federal 4331).

ONDA VERDE DE MARINA COLOCA EM RISCO VITÓRIA DE DILMA

A onda verde lançada por Marina na semana passada provocou uma ressaca na maré vermelha que tem preocupado demais os petistas nos últimos dias. Os eleitores da esquerda parecem descobrir que o rei está nu e que existe uma terceira via na eleição. Marina passou de 11% para 14% em menos de 15 dias e vem crescendo no vácuo dos escândalos da roubalheira na Casa Civil, já que a campanha morna de Serra não se mexe pra cima, nem pra baixo. E assim ela tira votos de Dilma. A candidata do PV é sincera nos seus discursos, tem uma biografia de superação incomparável, que comove o povo brasileiro e representa uma reserva ética na política, coisa rara nos dias de hoje. Diante dos desmandos cometidos pelo PT, pelo governo Lula e aliados de Dilma, Marina vem atraindo os insatisfeitos da esquerda que ainda guardam esperança em dias melhores. A igreja católica em parceria com algumas denominações evangélicas também abriram fogo contra Dilma por questões assumidas intempestivamente pela candidata petista, como defesa do aborto, do casamento gay e da censura a imprensa. Anote: o segundo turno está nascendo de dentro do ovo da serpente.

RENOVAÇÃO & ÉTICA NA POLÍTICA

Prezados amigos, prezadas amigas, caso vcs ainda não tenham candidato(a) a deputado estadual, peço-lhes que nos apóie na construção de um mandato comprometido com as universidades baianas e com o desenvolvimento regional sustentável. Peço-lhes que nos auxilie na divulgação do nosso material de campanha. MARCOS FERREIRA (Prof. da UESB) - DEPUTADO ESTADUAL - PARTIDO VERDE - 43 210.

CEI DA CÂMARA TERÁ O PRAZO PRORROGADO

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) criada pela Câmara de Vereadores de Itabuna para investigar supostos desvios de recursos no legislativo terá o prazo prorrogado por mais 30 dias. De acordo com o relator da CEI, Claudevane Leite, o relatório estava previsto para ser entregue amanhã (30), mas para finalizar o trabalho ainda é necessário ouvir as empresas que tiveram os contratos rompidos. “O relatório final está prestes a ser concluído. Acredito que antes do dia 30 de outubro o trabalho será finalizado”, explicou Claudevane. Claudevane informou que a prorrogação do prazo foi necessária pois o trabalho está sendo mais aprofundado. “Apuramos também os empréstimos consignados da Câmara e para terminar o relatório iremos ouvir as pessoas responsáveis pelas empresas envolvidas nas supostas irregularidades”. O relator afirmou que fizeram também um estudo da legalidade dessas empresas. Segundo Vane, a sociedade cobra uma resposta do Poder Legislativo. “Todos os membros da CEI estão empenhados para concluir o trabalho e esclarecer as denúncias feitas nos meios de comunicação”. Vane completou que compete ao Legislativo apenas a função fiscalizadora e o relatório final da Comissão será remetido para o Ministério Público, Tribunal de Contas dos Municípios, além da Ordem dos Advogados.

AUGUSTO CASTRO E EDSON DANTAS FAZEM PANFLETAGEM E CARREATA EM UBATÃ

O candidato a deputado estadual pelo PSDB, Augusto Castro, ao lado do candidato a deputado federal Edson Dantas, do ex-vice-prefeito de Ubatã, Expedito Rigor, do empresário musical Luizinho, da banda Trio da Huanna, participou caminhada e de carreata em Ubatã. A comitiva foi recebida festivamente pelos moradores que saíram às ruas para cumprimentar, abraçar e tirar fotografias ao lado dos políticos. O ato se transformou num verdadeiro "corpo-a-corpo" junto ao eleitor, nas ruas centrais. A carreata percorreu as principais ruas da cidade e terminou na principal praça com um comício-relâmpago, onde cerca de duas mil pessoas acompanhava a caravana. O cortejo teve a participação de carros, motos e bicicletas, de forma voluntária. Augusto Castro estava também acompanhado por lideranças políticas locais e regionais, com o intuito de reforçar o apoio aos candidatos. Na oportunidade, Augusto Castro agradeceu o apoio da população de Ubatã e reforçou a necessidade de unir forças para o seu projeto e o de Edson Dantas possam ser viabilizados a partir do próximo ano, na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. “Só assim, este município e demais cidades do sul da Bahia, se Deus quiser, passam a ter de verdade seus legítimos representantes tanto em Salvador como em Brasília”. O trabalhador rural aposentado Euclides José dos Santos disse que ficou admirado diante do grande número de pessoas que acompanhava a caravana. Afirmou que estava indeciso diante da escolha dos candidatos a deputado estadual e federal, “mas agora estou ciente das minhas convicções, depois de ouvi as propostas dos dois moços, que demonstra que são pessoas bem populares e simples”. Em Ubatã, Augusto Castro faz “dobradinha” política com Edson Dantas.

29 de setembro de 2010

TSE BARRARÁ OS FICHAS-SUJAS BAIANOS

De acordo com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, a Corte deve barrar os nove fichas sujas baianos que foram liberados pelo TRE local para concorrer nas eleições deste ano. A decisão final sobre a possibilidade de assumir os mandatos, entretanto, está mesmo nas mãos do Supremo (STF), que avalia a validade da Lei da Ficha Limpa para este ano. “A jurisprudência do TSE hoje, amplamente majoritária, é no sentido que a lei vale para estas eleições”, endossou. Em visita ao TRE da Bahia, nesta segunda, o magistrado entende que, a indefinição no STF só terá fim quando for nomeado outro ministro para a vaga de Eros Grau, que se aposentou em agosto. A disputa está empatada em 5 a 5. “Provavelmente teremos que aguardar a nomeaçãodo11 º ministro do Supremo para desempatar a questão”, disse Lewandowski. Informações do A Tarde.

AUGUSTO CASTRO PARTICIPOU DE CAMINHADA EM ILHÉUS

O candidato a deputado estadual pelo PSDB, Augusto Castro, nesta última semana de campanha eleitoral tem intensificado suas visitas a diversos municípios de várias regiões do estado. Um dos objetivos é levar os pontos básicos de sua plataforma de trabalho que será colocado em prática a partir do próximo ano, na Assembleia Legislativa. Ao lado de expressivas lideranças políticas e comunitárias, o candidato participou na zona sul de Ilhéus, neste final de semana, de encontro com moradores. Acompanhado de comitiva formada pelo candidato a deputado federal pelo PPS, professor Ed Brasil, pelo ex-prefeito de Ilhéus, Antonio Olímpio, pelo presidente da executiva ilheense do partido, Flory Nonato (Quito), pelo ex-vereador José Cruz e por inúmeras lideranças políticas e comunitárias de Itabuna e do município, Augusto Castro fez corpo-a-corpo e depois seguiu em carreata. A comitiva visitou diversas ruas dos bairros Barreira, Nelson Costa e Hernani Sá (ex-Urbis). O encerramento da manifestação foi em frente da Central de Abastecimento da Zona Sul. Por onde a comitiva liderada pelo candidato a deputado Augusto Castro passava os moradores saíam de suas casas para abraçá-lo, ouvir suas mensagens de carinho, programa de governo e confirmar o apoio político no dia 3 de outubro. Durante a receptividade grupos de voluntários aderiram à caravana e a partir daí foi se formando um “apitaço” e “buzinaço”, sempre apoiado por carros, motos e bicicletas. Um público de cerca de 800 pessoas participou da carreata e movimentou as ruas e o comércio dos bairros.

BANCÁRIOS ENTRAM EM GREVE A PARTIR DE HOJE

Após quatro rodadas de negociação, os bancários baianos decidiram na noite de terça-feira (28), aderir ao movimento nacional e deflagraram greve por tempo indeterminado. De acordo com Adelmo Andrade, diretor de imprensa e comunicação do Sindicato dos Bancários da Bahia, a categoria reivindica reajuste de 11%, maior participação nos lucros, dentre outros benefícios. A decisão foi tomada na noite de ontem, no ginásio do sindicato nos Aflitos, onde hoje também está marcada nova assembléia para avaliar o movimento. “A greve foi decidida de forma unânime. Todos os sindicatos aprovaram e o movimento é nacional. Além do reajuste de 11%, reivindicamos maior participação dos lucros, já que os bancos brasileiros, no último semestre, tiveram lucro acima de R$ 24 bilhões”, afirmou Andrade. Segundo ele, as negociações não tiveram avanço. “Os banqueiros ofereceram 4,29% de reajuste, o que não repõe nem a inflação. Além disso, não aumentariam a participação nos lucros. Foi a gota d’água. Quatro rodadas e nada avançou. Não existe aumento real. Decidimos parar”, completou. Duas outras questões estão na pauta de reivindicação, como o fim das metas impostas pelos bancos e a isonomia, ou seja, direitos iguais em termos de recebimento de benefícios para concursados. Mais de 20 mil bancários estão de braços cruzados a partir de hoje no estado, decisão em sintonia com a da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Financeiro (Contraf), que contesta a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) de reajuste salarial de 4,29%. De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Euclides Fagundes, disse que a oferta patrimonial foi muito abaixo do pedido. “Diversas categorias ganharam aumento real, já os bancos, organizações que mais lucram neste país querem apenas pagar é a reposição inflacionária”, concluiu. (Lívia Veiga).

RENATO COSTA INTENSIFICA CAMPANHA EM ILHÉUS

O candidato a deputado estadual Renato Costa, recebeu o apoio de lideranças da zona sul de Ilhéus. O Grupo Corrente da Vitória mostrou sua força, e veio disposto a aumentar substancialmene a votação de Renato Costa na cidade, principalmente na zona sul. No domingo (Dia 26 de setembro), o grupo promoveu uma caminhada pelos bairros Hernani Sá, Nelson Costa, e Santo Antonio de Pádua com o candidato Renato Costa. Dois outros grupos estão apoiando o candidato em Ilhéus e distritos. A chuva caiu insistentemente, mas o povo não arredou o pé.O locutor oficial do grupo, Marcelo Lavigne, conclamou as centenas de pessoas que estavam presentes, a participar da caminhada, que com certeza dará uma visibilidade ímpar na campanha de Renato Costa em Ilhéus.

“ESTAMOS REVERTENDO A SITUAÇÃO DAS PESQUISAS”, DIZ MARINA SILVA

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, afirmou nesta terça-feira (28), em Belém (PA), que é possível reverter a desvantagem apontada pelas pesquisas de intenção de voto e chegar ao segundo turno. “Nós já estamos revertendo a situação das pesquisas", disse Marina. "Hoje, a onda verde não para de crescer", acrescentou. Segundo as últimas pesquisas de intenção de voto, Marina Silva está em terceiro lugar na corrida presidencial. Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostra a candidata do PT à Presidência da República, Dilma Rousseff, com 46% das intenções de voto. O candidato do PSDB, José Serra, aparece com 28%. Marina Silva tem 14%. Marina disse estar "inteiramente confiante" na possibilidade de chegar ao segundo turno. "(Estou) confiante na consciência do cidadão e da cidadã, na sua capacidade de querer um Brasil cada vez melhor, que mantém as conquistas, repare os erros e encare os novos desafios da saúde, educação, da segurança pública e da melhoria da qualidade de vida”, afirmou. A candidata afirmou que sua presença em Belém significa um "compromisso com os amazônidas e com toda a nossa região pelo desenvolvimento sustentável, o uso com inteligência das nossas riquezas para que a nossa população possa viver cada vez melhor”. Marina defendeu a implementação de projetos de desenvolvimento sustentável para a Amazônia. "Isso é o plano de desenvolvimento sustentável que eu fiz durante a minha gestão no ministério do meio ambiente que nunca foi implementado e que com certeza será implementado durante a minha gestão em parceria com os governadores e os prefeitos, independentemente de partido”.

AS ELEIÇÕES ESTÃO PRÓXIMAS

Estamos na última semana de campanha eleitoral. As horas, minutos e segundos passam rapidamente. Todo tempo é pouco para os candidatos e candidatas buscarem do eleitorado apoio através do poder de convencimento. Cada um que use seus últimos contatos com os eleitores e eleitoras, exibindo seus programas de governo, ou seus planos como futuros legisladores. Finalmente, o dia “D”, no caso 3 de outubro próximo, chegará repleto de sonhos e esperanças para os postulantes aos cargos eletivos, enquanto o povo eufórico toma o leito das ruas e avenidas em direção aos locais de votação com o intuito de escolher os melhores para representarem o Brasil e a Bahia. É o dia mais importante da nossa democracia, onde o voto é expressado na vontade livre e soberana do cidadão e cidadã. Na data supra referenciada estaremos a defender a bandeira por nós escolhida, que com certeza irá tremular como chamamento para cumprirmos com a obrigação outorgada pela nossa Constituição. Durante a campanha assistimos às propostas as mais utópicas. A bem da verdade, tivemos a oportunidade de conhecer ótimos candidatos e candidatas com o poder de expressão da melhor qualidade. Dignos de representarem nosso Estado em quaisquer situações políticas ou até mesmo sociais. O debate ocorrido entre os concorrentes em uma das redes de TV local foi muito proveitoso, desde os preparativos da emissora de comunicação até a postura dos debatedores. Todos demonstraram elevado conhecimento de causa e controle emocional. Não houve perdedor, muito menos ganhador. Estiveram no mesmo nível de comunicação com o público. Quanto à essência e o teor da polêmica ficam por conta dos telespectadores, que certamente farão seu julgamento quando estiverem diante da urna eletrônica que direcionará a vitória dos prediletos e prediletas do eleitorado. Aguardaremos os resultados da apuração. Não importam os eleitos ou eleitas. O importante é que candidatos ou candidatas eleitos cumpram fielmente com o prometido nos palanques e através dos órgãos de comunicação. Após diplomados esqueçam as divergências partidárias e passem a trabalhar em benefício da população, com projetos que atendam aos anseios das comunidades, visto que a partir daí todos e todas passem a acreditar que todo poder vem de Deus e só em seu nome será exercido. O homem é apenas um instrumento dotado de uma inteligência que poderá ser usada para o bem ou para o mal. Na oportunidade queremos almejar ao povo brasileiro, particularmente aos baianos e baianas, uma feliz eleição, acompanhada de uma opção sincera, desprovida de interesse material e mais uma conscientização persistente no cumprimento do dever cívico. Nossa Pátria e o Estado da Bahia esperam que seus filhos e filhas pensem antes de votar, para não lastimarem no amanhã o leite derramado e, por tal erro, por acaso cometido, perderem mais uma oportunidade de mandar para casa os demagogos e aproveitadores do dinheiro público que tanto faz falta aos necessitados e injustiçados deste Brasil continental.

EDVALDO BRITO DEFENDE VALIDADE IMEDIATA DA FICHA LIMPA

O candidato do PTB ao Senado, Edvaldo Brito, se posicionou ontem favorável à aplicação da Lei Ficha Limpa já para as eleições deste ano. Durante um almoço com a imprensa, o candidato, que é vice-prefeito de Salvador e um dos maiores especialistas em Direito Tributário do país, disse que estaria ao lado da população na hora de dar seu voto, caso integrasse o Supremo Tribunal Federal (STF). Na última semana, cinco ministros votaram a favor da lei, enquanto outros cinco defenderam sua aplicação somente em 2012. Para Edvaldo Brito, parte dos integrantes da Corte se respaldou em argumentos técnicos para votar, enquanto os outros cinco ministros optaram por atender ao clamor da população, já que a Lei Ficha Limpa é fruto de um projeto de iniciativa da própria sociedade. O candidato, que já foi convidado para integrar o STF, disse ainda que a preocupação é não gerar uma jurisprudência que adiante possa ser usada em casos que não possuem o mesmo apelo social. Durante o almoço, o jurista considerou ainda como “um equivoco” o posicionamento da candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, que deu a eleição para o governo baiano como encerrada. Na última semana, a presidenciável deixou claro que não se empenhará na campanha do candidato Geddel Vieira Lima, porque ele “não vai bem” nas pesquisas e que por isso prefere garantir logo a reeleição do governador Jaques Wagner. Para ele, isso é, “no mínimo, um desrespeito ao baiano”. Citando um a um o nome dos jornalistas presentes, o candidato falou sobre sua história de vida, da decisão de retornar à política em 2008 (por influência do filho, Antonio Brito) e admitiu a possibilidade de candidatar-se a prefeito da capital, em 2012. Isso, caso a decisão parta da própria população. “A decisão tem que ser tomada pelo povo”, ressaltou, ao afirmar que não fala em derrota nesse pleito, “porque aqui na Bahia tem um anjo da boca torta que pode dizer amém. Então, sempre falo em vitória, confio na vitória, e posso dizer a vocês que, qualquer que seja o resultado, valeu a pena, sairei vitorioso”, disse, ao citar a candidata do PV, Marina Silva, que afirmou estar trabalhando para vencer a disputa, mas, se perder, deseja perder ganhando. O vice-prefeito disse ainda não ter conversado com o prefeito João Henrique sobre questões políticas, porém, ressaltou que não abrirá mão “da responsabilidade dos votos que a população de Salvador nos deu em 2008”. (Osvaldo Lyra).

DATAFOLHA: AUMENTA A CHANCE DE HAVER 2° TURNO

Nova pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (28), a seis dias da eleição, aponta que a soma dos demais candidatos à Presidência está apenas 2 pontos menor que a intenção de votos obtida pela petista Dilma Rousseff. Desta forma, é grande a chance de haver segundo turno na corrida presidencial. O levantamento, que foi às ruas nesta segunda-feira, aponta que Dilma perde votos em todos os estratos da população. Considerados apenas os votos validos, como calcula o TSE, Dilma perdeu 3% nos últimos cinco dias (54% para 51%). O candidato do PSDB à Presidência, José Serra, oscilou positivamente, de 31% para 32%. Marina Silva, do PV, também cresceu, para 16%, ante os 14% que tinha na última pesquisa, realizada entre os dias 21 e 22 de setembro.

PRESIDENTE DA CÂMARA MOSTRA TRANSPARÊNCIA DO LEGISLATIVO

A Câmara Municipal de Itabuna passou por muitas adequações a partir da redução do duodécimo, em virtude de determinação resultante de emenda constitucional. Por conta disso, o presidente desta casa legislativa, vereador Clóvis Loiola de Freitas, tomou algumas decisões para adequá-la à nova realidade. De acordo com o presidente Loiola, inicialmente a Mesa Diretora da Câmara instalou uma comissão de servidores para acompanhar o fluxo de pagamentos, tendo ainda como objetivos detectar e notificar a existência de eventuais problemas de destinação incorreta dos recursos. “Infelizmente essa comissão não foi bem sucedida, porque os departamentos não liberaram as informações necessárias”, lamenta Loiola. Ainda na tentativa de dar maior transparência aos gastos do legislativo, foi instalada nova comissão, esta formada pelos vereadores Ricardo Bacelar, Claudevane Leite e Wenceslau Júnior. Depois de analisar a situação do legislativo, eles elaboraram um parecer e o emitiram à presidência da casa. Diante dos fatos elencados, Clóvis Loiola decidiu exonerar no início do mês de agosto os ocupantes dos cargos de diretor de Recursos Humanos, diretor Administrativo, chefe do setor de Controle Interno e, além de dissolver a comissão de licitação. Em seguida, nomeou Antônio Carlos Costa para a diretoria dos Recursos Humanos e Eduardo Menezes para diretoria administrativa. Loiola salienta que pediu o auxílio de técnicos e, com base nos dados levantados no mês de setembro nos setores de contabilidade e recursos humanos, foi entregue um relatório à CEI (Comissão Especial de Inquérito) que investiga irregularidades no legislativo. Com base nesse relatório e após entendimentos com os vereadores, o presidente da Câmara decidiu exonerar Eduardo Menezes para dar mais celeridade aos trabalhos da CEI. “Estamos vivendo um momento delicado no legislativo e a sociedade precisa ser informada sobre todas as decisões para garantir a transparência da Câmara”, afirma Loiola. O vereador completou que a Câmara está aberta à sociedade e que a população pode confiar na atual gestão, que está comprometida com a moralização da casa.

28 de setembro de 2010

OTTO ALENCAR AMEAÇA PROCESSAR BASSUMA, QUE MANTÉM ACUSAÇÕES

O candidato a vice na chapa de Jaques Wagner (PT), Otto Alencar (PP), prepara um processo na Justiça contra o candidato do Partido Verde, Luiz Bassuma. O motivo: Otto se sentiu caluniado por receber acusações, segundo ele infundadas, de corrupção na Secretaria de Saúde do Estado durante a sua gestão – entre 1991 e 1994. As acusações, repetidas diversas vezes durante esta campanha eleitoral, foram reiteradas no debate realizado pela TV Aratu, na noite de domingo, 19, entre os candidatos ao governo baiano. Os advogados de Otto Alencar solicitaram à emissora cópia das gravações do debate, para usarem como prova contra Bassuma. “Ele me fez acusações sem nenhuma prova. É leviano que um parlamentar aja assim”, disse Otto. LIVRO - Bassuma fundamenta suas acusações em um livro escrito pelo médico e ex-diretor do Hospital Clériston Andrade, Eduardo Leite, chamado Política e Corrupção na Saúde. Em seu blog, o médico diz que Otto “representava a cabeça de chave desses esquemas e a ligação com os empresários que exploram a doença”. Ele rechaça qualquer acusação e cita, como exemplo, um ofício recebido em 1994 da então diretora de administração e finanças do Sistema Único de Saúde (SUS), Clemilce Sanfim de Carvalho, no qual, segundo Otto, ela o parabeniza por ter liquidado pendências financeiras herdadas do exercício anterior e ter aplicado toda a verba disponibilizada para a secretaria por meio do SUS. “Nunca tive uma conta rejeitada, nem mesmo pelo Tribunal de Contas da União, que é muito rígido. Sou completamente ficha-limpa”, afirmou. UNIDADES DE SAÚDE - Sobre as acusações de que teria privatizado o sistema de saúde baiano, ele diz que construiu 112 unidades de saúde, citando a Maternidade de Cajazeiras e o Hospital de Base de Vitória da Conquista, como exemplos. “Pelo contrário, credenciei todos os hospitais no SUS”, afirma. Procurado ontem pela reportagem, Bassuma manteve suas declarações. “Me sinto honrado em ser processado por lutar contra a corrupção e defender os interesses do povo. Todas as acusações estão documentadas nos dois livros de Dr. Eduardo Leite, que mostrou a corrupção tanto na gestão atual de Wagner como nas anteriores”, disse. O atual secretário de Saúde, Jorge Solla, ressaltou que o livro de Eduardo Leite não mostra nenhum esquema de corrupção, mas fala só de problemas de gestão, como atrasos em obras de reforma. “Já falei a Bassuma que, se houver denúncia de corrupção, pode nos apresentar que vamos apurar”, afirmou.

DOMINGO QUE VEM TEM PRAZO DE VALIDADE VENCIDA PARA QUEM TEM FICHA SUJA

No próximo domingo o Brasil viverá mais uma grande festa democrática com a eleição do novo Presidente da República, senadores, governadores, deputados federais e estaduais. Os habitantes de mais de 5.500 municípios brasileiros e os das capitais estarão cumprindo com o seu dever cívico, escolhendo aquelas pessoas que irão comandar os seus destinos. Em meio ao turbilhão de projetos e promessas difundidas, sobra ao povo a esperança de que os eleitos trabalhem com entusiasmo pelos seus cidadãos, pelas suas comunidades. O povão não sabe que da sua decisão dependerá o seu destino. Em troca de um sapato ou de uma cesta básica, ele está enterrando o progresso, aumentando a prostituição infantil, o número de menores abandonados e o pior, fazendo crescer o vigarismo político. Portanto, o voto consciente é a principal arma para combater a prática da corrupção que corroi o tecido social e está na miséria do país. Em tempos modernos, de grande evolução cultural, é imensa a responsabilidade dos partidos em saber selecionar os candidatos e o eleitor saber escolhê-los. Nenhuma conquista democrática pode beneficiar-se sem esse esforço fundamental. Agora mesmo a OAB, a Igreja e outras Entidades, convocam a população para uma tomada de consciência no sentido de eliminar os candidatos que têm “ficha suja”. Numa análise mais profunda do quadro atual da política brasileira, podemos ver que a situação tende a melhorar em relação aos erros, a falta de ética de muitos políticos, considerando que hoje todos estão super vigiados pela Polícia Federal, pela Justiça e pelo próprio povo. Estamos vivendo uma globalização da violência no mundo moderno. Nossas crianças estão aí, nascendo num percentual de 1.100 por hora aqui no Brasil e precisam crescer e serem bem tratadas e não abandonadas. Tenho certeza que na medida em que o tempo vai passando vão se reduzindo os hábitos para o fisiologismo, os afagos, favores, maracutaias, folgas, benesses, em troca de apoio político por verbas. O famoso bordão “tudo termina em pizza”, tende a se tornar cada vez menos verdadeiro. Os eleitos têm que se conscientizar que não podem ficar indiferentes aos grandes problemas sociais que afligem parte considerável de uma comunidade carente. Aos políticos egoístas pouco se lhe dá que existam boas escolas, boas estradas, boa legislação trabalhista, amparo à lavoura e à saúde. O que lhes parece importante é que ele e os seus estejam bem, que os seus negócios prosperem. Portanto, no próximo domingo os eleitores têm em mãos o seu destino, procurando escolher os melhores para realizar o progresso e o bem-estar de sua comunidade. Eu gostaria de lembrar aos políticos que erram, a célebre frase de Santo Agostinho: “Todas as vezes que você sai dos seus limites, sua vida se transforma num inferno”.

AUGUSTO CASTRO É RECEBIDO COM FESTA NO BAIRRO FONSECA

O candidato a deputado estadual Augusto Castro foi recebido com festa neste final de semana, no bairro Fonseca, numa recepção acabou se transformando numa caminhada que atraiu um número ainda maior de moradores. Organizada pela liderança política do bairro, o suplente de vereador Piçarra, a manifestação percorreu as principais ruas da localidade e a cada visita nas casas os moradores saíram às ruas para cumprimentá-lo e deixar seu apoio. Na oportunidade, Augusto Castro agradeceu o apoio espontâneo dos inúmeros, o carinho com que foi recebido e aproveitou para reforçar a necessidade de unir forças na sua caminhada rumo à Assembléia Legislativa. AUGUSTO CASTRO E JUTAHY JÚNIOR SÃO ACLAMADOS EM IBICARAÍ - Ao participar de mais uma carreata no município de Ibicaraí, Augusto Castro, acompanhado do deputado estadual Jutahy Magalhães Júnior, foi novamente aclamado por onde passou pelas ruas centrais da cidade. Acompanhado pelo líder político do município, Luizinho, um dos integrantes do grupo musical Trio da Huanna e de lideranças comunitárias da região, a caravana se deslocou para a localidade rural de vila Santa Isabel, onde a comitiva foi novamente aplaudida. Em seguida, o grupo saiu em carreata, mostrando sua força política pelas ruas e avenidas de Ibicaraí. Os coordenadores da manifestação população de Augusto Castro no município asseguram que foi um dos maiores comícios e carreatas que o candidato promoveu na cidade que nasceu.

LULA DIZ NÃO ACREDITAR EM PESQUISAS

Em época de eleições, uma pesquisa de intenção de votos vale ouro. Mas só para quem está levando a vantagem. E o presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabe bem disso. Durante um comício na região central de Porto Alegre nesta sexta-feira (24), ele comentou a pesquisa Ibope/Estado/Rede Globo, que mantém Dilma na liderança, com 50%. "O PT nunca foi de acreditar em pesquisa, mas quando ela é boa a gente acredita", afirmou. Na reta final de campanha, o presidente fez um pedido à militância petista para não aceitar provocações. "Vamos agir sem raiva, sem brigas, sem aceitar provocações", disse Lula. "Tem de rir para quem está bravo e ser calmo com quem está nervoso", afirmou, sem citar o nome de José Serra (PSDB), adversário da petista Dilma Rousseff. Para Lula, Dilma vencerá as eleições e não enfrentará a "herança maldita" que ele encontrou quando assumiu a Presidência. Antes de Lula, Dilma discursou por 20 minutos. "No dia 3 de outubro, vamos provar que uma mulher pode sim governar o Brasil. Vamos seguir o exemplo do presidente e comprovar que uma mulher pode cuidar do povo como um metalúrgico já fez", pediu a candidata petista. A Brigada Militar calculou que 15 mil pessoas estiveram no largo em frente ao Mercado Público de Porto Alegre para assistir ao comício, onde Lula pediu votos para o candidato do PT a governador do Rio Grande Sul, Tarso Genro, e para os candidatos a senador Paulo Paim (PT) e Abigail Pereir (PCdoB) e para os deputados petistas.

GEDDEL APOSTA NO 2º TURNO NA BAHIA

O candidato a governador pela coligação “a Bahia tem pressa”, Geddel, disse na praça do bairro Santo Antonio, no último sábado, que pretende começar por Itabuna, dia 04 de outubro, a campanha do segundo turno. Junto com outros integrantes da coligação, ele participou de grande carreata pela cidade. “Vamos todos pra rua, vamos acreditar na virada”, conclamou. Na oportunidade, Geddel lembrou ter visto o filme “da virada” há quatro anos, quando pesquisas apontavam a vitória de um candidato, mas a vitória terminou sendo de outro. A manifestação, que reuniu cerca de mil veículos, saiu das proximidades do 15º Batalhão da Polícia Militar, no bairro Jardim Primavera, passou pelo bairro São Caetano, avenidas do Cinquentenário, Juracy Magalhães, Bionor Rebouças, Amélia Amado, Ilhéus e Itajuípe, além dos bairros Fátima, Califórnia, Santa Inês e Santo Antonio. Num carro aberto, Geddel desfilou ao lado de nomes como o candidato a Senador, César Borges, o candidato a deputado estadual Renato Costa e o ex-prefeito Fernando Gomes, coordenador da campanha na região. Autoridades e lideranças políticas de várias cidades da região registraram presença no evento. À medida que a carreata passava pelas ruas, era possível ver faixas nas casas com o nome de Geddel, assim como manifestações de pessoas nas portas, em apoio ao candidato. Acenos e demonstrações de carinho foram destacados por Geddel como um incentivo nesta reta final da campanha. Entre os carros que acompanharam o ato político, muitos plotados com o nome de Renato Costa, assim como de outros candidatos a deputado que integram a coligação.

PONTOS PRINCIPAIS DO PLANO DE GOVERNO DO CANDIDATO LUIZ BASSUMA

Recuperar os três setores mais deficitários do governo que são Educação, Saúde e Segurança. Fazendo isso o primeiro passo será bem dado. O governo precisa trazer o prazer de aprender aos jovens e adultos, é necessário garantir educação integral e de qualidade a todo cidadão e acabar com o analfabetismo funcional. Vamos dar autonomia para diretores, pais e alunos trabalharem as necessidades especiais de cada instituição. Investiremos na qualificação dos profissionais de educação e melhoraremos os seus salários, vamos ampliar as atividades extracurriculares nas escolas como Teatro, Dança, Música e Esportes. Será também um compromisso nosso oferecer gratificações para estudantes que atuarem na escola e sociedade como promovedores do bem estar social e cuidado com o meio ambiente. Gratificaremos financeiramente professores que tiverem boa avaliação de desempenho em qualidade de ensino. Na saúde o que se deve fazer de imediato é tapar o ralo da corrupção e fiscalizar para evitar o desperdício. Atender as necessidades básicas como também as emergências em relação à saúde pública, aumentando leitos e melhorando a auto-estima de todos os profissionais da área, proporcionando reciclagens e melhorando seus salários. Construir hospitais para atendimento de alta complexidade em cidades estratégicas, diminuindo a quantidade de filas e melhorando o atendimento do estado. Será também nosso compromisso, ampliar o alcance do Programa de Saúde da Família e promover grandes mutirões de prevenção de doenças. É dever do governo, garantir o direito do cidadão de ir e vir com segurança. A falta de segurança não é mais uma questão só de polícia, mas também de Estado, com rebatimento na educação e geração de emprego e renda. Eu sempre digo que a segurança na Bahia está um caos e vou dar um dado que diz tudo. O índice de homicídios em Salvador, que era alto em 2006, estabilizado em 35 por cada 100 mil habitantes, passou para 68. Nos países ditos civilizados, a média é de 6,6. No Chile chega a 3. Salvador é a capital que mais mata no Brasil e precisamos mudar este quadro na cidade e também em todo o estado. Existem 700 mil armas clandestinas e ilegais na Bahia. Estes são dados extra-oficias, de ONGs. A população baiana está armada, e isso faz com que pessoas por nada, por paixão ou desequilíbrio, usem uma arma para matar. É o papel do Estado desarmar sua população. Existe um estatuto para isso e para nós é uma vergonha só termos um posto de desarmamento na Bahia, que fica em Feira de Santana e pertence a uma ONG, esta levou um ano até conseguir autorização do governo, enquanto o Estado poderia se ocupar deste trabalho. O nosso governo irá valorizar o policial e sua família, proporcionando melhorias na qualidade do trabalho e vida social. Vou fazer um PACTO com a sociedade para vencer a violência usando a força da PAZ. Investir na INTELIGÊNCIA POLICIAL para prevenir a ação do crime organizado. Nosso governo vai utilizar os métodos aplicados no Japão e Costa Rica, que praticamente zeraram os índices de criminalidade, com a secretaria da Paz e da Segurança Humana. Valorizar de verdade o trabalho do policial.

BOMBAIM LIDERA O RANKING BAIANO

De sinuca na categoria profissional de 2010, que aconteceu nos dias 25 e 26 deste mês em Salvador no Clube 2004, a 7 Etapa do Campeonato Baiano de Sinuca, a qual teve a participação de 64 atletas de todo o estado,a regra utilizada foi a Inglesa (Internacional), evento este coordenado pela Federação de sinuca da Bahia e Supervisionado pela Confederação Brasileira de Sinuca. O taquista Itabunense Krishna Kumar, o BOMBAIM, ficou em terceiro lugar no baiano e com isso foi para o primeiro lugar do Ranking ,Gilmar sagrou-se campeão mas não superou Bombaim no ranking. Para esse resultado Bombaim vinha treinando com o seu técnico Ailton Pinho, cerca de 2h por dia no Salão do Grapiúna Tênis Clube. ''Tive muitas dificuldades em relação ao tamanho das bolas utilizadas pela Federação, pois as que treino são maiores, mas conseguir vencer os obstáculos e cheguei ao topo da Ranking Baiano,diz Bombaim''. O ícone da sinuca Itabunense o Bombaim, está de parabéns por ser o primeiro atleta Itabunense a chegar a liderar o Ranking Baiano pela primeira vez na história da sinuca Itabunense, depois de 18 anos participando de todas competições oficiais do Ranking estadual.,é hepta-campeão estadual.Isso mostra o grande potencial técnico do atleta,o qual já jogou com as ''feras" da sinuca nacional ,a exemplo de:Rui Chapéu, Miguelzinho, Noel, Jota e Roberto Carlos. O atleta mesmo com toda a sua trajetória com mais de 100 títulos conquistados dentro e fora do estado,ainda não tem patrocínio para disputar as competições estaduais e nacionais ,levando o nome da nossa cidade ao cenário nacional. Gostaria de solicitar ao prefeito Capitão Azevedo,através da secretaria de esporte um patrocínio, para que eu consiga continuar participando dos eventos, porque caso contrário estou pensando seriamente em parar de jogar . Apoio: Edcau e Pires Haje compras de cacau, Feijão du bom, GAC, F.T.C, Auto Peças Nova Era e Geraldo Simões, Comander representações.

GEDDEL PÁRA ITABUNA E REÚNE 12 MIL PESSOAS EM CANAVIEIRAS

Depois de uma maratona pelo Sul da Bahia, que começou com uma carreata que “parou” Itabuna e se estendeu por mais cinco municípios, o candidato ao governo do Estado pel coligação A Bahia Tem Pressa, Geddel Vieira Lima (PMDB), chegou a Canavieiras para um comício que, segundo os coordenadores, foi um dos maiores até o momento, na atual campanha. O cálculo da Polícia Militar é que mais de 12 mil pessoas lotaram a Praça Maçônica, no centro da cidade, onde o comício foi realizado. Já na entrada da cidade, milhares de pessoas receberam o peemedebista, que chegou acompanhado pelo senador e candidato à reeleição César Borges (PR). A recepção acabou se transformando numa caminhada que atraiu um número ainda maior de moradores para acompanhar Geddel e César que, depois, ao lado do ex-prefeito Almir Melo e do candidato a deputado estadual, Almir Melo Júnior (PMDB), subiram num carro aberto, liderando uma carreata formada por centenas de carros, motos e uma grande quantidade de bicicletas, até o local da realização do comício. Geddel e César iniciaram a maratona pelo Sul, no início da manhã, com uma carreata em Itabuna, com mais de mil carros e 600 motocicletas, percorrendo os principais bairros e o Centro Comercial. A manifestação praticamente parou a cidade, maior polo comercial da região. Moradores saíram das suas casas para acenar e gritar palavras de apoio à Geddel e, na área central, uma multidão se formou nuas calçadas da Centenário, principal avenida, deixando as lojas praticamente vazias. Todos queriam ver os candidatos da coligação A Bahia Tem Pressa. Ao lado de Geddel e César, as principais lideranças políticas do município: o ex-prefeito Fernando Gomes, coordenador da campanha na região, o ex-deputado e candidato a Assembléia Legislativa, Renato Costa, e os também candidatos a deputado estadual, coronel Gilberto Santana, César Brandão, Fábio Lima e Cacá dos Colchões. Um grande número de secretários e integrantes do alto escalão da Prefeitura, participou da carreata, liberados pelo prefeito Capitão Azevedo (DEM). Candidato a deputado federal, o presidente estadual do PMDB, Lúcio Vieira Lima, também esteve presente. No bairro Santo Antônio, onde a carreata foi encerrada, Geddel e César agradeceram o apoio das lideranças políticas e o carinho com que foram recebidos pelo povo de Itabuna. Depois, seguiram o roteiro pela região, passando por Camacã, Pau Brasil, Santa Luzia e Mascote, antes de chegar a Canavieiras. Nessas cidades também participaram de carreatas, que mobilizaram os moradores. COMÍCIO - No discurso em Canavieiras, Geddel mostrou o seu principal adversário, Jaques Wagner, como um governador que não cumpriu as promessas feitas em praça pública, ao povo baiano. Como exemplo, citou a rodovia Canavieiras-Belmonte, prometida por Wagner em 2006, em comício na cidade. “Aqui ele veio e prometeu recuperar a estrada. Teve 12 mil votos e depois tratou o povo desta terra como se fosse bobo. Será que em quatro anos, com um orçamento de R$ 23 bilhões, ele não teve condições de pavimentar 38 Km? Ele não fez por falta de amor à Bahia. Não entende a importância dessa estrada para o desenvolvimento da região”, destacou o peemedebista, assegurando que, já no primeiro ano da sua gestão, a rodovia será reconstruída. Geddel criticou também o abandono do Centro Histórico de Canavieiras, estendendo as suas críticas ao fato do atual governo não ter projeto para valorização do potencial turístico do município: “Não temos sequer aeroporto para o turista chegar aqui”, disse. O abandono de Canavieiras também foi ressaltado pelo ex-prefeito Almir Melo. Segundo ele, a cidade passou a ser chamada em toda a região de “Buracolândia”, em função do “estado lastimável” das suas ruas. O hospital, de acordo com o ex-prefeito, não tem médicos suficientes, medicamentos, equipamentos, sequer luvas e esparadrapo, numa comprovação da propaganda enganosa do governo, que na TV mostra os baianos com assistência médica de qualidade. Melo se referiu ainda à não recuperação da rodovia Canavieiras-Belmonte, como promessa também não cumprida pelo candidato do DEM, ex-governador Paulo Souto. “O passado não nos interessa. Prometeu e também não trouxe a estrada que precisamos. O atual é ainda pior: não trouxe estrada, nem saúde, educação e segurança. Mas temos um terceiro caminho, que é Geddel, que como ministro trouxe obras para toda a Bahia, cumprindo a sua palavra com os baianos”. A praça completamente lotada representou, para o senador César Borges, a demonstração de que as pesquisas não traduzem o verdadeiro sentimento do povo baiano. Ele relacionou as obras executadas em Canavieiras, nos quatro anos em que governou o Estado, para demonstrar a falta de compromisso com a região, por parte do atual governador. Candidato a deputado estadual, Almir Melo Júnior ressaltou a preocupação que Geddel sempre teve, ao longo de toda a sua vida pública, em trabalhar por toda a Bahia, sem discriminação. Lembrou, inclusive, que esse posicionamento lhe valeu acusações da imprensa do sul e de adversários na Bahia: “Disseram que Geddel mandou dinheiro demais para a Bahia. Os seus adversários o acusaram, porque eles não têm esse compromisso com o povo baiano”.

CANDIDATOS A DEPUTADO VÃO A DEBATE NA FTC DE ITABUNA

A FTC (Faculdade de Tecnologia e Ciências) de Itabuna sediou, na noite de sexta-feira (24), um debate entre candidatos a deputado estadual com base eleitoral na cidade. Dos 12 convidados, apenas seis compareceram: César Brandão, Fábio Lima, Cleber Andrade (Glebão), Jaldo Batista, Renato Costa e Solon Pinheiro. O evento, promovido pela Amiitabuna, reuniu estudantes e professores universitários, além de integrantes da sociedade organizada e profissionais da comunicação. O presidente da Ami, advogado Allah Góes, ressaltou na abertura do debate a importância de se repensar Itabuna, buscando caminhos para construir o futuro. Nessa proposta está, entre outras coisas, a cobrança de atitudes e ações dos candidatos, futuros representantes políticos do município. Nada mais justo, então, do que conhecer o pensamento deles. “A democracia só é possível com o debate de ideias”, disse Góes. Ele lembrou que falta apenas uma semana para as eleições, mas pesquisas mostram que 70% dos eleitores não escolheram seu deputado. A oportunidade de expor suas propostas para o público, inclusive, foi alvo de agradecimentos no discurso dos candidatos. O médico Renato Costa, que pleiteia uma vaga pelo PMDB, recordando ter vivido os “anos de chumbo” impostos pela Ditadura Militar, falou do quanto é valioso estar na era democrática, onde é possível realizar debates desse tipo. “Em todas as campanhas que participo, não deixo de ir a nenhum debate”, disse. Ele assegurou, ainda, que pretende devolver a votação recebida em forma de trabalho e que esse compromisso é dividido por toda a região. “O deputado precisa ser atuante e decente”, enfatizou, manifestando a intenção de reconquistar a condição de “destaque parlamentar”, como aconteceu no seu último mandato. No sorteio dos temas sobre os quais os candidatos foram questionados, saúde e segurança prevaleceram. Tratando do assunto, Dr. Renato lembrou que a questão assusta a todos em Itabuna e destacou a necessidade de investimentos por parte do governo não só em tecnologia e em inteligência policial, mas também em ações sociais e educação.

CÉSAR BRANDÃO PARTICIPA DE DEBATE E FAZ CARRETA

Dia 03 de outubro se aproxima e o candidato a deputado estadual, César Brandão do Albergue Bezerra de Menezes, intensifica ainda mais a sua caminhada política. Na sexta-feira, 24, César Brandão participou do debate com os candidatos a deputado estadual na FTC realizado pela OAB/Itabuna e o movimento AmItabuna. O evento começou às 19h30 e convidou 11 candidatos que tinham sede em Itabuna, mas apenas seis comparecem ao debate. Entre os seis candidatos, César Brandão, elogiou a OAB local e a AmItabuna pela iniciativa e organização do evento e “que os candidatos presentes no debate demonstraram que têm compromisso e respeito por Itabuna, já que é um momento para expor as suas idéias e propostas de melhorias para a região”. César destacou também que se eleito, lutará por Itabuna, trazendo projetos que transformem a atual realidade da região. “Participo de diversos conselhos municipais de Itabuna, além de manter o Albergue Bezerra de Menezes, sou uma pessoa que já faz pela cidade e conheço os seus problemas”, afirmou. No segundo bloco do debate, César Brandão falou ainda sobre saúde, educação e segurança pública. Já no sábado, 25, o candidato participou da carreata realizada em Itabuna. Familiares, colaboradores e os amigos de César Brandão participaram da carreata, que percorreu os bairros de Itabuna. Em todo momento o que foi observado era a empatia de César Brandão com o público, que o recebeu com gestos de carinho. (Aline Barreto).

PERFIL E FOTOS DE MARCOS ESPINHEIRA

Marcos Leonelli Espinheira, nascido em Salvador em 27 de dezembro em 1949, filho de José Vaz Espinheira e Ruth Espinheira. Cursou 3 anos na Faculdade de Direito –UCSAL e Jornalismo e Comunicação –UFBA, formando-se Bacharel em Ciências na área de Administração de Empresas – Wilkes University- Wilkes Barre, Pennsylvania-USA e posteriormente obtendo a graduação no Mestrado em Administração de Empresas-MBA com Especialização em Finanças e Marketing na Michigan State University, East Lansing,Michigan-USA. Aos 26 anos, torna-se assistente da Diretoria Financeira da DOW QUIMICA DO BRASIL-SA sendo Executivo Internacional atuando no Mercado da América Latina e Europa. Responsável pela Gerencia de Planejamento e Operações Financeiras. Responsável pela aquisição dos Laboratórios Farmacêuticos Lepetit Richard. Na responsabilidade da gerência de Planejamento e Operações Financeiras, do Complexo Industrial de Aratu e de Crédito e Cobrança da Região Norte e Nordeste, implantou o comitê de capital de giro, coordenou as relações referentes aos créditos para distribuidores e Clientes, assim como estabeleceu políticas especificas para os Fornecedores estratégicos de utilidades e matérias primas, como a EMBASA, CHESF, PETROBRÁS, COPENE entre outras. Em 1993 como Diretor da Organização Odebrecht, responsável pelo PROJETO SAUÍPE, desenvolveu a conceituação norteadora e mercadológica do projeto na ótica da Hospitalidade, concebendo o Instituto de Hospitalidade a ser Instituído pela Fundação Odebrecht e pela Fundação da Previ, posicionando-o estrategicamente de forma a torná-lo competitivo comparativamente aos destinos internacionais consagrados, articulando, junto aos Fundos de Pensão, a estrutura financeira, no montante de US$ 315 mi (trezentos e quinze milhões de dólares) da 1ª fase. Expansão do Complexo Turístico do Resort Ecológico da Praia do Forte. Coordenou o desenvolvimento da concepção á conceituação do Master Plan e Busines Plan contendo 3 Hotéis com 1050 chaves, um Centro de Convenções, um SPA já em construção, um ambiente residencial com condomínios fechados para 680 unidades, projeto de recuperação do Castelo da Torre- Garcia D’Ávila, maior patrimônio histórico do sistema feudal latino americano, no montante de US$ 248 mi (duzentos e quarenta e oito milhões de dólares). Desenvolveu para a Organização Odebrecht o Estudo Preliminar de Viabilidade Econômica Financeira do Projeto Barra do Rio Paraguaçu, Empreendimento turístico imobiliário situado na Bahia de Todos os Santos, município de Salinas das Margaridas. OUTRAS PARTICIPAÇÕES: Wilkes University – agraciado como aluno estrangeiro destaque do “Dean’s List” com bolsa de estudo colando grau com “Honor Cum Lauda” por performance acadêmica obtida -1972. Presidente e Organizador do Seminário intitulado “Mercosul Nafta e União Europeia”, organizado pelos companheiros das Américas (out/96). Presidente e Organizador do Seminário intitulado “Trabalho Voluntário na Formação de Liderança e Cidadania Responsável”, organizado pelos Companheiros das Américas (set/96). Seminário sobre a Indústria de Entretenimento e Parques Temáticos, organizado pela Cornell University e pela International Association of Amusement Parks and Attractions Institute, realizado em New York (dez/94), como palestrante. Professor de Marketing e Finanças na UNIFACS pelo período de 77 a 82. E na Faculdade Católica de Salvador colaborou na constituição do “Núcleo de Empreendimento da Faculdade de Administração” de 95 a 98. Palestrante e Conferencista – Diversos seminários e conferências no tema - Motivação e Liderança, quando diretor da FMC do Brasil e Dow Química. Palestrante em seminários organizados pela RCI-“Resort Condominium Internacional”, sobre o tema Tempo Compartilhado no Brasil e no Exterior. ADIBRA/IAPPA - International Association of Amusemment Parks-Agraciado com Catavento de Prata. Destaque melhor projeto de “Entretenimento e Hospitalidade do Brasil- 1994”.

27 de setembro de 2010

ENTRAMOS NA SEMANA DECISIVA PARA AS ELEIÇÕES

Chega a reta final da campanha eleitoral e com ela todas suas turbulências - naturais, já que muitos candidatos começam fazer um verdadeiro “vale-tudo” na disputa dos votos do dia 3 de outubro. Faltando apenas uma semana para o pleito, momento em que as pesquisas revelam preferências às urnas, muitos adversários que já despencam do sonho de serem “representantes do povo” começam a apelar para o auto-atentado, na maioria das vezes forjados por eles mesmos, fazendo aparecer documentos, imagens e as mais criativas provas de acusações novas e antigas contra candidatos a todos os cargos em disputa nas eleições. Nos programas eleitorais, trocam a oportunidade de ganhar confiabilidade em suas propostas de futuro pelo oportunismo de lançar mentiras, acusações e piadinhas em frente às câmeras, as quais só demonstram aos eleitores a falta de credibilidade no desespero da reta final, dilapidando o resto de dignidade que tinham como candidatos. Realidade vista e ouvida por todos os cantos da Bahia, onde alguns candidatos, na amplitude de seus despreparos, fazem uma campanha que prima pelo baixo nível, sem nenhuma proposta política almejando conquistar um mandato eletivo. Sem falar nos que já têm mandato e estão tentando se reeleger. Levando em consideração que não é de hoje que os eleitores baianos assistem a candidatos e candidaturas inexpressivas aos vários cargos em disputa - presidente, senadores, deputados estaduais e federais, governadores, vereadores e prefeitos, alguns dos quais são Ficha Suja e outros já se tornaram até personalidades folclóricas na sociedade baiana. Portanto, nas eleições de 2010 o cidadão precisa fazer a diferença por meio de um voto consciente, pois a piada não tem graça quando só um ri. A dica é: não se pode esperar que os políticos mudem; a população é que precisar mudar de postura e escolher as melhores opções para representar a coletividade.

STF DECIDE QUARTA SE CONTINUA A JULGAR FICHA LIMPA

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Cezar Peluso, afirmou na sexta-feira (24), por meio de sua assessoria, que diante da renúncia do candidato ao governo do Distrito Federal Joaquim Roriz (PSC) o plenário da corte vai decidir na próxima quarta-feira (29) se continua o julgamento do recurso ajuizado sobre o registro do ex-candidato. Quatro vezes governador do DF, ele teve o registro impugnado porque renunciou ao mandato de senador, em 2007, para escapar de um processo por quebra de decoro parlamentar no Conselho de Ética do Senado. A Lei da Ficha Limpa prevê a inelegibilidade de candidatos condenados em decisões colegiadas ou que tenham renunciado a mandato eletivo para escapar de cassação. Os advogados de Roriz anunciaram que vão desistir do recurso. Com isso, os membros do Supremo podem julgar que o processo foi prejudicado pela perda de objeto. Entretanto, no início do julgamento do caso Roriz, na ultima quarta-feira (22), foi aprovada a chamada repercussão geral, pela qual a decisão deve ser aplicada a casos semelhantes pelas instâncias inferiores. Para o ministro Marco Aurélio Mello – que votou contra a aplicação da lei – será necessário aguardar a chegada de outro recurso de candidato que tenha sido barrado pela ficha limpa. “Toda essa discussão foi um grande treino sem ter chegado ao gol. Estamos mais em forma. Vamos voltar a discutir o tema, mas não nesse processo. Sem a candidatura, não se tem o objeto”, afirmou o ministro.

O DEBOCHE DAS PESQUISAS ELEITORAIS

Pesquisas servem apenas para animar campanhas eleitorais. Tão-somente. Não contem com elas como avaliadoras do desempenho de candidatos porque, como disse ontem o presidente Lula, "eu não acredito em pesquisas", ressalvando que as aceita quando elas são boas para os seus interesses. Nesses últimos três dias, o DataFolha, que apresenta o maior índice de credibilidade; o Ibope, que é presidido pelo Dúbio Montenegro, que assegurou com todas as forças e "conhecimento" a vitória de José Serra, e o Vox Populi apresentaram seus números sobre a corrida eleitoral na Bahia. Nada bate com nada. São percentuais desencontrados e de tal forma que comprometem qualquer campanha. Há quem defenda, e não são poucos, a proibição da divulgação de resultados de pesquisas, encomendadas na maioria dos casos, no período oficial de campanha. Ou porque não são sérias ou porque apresentam metodologias de tal maneira diversificadas que deturpam a realidade da campanha. Como sequer se tentou uma Reforma Política no país, para não desagradar os detentores de mandatos, não convém contar com o fim das pesquisas. Mas seria bom que houvesse uma regulamentação de sorte a facilitar o entendimento do processo pelo eleitor. Da forma como procedem, tais institutos são os maiores cabos eleitorais dentre todos que aí estão. Como Tiririca, sem eles pior não fica. (Samuel Celestino).

BAHIA TEM 186 CIDADES ENTRE AS 500 MENOS DESENVOLVIDAS

Estado da Bahia, 417 municípios. Deles, 186 integram o grupo das 500 piores cidades brasileiras, segundo Índice de Desenvolvimento Municipal medido pela Firjan, a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro. Mesmo sendo umestado em crescimento - subiu duas posições no ranking - nenhuma cidade baiana está classificada entre as 500 com melhores índices do país. O índice, que tem como ano base 2007, leva em consideração três vetores na análise: educação, saúde e emprego e renda. A saúde e a geração de emprego contribuíram para que a Bahia melhorasse sua posição frente aos outros estados. No entanto, foi a educação que realmente alavancou o crescimento. Segundo o chefe da Divisão de Estudos Econômicos da Firjan, Guilherme Mercês, a Bahia ainda temum desenvolvimento que precisa avançar bastante. “A Bahia tem longo caminho a ser percorrido, mas está crescendo. A pesquisa mostra que, apesar de moderado, esse crescimento é, de fato, bastante significativo”, explica. Um dos fatores que levou o pesquisador a essa conclusão é o fato de, mesmo tendo poucos municípios com desenvolvimento moderado, 43% da população está concentrada nesses municípios. “Principalmente porque Salvador está entre eles”, completa. Guilherme acrescenta que, pelo primeiro ano, a Bahia alcançou classificação de desenvolvimento moderado, ou seja, acima de 0,6 pontos. O relatório da pesquisa mostra ainda que a Bahia ganhou duas posições no ranking em função da educação. No entanto, o índice ainda é baixo. “A educação no estado cresceu 6,9% em relação a 2006. Mas, é o único indicador do estado que ainda se encontra na faixa considerada como desenvolvimento regular, abaixo de 0,6 pontos no somatório geral", diz Guilherme. A educação na Bahia tem índice de 0,51 pontos, o que é considerado regular (de 0,4 a 0,6). “A educação é a vertente mais fraca do estado da Bahia, porém a que mais avançou em relação à medição anterior”, completa o pesquisador. E o vetor não alavancou só o crescimento do estado. Em 2007, a parcela de municípios em desenvolvimento moderado aumentou de 14 para 34. Salvador ainda é a cidade que apresenta o maior índice de crescimento, seguida de uma surpresa. Em segundo lugar está a cidade de Pojuca, agora, alavancada por outra vertente: emprego e renda. “Há também mais duas cidades que se destacam na pesquisa que são Dias D’ávila e Jaguarari. A primeira, em função do pólo petroquímico. A outra, pela atividade intensa de estrativismo mineral”, esclarece Guilherme Mercês. Mesmo mantendo a média de crescimento abaixo do considerado como regular, a Bahia tem o que comemorar, diz o pesquisador. “Mesmo com essa defasagem, 82,2% dos municípios baianos evoluíram frente a 2006. O que pode ser uma tendência para os próximos anos”. SAÚDE, EDUCAÇÃO E EMPREGO E RENDA FORMAM ÍNDICE - Para chegar ao índice de desenvolvimento municipal, os técnicos da Firjan avaliaram as cidades a partir de três setores: educação, saúde e emprego e renda. Em cada uma delas, vários índices e indicativos foram somados para chegar ao índice. Em educação, por exemplo, foram verificadas a taxa de matrícula na educação infantil, a taxa de abandono escolar, a taxa de distorção idade-série, percentual de docentes no ensino superior, a média de horas aula diárias e o resultado do Ideb - o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Já em saúde, as variáveis foram formadas pelo número de consultas pré-natal, mortes infantis por causas evitáveis e mortes por causas mal-definidas. Por último, em emprego e renda, fizeram parte da análise a geração de emprego formal, o estoque de emprego formal e os salários médios do emprego formal gerado em cada uma das cidades. As três esferas possuem peso igual no cálculo para a determinação do índice de desenvolvimento dos municípios brasileiros. O índice varia de 0 a 1 e, quanto mais próximo de 1, maior o nível de desenvolvimento da localidade. O índice se diferencia também por permitir que o avaliador perceba se o crescimento foi em decorrência de políticas aplicadas ou se foi a partir da queda das demais cidades. OS 10 MELHORES - SALVADOR - POJUCA - MADRE DE DEUS - CAMAÇARI - SIMÕES FILHO - VITÓRIA DA CONQUISTA - MUCURI - DIAS D‘ÁVILA - JAGUARARI - FEIRA DE SANTANA OS 10 PIORES - BOM JESUS DA SERRA - MACURURÉ - CASA NOVA - JUCURUÇU - SANTA BRÍGIDA - ARACI - MORPARÁ - LAJEDINHO - SANTA LUZIA - LAMARÃO SALVADOR LIDERA RANKING NO ESTADO - Outro dado a ser comemorado pelos baianos é a redução de 41 (2006) para dez (2007) municípios com taxa de baixo desenvolvimento. Na lista, Bom Jesus da Serra, Macururé, Casanova, Jucuruçu, Santa Brígida, Araci, Morpará, Lajedim, Santa Luzia e Lamarão, último colocado. Já a lista das dez cidades mais desenvolvidas é lideradas pela capital baiana, Salvador, que cresceu 1% em relação a 2006. A lista é composta ainda por Pojuca, Madre de Deus, Camaçari, Simões Filho, Vitória da Conquista, Mucuri, Dias D’ávila, Jaguarari e, por último, Feira de Santana. Para Guilherme, a situação de Feira de Santana ainda pode ser considerada boa, já que permanece entre os dez maiores. “Não significa que a cidade tenha deixado de crescer. Mas, outras tiveram uma arrancada superior”, diz. As atividades com petróleo e extração mineral são as principais responsáveis pelo bom índice de emprego e renda no estado, marcando 0,86 pontos, acima dos 0,6 considerado como crescimento moderado. Dos 417 municípios, apenas oito não apresentaram crescimento nos três vetores analisados. Araci, Cravolândia, Feira de Santana, Itiruçu, Jitaúna, Manoel Vitorino, Pé de serra e Ubatã tiveram queda comparando com 2006. (Bruno Menezes).

26 de setembro de 2010

MARINA DIZ QUE BRASILEIROS QUEREM ELEIÇÃO EM SEGUNDO TURNO

A candidata do PV à Presidência da República, Marina Silva, disse hoje acreditar que vai para o segundo turno na eleição para Presidência da República. “Acredito perfeitamente porque o que eu encontro nas ruas é muito maior, e a mobilização que eu vejo, espontânea da sociedade, em todos os lugares, é muito diferente do que está sendo dito e mostrado. Obviamente que isso vai se revelar no dia 3 de outubro, e esse dia vai se revelar como uma grande surpresa porque o Brasil tem a capacidade da surpresa. Os brasileiros querem uma eleição em dois turnos e eu estou trabalhando para que tenhamos uma eleição em dois turnos”, afirmou. Marina se reuniu no sábado-25, com integrantes do partido para preparar a Semana Marinaço, uma série de ações voltadas para ampliar a busca de votos entre os eleitores fluminenses e assegurar a sua presença no segundo turno da eleição presidencial. De acordo com as últimas pesquisas, a candidata do PV conquistou mais de um milhão de votos no estado e detém a segunda posição na preferência do eleitorado fluminense. A candidata do PV é de opinião que as pesquisas de intenção de votos estão dizendo que os brasileiros querem uma mulher na Presidência da República. “Como os brasileiros têm sentido de justiça, haverão de colocar as condições para que com tempo igual a decisão seja tomada: qual a mulher que vai dirigir o Brasil para os próximos 4 anos depois de 500 anos de história”, avaliou. Após o encontro com integrantes do Partido Verde, no Iate Clube do Rio de Janeiro, Marina percorreu as instalações do clube cumprimentando e tirando fotos com eleitores. De lá, Marina Silva seguiu em um jipe aberto, com os principais candidatos do partido, para um evento de campanha na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão.

PEEMEDEBISTAS NÃO ESCONDEM INSATISFAÇÃO COM DILMA

A exatos oito dias das eleições, o clima esquenta na Bahia. Depois de a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, ter minimizado seu apoio à candidatura de Geddel Vieira Lima (PMDB) ao governo do Estado e declarado explicitamente preferência por Jaques Wagner (PT), os peemedebistas resolveram responder à altura. Ontem, o partido tirou a imagem de Dilma das suas propagandas de rádio, TV e internet. Permanecem, apenas as peças impressas. Em conversa com a Tribuna da Bahia, Geddel, entretanto, afirmou que mantém seu apoio a Dilma até o final da campanha e explicou o motivo da retirada da imagem da petista de suas propagandas. Sobre o site, ele disse que este passa por uma reformulação pré-idealizada. Quanto aos programas de rádio e TV, disse que está “priorizando a Bahia. Perdi muito tempo na propaganda e temos que focar nosso trabalho no Estado”, justificou. “Quero ser julgado pela história como um homem que honrou sua palavra”, finalizou. Contudo, reforçando a tese de insatisfação com a candidata petista, informações dão conta de que prefeitos da legenda de alguns municípios baianos começaram a destruir suas peças de propaganda nas quais havia a imagem de Dilma. “Se ela está assim agora, desprezando nosso apoio, imagine quando chegar à Presidência”, disse um prefeito, que preferiu não se identificar. O secretário-geral do PMDB na Bahia, Almir Melo, admitiu estar havendo certo descontentamento por parte de alguns prefeitos com o abandono de Dilma, mas destacou que a postura dos gestores municipais é um fato isolado e a decisão partiu de cada um deles. “Não demos nenhuma orientação aos prefeitos a não mais apoiarem Dilma. A ideia de Geddel é apoiá-la até o final, porque ele tem palavra. Agora, o PMDB é uma grande família e alguns membros dessa família estão revoltados com a traição dela. Eles estão chateados, e com razão”, disse Almir. Além do secretário, figuras do alto escalão do PMDB baiano, como o deputado estadual Leur Lomanto Junior e o federal Colbert Martins, também afastaram os rumores de que haja orientação da direção do partido no sentido de retirar apoio à petista. “Eu estive com Geddel e Lúcio ontem e eles não me falaram nada sobre isso”, afirmou Colbert Martins. Leur Lomanto Júnior, por sua vez, disse que “nada foi encaminhado nesse sentido”. PV QUER APROVEITAR MOMENTO - De olho no possível enfraquecimento da aliança PT-PMDB, o PV quer angariar apoio de Geddel e do senador candidato à reeleição, César Borges (PR), em prol da candidata ao Palácio do Planalto, Marina Silva. “Gostaríamos muito de ter Geddel do nosso lado. Seria um apoio significativo e muito expressivo para o PV. Se isso acontecesse, seria motivo de Marina vir a Salvador fazer um grande ato”, assediou Ivanilson. Geddel, por sua vez, descartou a hipótese. “Sem possibilidade”, minimizou. (Romulo Faro).

MÃE SE DESESPERA AO VER FILHO MORTO POR DEVER R$ 10

Apenas R$ 10 em débito foi o motivo da morte de um rapaz de 18 anos, que foi retalhado a golpes de facão. A mãe chegou ao local do crime acompanhada da filha e se desesperou ao encontrar o corpo de Fabiano Ribeiro Santos, que estava desaparecido desde a noite da última segunda-feira. “Meu filho. Meu Deus, o que fizeram com ele? Ai, meu Deus, me ajuda. Cortaram as mãos do meu filho”, gritava a mãe, amparada pela filha que também se desesperou diante do corpo do irmão. Segundo Lindivalva Ribeiro da Silva, no último fim de semana, seus filhos se desentenderam com alguns colegas que residem na mesma rua, numa comunidade na Estrada do Derba. “Eles haviam participado de um jogo e meu filho ficou devendo R$ 10. E como não tinha dinheiro para pagar, cinco rapazes se juntaram e apedrejaram a minha casa. Na intenção de revidar, Fabiano e o irmão também fizeram a mesma coisa com a casa de um deles. No dia do crime, encontrei com um dos acusados amolando um facão e dizendo que era para matar um porco. Não sabia que esse “porco” seria meu filho. Na noite da última segunda-feira, Índio, Cocada, Da Roça, Luis Paulo e mais um rapaz estavam à procura de Fabiano e do irmão. Eles correram e apenas Fábio retornou para casa. Vendo que Fabiano não aparecia, começamos a procurar, mas não encontrávamos. Suspeitamos que algo de errado pudesse ter acontecido e apenas de manhã descobrimos onde o corpo estava”, disse a mãe, em meio às lágrimas. Fabiano foi alcançado e morto a golpes de facão e pauladas. As duas mãos foram decepadas e o pescoço quase degolado, além de vários golpes terem atingido outras partes do corpo. Até os policiais da 31ª CIMPM, de Valéria, que acompanharam a equipe de reportagem até o local do crime, ficaram estarrecidos com tamanha brutalidade. “Foi uma crueldade. As cenas são dignas de filme de terror”, dizia um soldado, ao averiguar o rapaz morto. Segundo Lindivalva, seu filho trabalhava com material reciclado, não tinha envolvimento com criminalidade e nunca havia sido preso. “Eu quero que eles paguem pelo que fizeram a meu filho. Vou embora do bairro, pois não aguento viver perto destes monstros que destruíram a minha família”, afirmou a mãe. (Silvana Blesa).

IBAMA FECHA RINHA DE BRIGA DE GALO EM SÍTIO EM ILHÉUS

O Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais) da cidade de Ilhéus, fechou por volta das 13h deste sábado (25), após denúncia anônima, uma rinha de briga de galo em Ubatã. Cerca de 50 pessoas estavam no sitio Paraíso, localizado no bairro Júlio Aderne. Entre os veículos tinha carros com placa de Ipiaú, Vitória da Conquista e outros municípios vizinhos. No local estava acontecendo um torneio desde quinta-feira (23) e hoje era a final. Foram apreendidos 106 galos de briga que serão levados para o centro de triagem de animais em Porto Seguro. O dono do Sítio, Dilton Amaral foi autuado e pagará uma multa de R$ 56 mil. E ainda poderá responder por processo criminal por maus tratos de animais domésticos. (Roberta Macedo).

25 de setembro de 2010

MANIFESTO EM DEFESA DA DEMOCRACIA

Numa democracia, nenhum dos Poderes é soberano. Soberana é a Constituição, pois é ela quem dá corpo e alma à soberania do povo. Acima dos políticos estão as instituições, pilares do regime democrático. Hoje, no Brasil, os inconformados com a democracia representativa se organizam no governo para solapar o regime democrático. É intolerável assistir ao uso de órgãos do Estado como extensão de um partido político, máquina de violação de sigilos fiscais e de agressão a direitos individuais. É inaceitável que a militância partidária tenha convertido os órgãos da administração direta, empresas estatais e fundos de pensão em centros de produção de dossiês contra adversários políticos. É lamentável que o Presidente esconda no governo que vemos o governo que não vemos, no qual as relações de compadrio e da fisiologia, quando não escandalosamente familiares, arbitram os altos interesses do país, negando-se a qualquer controle. É inconcebível que uma das mais importantes democracias do mundo seja assombrada por uma forma de autoritarismo hipócrita, que, na certeza da impunidade, já não se preocupa mais nem mesmo em fingir honestidade. É constrangedor que o Presidente da República não entenda que o seu cargo deve ser exercido em sua plenitude nas vinte e quatro horas do dia. Não há “depois do expediente” para um Chefe de Estado. É constrangedor também que ele não tenha a compostura de separar o homem de Estado do homem de partido, pondo-se a aviltar os seus adversários políticos com linguagem inaceitável, incompatível com o decoro do cargo, numa manifestação escancarada de abuso de poder político e de uso da máquina oficial em favor de uma candidatura. Ele não vê no “outro” um adversário que deve ser vencido segundo regras da Democracia, mas um inimigo que tem de ser eliminado. É aviltante que o governo estimule e financie a ação de grupos que pedem abertamente restrições à liberdade de imprensa, propondo mecanismos autoritários de submissão das empresas de comunicação às determinações de um partido político e de seus interesses. É repugnante que essa mesma máquina oficial de publicidade tenha sido mobilizada para reescrever a história, procurando desmerecer o trabalho de brasileiros e brasileiras que construíram as bases da estabilidade econômica e política, que tantos benefícios trouxeram ao nosso povo. É um insulto à República que o Poder Legislativo seja tratado como mera extensão do Executivo, explicitando o intento de encabrestar o Senado. É um escárnio que o mesmo Presidente lamente publicamente o fato de ter de se submeter às decisões do Poder Judiciário. Cumpre-nos, pois, combater essa visão regressiva do processo político, que supõe que o poder conquistado nas urnas ou a popularidade de um líder lhe conferem licença para rasgar a Constituição e as leis. Propomos uma firme mobilização em favor de sua preservação, repudiando a ação daqueles que hoje usam de subterfúgios para solapá-las. É preciso brecar essa marcha para o autoritarismo. Requeremos ao Supremo Tribunal Federal que apure e responda com presteza se o que o Presidente está fazendo não constitui abuso do poder político. Requeremos também que ele exerça seu papel, impondo os limites da lei para impedir os abusos, e que puna com eficácia quem está praticando esses atos ilícitos. Requeremos a ação efetiva do TSE pelo cumprimento da legislação eleitoral que configura certos atos do Presidente como uso ilegal da máquina pública. E reivindicamos a imediata instauração de processo de apuração dos ilícitos de violação fiscal, acompanhada por comissão do Congresso com participação da sociedade organizada. A sociedade civil e as instituições do Estado — que servem ao povo brasileiro, não a um homem ou a um partido — erguem sua voz em defesa da Constituição, das instituições e da legalidade. Não precisamos de soberanos com pretensões paternas, mas de democratas convictos. (Manifesto subscrito por 59 pessoas, entre as quais D. Paulo Evaristo Arns, Hélio Bicudo, Celso Lafer, José Artur Gianotti, Carlos Velloso, Adilson Dallari, José Carlos Dias, Renê Ariel Dotti, Miguel Reali Júnior, Mailson da Nóbrega, Carlos Vereza, Rosamaria Murtinho, Zelito Viana, Ferreira Gullar, Leôncio Martins Rodrigues, Marco Antônio Vila, Mauro Mendonça. O manifesto foi lido ontem (quarta-feira), ao meio-dia, nas escadarias da Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em São Paulo). - "Um povo de cordeiros sempre terá um governo de lobos". (Dito popular antigo)

AUGUSTO CASTRO E FÉLIX MENDONÇA JÚNIOR REASSUMEM COMPROMISSOS EM ITAGIMIRIM

Ao inaugurar o escritório da campanha no município de Itagimirim, o candidato a deputado estadual Augusto Castro, acompanhado por comitiva formada pelo candidato a deputado federal Félix Mendonça Júnior e lideranças políticas e comunitárias daquela região, disse que empresas que sediadas no município precisam promover investimentos em curto prazo para abrir postos de trabalho. E reafirmou o compromisso para lutar junto aos governos estadual e federal para ampliar o programa “Meu primeiro emprego”. Estavam presentes o ex-prefeito Waltinho e o vereador Luizinho. Depois de lembrar que o atual governo municipal não vem dando a atenção aos diversos programas prometidos durante a campanha eleitoral, Félix Mendonça Júnior assegurou que “é impossível um município se desenvolver porque o seu gestor está de braços cruzados. O que vemos por aqui são poucas obras e quase nenhum investimento em diversos pontos de Itagimirim. Se a sede do município se encontra num caos, imaginem senhores, o maior sofrimento está nas comunidades mais afastadas do centro urbano. Pois é lá que o povo sofre”. Ao se pronunciar, o ex-prefeito do município, Waltinho, lembrou que realizou um governo austero e com ações voltadas para a comunidade carente. “Atualmente, as famílias humildes sequer têm acesso a programas sociais”. Disse que do jeito que se encontra a cidade não pode continuar. “É por isso que peço o apoio de todos vocês para que marchem rumo à vitória com os amigos de Itagimirim que Augusto Castro e Félix Mendonça Júnior. Digo sem medo de errar que com a vitória deles o nosso município entra no rumo do desenvolvimento”. Antes da inauguração do escritório político, Augusto Castro e Félix Mendonça Júnior, acompanhados por centenas de militantes, percorreram as principais ruas do comércio e residências locais em caminhada. No trajeto, falou com comerciários, comerciantes, moradores, estudantes e recebeu inúmeras manifestações de apoio. O trabalhador rural aposentado José Hilário dos Santos disse que “esses jovens demonstram que são homens que assumem o que falam. Realmente gostei muito das palavras deles. Vale a pena votar nesses moços porque a nossa população de estudantes será beneficiada num futuro com seus projetos”.

NETO CHAMA DE “DERROTADOS” INTRIGUEIROS DE PLANTÃO

O deputado ACM Neto (DEM) chamou de “derrotados com antecedência” os personagens que, de forma anônima, o acusam de prejudicar o Democratas com alianças externas, conforme matéria publicada nesta quinta-feira (23) na Tribuna da Bahia. “Lamento que toda a reportagem tenha sido construída em off e que as fontes ouvidas pela Tribuna não tenham tido a coragem de aparecer. Certamente esses conhecidos personagens, derrotados por antecipação, e que só conseguem se esconder para jornal, estão com inveja da minha atuação e querem apenas fazer intriga”, disse Neto, em nota. O democrata disse que é partidário, e que faz política com alianças e com acordos públicos. Ele salientou que as alianças não foram feitas na calada da noite, ao contrário das “acusações levianas dos personagens apócrifos ouvidos pelo jornal”. Neto frisou que todos os candidatos fizeram acordos externos, ou seja, com nomes de outras legendas. “O que importa é que meus acordos são pautados pela coerência, pela lógica e pelo compromisso com a Bahia”. ACM Neto destacou que, desde o início da propaganda eleitoral, é um dos maiores incentivadores da candidatura de Paulo Souto (DEM) ao governo. “Aliás, a bem da verdade, fui um dos que mais trabalharam para que Paulo Souto aceitasse o desafio de voltar a governar a Bahia por achar que é a melhor alternativa para o nosso estado. Só quem é maldoso não reconhece o meu esforço para ajudá-lo”. Hoje (23), a assessoria de Paulo Souto saltou uma nota afirmando que o candidato ao Palácio de Ondina não foi ouvido pela reportagem e destacando o papel de Neto em nome da união do partido.