30 de abril de 2011

É PRECISO PRIORIDADE E SERIEDADE NO COMBATE AO CRIME

Reclamações e promessas são as marcas dos pronunciamentos dos setores responsáveis pela segurança pública na Bahia. Reações naturais em momentos de crise, só que reclamos e prometimentos têm de sair do campo das palavras e adentrar ao terreno da prática. Tal é a balbúrdia na área que a polícia digladia-se consigo mesma em ataques e cobranças mútuas, enquanto o governo centra sua política em propaganda tapeadora afirmando que há redução nos índices de violência e que nunca se fez tanto pelo setor nos últimos 30 anos. Enquanto isso, multiplicam-se os crimes e as quadrilhas proliferam em ritmo assustador. A reação policial, mesmo quando coroada de êxito, termina se diluindo como fatos (positivos) isolados num mar de negatividade. Toda a sociedade torce para que todas as ações de enfrentamento a criminalidade dêem certo, mas o descrédito popular é imenso. Essa descrença termina sendo um grande fator negativo, pois a desesperança é um dos piores inimigos do avanço, da solução de qualquer problema de segurança pública. Sabemos que este assunto é de responsabilidade do Governo do estado, mas que pode ter fortalecimento com a participação da sociedade. É fundamental o envolvimento da população. Mas, infelizmente, cresce a cada dia a incredulidade do povo acerca da capacidade de reação governamental ao avassalador crescimento do crime na Bahia. Recuperar a credibilidade, reacender a chama da esperança na população baiaana deveria ser o principal objetivo dos que fazem a segurança pública em nosso Estado. Todas as estratégias, além das condições materiais, precisam dessa base intangível de apoio.

DROGA ÓXI SE ESPALHA PELO BRASIL

Uma droga parecida com o crack, só que mais devastadora, já se espalhou por dez estados do Brasil e recentemente chegou a São Paulo. Ainda desconhecido pela maioria da população, o óxi ou oxidado tem o princípio ativo da pasta base da folha de coca. Enquanto o crack é obtido a partir da mistura e queima da pasta base com bicarbonato de sódio e amoníaco, no óxi são utilizados cal virgem e algum combustível, como querosene, gasolina e até álcool de bateria - substâncias que barateiam o custo do entorpecente. Ele é inalado ou fumado, assim como o crack, na lata ou no cachimbo. Produzida na Bolívia e no Peru, começou a entrar no Brasil em 2005 pelo interior do Acre e, em pouco tempo, chegou a Rio Branco, onde atualmente há um número elevado de usuários, e se espalhou para outras capitais da região Norte, como Manaus, Belém, Macapá e Porto Velho. Nos últimos meses, houve apreensões e registros de usuários em Goiás, Distrito Federal, Pernambuco, Mato Grosso do Sul e Piauí - onde foram confirmadas 18 mortes só neste ano por conta do uso do óxi. Há rumores da circulação da droga também no Mato Grosso, Maranhão e Paraná, embora não haja registros oficiais.

APELEMOS PARA O LADRÃO NÃO ROUBAR TAMPAS DOS BUEIROS

Moradores de Itabuna estão estarrecidos com um mistério na cidade. Trata-se do sumiço das tampas dos bueiros. Sem explicações, do dia para a noite elas tem simplesmente desaparecido. E não adianta apelar para a polícia e para nossos governantes. Pelo menos umas quatro delas tem sumido diariamente. A princípio se suspeitava que a Emasa (Alfredo ainda a dirige? – Eu hein!) estaria fazendo obras de saneamento básico. Mas ninguém viu o pessoal da empresa trabalhando e no momento não há problemas de vazamentos ou falta de água nas encanações de esgoto na cidade. Populares atribuem estes sumiços a vândalos e ladrões que sedentos por drogas tem roubado as tampas dos bueiros para vendê-las em feros velhos e assim conseguirem dinheiro para sustentar seu vício. Estes buracos causam risco de acidentes, crianças brincam livremente nas ruas, e não são poucas as notícias de graves problemas causados por esta situação. Na tentativa de diminuir os riscos, a própria população se encarregou de sinalizar os locais com galhos e plásticos, Mas sabe-se, não é o suficiente nem o adequado. É um absurdo, a cidade está cheia de buracos! Aí quem perde são os cidadãos de bem que tem seu imóvel desvalorizado e agora tem que andar atentos pra não cair num buraco, além de ficar muito preocupados com as crianças que não podem nem se divertir mais na rua. As tampas dos bueiros são patrimônio. E estas ações são consideradas furto. É um principio educacional, fica difícil até mesmo para os órgãos competentes fazerem a devida manutenção. Visto a recorrência de roubos. Grave é pensar na possibilidade deste devaneio permanecer tão impune quanto o roubo de cobre das fiações. Grave também é saber que existe mercado para isso, se continuarem roubando é porque tem alguém comprando. A população pede ajuda a própria bandidagem, dessa vez a cobrança não é para o governo e nem a suplica de socorro é para a polícia e sim para os ladrões de tampa dos bueiros. Reclama-se, reclama-se, mas uma parcela não está disposta a fazer sua parte. E neste caso a o que cabe a cada um dos nossos ladrões de tampas de bueiros, seria simplesmente preservar o bem comum e não se apoderar do que não é seu por direito.

ALCKMIN "VÊ COM BONS OLHOS" FUSÃO DE PSDB, DEM E PPS

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), admitiu nesta quinta-feira o debate sobre a fusão dos partidos de oposição PSDB, DEM e PPS. "É um tema a ser discutido: PSDB, DEM e PPS, os partidos de oposição, mas este é um assunto a ser aprofundado. Eu vejo com bons olhos, mas isso não tem pressa e não precisa ser feito agora, é uma discussão partidária", disse o Alckmin a jornalistas. O governador rechaçou que o partido esteja em crise, apesar de tucanos terem abandonado a legenda. "Não tem nada de crise. São naturais esses procedimentos que ocorrem, as pessoas têm liberdade", afirmou. Na terça-feira, outro tucano, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, admitiu que há entendimentos sobre a fusão do PSDB com o DEM, mas não indicou se haverá esta união ou não. Nos últimos dias, seis vereadores e o secretário de Esportes e Lazer do município de São Paulo, Walter Feldman, deixaram a legenda. Feldman, um dos fundadores do PSDB, acusou o grupo de Alckmin de discriminar integrantes do partido que deixaram de apoiá-lo na eleição municipal de 2008 e optaram por Gilberto Kassab, que saiu vencedor. A candidatura de Kassab foi defendida na legenda pelo ex-governador José Serra, que atraiu integrantes de seu grupo para o apoio ao aliado que foi seu vice na prefeitura. O prefeito anunciou em março a criação de uma nova legenda, o PSD, que tende a atrair os descontentes de DEM e PSDB. Até agora, os ex-tucanos não informaram seu futuro político.

NEGÓCIOS NA EXPOFENITA PODERÁ CHEGAR A 100 MILHÕES

A Expofenita já está consolidada como o maior evento comercial da região cacaueira e nesta edição de 2011, sua comissão organizadora espera movimentar, em apenas uma semana, R$ 100 milhões em negócios. A expectativa é que o evento, que acontecerá no final de setembro e início de outubro, no Parque de Exposições Antônio Setenta, atraia também um grande público, sobretudo para os eventos como rodeios, leilões de animais de raça, cursos, exposições e shows musicais, como o do cantor Falcão, o rei do brega no Brasil. Na quinta à noite passada, os organizadores da Expofenita reuniram na AABB de Itabuna, empresários, produtores rurais, políticos e lideranças regionais para o lançamento da feira, que promete inovações neste ano. Entre elas estão feiras de automóvel, moto, imobiliária, construção civil e shopping Bike.

SERÁ QUE VAMOS TER QUE PAGAR PRA VER?

O recente episódio do massacre numa escola municipal no Rio de Janeiro, trouxe à tona mais uma vez a discussão sobre a proibição da comercialização de arma de fogo e munição. De novo em voga o argumento de que a medida resultaria na diminuição da violência e de casos enigmáticos como o da escola carioca. Essa proposição, contudo, não passa de clara tentativa de dar mera satisfação à população e encobrir a omissão e a incompetência dos responsáveis pelo enfrentamento de problema tão grave. A legislação atual já é suficientemente rigorosa em relação à compra de arma de fogo. As rígidas exigências tornam dificílima a compra de uma arma legalmente. Nesse sentido, convido o leitor à seguinte reflexão: se o referendo de 2005 tivesse decidido pela proibição geral de comercialização de arma de fogo, será que o episódio da escola teria sido evitado? Alguém imaginou que o assassino teria comprado as armas em um estabelecimento oficial, com porte autorizado, registro e tudo mais que a lei exige? E o que dizer dos traficantes, assaltantes e toda sorte de marginais que praticam crimes diuturnamente? Será que uma lei de desarmamento geral os impediria de ter acesso aos arsenais exibidos rotineiramente nas reportagens da televisão? A mim parece que a resposta a todas essas indagações é um sonoro não. A solução para a questão da violência passa pela conjunção de diversos fatores. Mas no que diz respeito à circulação de arma de fogo, não me parece que a solução seja ‘desarmar’ a restrita parcela da população que possui armas legalmente, mas adotar mecanismos eficientes para impedir o acesso da bandidagem a armas clandestinas, que entram no país pelas fronteiras livres de fiscalização. Falta estrutura e aparato para fazer essa fiscalização. Mas falta, sobretudo, comprometimento político das autoridades. É chegada a hora do Brasil aprender a enfrentar suas questões sociais com seriedade e responsabilidade, deixando no passado uma tradição perversa de adoção de medidas midiáticas e populistas que nada resolvem e somente se prestam a perpetuar nossas mazelas. Ao lado da educação e da saúde, a segurança pública envolve valores muito caros à sociedade, e, por isso mesmo, precisa ser alçada a patamar de máxima prioridade. Afinal, o que está em jogo são vidas humanas. Sugiro que se dê a esses temas o mesmo tratamento que os governos recentes do nosso País têm dado às questões no campo econômico, tratadas como prioridade absoluta. O risco de sofrermos danos sociais irreversíveis é proporcional ao tempo que será necessário para nos conscientizarmos e nos comprometermos com a solução efetiva de nossos problemas.

VIVER E REVIVER SEM VERGONHA DE SER FELIZ

Vivemos entre o lúdico e o real, entre a saudade e as lutas diárias, clamando em nós a coragem para viver. A saudade é aquela inquietante sensação de que deixamos algo para atrás, de que, à medida que os anos passam depressa, também nós assim passamos. Esse estranho sentimento também se manifesta em relação ao futuro. Desejamos ou até mesmo esperamos alguém que compartilhe conosco a deliciosa experiência de estar neste mundo. Nostalgia do passado ou espera pelo futuro, a saudade enche a nossa vida de poesia. Quando sentimos a fugacidade dos dias, percebemos a nossa própria finitude. Por isso, tudo tem um sentido único, nos convidando à contemplação, à reverência. Músicas, lugares, pessoas, tudo isso fala-nos quando visto sob a ótica saudosa do tempo que se esvai como a areia entre os nossos dedos. Por outro lado, a vida é real e, às vezes, dura por demais. Exige de nós força e coragem, não nos permite tempo para a saudade. Se não tivermos o cuidado necessário, as labutas diárias nos arrancam a dimensão lúdica. Ou seja: a realidade pode nos embrutecer, e, consequentemente, nos desumanizar, pois é próprio do homem sonhar e esperar. O que fazer, já que vivemos entre a saudade humanizante e a coragem tão necessária à sobrevivência? Recuperemos a saudade presente em cada um de nós. Trazemos no coração o inquietante desejo da eternidade, que nos faz ter saudade do que é bom, belo e verdadeiro. Aproveitemos a beleza devolvida aos nossos dias pelas nostalgias dos anos que passam, das pessoas que entram e saem das nossas vidas, para nos impulsionar, nos encorajando a lutar a cada dia por uma realidade menos dramática. A força e coragem para chegar ao fim, dependem da saudade presente em nós, mesmo adormecida. O fim de cada um de nós é incerto, pois quem está seguro acerca do futuro? Mas mesmo assim é belo, se corrermos o risco de viver e somente, simplesmente viver!

DEPOIS DA VIDA

Esse é um filme se passa num lugar onde esperamos para fazer a transição para o mundo dos mortos. E nessa espera de 3 dias, tem-se que escolher APENAS uma memória da qual poderemos levar conosco para sempre. A primeira memória que eu pensei em escolher foi a do meu primeiro dia como radialista. Nesse dia soube que o passo que estava dando era o mais acertado que já tinha sido feito em toda a minha vida. E até hoje, depois de quase 12 anos de profissão, ainda tenho essa certeza. Mas pensando melhor, vi que a escolha havia sido egoísticamente apontada. Existe uma lembrança muito melhor que traz alegrias para mim e para muita gente e que se repetiu quase todos os dias em meu programa. É o momento em que realizei campanhas para ajudar pessoas a resolverem seus problemas através de doações solicitadas dos meus ouvintes. E muitas pessoas tiveram seus apelos acolhidos. Foram mães que ganharam passagens para que seus filhos pudessem sair de Itabuna, em busca de oportunidades em outras cidades e estados; alguns fugindo dos sanguinários credores do tráfico de drogas. Atletas ganharam apoios para suas competições. Doentes receberam medicamentos, consultas e exames. Desabrigados tiveram suas casas reformadas. Pedidos de reposições de lâmpadas foram atendidos. Ruas deixaram de ser esburacadas e não sinalizadas. Muitas pessoas ajdaram muitas outras pessoas através do meu programa. Eu só tenho que agradecer a felicidade que me dá, todas as vezes em que sou atendido em meus apelos e vejo aquele sorriso maroto nos semblantes das pessoas atendidas. E porque eu estou aqui falando desses momentos mágicos que de comuns não tem nada, porque raramente vejo nos governos pessoas preocupadas com os menos afortunados? É porque logo haverei de fazer novos apelos e novamente serei atendido. E sei que cada vez mais, vai ser difícil ter que escolher APENAS uma memória para guardar.

29 de abril de 2011

MAGELA JÁ DEVERIA PEDIR PRA SAIR

Com saúde não se brinca! Nós sabemos muito bem disso! Mas… E os nossos governantes? Estarão preocupados? Será? Antonio Vieira que foi por nós eleito vice-prefeito e assumiu a secretaria de saúde prometendo que resolveria todos os problemas do setor em 90 dias e que em sua promessa de campanha prometeu zelar e cuidar do serviço público a fim de que pudéssemos ser atendidos em nossas necessidades básicas, como saúde, educação, transporte e outros? Vieira se demonstrou adoecido no cumprimento dessas promessas e acabou exonerado do cargo. Parece até que ele, o prefeito, os vereadores e o atual secretário Geraldo Magela, estão pouco “se lixando” para o bem estar da população. Vejamos a Saúde: Primeiro foram os enormes obstáculos para o atendimento no Hospital de Base, a falta de médicos para atendimentos, conforme já mencionamos em matérias anteriores, um Hospital antes considerado referência nacional e hoje “jogado às traças”. Na seqüência a falta de medicação em postos de Saúde e suas monumentais filas. Sem contar com vereadores como Raimundo Pólvora e Clovis Loiola, que acabam sendo beneficiados com concessões de fichas para consultas e exames médicos, que faltam para as pessoas humildes e que se submetem as intempéries do clima, da insegurança e das madrugadas sem êxitos em suas buscas de atendimento médico. As reclamações só aumentam, os cidadãos e cidadãs se revoltam e tentam procurar ajuda… Uma ajuda que não chegava. A imprensa sempre está noticiando o sucateamento da saúde pública em Itabuna, mas o que se pode perceber é o interesse escuso por trás da Secretaria de ir empurrando com problema para debaixo do tapete, com a desculpa esfarrapada de que todos os esforços estão sendo empreendidos e que logo haverá a volta da Saúde Plena, que funcionará como resolução da situação. O destrambelhado e inabilitado secretário Geraldo Magela, deixa o a circo pegar fogo para depois justificar que não tem mais como apagar o incêndio, para depois entregar “de mão beijada” a alguém que o faça, ou seja, abandona, deixa ruir, para alegar que para funcionar bem só com a Saúde Plena. Quanto descaso com a coisa pública! Enganam-se os que acreditam que o retorno da municipalização da saúde é a grande solução. Já está provado que a falta de comprometimento dos agentes políticos, a irresponsabilidade da falta de recursos estaduais, somadas a má gestão, causaram erros fatais em vários pacientes, pois com saúde não se brinca. São vidas que estão em jogo e um mau atendimento à população pode causar até a morte dos pacientes se não for bem gerido e segundo denuncias do médico Cristiano Conrado, dezenas de pessoas são mortas por falta de um simples aparelho de respiração artificial. Ademais isso não é novidade para ninguém, pois esses fatos são denunciados diariamente pela imprensa. Do jeito em que está a saúde pública em Itabuna, se pode até afirmar que as únicas coisas eficientes que o atual secretário, Geraldo Magela, está realizando é “escoar a verba pública pelo ralo” e empurrar a secretaria para o precipício da inutilidade pública.

UM BRINDE AO AMOR!

Os contos de fadas sempre foram os temas preferidos das histórias infantis. Quem de nós não ouviu: “Era uma vez uma linda princesinha... E foram felizes para sempre”. Havia um clima de sonho e magia. A monarquia inglesa vive mais um “conto de fadas” que encanta o cenário internacional. O amor, a beleza e o romantismo ocupam o espaço da mídia fazendo as nações esquecerem as guerras, os tsunamis, as rebeliões... O mundo embevecido participa desta emoção! Os preparativos para a cerimônia mais badalada da década transmitem aos expectadores um clima pitoresco de arrojo e suntuosidade. O príncipe William, primogênito dos príncipes Charles e Diana, ao escolher uma bela plebéia para ingressar no universo monárquico, deixa a população mais atraída e emocionada com o espetáculo. Há 30 anos, evento semelhante agitou o cenário internacional, em diferentes circunstâncias: a escolha espontânea da eleita e a relativa privacidade no namoro amadureceram a sociedade, integrando os povos de todas as classes e origens. A monarquia britânica entra na era do modernismo. O príncipe William tem a tarefa de garantir sua continuidade. O evento também promove a efervescência mágica do povo londrino: incontáveis bandeiras, fotos do casal nas mais diversas localidades, transmissão contínua, enfim a cidade toda parada! Os olhos do mundo se esbugalharam para a cerimônia. A Inglaterra teve decretado feriado nacional. A nação está em festa! O resultado do efeito “conto de fadas” dos príncipes William – Kate aqueceu o orgulho imperial do país. O espetáculo revive a memória da carismática e inesquecível princesa Diana. Torcemos por um final feliz do “Príncipe Encantado” e a “Cinderela em Foco”.

CRACK E ÁLCOOL NÃO SE MISTURAM

Se antigamente os jovens usavam a bebida alcoólica como pretexto para criar coragem, agora o instrumento é outro. O álcool foi substituído por outras drogas, especialmente pelo crack. Foi uma mudança lenta, porém gradativa, e que refletiu de maneira inequívoca no perfil dos dependentes químicos de Itabuna. Álcool e crack são drogas que não combinam muito bem. Portanto, quem usa crack, dificilmente consome bebida alcoólica. E a recíproca também é verdadeira. Quem usa álcool, não usa crack. Essa inversão começou a ficar evidente há cerca de uns três anos e meio, quando comecei a perceber a imprensa demonstrando este fato. No caso específico dos jovens, há uma dificuldade considerável para o sucesso do tratamento porque a maior parte chega aos centros e instituições de tratamento, levada pelos pais ou por ordem judicial, ou seja, obrigada. E já cheguei a conclusão que quando não há o desejo do paciente em se curar, a recuperação é mais difícil. O aumento no número de dependentes químicos é uma consequência direta da desestruturação familiar. E essa disfunção atrapalha, inclusive, na recuperação do paciente. De nada adianta recuperar a parte física se o dependente não reabilitar sua vida emocional e espiritual. A recuperação tem de ser completa. Essa é a grande dificuldade. É a mesma coisa que tratar um morador de rua e ele continuar sem um lar e sem uma família. A probabilidade de ele voltar ao vício é muito grande. O sucesso do tratamento depende da motivação do paciente. É isso que vai fazer com que o dependente queira se tratar. Ele precisa de um novo projeto de vida para ter forças. O álcool traz uma euforia muito grande para depois provocar a disforia, ou seja, um sentimento depressivo. E é justamente essa fase que deve preocupar. A pessoa acha que tudo é difícil. Ela perde o interesse, o prazer, a esperança, sente-se incapaz e triste. Há de se fazer com que a pessoa queira se tratar, nem que para isso seja preciso mudar hábitos, lugares que frequenta, amizades, enfim, criar um novo modo de vida. É por esse motivo que o trabalho do Alcoólicos Anônimos (AA) E Narcóticos Anônimos (NA) tem dado bons resultados. A proposta destes grupos é possibilitar o resgate da pessoa como um todo. Isso inclui a parte física, emocional e espiritual. O desejo de ajudar quem está na mesma situação é ponto fundamental para a recuperação. A pessoa deixa o egoísmo e se volta para o outro. Isso tem um efeito muito positivo”.

REALIZADO HOJE MAIS UM SONHO DE PRINCIPE E PRINCESA

Sem dúvida, o casamento de um herdeiro direto do trono da Inglaterra tornou-se um show global. Especialmente o enlace entre Charles e Diana, em 1981, logrou, em função do entrelaçamento das mídias modernas, o marco de primeiro espetáculo acompanhado ao vivo, mundo afora, de um principesco casório. Naturalmente o filho do então casal feliz, ao subir ao altar, carrega consigo, além do poder de atração do trono britânico, o grande carisma de sua falecida mãe. Por tudo isso, todos os passos da superprodução de hoje serão avidamente consumidos por incalculáveis multidões em todo o mundo. Por bons momentos, as imagens das violências e dos desastres globalizados, serão, mais uma vez, substituídas pelas cenas de contos de fadas. O misturar entre o sangue azul e o sangue vermelho acende nos corações e almas plebéias a ilusão do acesso democrático (e fácil) ao seletíssimo mundo dos reis e rainhas. Riqueza, poder, beleza, amor, paz, festa, são os elementos tornados aparentemente acessíveis a cada cena da via auspiciosa que, trilhada por William e Kate, será acompanhada polegada a polegada por todo o mundo através de todos os veículos de mídia. Quem não sonha com uma vida de príncipe & princesa? A torcida generalizada é que o conto de fadas de hoje não tenha o final infeliz que se seguiu quase imediatamente ao show protagonizado por Charles e Diana há 30 anos.

MAIS PRESOS FOGEM DE CELAS DE DELEGACIAS

Colher, cabo de panela de pressão e um alicate foram as ferramentas utilizadas por quatro detentos, para cavar a parede lateral de uma das celas da Delegacia de Barreiras e fugirem. Um agente estava de plantão no momento da fuga, e, os homens conseguiram sair pela Rua Ruy Barbosa. De acordo com informações dos policiais daquela unidade, três fugitivos são suspeitos de furto e o outro de lesão corporal. O grupo estava na delegacia conhecida como “antiga”, por ter sido construída antes do Complexo Policial. Em menos de duas semanas é a segunda fuga registrada. A outra foi registrada no último dia 16, quando seis custodiados fugiram do complexo policial. E ainda não foram recapturados. Mais uma vez é constatada a superlotação carcerária. De acordo com informações dos agentes, o xadrez de onde os quatro fugiram ontem, tem capacidade para 24, mas abrigava 51 presos. OUTROS CASOS - Na segunda feira passada, no município de Luís Eduardo Magalhães, 46 presos fugiram, mas 11 já retornaram às celas, sendo que um deles preferiu se apresentar ao delegado acompanhado de um advogado. Em Itacaré, sete presos fugiram, o mesmo acontecendo em Almadina, onde três presos escaparam. Em Eunápolis, 21 custodiados fugiram no sábado. (Mariacelia Vieira)

VERDES DISCUTEM TRÂNSITO E SUSTENTABILIDADE EM SALVADOR

BRT, VLT, metrô, bike ou a tradicional “paleta”? Qual o meio (ou meios) de transporte mais adequado, ecológico e sustentável para a capital baiana? Estas e outras questões darão a tônica do seminário Mobilidade Urbana: Transporte, Trânsito e Sustentabilidade que o Partido Verde da capital promove neste sábado (30 de abril), a partir das 14h, no Grande Hotel da Barra, em Salvador. Entre os palestrantes, o secretário estadual para Assuntos da Copa, Ney Campello e o mestre em Urbanismo e arquiteto Francisco Ulisses, um dos formuladores do projeto da Rede Integrada de Transportes de Salvador (RIT). Participam ainda como expositores do evento o engenheiro especialista em Transportes e consultor da FIESP Osvaldo Magalhães e o ex-secretário de Transportes de Salvador, Horácio Brasil, que acaba de voltar de Dubai, onde participou do 59º Congresso da União Internacional de Transportes Públicos. “Não queremos saber qual é o melhor sistema de transporte de massa para a construtora A ou B ou para a empreiteira C ou D. Nos interessa discutir o que é melhor para a nossa cidade, que hoje vive um verdadeiro caos em termos de mobilidade urbana. Vamos colocar os problemas na roda e discutir para juntos tentar encontrar soluções”, afirmou o presidente do Partido Verde da capital, André Fraga. “A administração da cidade é uma coisa muito séria para que a deixemos apenas nas mãos dos políticos”, pontuou. O seminário deste sábado é aberto ao público, com entrada franca, e integra uma série de debates que o PV Salvador está promovendo uma vez por mês, discutindo temas como: Saneamento e Meio Ambiente, Ecossistemas Urbanos, Promoção da Cultura da Paz, Habitação Sustentável, Esporte e Lazer, Educação, Economia Solidária, etc. O objetivo é debater um novo modelo de sustentabilidade para Salvador, visando colher subsídios para a formulação de um programa que irá nortear a posição do partido nas eleições municipais de 2012.

BRASIL TEM 60 MIL CASAIS GAYS QUE VIVEM JUNTOS

De acordo com os dados do Censo 2010, divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o Brasil tem 60.002 casais gays que vivem juntos. Esse foi o número de cônjuges que se declararam do mesmo sexo do responsável pelo domicílio. O número representa apenas 0,2% do total de cônjuges --37,547 milhões em todo o país. É a primeira vez que o dado foi pesquisado. CAMPANHA - Durante a coleta de dados do Censo, a ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais) realizou uma campanha para que os homossexuais declarassem sua condição aos recenseadores. A campanha ganhou a internet e diversas paradas gays pelo país, com o slogan "IBGE: se você for LGBT, diga que é!". O objetivo foi garantir que a população homossexual fosse mensurada pela primeira vez em todo o país. CENSO - Foram contratados em 2010 mais de 190 mil recenseadores para visitar os mais de 5.5000 municípios brasileiros. Ao todo, foram visitados 67,5 milhões de domicílios no período de 1º de agosto a 31 de outubro. Outras 899 mil residências foram consideradas fechadas. De acordo com o IBGE, neste ano, foi feito pela primeira vez uma estimação dos moradores de domicílios fechados. Em 2000, do total de 54,3 milhões de domicílios, 45 milhões eram ocupados e 528 mil fechados.

QUASE METADE DOS BAIANOS VIVE COM MENOS DE MEIO SALÁRIO MÍNIMO

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta sexta-feira (29) o censo de 2011. Segundo o IBGE, neste ano a Bahia é o 9º estado com maior número de domicílios onde a renda per capita (cada pessoa que mora no local) é menor do que meio salário mínimo. Os baianos incluídos nesta estatística correspondem a quase 44,87% de toda a população, constituída por mais de 14 milhões de pessoas. Maranhão, Piauí, Alagoas, Ceará, Pará, Paraíba, Pernambuco e Sergipe são os estados que estão a frente da Bahia neste censo. Sobre o analfabetismo, o estado tem mais de 1,7 milhão de pessoas que não sabem ler nem escrever, cerca de 16% da população acima de 15 anos.

28 de abril de 2011

NÃO SÃO POUCAS AS MAZELAS DA SAÚDE PÚBLICA E PRIVADA

Num município onde a saúde pública não passa de um direito social previsto na Constituição, pois, o Hospital de Base Luiz Eduardo Magalhães encontra-se abarrotado de pacientes sem atendimento e muitos chegando a óbito sem ao menos receberem os primeiros cuidados médicos e situações em que gestantes chegam a dar a luz em praça pública, pois, as maternidades em Itabuna encontram-se quase de portas fechadas por não possuírem leitos disponíveis para receber mais uma parturiente é clara a necessidade de uma atitude por parte do cidadão itabunense. Sendo assim, é inevitável um aumento significativo no número de assalariados que fazem um verdadeiro malabarismo com sua baixa renda mensal, no intuito de contratar um plano de saúde com a expectativa de obter atendimento, nesse que é, indiscutivelmente, um momento de fragilidade, pois trata-se de saúde e da vida humana. No momento em que se deparam com a negativa por parte da operadora na solicitação para autorização de algum procedimento, surge a frustração, o fato é que, muitos consumidores desconhecem que os benefícios almejados quando da contratação de um plano de saúde, não podem ser alcançados em sua totalidade, em decorrência de uma Lei (nº 9.656, de 1998), que rege os planos de saúde de todo o País, onde foram introduzidas alterações em todos os planos de saúde, criando uma espécie de plano “standart” com coberturas mínimas. Todos os contratos firmados a partir de 2 de janeiro de 1999, ou seja, na vigência da lei acima mencionada, são chamados Contratos Novos, ao tempo em que, aqueles que foram assinados até 31 de dezembro de 1998, são denominados Contratos Antigos. Essa classificação permite apenas uma interpretação, existe a necessidade de proceder a adaptação do seu contrato antigo às novas regras introduzidas pela Lei, através de um aditivo contratual. A falta de atendimento inicia um conflito que muitas vezes alcança a esfera judicial, onde de uma lado encontra-se o consumidor aflito para realizar um procedimento e de outro lado a operadora de plano de saúde, que na maioria das vezes está amparada pela Lei no momento em que nega o pedido. Assim, diante da possibilidade de ampliação do rol de cobertura de procedimentos, trazendo com isso uma maior segurança aos beneficiários, mesmo encontrando-se sujeitos aos prazos de carência, e aconselhável um estudo por parte do consumidor, consultando os órgãos reguladores e verificando com atenção seu plano de adesão, surge nesse momento a adaptação como melhor opção para satisfazer consumidor e prestadora de serviço. Para terminar esta postagem, quero fazer uma perguntinha básica: “por que Geraldo Magela ainda não assumiu a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Itabuna”! Alguém está habilitado a me responder?

A CONTRADIÇÃO DO BAR DIANTE DOS ALCÓOLICOS ANÔNIMOS

Tornou-se intolerante em Itabuna, os ruidosos equipamentos de som dos bares e dos veículos estacionados com o porta malas aberto e enorme caixa com alto falantes. A disputa entre os mal educados beira a insanidade, uma mixagem que ninguém consegue individualizar o que é tocado. Meu amigo Clodoaldo Sales participava na noite de quinta-feira, de uma reunião dos alcoólicos anônimos – AA, que homenageava membro de sua família, que completava dois anos sem beber álcool, longo período de sobriedade. Do outro lado da rua, um bar com música ao vivo, mesas com muita bebida e casais dançando, comemorava noite de boas vendas e, possivelmente, de lamentos por não poder contar com a demanda confinada no grupo dos alcoólicos. Os alcoólicos em fase de recuperação vão para as reuniões partilhar emocionadamente suas experiências de vida, com relatos de perdas de bens, familiares, amores, autoestima, com voz embargada e que exige muita concentração para coordenar as ideias. Ali são renovados compromissos de evitar o primeiro gole e a consequente recomendação de não frequentar ambientes em que estejam vulneráveis às tentações do alcoolismo. No bar, a altura do som vai aumentando em razão direta com o grau de embriaguez dos frequentadores e invade a reunião dos sóbrios, que não se intimidam, mas sentem flagrante desconforto. É como se um empresário inescrupuloso resolvesse montar uma tabacaria em frente a hospital de tratamento de câncer. Os bravos anônimos lembram aos presentes que o álcool é válvula de escape que não resolve os problemas de ninguém; enquanto isso, no bar a música repete o refrão: “eu vou beber pra resolver meus probrema... Bebe, negão!” Os sóbrios recomendam evitar os chamados gatilhos, condições favoráveis ao uso do álcool; no bar, Zeca Pagodinho, ícone dos cervejeiros, canta: “se quiser beber eu bebo, se quiser fumar eu fumo...” As portas do ambiente da sobriedade, que devem permanecer abertas à espera do alcoólico que ainda sofre precisando de ajuda, são fechadas para que não entre o som do gatilho, com os decibéis da insensatez.

DEPUTADO SE DIZ VÍTIMA DE PRECONCEITO POR SER HETEROSSEXUAL

O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) voltou a provocar momentos de constrangimento na Câmara nesta quarta-feira (27) ao criticar homossexuais durante audiência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, destinada a debater segurança pública com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. Depois de tornar a dizer que “não teria orgulho de ter um filho gay” e criticar a ideia do Ministério da Educação de divulgar vídeos anti-homofobia nas escolas, o parlamentar do PP traçou um paralelo entre uma “professora prostituta” e o deputado assumidamente homossexual Jean Wyllys (PSOL-RJ), que seria, segundo Bolsonaro, “o professor de homossexualismo da Câmara”, como interpretou o próprio Wyllys. As declarações irritaram a presidente da comissão, Manuela d’Ávila (PCdoB-RS), que interrompeu Bolsonaro. “Disse a ele [Bolsonaro] que enquanto fosse presidente da Comissão de Direitos Humanos, ele não faria piadas sobre homossexuais nas reuniões”, relatou a deputada. A reportagem entrou em contato, por telefone, com o deputado Bolsonaro e ainda aguarda retorno das ligações. Ao ser censurado pela deputada gaúcha diante da explícita referência ao deputado Jean Wyllys, que defende os direitos GLBT (gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros), Bolsonaro até tentou argumentar que suas críticas a homossexuais não teriam ofendido os integrantes da comissão. Aos gritos, Manuela reagiu. “Vossa Excelência se faz de ingênuo", afirmou. Diante da confusão, o próprio Jean Wyllys assumiu a palavra para dizer a Bolsonaro que estava “profundamente ofendido” com as declarações dele. “Disse ao deputado Bolsonaro que estava ofendido, sim. Foi meu primeiro bate-boca com ele”, afirmou. Aos gritos, Bolsonaro afirmou que estava sofrendo preconceito por ser heterossexual. “Estou sofrendo preconceito heterossexual”, gritou Bolsonaro. O deputado do PP ainda criticou a possibilidade de distribuição de livros com a temática GLBT para crianças e adolescentes nas escolas e chamou de "vergonhoso" o plano nacional GLBT. Acompanhando todo o bate-boca, o ministro da Justiça foi solidário ao deputado do PSOL. “O limite do direito é o direito do outro. É na escola que se combate os preconceitos”, afirmou Cardozo em clara manifestação de defesa dos programas do governo de combate à homofobia nas escolas. Na última semana, Bolsonaro entregou à Corregedoria da Câmara a defesa para acusações de racismo e homofobia, durante entrevista concedida a um programa humorístico. As informações são do G1.

CASAMENTO BOM É ESTAR DE BEM COM O PRÓXIMO MAIS PRÓXIMO

O casamento real do príncipe britânico com a plebeia, mais parece um conto de fadas, cercado de assombrações e de uma pressão para que seja diferente dos capítulos anteriores, que resulte num “felizes para sempre”. Para alguns os milhões que envolvem esta cerimônia, são um grande desperdício para a Inglaterra, mesmo grande parte do custo saindo da fortuna real. Mas, o país tem muito a ganhar com este casamento, primeiro porque milhões serão movimentados em função deste evento com turismo, vendas de lembranças, etc – estima-se que um terço da população mundial estará de olho na cerimônia. Também a futura sucessão do trono britânico, o sucesso ou fracasso da continuidade desta cerimônia, podem afetar positiva ou negativamente toda uma nação e economia. Investimento em casamento continua sendo um bom negócio, não para contos de fadas, mas para a vida prática; não só para glamorosos eventos, mas para aqueles que acontecem inclusive no anonimato. É o melhor investimento porque é através dele que se forma toda uma base para realizações, plena felicidade, ética, família e estrutura para novas gerações. E como bem se sabe, é da família que provém todo o reflexo/ base na sociedade. De um investimento bem feito, dos ganham! E se o casamento hoje é visto por muito apenas como um conto de fadas, uma estória de faz de conta, um fardo, uma cruz que se foge, é porque na prática, os bons costumes têm sido ignorados. Os reais valores que envolvem uma relação com o próximo mais próximo, passam por um bom investimento: amor, confiança cumplicidade. Sem estes, não há relação que dure – não importa sob qual circunstância aconteça. Infidelidade, mentira, fingimento, imaturidade, continuam sendo os fantasmas que assombram não só o casamento de Willian e Kate, mas de todas as pessoas, de cada relação de compromisso que se estabelece. Não há maior valor do que quando cônjuges aprendem a dar as mãos: reconhecendo erros, perdoando, mas especialmente unindo em oração. Casamento que traz lucro é aquele, que mesmo sendo humilde, longe das lentes de alta definição, tenha respeito e ambos se tratem como rei e rainha. Onde se busque fazer feliz a pessoa que ama. Um exemplo aprendido da relação divina para com todos: “Deus nos ama, não porque somos preciosos, mas somos preciosos, porque Deus nos ama” (Warth). O valor não está no quanto gasta, mas na qualidade que qualquer investimento possa trazer, ganha um, todos ganham! Este sim é a base para um ‘felizes para sempre?.

A VIOLÊNCIA NOS IDIOTIZA DESDE CEDO

A história do homem é por natureza, uma história de luta, guerra e, sobretudo de violência. Mesmo nos mais elevados níveis de civilização o culto a violência, através de competições sangrentas, mortes e sacrifícios sempre estiveram presentes. É, portanto inteiramente compreensível, que mesmo no século 21 o homem se divirta como há 2000 mil anos atrás. Haja vista, que a diferença entre as lutas praticadas nos ringues e tartames, pouco diferem das arenas. Assim como as bizarrices, do teatro romano são lembradas hoje nas “videocassetadas”. As pessoas continuam rindo com uma pessoa caindo, com um velho perdendo a dentadura, uma senhora idosa mostrando as partes íntimas ou uma criança fazendo careta por comer jiló. Tudo isso pode ser visto em casa sentado em um confortável sofá por toda a família, como a coisa mais natural. O que essa gente, inocentemente, não imagina é o quanto isto pode afetar a nova geração. O gosto pelo bizarro, que vem crescendo a cada dia, pode ser aprimorado em programas de televisão. Cenas de violência e desrespeito humano recebem patrocínio até pelo elevado nível de audiência. Ninguém se importa se alguém é levado à exacerbação, pela insistência de um repórter caricato e inoportuno. Muitas pessoas adoram ver alguém perder as estribeiras. Sendo alguém do cenário nacional os jornais dão destaque como se fosse uma notícia séria. Na busca pela imitação desta medonha ópera bufa algumas crianças resolvem levar o programa a escola, com direito a platéia e a interação dos colegas. Depois, escolhem suas vítimas, geralmente, crianças mais tímidas, portadoras de algum trauma, na maioria das vezes, sem muita atenção dos pais. Hoje, as crianças vão mais cedo para escola. Algumas são, simplesmente, depositadas ali, ou falta de vocação materna ou paterna. O filho foi um acidente de percurso. No outro, lado vem aquela criança que a permissividade familiar cultua suas aventuras, mesmo as mais perversas. Mais ainda, se orgulham disso. É a criança esperta. Esta esperteza, de mentir, dar respostas afiadas e não respeitar os adultos que é confundida com inteligência. A tragédia numa Escola Municipal do Rio de Janeiro comoveu e revoltou o Brasil inteiro. Mas, perguntamos: o que aconteceu para um ser humano chegar a ser um Wellington Menezes de Oliveira? O rapaz tinha premeditado até a própria morte (inevitável) a ponto de escrever uma bula de seu sepultamento e todas as suas mágoas. É bom pensar nisso?

PROFISSIONAIS DE SAÚDE ANUNCIAM GREVE

Representantes do Sindicato dos Médicos (Sindmed) e do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde (Sindsaúde) realizaram uma mobilização na praça da Piedade, em Salvador, nesta quarta-feira (27), para esclarecer a população sobre os motivos da greve, anunciada pela categoria para o dia 3 de maio. A paralisação será por tempo indeterminado. Segundo José Caires, presidente do Sindmed, a situação do sistema de saúde pública na Bahia é insustentável. “Estamos reivindicando por melhores condições de trabalho. É lamentável que as coisas tenham chegado a este nível, somos trabalhadores e o governo precisa valorizar nosso trabalho”, declarou. A categoria briga ainda por reajustes de salário e cumprimento da política de gratificações.

ASSEMBLEIA APROVA CRIAÇÃO DE 174 CARGOS

Os deputados estaduais aprovaram, na noite desta quarta-feira (27), o projeto de reforma administrativa na estrutura do governo do Estado que cria 174 novos cargos comissionados. A medida ainda cria quatro secretarias e modifica a estrutura de órgãos estaduais. A oposição, através do deputado Reinaldo Braga (PR), assegurou que acionará a Justiça para tentar anular a votação de uma emenda do deputado João Bonfim (PDT), que transfere o Irdeb, hoje na pasta da Cultura, para a Secretaria de Comunicação. A proposta, segundo a oposição, gera custos ao Executivo, o que é inconstitucional – conforme a legislação estadual, nenhuma proposta de autoria parlamentar pode gerar ônus financeiro ao Estado.

TRÊS POLICIAIS CIVIS PRESOS POR EXTORSÃO

Três policiais foram presos na manhã de ontem, acusados de crime de extorsão mediante sequestro. Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil, os investigadores Luis Carlos Macedo de Vasconcelos, Alexandre da Silva Rezende e Josivaldo dos Reis Pedreira, são suspeitos de terem tentado extorquir mediante sequestro, em novembro, um empresário. Os mandados de prisão foram assinados pela juíza Ivone Bessa, da 1ª Vara Criminal. O dinheiro não foi pago e o crime denunciado ao Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP) que encaminhou o trabalho para a Corregedoria da Polícia Civil. Segundo a corregedora Iracema Silva de Jesus, são 30 dias de prisão provisória, podendo ampliar para mais 30 e o inquérito segue depois para a Justiça. Os três investigadores são lotados na Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV), e foram encaminhados para a Corregedoria da Polícia Civil, onde permanecem. De acordo com as investigações, os suspeitos teriam abordado a vítima, que não teve seu nome revelado, forçando um flagrante de estelionato e tráfico de drogas. Para que não houvesse registro, os agentes teriam exigido, a principio, a quantia de R$50 mil, reduzindo posteriormente para R$10 mil. Segundo denúncia, sessões de ameaças e agressões foram vividas pela vítima que tentou negociar afirmando que teria apenas R$ 500, sendo por isso algemado e colocado numa viatura, onde teria ficado por mais de quatro horas. Durante o período que esteve com os policiais, a vítima afirma que circulou pelo Subúrbio Ferroviário, bairros como IAPI, Pau Miúdo e Pirajá até que os investigadores resolveram liberá-lo com o propósito de que em duas horas conseguisse os R$10 mil que seriam o passaporte de liberdade para o empresário e toda a família. A promessa era morte para ele e toda a família caso não cumprisse o acordo ou denunciasse o grupo. Por força da Lei da Magistratura, a juíza responsável pelo caso não pôde dar detalhes do trabalho. A Assessoria de Comunicação do Tribunal de Justiça esclareceu que o caso corre em segredo de Justiça por solicitação da própria polícia. EXONERAÇÃO - De acordo com a corregedora Iracema Silva de Jesus, os três policiais poderão ser exonerados, caso ao final do inquérito administrativo disciplinar instaurado, decida pela gravidade do ato. “No momento estamos formalizando o inquérito. A prisão temporária é por 30 dias, e, por se tratar de um crime hediondo podemos, solicitar mais 30 dias. Sendo colocados em liberdade ficarão à disposição da Justiça até a finalização do processo”, esclareceu. A corregedora negou que haja outras denúncias contra os três policiais presos. Lousado, o rapaz estaria sendo usado para a quadrilha alcançar o traficante que lhe fornecia a droga para que também fosse alvo de extorsão. O nome do traficante não foi revelado. (Mariacelia Vieira).

27 de abril de 2011

MAGELA TITUBEIA FRENTE À VACINAÇÃO

Mais uma campanha de vacinação espalha-se pelo Brasil. Itabuna parece que sabe pouco sobre isto. O secretário de saúde da prefeitura de Itabuna, Geraldo Magela, parece que está de férias para este assunto que deve merece prioridade neste momento atual. Se faz necessário um redobrado esforço dos que fazem a saúde pública e, particularmente, das instituições governamentais voltadas a esse segmento, no sentido de divulgar a importância de ser vacinado. É bem verdade que não mais se alevantam as tsunamis de ignorância que sacudiram a opinião pública contra os esforços pioneiros de grandes cientistas como Oswaldo Cruz, mas ainda é necessário um forte investimento publicitário para que as metas de vacinação sejam atendidas em todo País e em especial, em Itabuna. Nunca é demais lembrar que o preconceito massivo (contaminando desde o povão até as elites) provocaram uma poderosa insurgência contra a decisão do então presidente da República, Rodrigues Alves, de, em 1904, seguir a orientação de Oswaldo Cruz e determinar a obrigatoriedade da vacina contra a febre amarela. Naqueles primeiros anos do século 20, as ruas do Rio de Janeiro (alvo urbano inicial da campanha contra a febre amarela) foram tomadas de assalto por revoltosos, bradando pela “liberdade” de não serem vacinados. Até a elitista Escola Militar se levantou em defesa da burrice. Felizmente, a estupidez não venceu a ciência naquele tempo. Com o apoio da polícia e do exército, a campanha logrou êxito. Vitória literalmente conquistada à força, contra a opinião pública e boa parte da opinião publicada. Aqueles tempos estúpidos passaram. Mas as campanhas de vacinação ainda necessitam do aporte midiático, de forte publicidade. Oxalá as metas sejam alcançadas.

STF JULGA NA PRÓXIMA SEMANA RECONHECIMENTO DE UNIÃO GAY

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para o próximo dia 4 de maio o julgamento de duas ações que buscam o reconhecimento da união entre pessoas do mesmo sexo. Os dois processos têm como relator o ministro Carlos Ayres Britto. O julgamento conjunto inclui um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para que a união de casais gays seja reconhecida como “entidade familiar”. Com isso, o regime de direitos e deveres previstos na união estável seria estendido a companheiros do mesmo sexo. A ação tramita no STF desde 2009. Será julgada ainda a ação proposta pelo governo do estado do Rio de Janeiro, em março de 2008. O governador Sérgio Cabral (PMDB) pede que relacionamentos homossexuais de funcionários públicos do estado sejam reconhecidos como união estável, conforme definida por lei. O governo quer incluir casais gays no regime de licenças, previdência, assistência, entre outros benefícios conferidos aos servidores do estado que comprovam união estável. Segundo o governador do Rio, não reconhecer a união estável de casais homossexuais viola princípios fundamentais previstos na Constituição, como o da igualdade, da segurança jurídica e da proibição de discriminação. As informações são do G1.

HÁ UMA LAMBANÇA LATENTE NA SEGURANÇA PÚBLICA

Um parente meu chegou há poucos dias dos Estados Unidos e me contou que não soube de que lá, com tanta frequência, aconteçam as monstruosidades que estão ocorrendo no Brasil. Casos existem, é verdade, mas em menor número e são punidos com severidade. Há Estados em que existe a pena de morte. E os assaltantes sabem que a lei não é de brincadeirinha, como aqui em nosso País. A condenação de quem mata pode ser o extermínio ou a prisão perpétua. Pessoas psicóticas as há, em toda parte. Mas a criminalidade em nosso país não parece envolver somente consciências doentias. Tira-se a vida dos outros com tanta naturalidade! Como se fosse uma simples distração: como tomar uma cerveja, ir ao cinema ou jogar futebol. Por falar em futebol, até no esporte, que sempre foi motivo de lazer e de prazer, vê-se que, para alguns torcedores apaixonados, ele se transformou num motivo de brutalidade contra os adversários vitoriosos. Não há um só dia em que não se veja, na mídia, uma notícia de qualquer crime hediondo acontecido em algum lugar do Brasil. Sobretudo em nossa Itabuna, antes tranquila, de certo modo ordeira, outrora habitada só por gente boa e pacata. Se fosse somente roubar, estamos habituados com o exemplo oferecido por alguns de nossos políticos e gerenciadores do poder público. Mas matam inocentes com uma frieza apavorante! A impunidade é a base de toda essa transgressão. É dito e sabido que é ela que estimula o crime. O que fazem os responsáveis pelo bem-estar do cidadão? Há dinheiro para tudo, menos para a construção de cadeias decentes; para pagar melhor os policiais que arriscam suas vidas; para o aumento das forças de segurança que estão com número inferior de muitos anos atrás, sem levar em consideração o aumento da população. Como agravante, as drogas aumentaram seu poder destrutivo e invadiram nossas ruas, de maneira desenfreada, cujos jovens são os maiores protagonistas desses infernais alucinógenos. O comércio de armas corre por toda parte: são contrabandeadas, comercializadas e roubadas até em alguns quartéis e delegacias do sul da Bahia. Nossa Constituição está defasada. Deveria receber várias modificações. Uma delas em relação aos menores que praticam os mesmos crimes que os adultos e quantas vezes são usados por esses para se acobertarem? Mas ficam livres por causa da idade. Porque não existem reformatórios que os excluiriam da sociedade, evitando que cometessem novos crimes e aprenderiam um caminho honesto de viver?

LUTADOR MORDE E ARRANCA PEDAÇO DE BOCHECHA DA MULHER

Um lutador de vale-tudo mordeu e arrancou um pedaço da bochecha da mulher nesta terça-feira (26) na Baixa de Quintas, em Salvador, de acordo com denúncia da vítima. Segundo informações do posto policial do Hospital Ernesto Simões Filho, Yoná Mascarenhas, 30 anos, deu entrada na emergência por volta das 20h30 em estado grave. Ainda segundo o posto policial, o autor da agressão foi o companheiro da vítima, identificado como Edilberto Souza de Oliveira. De acordo com Yoná, Edilberto, que é pugilista de uma academia da região, afirmou depois da briga que iria matar as filhas dela. Conhecido como Crocotá, ele luta na modalidade Mixed Martial Arts (MMA). Edilberto fugiu no carro da vítima, um Ford Ka. Yoná, que foi socorrida por um motorista que abastecia em um posto de gasolina, disse que já prestou várias queixas do companheiro em delegacias da cidade. Ela está no centro cirúrgico do hospital realizando suturas no rosto. Edilberto está sendo procurado. O caso deve ser investigado pela 2ª Delegacia. (Mayra Lopes).

MULHER É PRESA APÓS MORDER O PÊNIS DO NAMORADO

A norte-americana Lucinda Kinder, de 32 anos, foi presa na última quarta-feira em Coralville, no estado de Iowa (EUA), acusada de morder o pênis do namorado durante uma discussão, segundo reportagem do jornal "Daily Iowan". O casal mantinha um relacionamento amoroso há, pelo menos, um ano. De acordo com a polícia, a mulher bateu no homem, arranhou seu ombro e, em seguida, mordeu seu pênis. Ela foi levada para a prisão do condado de Johnson sob a acusação de violência doméstica e agressão sem intenção de causar ferimentos. A Justiça estipulou uma fiança de US$ 2.500. O CASO RUSSO DE PÊNIS MORDIDO - Um casal Russo de 30 anos vai, a partir de agora, pensar duas vezes antes de ter "salsicha" com panquecas. A mulher estava evidentemente a fazer sexo oral com o seu marido enquanto este fritava panquecas na cozinha. A tragédia deu-se quando ele deixou cair uma panqueca 'bem quentinha' nas costas da mulher. A dor intensa fez a mulher cerrar os dentes involuntariamente. Resultado, o homem está a ser tratado devido às graves dentadas ao seu pénis, enquanto a mulher sofreu uma pequena queimadura.

QUEM SERÁ O PREFEITO?

José Nilton Azevedo, Leninha Alcântara, Luiz Sena, Wenceslau Júnior, Claudevane Leite, Juçara Feitosa ou Geraldo Simões.Segundo analistas, cientistas políticos, marqueiteiros, jornalistas, curiosos e palpiteiros, um dos nomes acima deverá ser o futuro Prefeito de Itabuna. Não duvido. Mas uma dúvida me deixa inquieto. O que vai mudar com qualquer um deles? Torno a ler os nomes, um por um, bem devagar e, sem demérito a qualquer um deles, não sinto o menor entusiasmo. Devo estar exigente demais – penso, e resolvo tentar mais uma vez. Releio e, para falar a verdade, fico quase torcendo para que um deles me cause pelo menos uma leve excitação de novidade, de mudança ou de esperança. Mas... nada. São experientes, sérios, competentes e honestos. Mas...iguais. Embora diferentes, são iguais. E o que os torna iguais? Em todos eles falta a predestinação, a ousadia e o carisma que difere um Prefeito de um Estadista. E isso, não há marqueteiro que consiga criar. (paulocaminha1.blogspot.com).

JUÍZES E SERVIDORES FEDERAIS PARAM POR 24 HORAS

Os juízes e servidores da Justiça Federal realizam uma paralisação de 24 horas nesta quarta-feira (27), e apenas os serviços emergenciais estão sendo realizados, como recebimento de habeas-corpus, liminares e mandados de segurança, além dos serviços de pagamento das varas trabalhistas. Segundo a Associação dos Juízes Federais (Ajufe), “todos os casos de urgência serão atendidos para não prejudicar o cidadão”. Os servidores do Judiciário, que Eles reivindicam a aprovação do plano de cargos e salários, sob a justificativa de que o último reajuste da categoria ocorreu em 2006, se reunirão em assembléia nesta quarta para decidir sobre o início de uma greve por tempo indeterminado, com início no dia 3 de maio.

PROFESSORES DA UNEB ENTRAM EM GREVE POR TEMPO INDETERMINADO

Os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) deflagraram greve por tempo indeterminado depois de assembléia geral, realizada ontem (terça-feira/26). Foram mais de 150 votos favoráveis à paralisação, contra 30 votos contrários. Com a Uneb, todas as universidades estaduais da Bahia encontram-se com as atividades paralisadas e deixam, assim, cerca de 60 mil alunos sem aulas. A greve dos professores, que já dura 15 dias na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), 18 dias na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb) e na Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc). As principais reivindicações dos professores são a revogação do decreto 12.583, de fevereiro, que restringe o orçamento da universidade e proíbe a contratação de professores substitutos, e a retirada do acordo proposto pelo governo de uma cláusula que determina que os professores só podem apresentar novas queixas e reivindicações em 2015. Além disso, ela também congela o salário dos professores. Esta cláusula, segundo os professores, foi apresentada no último momento durante negociações salariais em dezembro do ano passado. Por enquanto, o governo enviou uma resposta oficial aos representantes dos professores na qual mantém a cláusula e afirma só assinar o acordo salarial após a categoria sair da greve. Nesta quinta (28) os professores vão realizar um grande Ato Público, segundo informações divulgadas pela assessoria, com concentração na frente do Teatro Castro Alves, na Praça do Campo Grande em Salvador, às 15h.

26 de abril de 2011

LULA CONCORDA COM VOLTA DE DELÚBIO AO PT

Um dos principais operadores do mensalão do PT começa o processo de refiliação ao partido na quinta-feira (28), com o apoio do ex-presidente Lula e da corrente que manda na legenda atualmente, a Construindo um Novo Brasil (CNB). Delúbio era tesoureiro da sigla quando saiu, em 2005, após as denúncias do seu envolvimento no esquema de corrupção. Seu retorno está na na pauta da reunião preparatória que a CNB realiza nesta quinta. No sábado (26), haverá a reunião do Diretório Nacional. A corrente majoritária petista já começa a discutir também a sucessão do atual presidente do PT, José Eduardo Dutra, que, licenciado desde 22 de março, não voltará ao comando, por decisão própria. Informações da Folha de S. Paulo.

UM ASSASSINATO EM CADA DOIS DIAS EM ITABUNA

Itabuna está a quatro assassinatos de atingir a marca dos quatro primeiros meses do ano passado, quando foram registradas 62 mortes violentas. Segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública, janeiro foi o mês menos violento do quadrimestre de 2010. Março foi o mês que registrou o maior número de assassinatos entre os quatro primeiros meses do ano passado. Já neste ano, entre janeiro e esta terça-feira, 25, foram 58 assassinatos em Itabuna, sendo três entre sexta-feira e domingo. De acordo com a polícia, pelo menos 70% dos mortos tem menos de 40 anos e cerca de 90% das execuções estão relacionadas ao tráfico de drogas. Os três últimos assassinados, por exemplo, tinham envolvimento com tráfico e contavam com passagem pela polícia. Um dos mortos foi Rafael Rodrigues Santos, 21 anos, apontado como líder do tráfico no bairro Zizo. Outro executado em um provável acerto de contas com rivais foi Danilo Batista dos Santos, 18 anos, assassinado perto do Conjunto Penal, no bairro Nova Ferradas.

ESTRADAS BAIANAS SÃO AS MAIS PERIGOSAS DO PAÍS

As estradas federais baianas foram as que registraram o maior número de acidentes com vítimas fatais nesta Semana Santa em todo o país, passando Minas Gerais, que, até então, era quem tinha o trânsito mais violento. Foram 25 mortes na Bahia contra 24 no estado vizinho. Com mais dois óbitos em estradas estaduais, foram 27 casos em todo o trecho, 260% a mais do que o mesmo período do ano passado, quando morreram apenas 10 pessoas. Houve acréscimo também no número de acidentes: foram 184 este ano, com 90 feridos; em 2010 houve 105 acidentes e 58 feridos. Informações do A Tarde.

GABINETE DE WAGNER GANHA 39 NOVOS CARGOS

A reforma administrativa enviada pelo Executivo à Assembleia Legislativa, que cria 1.118 cargos e extingue 944, prevê 39 novos cargos para o gabinete do governador Jaques Wagner (PT). No balanço, serão criadas 104 novas vagas para serem ocupadas por indicações políticas. Segundo matéria do jornal A Tarde, os novos postos custarão R$ 543 mil mensais para os cofres públicos – metade deste custo, R$ 278,3 mil, será para custear as ocupações a serem criadas no gabinete de Wagner. A explicação de governistas é o aumento das atribuições do setor, que agora agrega uma diretoria de Relações Internacionais, a cargo de Fernando Schimidt.

DEM, PSDB E PPS ARTICULAM MEGAFUSÃO

Na imprensa nacional não se fala em outra coisa senão na incessante busca por parte do DEM por uma fusão com o PSDB e o PPS, principalmente depois que começou a debandada para o novo PSD, do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. Isso tudo, com intuito exclusivo de barrar o poderio e hegemonia do PT e seus aliados, em especial na Bahia. Com base nisso, ninguém menos que o deputado federal ACM Neto (DEM) é tido como um dos principais articuladores. As primeiras conversas entre os oposicionistas teriam começado logo após as eleições de 2010. Contudo, sentindo-se pressionado, o PSDB teria pedido socorro ao presidente do PPS, deputado Roberto Freire, para contrabalancear o ingresso dos democratas. O convite já teria sido aceito. No entanto, em conversa com a Tribuna, o democrata baiano negou a articulação de forma veemente e assegurou que neste momento a prioridade não é fusão, mas sim a reestruturação e renovação do Democratas e dos partidos de oposição, de forma que seja estimulada a entrada de novos quadros para disputar as eleições municipais no próximo ano. “Isso não tem fundamento. Esse assunto de fusão não está em pauta. Estamos preocupados com a reestruturação da nossa legenda, da oposição, exatamente com o objetivo de saírmos fortalecidos das eleições de 2012”, disse o democrata, justificando que erros do passado não serão mais cometidos. “No último pleito, em muitas cidades o DEM esteve de um lado e o PSDB do outro. Portanto, a primeira medida dos partidos de oposição está sendo aparar as arestas que existem em alguns municípios”, afirmou. O deputado reiterou ainda que o fortalecimento das legendas passa pela entrada de novos nomes nas agremiações. Para isso, vai rodar o Brasil para levantar novos quadros entre maio e setembro deste ano, pois em 5 de outubro fecha-se a janela para filiações que visam a disputa de 2012. No âmbito estadual, ACM Neto reforça que um trabalho individual em diversos municípios baianos já foi iniciado também com base em 2012. “A nossa meta é sabermos onde podemos lançar candidaturas próprias e também nos fortalecermos com novas lideranças. A largada já foi dada com a confirmação de Aleluia (José Carlos) na presidência do partido. A partir de agora vamos intensificar o diálogo com potenciais partidos, como o PMDB, PSDB e o PR, se possível”. (Fernanda Chagas).

OPOSIÇÃO DIZ QUE CARLOS MARTINS VIVE NA SUIÇA

Os deputados Bruno Reis (PRP), Carlos Geilson (PTN) e Luciano Simões (PMDB) criticaram esta tarde, no plenário da Assembleia, a apresentação feita hoje cedo pelo secretário da Fazenda, Carlos Martins, sobre as contas do último quadrimestre de 2010 do governo, em audiência no Plenarinho da Casa. Reis afirmou que o corte de R$1,1 bilhão anunciado pelo Executivo ao Orçamento estadual não se justifica, já que a arrecadação cresce e o governo é de continuidade. “Além disso, o secretário, que sempre culpou o passado pelos fracassos do presente, não explicou a herança maldita deixada pelo primeiro governo de Wagner para o segundo. Só de restos a pagar são R$791 milhões”, lembrou. Bruno Reis destacou que os cortes prejudicam as universidades, pois impede a contratação e promoção de professores e fere a autonomia das instituições públicas superiores do estado. Luciano Simões ironizou a apresentação de Carlos Martins sobre a área da segurança pública. “O secretário afirmou que a segurança está uma maravilha, que não faltam recursos. Mas o que vemos são muitas delegacias sem condições de sequer comprar papel. Mas, para o secretário, a segurança está controlada”, frisou. “Na educação, o governo faz a propaganda de uma nova escola em Capela do Alto Alegre que saiu mais cara do que o próprio colégio”, complementou. Carlos Geilson disse que Carlos Martins quis “enganar a todos ao fingir que estamos na Suiça”, ao apresentar só números positivos. “Quem anda no interior vê que temos obras e obras iniciadas e obras e obras interrompidas”, acrescentou, lembrando que o governo agraciou prefeitos de todo o interior com recursos em 2010, ano eleitoral, e, depois do pleito, não repassou mais nada aos cofres dos municípios.

ENCONTRO DE PRÉ-CANDIDATOS TEM MOTIVAÇÃO COMO MOTE

“Vencer 2012”. Esse é o slogan do Encontro Regional de pré-candidatos a Vereadores, Prefeitos e Vices, que ocorrerá nesta quinta-feira (28), a partir das 8h30min, no auditório da FTC (Faculdade de Tecnologia e Ciências) de Itabuna. O evento é promovido pelo CDAC (Centro de Desenvolvimento Agroambiental e Cidadania), em parceria com a AMURC (Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste da Bahia). Segundo o organizador do encontro, Valdir Ribeiro, a previsão é reunir em torno de 200 pessoas, a maioria pré-candidatos. Eles deverão ouvir de especialistas dicas valiosas sobre como conduzir suas campanhas. Trata-se de um evento inédito, que buscará, por meio de palestras, “incutir nos pretensos candidatos noções de ética, respeito à legislação e condução da campanha e do eventual mandato”. AS PALESTRAS - Estão programadas palestras com os seguintes temas: Ética na Política, com o Consultor Alan Gonçalo, Aspectos da Legislação Eleitoral e a Candidatura, com advogado e ex-candidato a senador, Ruy Correa, Prerrogativas do Município/Executivo e Legislativo, com o Dr. José Reis Aboboreira, Dr. Rodrigo Martins e Dr. Joabes Ribeiro, Compromisso e Responsabilidade com o Mandato, a ser desenvolvida pelo deputado federal Roberto Brito, e tema livre com Luiz Caetano, Prefeito de Camaçari e Presidente da União das Prefeituras da Bahia – UPB. Estão confirmadas, também, as presenças do presidente da AMURC e prefeito de Ibicuí, Claudio Dourado, e o presidente da ACSULBA – Associação das Câmaras do Sul da Bahia, Eduardo Ramos. “Temos como objetivo nessa ‘arrancada eleitoral’ despertar a motivação e oferecer conhecimento aos candidatos, e em especial àqueles que estão se lançando pela primeira vez. Nosso desejo é que cada um saia desse evento com uma linha de conhecimento definida a seguir em sua futura candidatura”, observa Valdir Ribeiro. O custo da inscrição será de R$ 30,00 por pessoa, valor a ser utilizado para cobrir os custos com a organização do encontro. Os interessados podem inscrever-se com antecedência. Contatos pelo telefone (73) 8825-5181, pelo site do evento (vencer2012.blogspot.com); e pelo e-mail vencer2012@hotmail.com.

LUTO DE 25 ANOS...

Hoje, 26 de Abril 2011... Exatamente Vinte e Cinco anos após a maior tragédia nuclear da história, com mais de 60 mil mortos... e a Bahia ainda tenta trazer uma Usina Nuclear!? Vinte e cinco anos depois do fatídico 26 de abril de 1986, quando o reator de Chernobyl ,situado na Ucrânia , explodiu. A estimativa é de que o número de mortos por câncer causado pelo acidente pode chegar a quase 100 mil nos próximos anos. Além disso milhões de pessoas continuam sofrendo os efeitos devastadores, econômicos, sociais e ecológicos. Passaram-se 25 anos... e hoje, em pleno Século XXI , o governo da Bahia , insiste em trazer uma Usina Nuclear, que é um afronto aos baianos a vinda dessa “BOMBA". Usinas nucleares são caras e perigosas. Acidentes nessas instalações podem ter efeitos e custos incalculáveis. O desastre ocorrido em Chernobyl,deixou milhares de mortos e milhões de contaminados. Reatores e instalações geram grandes quantidades de lixo nuclear, que precisam ficar sob vigilância por milhares de anos e não se conhece técnica 100% segura para seu armazenamento, sou altamente contra a construção de usinas nucleares no Brasil. Existem outras fontes de energia, mais limpa e segura, como a eólica, solar, mares... Uma usina nuclear para a Bahia é retroceder 70 anos, além de trazer um grande PERIGO! Hoje fez 25 anos do maior desastre da história nuclear... Meus sinceros sentimentos as vitimas de Chernoby...Espero que alguém não dedique esses sentimentos por nos baianos um dia... DIGA NÃO A USINA NUCLEAR NA BAHIA! (Marcell Moraes - Ambientalista, Presidente do Grupo Ambientalista Amigos da Onça-GEAMO, Vice – Presidente do Partido Verde – Salvador/Dirigente Estadual PV.

25 de abril de 2011

RENATO COSTA: "GERALDO É INADIMPLENTE COM A MEMÓRIA"

A alcunha “o inadimplente da palavra” criada pelo médico Renato Costa para o deputado federal Geraldo Simões (PT) é, sem sombra de dúvida, um rótulo muito eficiente, popularizado na opinião pública e muito lembrado entre os políticos regionais. No caso específico, a pecha tem causado problemas a Geraldo, que sempre esbarra no “pé atrás” dos possíveis aliados, quando tenta formar novas alianças para as eleições municipais de 2012. No último final de semana, a Coluna Livre de José Adervan (jornal Agora), trouxe uma declaração do deputado petista, que não é corroborada por Renato. “Pedinha” garante que trabalhou para que Renato fosse candidato a deputado federal em 2002, e que o médico, por teimosia, preferiu renovar o assento na Assembléia Legislativa. Renato afirma o contrário, uma vez que o próprio Geraldo o convenceu a insistir no parlamento baiano. “Eu rompi com ele, devido ao seu costume de ser inadimplente com a palavra. Anos depois, percebo que Geraldo também é inadimplente com a memória”, detonou Renato. (www.blogdogusmao.com.br).

PARTIDOS SE UNEM PARA BARRAR PSD DE KASSAB

O DEM, PTB, PPS e PMN resolveram se unir para montar uma estratégia jurídica contra o Partido Social Democrático (PSD), legenda recriada pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab. O objetivo é impugnar a formação da agremiação quando o registro for solicitado à Justiça Eleitoral e reivindicar o mandato dos políticos que deixaram seus partidos. O PSDB, que nesta semana perdeu seis vereadores na capital paulista com chances de migrar para o PSD, pode se aliar a estes partidos na estratégia contra os futuros correligionários de Kassab. “Está tudo engatilhado e estamos esperando o momento oportuno para ingressar com as ações”, revelou um assessor jurídico do DEM. “Os advogados dos partidos estão combinando uma estratégia em comum”, acrescentou. Na próxima semana, os advogados do prefeito paulistano vão registrar em cartório a ata de criação do PSD. Até agora, foram colhidas quase 200 assinaturas de políticos provenientes de diversas legendas, quase o dobro das 101 adesões necessárias para o registro da associação jurídica. “Não é possível barrar a criação deste partido”, desafiou o deputado federal Guilherme Campos (SP).

BRASIL CAI EM RANKING GLOBAL DE TURISMO

Relatório elaborado pelo Fórum Econômico Mundial coloca a sede da próxima Copa do Mundo e das Olimpíadas de 2016 na posição 52 entre 139 países avaliados - Apesar de ser considerado o País com a maior riqueza natural do mundo, o Brasil não consegue ser competitivo na indústria de turismo e perde espaço para outras nações. Problemas de infraestrutura, regulação, violência, falta de mão de obra qualificada e ausência de investimentos acabam se sobrepondo às vantagens das belezas nacionais. É o que mostra o ranking sobre a competitividade no setor divulgado ontem pelo Fórum Econômico Mundial. O Brasil desbancou todos os 139 países analisados e marcou o primeiro lugar no quesito de riqueza natural, principalmente pela diversidade de espécies animais existentes, com a fauna mais rica do mundo, além do número de lugares considerados patrimônios da humanidade, da quantidade de áreas protegidas e da qualidade do meio ambiente. Entretanto, ficou apenas com o 52.º lugar na classificação geral do ranking de competitividade no turismo deste ano, perdendo sete posições na comparação com o levantamento anterior, realizado em 2009 - apesar de ter mantido praticamente a mesma nota. As piores avaliações foram obtidas em critérios como a infraestrutura de transportes, a ausência de trabalhadores qualificados e as regras para o estabelecimento de negócios no setor. O Brasil aparece, por exemplo, como um dos países onde mais tempo se leva para abrir uma empresa. O peso do crime e da violência também desfavorece o País. O levantamento mostrou ainda a falta de prioridade dada à indústria de turismo, em razão dos baixos investimentos do governo. "A rede de transportes continua pouco desenvolvida e a qualidade das estradas, portos e trens precisa de melhorias", diz o estudo. O Fórum Econômico Mundial destaca que a competitividade do Brasil nessa área fica abalada também em razão dos elevados impostos que recaem sobre o transporte. O levantamento aponta a alta taxação embutida nas passagens aéreas e as tarifas cobradas pelos aeroportos.

A IMPORTÂNCIA DO CAFEZINHO

Dois leões fugiram do Jardim Zoológico. Na fuga, cada um tomou um rumo diferente. Um dos leões foi para as matas e o outro foi para o centro da cidade. Procuraram os leões por todo o lado, mas ninguém os encontrou. Depois de um mês, para surpresa geral, o leão que voltou foi justamente o que fugira para as matas. Voltou magro, faminto, alquebrado. Assim, o leão foi reconduzido a sua jaula. Passaram-se oito meses e ninguém mais se lembrou do leão que fugira para o centro da cidade, quando um dia, o bicho foi recapturado. E voltou ao Jardim Zoológico gordo, sadio, vendendo saúde. Mal ficaram juntos de novo, o leão que fugira para a floresta perguntou ao colega: - Como é que conseguiste ficar na cidade esse tempo todo e ainda voltar com saúde? Eu, que fugi para a mata, tive que voltar, porque quase não encontrava o que comer...!!! O outro leão então explicou: - Enchi-me de coragem e fui esconder-me numa repartição pública.Cada dia comia um funcionário e ninguém dava por falta dele. - E por que voltaste então para cá? Tinham acabado os funcionários? - Nada disso. Funcionário público é coisa que nunca se acaba. É que eu cometi um erro gravíssimo. Tinha comido o diretor geral, dois superintendentes, cinco adjuntos, três coordenadores, dez assessores, doze chefes de seção, quinze chefes de divisão, várias secretárias, dezenas de funcionários cargo comissionado e ninguém deu por falta deles! Mas, no dia em que eu comi a tia que servia o cafezinho... Estraguei tudo!!! (Nonato teles).

UBATÃ VOLTA ÀS RAIAS DA CANOAGEM

Depois de um ano ausente das organizações de competições de canoagem, o município de Ubatã, no sul da Bahia, realiza nos dias 30 de abril e 1ª de maio uma etapa do Campeonato Baiano de Canoagem Velocidade. A competição será organizada pela Associação Canoa Forte (ACF), recém-filiada à Federação Baiana de Canoagem (Febac) e à Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa). Nesta etapa, com o apoio do Governo do Estado da Bahia, através da Superintendência dos Desportos (Sudesb/Setre)), a ACF fará no dia 30, à noite, no Plenário da Câmara de Vereadores duas palestras direcionadas aos canoístas de Ubatã, Ubaitaba, Itacaré e Itajuipe, cidades que participarão da competição. Uma palestra vai mostrar a importância social, cultural e econômica do rio de Contas e a outra vai tratar das políticas públicas da Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) para o setor. Segundo Wesley Faustino, coordenador do campeonato, além da busca de bons resultados pelos canoístas de Ubatã, o evento tem como foco também a inclusão social e a preservação ambiental. “Para os canoístas, o rio de Contas faz parte da vida deles. E é fundamental que eles tenham o maior cuidado com o rio”, frisou Wesley. No domingo (1/05), os canoístas entram nas águas da raia do rio de Contas, na Fazenda Vapor, para mostrar porque estão entre os melhores do Brasil. “Estou muito feliz com a competição. Será uma grande oportunidade para mostrarmos nossa qualidade”, diz Mathias Oliveira, campeão baiano, brasileiro e sul-americano. SUL DA BAHIA É DESTAQUE NA CANOAGEM MUNDIAL - O presidente da Febac, Jeferson Lacerda, ex-técnico da Seleção Brasileira, é considerado um dos melhores atletas do país, sendo campeão em todas as categorias da canoagem. “ Sou um apaixonado pela canoagem e dedico, voluntariamente, boa parte do meu tempo para passar tudo que sei a eles”, fala, emocionado, Jeferson. A importância da canoagem baiana pode ser vista nos quadros das seleções brasileiras. O atual técnico da Seleção Brasileira é baiano, a Seleção Feminina Sênior é 100% composta por atletas da Bahia e a Masculina Sênior só tem um atleta que não nasceu no estado. “Das 21 medalhas medalhas ganhas pelo Brasil no Sul-americano de 2001, treze foram conquistadas por canoístas baianos”, lembra José Carlos Almeida, vice-presidente da Febac e presidente do Conselho Fiscal da CBCa. Wesley completa: “Três destas medalhas estão no peito do ubatense Erlon Souza”.

ALITA E AGRAL

Itabuna e Ilhéus são duas cidades pujantes do Sul da Bahia que sempre nutriram um ranço de rivalidade comum às cidades interioranas que se compenetram de sua importância no desenvolvimento do seu estado. Na telenovela Gabriela da rede GLOBO, escrita por George Durst, do romance Gabriela, Cravo e Canela de Jorge Amado e dirigida por Walter Avancini, reforça as nossas considerações dessa construtiva e benigna rivalidade histórica, quando o principal personagem do romance, o caudilho “coronel” Ramiro Bastos, rompe politicamente com o intendente de Itabuna que apoiado pelo jovem político Mundinho Falcão, pleiteiam junto ao governo do estado, separar Itabuna de Ilhéus e torná-la cidade, os meus leitores conhecem o desfecho... Pois é Mané, não é que após 50 anos de Ilhéus ter sua ALI, Itabuna, hoje, fundou sua ALITA, ou melhor, fundou a ALITA e a AGRAL!... As duas casas literárias irão, certamente, juntar os poetas, os romancistas, os trovadores, os ensaístas, os cronistas, os articulistas, enfim, os valores expressivos da palavra e da escrita. ALITA foi parida, veio à luz, numa das salas da FICC, às 9:00h, no dia 19 do mês de abril do ano cristão de 2011, e, acalentada nos braços dos preclaros Cyro de Mattos, Dinalva Melo, Ruy Póvoas, Antônio Laranjeira Barbosa, Geny Xavier, Marcos Bandeira e outras mulheres e homens de expressão literária da terra do cacau. Este “escrevinhador”, o segundo filho de dona Leonor, também, estava lá, não com a mesma competência obstétrica dos demais confrades, mas com o mesmo desejo de vê-la nascer com saúde para daqui alguns anos, ela perambule e troque idéias com suas irmãs gêmeas neste país de Drummond, Cora Coralina, Aluísio de Azevedo, Adonias Filho, Amado Jorge (perdoe-me o trocadilho), João Ubaldo Ribeiro, Graciliano Ramos, José Lins do Rego, Guimarães Rosa e o mulato Lima Barreto, dentre outros, e, o nosso mais louvado escritor, jornalista, cronista, dramaturgo, contista, folhetinista, poeta e crítico literário, o mulato, Joaquim Maria Machado de Assis de registro de nascimento e “Machado de Assis” para o povão. ALITA nasceu do desejo democrático dos seus pais, ou seja, da idéia gerada e amadurecida ao longo dos anos no ventre de mulheres e homens de Itabuna, ela não nasceu de uma transa esporádica, duma pirocada leviana, mas nasceu depois de vários exames e consultas aos ginecologistas e com DNA de mulheres e homens que constroem sonhos. Parabenizo as duas meninas ALITA e AGRAL, peço o apoio e a compreensão de ALI para suas novas irmãs. Parabenizo, também, os seus padrinhos, Jorge Leal Amado de Faria e Adonias Aguiar Filho, espero que elas cresçam com saúde, sem picuinhas, sem competições, sem rivalidades e abriguem nos seus seios, filhos e filhas naturais e adotivos que honrem essas terras do sem fim de Ilhéus e Itabuna. (Rilvan Batista de Santana).

DUAS IMPORTANTES EMPRESAS DE ITABUNA LANÇAM SITES

Uma das mais importantes empresas do comércio de Itabuna, a Itafrio Refrigeração, acaba de inaugurar seu novo site. Em funcionamento desde o começo do mês, o site, que pode ser acessado pelo endereço www.itafriorefrigeracao.com.br apresenta informações sobre a empresa, localização, página de contatos, mas principalmente, uma Loja Virtual onde dezenas de produtos da loja podem ser adquiridos e entregues em domicílio. VENDAS ONLINE - No momento, já são diversos produtos disponíveis no catálogo da loja virtual da Itafrio, como peças, refrigeradores, condicionadores de ar, ferramentas, fogões e lavadoras. Segundo o empresário Marino Moura, "a intenção é nos próximos meses cadastrarmos todos os produtos disponíveis na loja física, para que também possam ser comprados via Internet". As vendas são feitas através do sistema PagSeguro, que aceita praticamente todos os cartões de crédito, transferência bancária e boleto. Outra que está estreando na web é a Estância Gaúcha Churrascaria, no endereço www.estanciagauchachurrascaria.com.br. Apesar de não fazer vendas online ainda, o site é um grande estímulo ao apetite, com fotos, informações, curiosidades sobre churrasco e dicas de sites interessantes. Através do site também pode-se entrar em contato com a administração da empresa, que promete para breve uma série de promoções exclusivas para o público internauta. (Ari Rodrigues).

EM 2012 SERÃO 21 VAGAS NA CÂMARA DE VEREADORES DE ILHÉUS

Há quarenta dias estamos anotando os pseudo-s pré-candidatos a vereadores da cidade de Ilhéus em 2012. Ao longo desses dias, percebemos que muitas pessoas se intitulam candidatos. Mesmo de forma discreta, alguns começam a engajar em movimentos sociais, começam a freqüentar os templos religiosos, participam de batizados, aniversários e até mesmo começam a colocarem a mão no bolso para de uma forma ou outra, divulgarem os seus nomes. A novidade da listagem são as ausências de Marcos Flávio e Jailson Nascimento, vereadores em Ilhéus, que se dizem candidatos a prefeito. “Chega de Câmara, dizem eles”. Figuras que já se intitulam candidatos a vereadores ou já se especulam. Nomes comuns e até mesmo apelidos estranhos: Tarcísio da Paixão, Alzimário Belmonte, Dr. Aldemir Almeida, Paulo Carqueija, Professora Carmelita, Alisson Mendonça, Bel do Vilela, Zé Neguinho, Alcides Neto, Valmir de Inema e Dinho Gás (Esses já vereadores tentarão a re-eleição). A Lista interminável continua: Jezi do Nelson Costa, Dero da cooperativa, Francisco Sampaio, Maria de Lourdes, Rafael Benevides, Almério, Marcelo Trotta, Gilmar Sodré, Dr. Rodrigues Nascimento, Fábio Magal, Rui Carteiro, Edmundo Santos, Oscar valente, Raimundo do Basílio, Raimunda da Piaçava, Zé Maria do Colo-Colo, Edinei Portugal do Basílio, Val do Vilela, Makrisi do Vilela, Rodolfo Macedo, Augustão do PT, Bezerra, Ivo Evangelista, Cruz, Nizam Lima, Dário da Sucam, Roque do Sesp, Pequeno da Urbis, José Victor, Professor Washington, Fred Gedeon III, Denis Lima, Raimundo moqueca, Raimundo contador, Gallo, Sonilda Melo, Chico Bateria, Negão do malhado, Raiglê, Pelé do amparo, Porfírio Gonzaga de Sambaituba, Paulinho do Baneb, Zerinaldo Sena, Masarrolo, Jorge do Conselho de saúde, Lessa da Fami, Roberto Corsário, Jacó, Paulista cabeleireiro, Pedro da Guarda, Papai Noel, Gaguinho, José Lopes, Moisés do Gás, Robson Jardinha, Valério Bomfim, Adelicio do assentamento, Zé do pão, Maria do Café, Boneco do taxi, Ratinho da banda capricho, Jorge Farias, Rogério Gomes, Zé do picolé, Paulinho da mercearia, Boca de lata, David do PTN, Professor Benedito, Flávio do Ibec, Telma Moura, Pastor Adilson da FM Conquista, Luciano Piupa, Ritinha cara de homem, Prequeta do Acarajé, Bicudo do cachorro quente, Jairo cigano, Alvinho da financeira, John Ribeiro, Abdias cantor, Djalma garçom, Conceição do Beijú, Borrachinha, Epaminodas do detran, Sargento Rivelino, Soldado Melo, Tenente Silva, Coronel Guilhardes, Madá do abará, Paulo braço de alicate, Zé Carlos corretor, Zé dentista, Pedro foto, Marcos motoboy, Flávio cara de macaco, Dr. Paulinho Silva, Cosme Araújo, Rodrigo do PCdoB, Soldado Lubaldo, Bola sete da fiscalização, Lú do Sinsepi, Nilson Andrade, Berázinho, Pastor Luis Carlos, Pastor Atanagildo, Pastor Sandoval, Pastor Querino, Bispa Márcia, Claúdio tupinambá, Tia nenê, Tarzan do Manbape, Renato agiota, Clóvis do carvão, Ronaldinho taxista, Paulo Paraiba, Silvio olho de bomba, Professora Fátima da Urbis, Raul pai de santo, Soró da pipoca, Rogério cachorrão, Professor Eduardinho, Vital do IBGE, Leopoldo de tia Edinha, Manoel da farinha, Raimundo do SindRod, Dr. Álvaro Simões, Waltércio do grupo Eros, Silvana Veneno, Dona Edilza do alto do soledade, Aderino França, Celinha dos diabéticos, Felix da Santa Cruz, Geraldino da padaria, Gordo do requeijão, Ivan do esporte radical, Gilberto pé de pistola, Manuel chapista, Sérgio Ramos, Negona, Amenemá, Dr. Bruno Daneu, Zé pintado, Eduardo cintura fina, Vitória Catarino, Walfredo motoboy, Arruda da lotação, etc, etc, etc. Há exatamente. Com o advento da Emenda Constitucional nº 58/2009 aumentando também o nº de vagas no legislativo ilheense a partir de 2012, a cidade poderá ser recordista de pré-candidatos rumo aos tamboretes acolchoados do Palácio Monsenhor Teodolindo Ferreira. São muitos bezerros para uma vaca só! (Elias Reis é articulista e Presidente do Sindicato dos Radialistas de Ilhéus.(eliasreis.ilheus@gmail.com).