31 de julho de 2014

“MAIS LOUCO É QUEM ME DIZ E NÃO É FELIZ”

Em um trecho da canção “Vaca Profana”, o cantor e compositor Caetano Veloso diz que “de perto ninguém é normal”. De fato, é difícil apontar alguém que não tenha as suas manias ou os seus momentos de desequilíbrio emocional, nos quais se perde – mesmo que por alguns instantes – o fio condutor da razão. Ser louco pode significar, em algumas circunstâncias, ter coragem de tomar decisões ou de dar um passo na vida até então tidos como impossíveis... Ser louco pode implicar ainda adotar um pensamento ou uma conduta que venham a ferir os parâmetros convencionais de normalidade de uma sociedade. “Mais louco é quem me diz e não é feliz”, eternizaram Arnaldo Baptista e Rita Lee na música “Balada do Louco”, retrucando nitidamente o rótulo ganho por eles e seus companheiros dos Mutantes – uma das melhores bandas nacionais de rock que já se teve notícias. Ter um comportamento incompreensível para o próprio tempo em que se viveu pode resultar exatamente em rótulos que demoram para ser desfeitos. Antes de chegar a ser apontado pelas religiões ocidentais como o maior mártir de todos os tempos, o Jesus histórico foi, antes, tido como um louco por inúmeros de seus contemporâneos. Não deve ser considerado “normal” aquele que se desprende de tudo e de todos em busca da aventura maior que é encontrar a si mesmo, ou de promessas extraordinárias, ou inacreditáveis! Até o momento abordei basicamente uma forma parecida de enxergar a loucura. No entanto, há ainda aqueles que perdem todas as referências da realidade, seja por problemas hereditários, seja por qualquer outro que os faça perder suas faculdades mentais. Estes, quando não são criados desmazeladamente por suas famílias, terminam seus dias nos manicômios, que, em sua maioria, existem como verdadeiros depósitos de doentes. Isso para não falar dos métodos brutais que já fizeram história em inúmeras reportagens de denúncia da mídia escrita e televisada, a exemplo do uso de eletrochoques e de remédios dopantes, além do abandono que coloca muitos pacientes na condição de bichos relegados. A maior loucura não está dentro dos hospitais psiquiátricos ou andando sem rumo pelas ruas das cidades do mundo. Está nos atos tidos como racionais, de pessoas tidas como normais, que só provocam a desigualdade, a miséria e a infelicidade, mas que são postos em prática em nome da ordem e do progresso.

ESTAMOS NOS ENVERGONHANDO DE SERMOS HONESTOS?

Os políticos são eleitos e dependem do nosso voto para sobreviverem; assim como necessitamos deles para obtermos políticas públicas que melhorem nossa qualidade de vida; e, por não sabermos votar, não temos serviços governamentais competentes e dignos. Podemos e devemos boicotar produtos, serviços, governantes e políticos nocivos, desonestos e perversos. É preciso uma consciência pertinente, culta, madura e atuante para a prática social da própria sobrevivência pessoal e coletiva. Por que continuar usando serviços e comprando mercadorias adulteradas; votar em políticos criminosos, ficha suja, inúteis e incompetentes? Por que não se organizar em associações e grupos comunitários para exigir que o Poder Público se empenhe na caça aos bandidos ricos e a Justiça puna os marginais poderosos? Afinal, eles não estão aí para servir à comunidade? O que se vê no Brasil é uma imensa falta de caráter que nos condiciona à desonestidade generalizada. De tanto vermos a imoralidade e a amoralidade daqueles que deveriam ser exemplos de integridade e caráter; estamos nos tornando corruptos contumazes. Não é só aqui que o Mal prevaleceu sobre o Bem; é um fenômeno mundial maligno e inevitável. Se perguntarmos a qualquer pessoa sobre o que faria se achasse na rua algo valioso, como dinheiro; quase todos responderão que ficarão com o que não lhes pertencem. Tal pergunta e a mesma resposta, nós já a fizemos, e a obtivemos em muitas pesquisas locais. Raríssimas foram aquelas que responderam com caráter e honestidade que devolveriam aquilo que acharam e não lhes pertence. Assim, desgraçadamente, o Mundo se corrompeu em todos os sentidos e o Mal venceu o Bem. Desse modo, se aceitamos a Teoria da Evolução de Darwin, estamos geneticamente imorais e amorais; exemplos de imoralidade e amoralidade no mundo, é o que temos com muita fartura. E o que estamos fazendo para mudar esta realidade? Reflita.

O CIRCO ESTÁ PEGANDO FOGO E NÃO ESTAMOS NEM AÍ

Estamos, há séculos, dormindo em “berço esplêndido” (não mais tão esplêndido), divididos e fracionados para exigirmos o que temos direito. Nós, cidadãos produtivos, honestos e contribuintes, permitimos que os maus invertessem a ordem natural das coisas. Paradoxalmente, são os desonestos, os improdutivos, os parasitas e os degenerados que estão a receber prêmios, medalhas de honra e benesses!  Porque deixamos chegar a tal ponto? Porque nos omitimos por medo, fraqueza e sentimento de impotência para reivindicarmos as nossas mais justas pretensões e porque as nossas mentes não estão solidárias e coesas para os mesmos objetivos sociais. Olhamos somente para os nossos próprios umbigos e os umbigos dos outros, principalmente agora, assistindo a essa monumental exibição de umbigos a desfilarem desinibidos pelas ruas e em todos os cantos e recantos do nosso País, quando está em vigência mais uma eleição. Como é de costume, ficamos a esperar que os “outros” tomem as providências para a resolução dos problemas sociais, esquecendo que cada um é o “outro” do “outro”; e, assim, nada de concreto se faz.  Ao contrário, os delinqüentes e espertalhões aglutinam forças em organizações e quadrilhas bem articuladas e em “lobbies”, a fim de exercerem pressões contra quaisquer ameaças aos seus fabulosos lucros e em outros interesses contrários à população. Nós, pobres e indefesos cidadãos, pensamos isoladamente e, quando muito, lutamos individualmente pelo nosso escasso direito de viver. É o “salve-se quem puder”, entulhando o Judiciário de Ações de disputas pessoais que, progressiva e geometricamente, sobrecarregam os magistrados que deveriam ficar mais voltados para as importantes missões sociais.  Por tais razões, poucos de nós se salvam, enquanto muitos degenerados nos atormentam diária e impunemente nas ruas e os gatunos se eternizam no poder e na riqueza fácil, garantidos por nossa subserviência material, mental e moral.

PETROBRAS AUMENTA SEUS GASTOS COM PUBLICIDADE

Os gastos com publicidade da Petrobrás aumentaram 17% no primeiro semestre deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado, saltando de R$ 132 milhões em 2013 para R$ 154 milhões nos seis primeiros meses de 2014. O orçamento médio mensal de publicidade da companhia quase triplicou em maio e junho se comparado ao intervalo de janeiro a abril. A curva ascendente ocorre após a crise envolvendo negócios da companhia e às vésperas do prazo de suspensão das publicidades institucionais das empresas estatais. As médias mensais de gastos com propaganda da Petrobrás passaram de R$ 15,5 milhões, de janeiro a abril, para R$ 46 milhões, em maio e junho. Até abril, as despesas eram inferiores às do ano passado - R$ 62 milhões contra R$ 90 milhões. Naquele mês, a estatal foi contratada pela União para produzir em quatro áreas do pré-sal e também atingiu o pico de extração de petróleo na região. O PSDB entrou com representações no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e conseguiu suspender anúncios de divulgação do recorde do pré-sal e de promoção da gasolina de menor teor de enxofre produzida pela empresa, a S-50. "A Petrobrás é o calcanhar de Aquiles do governo Dilma. Nossa preocupação é que a presidente use a empresa para se promover", afirmou o deputado Carlos Sampaio, coordenador jurídico pela campanha do candidato tucano à Presidência, Aécio Neves. 

30 de julho de 2014

AUGUSTO CASTRO ACUSA GOVERNO DE INÉRCIA NA GERAÇÃO DE EMPREGO NA BAHIA

O deputado estadual tucano, Augusto Castro, tem lamentado, o "agravamento brutal" do número de inscritos nos centros de emprego nas cidades baianas, acusando o Governo de "inércia" perante este "flagelo".  "O desemprego tem vindo a aumentar de norte a sul do estado, em todas as faixas etárias, em todas as profissões e o Governo de Jaques Wagner está inerte, sem qualquer política de combate a este flagelo", disse o deputado do PSDB. Para Augusto Castro, o Governo deve concentrar-se no apoio à economia e numa agenda para o crescimento e para o emprego. "É urgente que o Governo mude de políticas, porque está a atirar o estado para um desastre social" e o submetendo à condição de perdas de indústrias e empresas para Pernambuco e Ceará, principalmente, acrescentou. Sobre o aumento do número de desempregados com idade acima de 40 anos, na Bahia, Augusto Castro diz que isto significa "que a economia baiana não esta conseguindo incorporar aqueles que são mais preparados, que têm mais qualificações". "Muitos desses, que não constam já dos números, já foram para a imigração", referiu. Augusto lembrou fabricas que foram fechadas em cidades sulbaianas, com conseqüências dramáticas no agravamento do desemprego e empobrecimento do povo do sul da Bahia.

“EU QUERO IR PARA A TOCA DOS LEÕES”, DIZ ELIANA CALMON

Em encontro com a comunidade e lideranças do bairro de Vila Canária, na noite desta terça-feira (29), a candidata ao Senado Federal pelo PSB, Eliana Calmon, reafirmou sua intenção de trabalhar para moralizar as ações dos políticos brasileiros. “Eu quer ir pra toca dos leões. É ali que eu quero pegar eles”, disse Calmon, ao explicar aos moradores de Vila Canária, subúrbio de Salvador, que pretende denunciar os atos imorais de certos políticos que compõem o Poder Legislativo brasileiro. “Para fazer a democracia é preciso viver a política. Por isso que resolvi me candidatar ao Senado pela Bahia. Quero denunciar os atos praticados por eles e que envergonham e revoltam os brasileiros”, enfatizou. Eliana Calmon esteve em Vila Canária em companha dos candidatos a deputado federal, Bebeto, e a deputada federal, Fabiola Mansur. Calmon achou o encontro “importante para estreitar os laços com a comunidade do bairro e saber de perto quais as necessidades dessas pessoas”, disse. Após apresentar sua trajetória profissional e seus projetos para o Senado Federal, Eliana Calmon atendeu ao pedido de muitos dos presentes e posou para fotos. “Vou postar a foto com minha senadora no Facebook”, disse uma das presentes. Antes de seguir para Nova Canária, Calmon esteve na sede da Academia de Letras da Bahia (ALB), no bairro de Nazaré, onde acompanhou parte do encontro dos candidatos ao governo baiano.

PAULO SOUTO ACUSA PT DE EXTERMINAR BAIANOS

"É um extermínio dos baianos, um holocausto, o que está acontecendo na saúde, greve de mais de 100 dias na educação e greve da PM", disse o ex-governador Paulo Souto (DEM), nessa quarta-feira, 30, em resposta às críticas do petista Rui Costa, que disse ontem, terça, 29, que o democrata deveria pedir desculpas à população. "Se alguém tem que pedir desculpa é ele, que é um representante do governo (de Jaques Wagner)", completou Souto, o terceiro entrevistado do "Que Venha o Povo", da TV Aratu, durante o projeto Vota Bahia (uma parceria entre os grupos A TARDE, TV Aratu e Metrópole). O ex-governador também rebateu a acusação de Rui Costa de que adversários teriam empresas em nome de parentes que se beneficiariam de acordos políticos para prestar serviço público. Assim como Lídice da Mata (PSB), o democrata afirmou que a acusação não se aplica a ele e argumentou que manteve a ética ao exercer as duas gestões como governador (em 1994 e em 2002). Paulo Souto, que usou praticamente todos os 12 minutos da entrevista como uma réplica a Rui Costa e Lídice da Mata, questionou os dados apresentados pelo petista para dizer que os números de violência aumentaram durante suas gestões. Ele alega que a média anual de homicídio durante o seu segundo governo foi de 2.600 ocorrências, já na gestão do PT é de 5.100. Para melhorar a situação, o ex-governador sugeriu que seja "reconquistada a confiança dos policiais com o governo", para que cada um exerça sua função. Ele também disse apostar em uma redistribuição do efetivo e terceirização com funcionários civis para funções administrativas das polícias. Souto também criticou a gestão das áreas de saúde e de educação, dizendo que ambas precisam ser melhoradas. Ele ainda reclamou da situação financeira do Estado, alegando que há dívidas e que o governador Jaques Wagner está pedindo empréstimos para cobrir os débitos oriundos de gastos descontrolados durante a gestão petista. As informações são do A tarde.

NÓS SOMOS CAUSA DE QUEM SERÁ ELEITO

Já parou para pensar que neste ano você detém o poder de mudar tudo? Agora é o eleitor quem manda! O voto, o famoso sufrágio popular, tem, sim, esta força toda. Como você decide seu voto? Pelas cores do partido? Pela cara do candidato? Pela entonação de voz? Que tal começar a refletir desde já sobre o futuro? Vamos tentar votar por propostas e posturas? Que tal ver se o partido pelo qual o candidato está concorrendo tem a ver com o discurso por ele adotado? Se o partido não for conexo com as promessas e propostas do candidato, descarte. Assim sendo, o tal candidato só está usando o partido como plataforma eleitoral. Certamente filiou-se por achar mais fácil se eleger porque a sigla lhe traz alguma vantagem, como tempo de televisão ou financiamento. Descarte já! Seu candidato tem um discurso coerente, troca pouco de partido, faz anos que te representa politicamente, mas… seu voto é mais hábito do que reflexão? Neste momento, inúmeras outras reflexões são necessárias para um voto consciente. Este candidato continua por merecer seu voto? Os compromissos assumidos na campanha foram satisfatoriamente cumpridos? As gestões deste candidato têm trazido benefícios ou seu voto ainda se deve àquele pequeno favor de 20 anos atrás? Como tem se posicionado o seu candidato nas votações importantes e de interesse público? Ele tem defendido os interesses da população ou tem defendido os interesses dos financiadores de campanha? O seu velho candidato ainda é merecedor do seu voto? E de outro lado, você me diz: vou votar em sangue novo … Será? Vale votar em alguém só porque ele é novo no jogo? O novo pode não ter os vícios dos velhos, mas será que vale depositar a nossa confiança em alguém sobre quem nada sabemos? Basta ser novo? Não seria melhor votar em sangue bom? A força e a pureza dos novos devem ser fortes e baseadas em um discurso reto, posições sérias e bem pensadas. O novo pelo novo de nada vale. O que têm os novos a oferecer? Qual a posição deles nos temas que deverão ser decididos nos próximos 4 anos? O novo que nada fala nem posições toma não merece seu voto. Vamos cobrar de todos os que querem nos representar, de antemão, suas posições. Vamos exigir dos políticos que parem de rodeios, que digam que são contra o sucateamento da saúde, dos aumentos abusivos de tarifas públicas, do desmantelamento da Educação, etc. Cobremos posições favoráveis ao desenvolvimento da indústria, da defesa dos micros, pequenos e médios empresários que querem incentivos fiscais para que cresçam e gerem empregos; que votem pela transparência das contas públicas. Devemos exigir de nossos representantes a tal fidelidade partidária que o nosso sistema de representação tanto necessita. Vamos exigir competência, seriedade e honestidade.

29 de julho de 2014

GEDDEL DIZ QUE NÚMEROS DE WAGNER “CONTRARIAM AS RUAS”

Após se verem criticados pelo governador Jaques Wagner (PT), que, em entrevista à Tribuna, ressaltou a possibilidade de seus candidatos ao governo, Rui Costa (PT) e ao Senado, Otto Alencar (PSD), ganharem no primeiro turno, os oposicionistas rebateram, com o ânimo de quem está no palanque e deseja a revanche nas urnas. Pelo menos esse foi o recado pelo postulante ao Senado, Geddel Vieira Lima (PMDB), e de lideranças partidárias que contra-atacaram ao dizerem que os números de investimentos e realizações divulgados pelo governo contrariam o “sentimento das ruas”. Na corrida ao Senado, Geddel elevou o tom contra a avaliação do governador. “Quando leio as coisas que ele (Wagner) diz, tenho a nítida sensação de que se trata de um nefelibata. Eu vejo que nem ele acredita nos conceitos que propaga”, disparou. O peemedebista frisou o número de 37 mil assassinatos, o crescimento dos assaltos a bancos e caixas eletrônicos, como comprovações do “fracasso”, além da “incompetente” administração da central de regulação na área da saúde. “A Ferrovia Oeste Leste que não anda, o Porto Sul que não sai do papel, um ginásio esportivo e uma piscina olímpica derrubados, educação com os piores indicadores do Brasil. Ele não pode imaginar que vai fazer uma campanha com  números fantasiosos ao contrário do sentimento das ruas”, criticou. Geddel disse também que os petistas baianos “não terão mais a carona de Lula” (ex-presidente) para se elegerem. Ele também questionou a ausência de Wagner nas propagandas.

DR. REY TERÁ DE PROVAR QUE É ALFABETIZADO PARA SER FEDERAL

Candidato a deputado federal pelo PSC de São Paulo, o famoso cirurgião plástico Roberto Miguel Rey Junior, mais conhecido com Dr. Rey ou Doutor Hollywood, corre o risco de ficar de fora da corrida eleitoral. Para que sua candidatura não seja impugnada,  Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) quer que o médico prove na Justiça que é alfabetizado em português. Rey deixou o Brasil aos 11 anos de idade para morar nos Estados Unidos, onde ficou rico e famoso como protagonista de um reality show na TV americana sobre cirurgias plásticas. Como passou muito tempo fora, Doutor Hollywood terá de provar que sabe ler e escrever em português. O caso é semelhante ao que ocorreu com Francisco Everardo Oliveira Silva, o Tiririca, em 2010, quando o humorista de candidatou a deputado federal pelo PR. Na ocasião, ele foi acusado de fraudar o documento de registro de candidatura ao declarar que sabia ler e escrever. “Eu estudei mais do que o Lula e o Tiririca no Brasil. O Lula foi até a 4ª série, o Tiririca nem estudou direito e eu fui até a 6ª série”, disse o médico, que alegou não ter a comprovação de escolaridade em português porque deixou São Paulo ainda criança. “Não encontrei mais o documento, mas continuei os meus estudos, só que na língua inglesa, nas escolas americanas”, afirmou o médico de 52 anos.

EX-PREFEITO MOACIR LEITE VAI APOIAR AUGUSTO CASTRO

O ex-presidente da AMURC e ex-prefeito de Uruçuca Moacir Leite Júnior (PP), decidiu apoiar o deputado estadual Augusto Castro (PSDB), em sua campanha de reeleição. Este ato consolida Augusto Castro como o candidato mais pretenso a obter maior votação em Uruçuca. No município era grande a expectativa sobre a definição de Moacir Leite sobre seu deputado, já que com o desgaste da prefeita Fernanda Silva (PT), o seu nome é considerado o mais forte da oposição. Segundo declarações do ex-prefeito Moacir Leite, a definição do apoio do seu grupo ao nome de Augusto Castro, decorreu das pesquisas de opinião pública, que colocam o deputado tucano como o de maior aceitação no eleitorado de Uruçuca. Com esta decisão, todo o grupo político de Moacir vai apoiar o deputado. 

IBOPE DIZ QUE 85% DOS JOVENS BRASILEIROS ESTÃO NA INTERNET

De acordo com uma nova pesquisa do instituto Ibope, 85% dos jovens brasileiros estão conectados. O estudo, apresentado no youPIX Festival 2014, mostrou que o consumo de internet por usuários de 18 a 25 anos cresceu 50% desde 2003, quando o número era 35%. Uma das portas de entrada dos mais novos à rede são os smartphones. Dos entrevistados, 96% têm um celular, sendo que 47% desses aparelhos podem se conectar à internet. Por outro lado, o que leva a maioria desses jovens à internet é a busca por informação. Este foi o motivo apontado por 77% deles, enquanto 67% vão atrás de entretenimento. Mas 93% dos entrevistados têm acesso às redes sociais e 66% assistem ou baixam vídeos online. A rede ainda mudou o relacionamento entre os mais novos. Para 52% deles, enviar uma mensagem de texto é tão significativo quanto uma conversa por telefone, enquanto 58% usam as redes sociais para enviar e receber comentários de amigos. Apesar de estarem sempre conectados, esses jovens internautas não passam o dia todo em casa. Entre os entrevistados, 62% trabalham, sendo que 85% fazem período integral e 35% conciliam o emprego aos estudos. Dos 38% que não trabalham, 53% estudam o dia todo e 6% estão atrás do primeiro emprego.

MAIS DE 80 ONGS PEDEM QUE BRASIL ROMPA RELAÇÕES COM ISRAEL

Um manifesto com mais de 80 assinaturas de organizações da sociedade civil e de ativistas políticos pede ao governo brasileiro medidas mais enérgicas em relação à Israel como forma de sanção pelos ataques à Faixa de Gaza. O documento, protocolado no escritório da Presidência da República em São Paulo no dia 25, é encabeçado pelo movimento Boicote, Desinvestimento e Sanções (BDS) e pede o rompimento imediato das relações militares, comerciais e diplomáticas com Israel. As entidades cobram também o fim do Acordo de Livre Comércio do Mercosul com o país e de contratos com empresas israelenses. No texto, as entidades lembram que os ataques iniciados por Israel no início deste mês já resultaram na morte de mais de 600 palestinos (o número já passa de mil), sendo a maioria civis, 3 mil feridos e 40 mil desabrigados. “É imperativo, nesse sentido, isolar militar, econômica e politicamente Israel. Não se trata apenas de um dever moral do Estado brasileiro, mas também de uma obrigação jurídica”, assinala o manifesto. As organizações que assinam o documento destacam que a Corte Internacional de Justiça (CIJ) considerou ilegal a construção de um muro por Israel na Cisjordânia. O manifesto lembra ainda o apelo internacional de ganhadores do Nobel da Paz e acadêmicos para que os países assumam um embargo militar a Israel. “Na contramão disto, lamentavelmente, o Brasil permanece o quarto maior importador de tecnologia militar israelense no mundo”, criticam os signatários. Um dos contratos, segundo o manifesto, é mantido com a Elbit Systems, através de subsidiárias. A empresa israelense é responsável pela construção de veículos aéreos não tripulados que são usados nos ataques à Gaza. Além disso, é uma das 12 companhias envolvidas na construção do “muro do apartheid”, de acordo com o manifesto. Para as entidades, os palestinos se tornaram “verdadeiros laboratórios humanos das armas vendidas depois para o Brasil e o mundo”. Em relação ao Acordo de Livre Comércio entre o Mercosul e Israel, as organizações lembram que ele já foi suspenso temporariamente em julho de 2006, quando ocorreu o ataque israelense ao Líbano e à Gaza. Elas pedem, portanto, a suspensão do acordo por tempo indeterminado ou até que o país cumpra as leis internacionais. Por fim, as entidades pedem a condenação pública das prisões políticas, do tratamento desumano aos prisioneiros e a libertação imediata de todos os presos políticos palestinos. Por Camila Maciel.

94 CIDADES BAIANAS NÃO CUMPREM LEI QUE PROÍBE LIXÕES

Pelo menos 22% dos municípios baianos ouvidos pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) ainda descartam resíduos em lixões.De acordo com   levantamento divulgado ontem   pela entidade, 94 cidades do estado ainda utilizam o lixão, e outras 36 descartam em aterros sanitários. O estudo levou em conta as regiões com até 300 mil habitantes. O número de municípios que descartam em lixões pode ser ainda maior na Bahia, pois das 412   prefeituras questionadas pela CNM mais da metade (282) não respondeu à pesquisa. Dentre as 26 capitais, mais o Distrito Federal, 16 ainda descartam o lixo em ambientes a céu aberto. Salvador está entre as dez capitais que dispõem de aterro sanitário. Diariamente, cerca de 2,8 mil toneladas de resíduos são levadas,  em viagens ininterruptas, ao km 6 da rodovia CIA-Aeroporto (BA-526). O lixão de Canabrava foi desativado há 14 anos. Os dados preocupam a CNM porque a legislação determina que todos os lixões do país sejam extintos até o próximo sábado. A meta está prevista pela Lei 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). Conforme a norma, as prefeituras  devem elaborar o  Plano  de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS), fechar os lixões e destinar os rejeitos apenas para os aterros. O texto ainda prevê a implantação de coleta seletiva em cada cidade. (bahiaeconomica).

ITABUNA PODE PERDER 31 MILHÕES DE REAIS CONSEGUIDOS POR AZEVEDO

Foi denunciado pelo radialista Jota Silva através dos microfones da Rádio Jornal na manhã de hoje (29), que a Construtora Unida Engenharia resolveu não mais fazer o trabalho de terraplanagem e calçamento dos bairros da região Oeste de Itabuna. Os motivos, que não foram explicados, ainda, tanto por parte da empresa e da administração municipal beneficiariam os bairros: Jorge Amado, Sinval Palmeira, Nova Itabuna, Campo Formoso, Lomento, Urbis lV, Odilon, Morumbi, Emanuel Leão. Recursos, esses, conseguidos na gestão anterior do Capitão Azevedo, junto ao Governo Federal e a Caixa.  Com essa decisão da empresa, o mais prejudicando serão as comunidades desses bairros. No Governo de Azevedo com recursos de 31 milhões, os trabalhos chegaram a ser iniciados pelo bairro Jorge Amado, mas a empresa GDK, logo interrompeu os trabalhos alegando falência, e neste Governo foi contratada outra construtora. Agora caba ao Governo Vane do Renascer (PRB/Universal) explicar à população itabunense essa decisão da empresa que estava executando os serviços e de repente resolveu tomar tal decisão. Se providencias urgente não forem tomados, os recursos retornaram aos cofres da Caixa, ou seja, ao Governo Federal, o que deixará Itabuna e a sua população muitos prejudicados. Por Joselito dos Reis.

28 de julho de 2014

CABOS ELEITORAIS FAMOSOS INFLUENCIAM CAMPANHA

A influência de personalidades na intenção de voto não é uma novidade na política. Mas a eleição deste ano coloca estes cabos eleitorais, tanto no plano estadual como no nacional, numa posição de protagonismo. Alguns candidatos sabem que para conseguir bom desempenho nas urnas terão de contar, em grande medida, com a capacidade destas figuras em transferir votos a seu favor. Na Bahia, o candidato ao governo Rui Costa (PT) espera se tornar conhecido do grande eleitor e crescer nas pesquisas puxado pelo governador Jaques Wagner (PT) - seu principal cabo eleitoral no estado e que espera coroar seus oito anos de mandato elegendo o seu sucessor. A candidatura de Rui também conta com o reforço de dois outros cabos eleitorais de peso: o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff, candidata a mais um mandato no Palácio do Planalto e citada no jingle do petista. O governador não nega sua influência, mas diz que o que sustenta e dá credibilidade a um político é o trabalho entregue. "O que vai levantar a candidatura de Rui é o conhecimento que a população passará a ter dele e do trabalho feito nos oito anos do meu governo", acredita o petista. Para Wagner, não basta falar, é preciso ter um lastro do que fez. "Rui é sangue novo na política baiana, ele é parte desse meu projeto, vai falar o que vai fazer e terá um lastro daquilo que a gente fez.. E é evidente que a população vai comparar os oito anos de trabalho do meu grupo político com os oito anos do grupo político deles". Candidato da oposição, o ex-governador Paulo Souto (DEM) já governou a Bahia em dois períodos. Conhecido do eleitor, Souto ainda tem o reforço do prefeito de Salvador ACM Neto (DEM), principal liderança da oposição na Bahia e uma das estrelas nacionais do Democrata. Se Neto funciona como puxador de voto para Souto na disputa local, ele, assim como o próprio Souto, tornam-se cabos eleitorais qualificados para o presidenciável Aécio Neves (PSDB) no estado. Quarto maior colégio eleitoral do país e onde o PT teve melhor desempenho nas últimas eleições, a Bahia também é o estado do Nordeste considerado prioritário para as campanhas do tucano e de Eduardo Campos, o presidenciável do PSB. ACM Neto diz não ter dúvida de que o resultado do trabalho que vem desenvolvendo em Salvador tem repercussão na campanha de Souto, o que acaba influenciando o eleitor do interior. "A capital é sempre a grande vitrine do estado. Em 2012 eu já dizia que a mudança na Bahia tinha que começar com a mudança em Salvador. E que a Bahia não iria bem se Salvador fosse mal", disse ele, sem deixar de registrar o legado de Souto como governador e senador. Na contramão dos dois principais concorrentes, a socialista Lídice da Mata conta com a própria trajetória política - vereadora, prefeita, deputada e senadora - para impulsionar o seu nome ao governo do estado e do candidato do PSB ao Planalto. "Não me vejo como puxadora de voto de uma candidatura presidencial, mas a garantia de um palanque construído com coerência, com tradição popular e conhecimento da Bahia", analisa Lídice, admitindo que seu patrimônio político abre espaço para Eduardo Campos crescer na Bahia. Por Patrícia França

AVC MATA 2 MIL POR ANO EM SALVADOR

A doença que mais mata no Brasil também apresenta índices preocupantes em Salvador. De acordo com dados divulgados pelo neurologista João José Carvalho, cerca de 2.020 pessoas morrem por ano vítimas do Acidente Vascular Cerebral (AVC) na capital baiana. No mesmo período 5.190 pessoas têm o primeiro AVC e outros 1.730 casos recorrentes da doença são registrados. Os dados foram apresentados na inauguração do Instituto do Cérebro do Hospital da Bahia e servirão como parâmetro para a atuação dos profissionais da unidade de saúde especializada, que vai oferecer tratamento integral para doenças neurológicas, com atendimento emergencial e acompanhamento preventivo, com diagnósticos mais precisos. A prevenção é o melhor remédio para reduzir casos de morte pela doença no estado, portanto, a orientação dos especialistas é que a população procure o médico regularmente para evitar ou controlar os fatores de risco do AVC como, por exemplo, a hipertensão arterial, diabetes, tabagismo, sedentarismo e colesterol.

PARABÉNS ITABUNA

Almejamos que as conquistas do município de Itabuna, sejam sempre em prol de todos, demonstrando que cabe a nós fazermos o amanhã, na incessante busca do caminho correto por uma Itabuna mais digna com os direitos cada vez mais concretizados. Parabéns a todos que cumprem o seu dever, sempre fazendo o melhor; também aqueles que buscam novas ideias e aceitam os desafios. É com essa ideologia que alcançaremos os objetivos, deslumbrando o sucesso vindouro. Um passado de glórias, um presente de desafios, um futuro promissor. São 104 anos de muita história e conquistas. Minhas felicitações à população que constrói e colabora a cada dia para o desenvolvimento deste belo município. Parabéns a Itabuna pelo seu aniversário! A cada itabunense que tem ajudado a construir uma belíssima historia. Homenagem do Deputado Estadual Augusto Castro. 

MAIS DE 80% DOS HOSPITAIS FILANTRÓPICOS DO BRASIL OPERAM ENDIVIDADOS

Pelo menos 83% dos 2,1 mil hospitais filantrópicos brasileiros operam no vermelho. De acordo com a Confederação das Santas Casas de Misericórdia, Hospitais e Entidades Filantrópicas (CMB), a dívida total das instituições já supera os R$ 17 bilhões. O diretor-geral da CMB, José Luiz Spigolon, disse que, mesmo com o crescimento dos incentivos dos governos nos últimos anos, a verba que entra nas unidades de saúde não paga o valor do custo dos procedimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). "Em média, a tabela SUS só cobre 60% do gasto real do procedimento", afirmou ao Estadão. "É verdade que temos incentivos governamentais. O problema é que os incentivos não estão disponíveis para todos os tipos de hospitais e, além disso, quando o hospital faz mais procedimentos do que o previsto em contrato, ele dificilmente recebe por eles", explica. O diretor ainda informou que um dos problemas é que os hospitais filantrópicos ganham por produção, mas têm um número limite de procedimentos que são remunerados.

SENADOR DIZ QUE "AS ELEIÇÕES FORAM PROSTITUÍDAS

Em entrevista ao programa Acorda Pra Vida, da Rede Tudo FM, nesta segunda-feira (28) o senador Walter Pinheiro (PT) criticou duramente o sistema eleitoral brasileiro. “As eleições foram prostituídas. O sujeito da eleição de 2016 já está fazendo campanha desde agora”, considerou. O petista comentou a proposta de reforma política e deu detalhes do projeto. “Um dos pontos da reforma política é a reforma do conteúdo programático. Dia 7 de outubro apresento [a proposta de] eleições gerais, em 2019, com o fim da reeleição”, revelou. Pinheiro disse também discordar de duas casas que têm o funcionamento parecido. “O Senado é outra Câmara. Nós temos quatro casas legislativas. Volto a dizer, o Senado hoje faz o mesmo papel da Câmara. Tem temas que eu acho que a Câmara não deveria discutir. Idem o Senado. Tem temas que não precisariam transitar nas duas casas. No geral, a gente termina fazendo tudo. E a gente não vai contribuindo para colocar o dedo na ferida. Legislar a partir do que se precisa”, ponderou. Com tantas emendas, o senador baiano disse que já se tem uma nova Constituição. “Já fizemos uma nova Constituição. A Constituição é para ter diretrizes. Nós mudamos a Constituição”, criticou. O senador se mostrou contrário ainda à concessão de reeleição para candidatos ao Executivo e possibilitou apenas mais uma renovação para o Legislativo. “Reeleição para Executivo é um mandato e acabou. Para o Legislativo pode se reeleger uma vez só. Tem um deputado federal que tem 11 mandatos. Esse negócio é complicado. No quinto mandato, por mais que eu mantenha o pique, a tendência natural é de acomodação”, disse. Ele aproveitou para responder às críticas ao trabalho dos parlamentares. “Lá dentro é o extrato do que tem aqui fora. É obvio que o que vai para lá tem um peso maior, que é o fator econômico. Eu acho que é importante a gente dosar”, balanceou. Sobre apoio de pai político à eleição de filho e/ou esposa, Pinheiro disse ser contra. “Eu acho que o Tribunal deveria proibir esse tipo de coisa. Essa coisa de filho vira uma capitania hereditária. Por que que para disputa eleitoral a gente pode botar parente? Seria bom que a gente tivesse regras porque isso é um uso e abuso para se manter”, condenou. Por Marcos Russo

JUSTIÇA TIRA DO AR PÁGINA QUE CHAMOU LÍDICE DE 'TRAIDORA'

Uma página do Facebook foi retirada do ar em acordo com a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por ser propaganda negativa e injuriosa contra a candidata ao Governo da Bahia Lídice da Mata (PSB). O juiz decidiu a suspensão da página que tachava a postulante de “traidora” no prazo de 24 horas ou, senão, será submetida uma multa diária de R$ 50 mil. A deliberação já foi acatada. A Justiça também determinou que a rede social fornecesse, "no mesmo prazo de 24 horas, todas as informações que dispuser a respeito da(s) pessoa(s) responsável (is) pela criação e pela manutenção do perfil hostilizado e a respeito de todos os equipamento (s) utilizado(s) para a criação e a manutenção do aludido perfil, em especial o(s) correspondente(s) "IPs" (Internet Protocol ou Protocolo da Internet)". O magistrado responsável pelo caso alega que a página possuía caráter lesivo à imagem da postulante.      

SETE ENTRE AS DEZ MAIORES DOADORAS DE CAMPANHA SÃO INVESTIGADAS POR INDÍCIOS DE CORRUPÇÃO

Sete das dez maiores empresas doadoras de campanha nas eleições de 2010 foram ou estão sob investigação por evidências de corrupção em contratos públicos ou nas relações mantidas com políticos, segundo levantamento feito portal UOL, com base em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). São elas: Construções e Comércio Camargo Correa S.A, Construtora Andrade Gutierrez S.A, JBS S.A , Construtora Queiroz Galvão S.A, Construtora OAS S.A, Banco BMG e Galvão Engenharia S.A. Somadas, as doações alcançam aproximadamente R$ 496 milhões. Pela legislação eleitoral brasileira, as empresas privadas podem doar no máximo o equivalente a 2% do seu faturamento a candidatos e partidos. Concessionárias de serviços públicos como operadoras de telefonia, rodovias e de serviços de saneamento básico estão proibidas de financiar campanhas. Para o fundador e secretário – geral da ONG Contas Abertas, Gil Castelo Branco, os repasses de dinheiro representam um investimento.  “Existem estudos que indicam que, de cada R$ 1 doado em campanha, as empresas conseguem outros R$ 8,5 em contratos públicos", explicou, em entrevista ao UOL.

MORADORES DE RUA GANHAM CENTRO ESPECIALIZADO EM ITABUNA

As 163 pessoas cadastradas pela Prefeitura de Itabuna, por intermédio da Secretaria da Assistência Social que perderam o vínculo com a família, estão desempregadas, morando na rua e em situação de vulnerabilidade social, ganharam um importante equipamento público neste domingo, 27. O Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP) foi inaugurado pelo prefeito Claudevane Leite, na Praça Santo Antônio, no centro da cidade, como parte do conjunto de obras e ações pelos 104 anos de aniversário do município. O prefeito Vane lembrou que o Centro POP é a porta de entrada para diversos serviços públicos em rede nas áreas da saúde, educação e programas sociais dos governos municipal, estadual e federal. O prefeito disse que, além de tirar as pessoas das ruas de Itabuna, o objetivo capacitá-las e recolocá-las no seio familiar e no mercado de trabalho. “Com o Centro POP, temos uma rede completa de programas para atendimento às pessoas que hoje estão vivendo nas ruas da cidade”, explicou. O prefeito ressaltou que recentemente foi implantado no município o Programa Crack é Possível Vencer, que visa auxiliar no combate às drogas. Itabuna é um dos seis municípios baianos contemplados com o programa desenvolvido em parceria com o Ministério da Justiça e Secretaria Estadual de Segurança Pública. “Ganhamos duas motocicletas e duas viaturas, que serão usados por guardas municipais civis, policiais civis e militares, além de 50 pistolas teaser e 300 sprays de pimenta para utilizar se necessário na contenção de pessoas em surto”, destacou.

27 de julho de 2014

MGF DIZ QUE “PHS FOI COMPRADO PELO PT” NA BAHIA

Candidato à Assembleia Legislativa em outubro, o ex-deputado federal e ex-presidente do Esporte Clube Bahia Marcelo Guimarães Filho (PHS) afirmou, durante inauguração do comitê do candidato ao governo Paulo Souto na noite desta quarta-feira (23), que não é apenas sua família que está insatisfeita com a aliança do partido com o governista Rui Costa (PT). “Noventa por cento do partido continua apoiando Souto, porque essa é a vontade do partido, foi essa a decisão inclusive da convenção. Fizemos a convenção junto com o DEM. Boa parte dos filiados esteve lá”, defendeu o ex-parlamentar. MGF chegou a insinuar que a legenda recebeu dinheiro para coligar com o petista. “Até onde eu sei houve uma proposta financeira para a direção nacional do partido e o partido, na verdade, foi comprado pelo PT”, acusou. Ele justifica que não tomou a decisão de sair da sigla porque quando a mudança de direção foi anunciada ele já não poderia mais se desfiliar e continuar com a candidatura. “Eu tenho certeza que a Justiça Estadual vai seguir a favor da convenção que nós fizemos apoiando Paulo Souto”, confiou.

CELULAR DE GAROTA EXPLODE E PEGA FOGO DURANTE A NOITE

Uma adolescente americana ficou apavorada ao acordar com o seu celular pegando fogo. A jovem moradora de Dallas (Texas, EUA) colocou o aparelho de modelo Samsung Galaxy S4 embaixo do travesseiro e acordou ao perceber que ele aparentemente havia explodido. Em entrevista ao KDFW, Ariel Tolfree, de 13 anos, contou que o aparelho acabou escorregando para a parte de baixo do travesseiro quando ela adormeceu. No meio da noite, ela sentiu um cheiro de queimado. "Eu não importei muito no início e até voltei a dormir, mas depois acordei e vi que o aparelho estava completamente queimado e derretido", contou. O aparelho teve perda total. Em abril, um recall de baterias do mesmo modelo utilizado pelo celular de Ariel foi feito nos Estados Unidos, porque um relatório informou que a peça corria risco de inchar e explodir sem causa aparente. Indignado, o pai de Ariel procurou a Samsung, que alegou não ter nenhuma responsabilidade pelo tipo de bateria usado no modelo, já que não se tratava de uma peça original. Ainda assim, a empresa se ofereceu para reparar os danos do aparelho, além de bancar o reparo da cama e do travesseiro da garota.  Ariel não teve nenhum ferimento.

CASAMENTO GAY EM CENTRO DE TRADIÇÕES GAÚCHAS CAUSA POLÊMICA NO SUL

A decisão de uma juíza de aceitar casais gays em um casamento comunitário no Centro de Tradições Gaúchas (CTGs) em Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, tem sido motivo de polêmica no Sul do país. Isso porque, os Centros de Tradições Gaúchas, espalhados em diversas cidades do país, são sociedades civis sem fins lucrativos, que buscam divulgar e preservar as tradições e o folclore da cultura gaúcha tal como foi codificada e registrada. De acordo com a Folha de S. Paulo, a ideia de o casamento coletivo acontecer em um CTG foi da juíza Carine Labres, que se baseou na resolução 175 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para abrir as inscrições para os casais do mesmo sexo. Segundo a juíza, a intenção é homenagear as tradições gaúchas no mês da Semana Farroupilha, celebrada em setembro. Até o momento, ao menos 2 dos 22 casais inscritos são de homossexuais. Os nomes dos casais homossexuais já inscritos estão sendo preservados para que não haja retaliações. Mesmo indo de encontro à orientação geral, o CTG da cidade de Sentinela do Planalto foi o único que aceitou ser palco das uniões sem discriminação. O MTG, órgão disciplinador e orientador ao qual os CTGs são filiados, diz conhecer a legislação, mas orienta os gays a procurarem outro local para o casamento. Um comunicado oficial assinado pelo presidente do MTG, Manoelito Savaris, diz: “Oriento a que todos os tradicionalistas (…) que no interior dos galpões e nos ambientes em que se realizam as atividades tradicionalistas, cada um procure se portar segundo o seu gênero, ou seja, os homens tenham posturas masculinas e as mulheres, posturas do sexo feminino, tudo segundo a tradição”. Por iBahia.

ATRIZ COM 85 ANOS VIVERÁ LÉSBICA NA TV

No palco com o monólogo "Paixão", Nathalia Timberg foi a estrela da inauguração do Teatro J. Safra, na Barra Funda, na noite dessa quinta-feira (25.07), em São Paulo. Generosa, a atriz não gosta de receber sozinha o mérito pelo espetáculo de uma hora que fala sobre o amor. "Não é justo falar que é um monólogo porque tenho dois músicos que conversam comigo (com a música) em cena. São três linguagens que falam de amor, a poesia, a prosa e a música. Há muito tempo que eu lido com esse texto e a cada vez é um presente". Além do teatro, Nathalia se prepara para um desafio inédito em sua carreira. Ao lado de Fernanda Montenegro, a atriz vai protagonizar um romance homossexual na próxima novela das nove, que está sendo escrita por Gilberto Braga. "Fernanda e eu temos um percurso de vida muito longo, vamos ter um prazer muito grande de estarmos juntas de novo. Vamos ver o que nos reserva esta nova viagem proposta pelo Gilberto Braga. Por enquanto, é uma incógnita", disse a atriz. Nathalia espera que o público tenha uma percepção diferente com o casal mais experiente. "As pessoas ficam muito ouriçadas com a situação de personagens que são desenvolvidos nesta ordem, mas para mim é uma situação normal de seres humanos que se encontram. Eu gostaria que deixassem um pouco de lado esse enfoque de escândalo da situação. Vai ser interessante por vermos a situação de vida dessas personagens". "Este nosso mundo está acelerado, então eles chegam um pouco acelerados também, querendo queimar etapas. Mas dá mesma forma que você tem pessoas que vêm para este ofício querendo o lado da exibição, tem uma boa parte que vem pela necessidade de expressão e percebe que para poder desenvolver seu horizonte há um preço a pagar, o preço de formação, de conhecer os seus instrumentos de trabalho. A língua ainda é o principal instrumento de trabalho do ator, mas tem muitos que não conhecem direito a língua e isso resulta em textos incompreensíveis. Não entendem que eles são seu próprio instrumento e que precisam conhecê-lo melhor".

EXISTEM POLÍTICOS BONS E RUINS: ENTÃO, SAIBAMOS SEPARAR O “JOIO DO TRIGO”!

É muito comum ouvirmos que todos os políticos são iguais e que o voto é apenas uma obrigação. Muitas pessoas não conhecem o poder do voto e o significado que a política tem em suas vidas. Numa democracia, como ocorre no Brasil, as eleições são de fundamental importância, além de representar um ato de cidadania. Possibilitam a escolha de representantes e governantes que fazem e executam leis que interferem diretamente em nossas vidas. Escolher um péssimo governante pode representar uma queda na qualidade de vida. Sem contar que são os políticos os gerenciadores dos impostos que nós pagamos. Desta forma, precisamos dar mais valor a política e acompanharmos com atenção e critério tudo que ocorre em nossa cidade, estado e país. O voto deve ser valorizado e ocorrer de forma consciente. Devemos votar em políticos com um passado limpo e com propostas voltadas para a melhoria de vida da coletividade. Como votar conscientemente? Em primeiro lugar temos que aceitar a ideia de que os políticos não são todos iguais. Existem políticos ficha suja, incompetentes, cínicos, hipócritas e que até mercantilizam emendas parlamentares, porém muitos são dedicados e procuram fazer um bom trabalho no cargo que exercem. Mas como identificar um bom político? É importante acompanhar os noticiários, com atenção e critério, para saber o que nosso representante anda fazendo. Pode-se ligar ou enviar e-mails perguntando ou sugerindo ideias para o seu representante. Caso verifiquemos que aquele político ou governante fez um bom trabalho e não se envolveu em coisas erradas, vale a pena repetir o voto. A cobrança também é um direito que o eleitor tem dentro de um sistema democrático. Nesta época é difícil tomar uma decisão, pois os programas eleitorais nas emissoras de rádio e tv parecem ser todos iguais. Procure entender os projetos e ideias do candidato que você pretende votar. Será que há recursos disponíveis para que ele execute aquele projeto, caso chegue ao poder? Nos mandatos anteriores ele cumpriu o que prometeu? O partido político que ele pertence merece seu voto? Estes questionamentos ajudam muito na hora de escolher seu candidato. Como vimos, votar conscientemente dá um pouco de trabalho, porém os resultados são positivos. O voto, numa democracia, é uma conquista do povo e deve ser usado com critério e responsabilidade. Votar em qualquer um pode ter conseqüências negativas sérias no futuro, sendo que depois é tarde para o arrependimento.

26 de julho de 2014

EXISTEM DOIS GRANDES ERROS SOBRE GERALDO SIMÕES

O primeiro é dizer que ele não é extremamente esforçado no que faz. Ele não é preguiçoso (talvez o único pecado capital que ele não cometa com direta assiduidade). Ele trabalha e muito. E age diuturna e incansavelmente, pelo enriquecimento dele e dos seus parentes e aderentes mais próximos. E se esforça bastante para judiar Itabuna e as pessoas que nela existam. A estratégia maquiavélica é manter o povo subjugado à necessidade da sua intervenção. Povo dependente, é povo fácil de ser enganado e manobrado. O segundo erro é acreditar que Geraldo Simões é forte, poderoso. Sim, ele tem força, mas não é poderoso. Geraldo não tem poder por si mesmo. O falso poder dele nasce da corrupção e de eleitores que vendem seus votos, ou os trocam por promessas de empregos e cargos, que jamais são cumpridos. Essas pessoas é que dão os votos que Geraldo mais precisa para realizar suas más ambições e ações. A força de Geraldo é um reflexo das fraquezas, peleguismo, indolência, ou inocência de caráter, da maioria dos seus eleitores. Trata-se de um ciclo vicioso. Os eleitores dão votos ao Geraldo e ele os usa para aumentar sua força através da venda de emendas parlamentares e praticas de corrupção. O Geraldo não pode voltar atrás. Mesmo decaída, sua natureza original é a de um indivíduo maligno, presunçoso, cínico, dissimulado, traidor, insensível, mal caráter... e pessoas assim, são falíveis em suas palavras e condutas. Ele, o Geraldo Simões, não pode se arrepender. É incapaz disso. Cada vez que um eleitor flerta com o Geraldo, é como se Adão estivesse mais uma vez se rendendo à tentação do fruto proibido. A corrupção é o prazer de Geraldo e a chibata que fere quem vota nele! Geraldo age, sorrateiro, cheio de mentiras, insuflando a cobiça inata ao homem, dilatando os afetos desordenados e eclipsando as virtudes o desejo de constante comunhão com a ética, a honestidade e a seriedade na política. Por isso, Geraldo trabalha e muito para arrebanhar apoios de prefeitos, vereadores e lideranças políticas venais, pois delas se alimenta e tira sua energia. Geraldo não tem mais caráter e sente enorme prazer em usurpar forças que não são suas para comprar o voto de cada eleitor estúpido, venal, serviçal, ou inocente útil, que lhe esteja disponível. Eeste tipo de eleitor, existe em quantidade suficiente para eleger até cachorros vira-latas da estirpe degradante do Geraldo Simões. Dar voto a este indivíduo inescrupuloso e vil, implica maior adesão a corrupção que assola o Brasil inteiro e se submete à condição de mais um boneco nas mãos deste indivíduo taxado de ficha suja, implicado em vendas de emendas parlamentares e registrado como o político com maior quantidade de processos e condenações judiciais na Bahia. Votar em bandido do colarinho branco é como retroceder quase dois mil anos atrás e gritar "Barrabás, Barrabás..."!

25 de julho de 2014

PROMESSA DE WAGNER EQUIVALE A "TITICA DE GALINHA" EM ITABUNA!

Itabuna tem sido muito judiada por quem prometeu fazer da Bahia um Estado de todos nós. O governo atual, praticamente, não possui obras em Itabuna. O governador Jaques Wagner prometeu em 2009 que o governo do Estado concluiria as obras do Centro de Convenções e Teatro Municipal e inauguração da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do bairro Jaçanã. Aproximadamente R$ 10 milhões foram investidos no Centro de Convenções. As obras estão paralisadas desde novembro de 2008. A UPA do Jaçanã foi anunciada em julho de 2009 – no auge da epidemia de dengue em Itabuna – e deveria ter sido entregue no início de 2010. A obra nem bem começou e foi paralisada logo em seguida, com a rescisão de contrato com a construtora MPF. O investimento para a UPA ser inaugurada é de aproximadamente R$ 3 milhões. A unidade funcionaria como um mini-hospital e teria capacidade para realizar até 300 atendimentos por dia.

GOVERNO ABANDONA CENTRO DE CULTURA EM ITABUNA


Numa demonstração de completo descaso, o governo do Estado abandonou as obras de reforma do Centro de Cultura Adonias Filho (CCAF), que tiveram início em agosto do ano passado. Este fato está impossibilitando programação de espetáculos artísticos de médio porte em Itabuna. Os prejuízos são grandes para o fomento das artes e da cultura na cidade, que não dispõe de alternativas de espaços públicos apropriados, para apresentações de peças teatrais, dança, musicais e realizações de congressos, encontros e congressos. O abandono do Centro de Cultura Adonias Filho revela o descaso a que a cultura está submetida pelo governo do Estado em Itabuna. Desde o primeiro dia destas suas duas gestões, que o governador Jaques Wagner não moveu um só milimetro de esforço, para conclusão das obras do Centro de Convenções e do Teatro de Itabuna. Estes fatos não contam com nenhuma manifestação de indignação dos artistas, porque a grande maioria dos ativistas da área, também militam em partidos políticos ligados ao gobernador Jaques Wagner. Estão com rabo preso, cegos, mudos e surdos, como se fossem "bobos da corte" e protagonista de uma "ópera-buja", cujos "bois de piranhas", são eles mesmos!
 

24 de julho de 2014

O PERFIL DOS PETISTAS INOCENTES ÚTEIS

Existem muitos eleitores que protestam contra a corrupção e a impunidade, que imperam e emperram este país. Se revelam revoltados contra as mazelas e se dizem decepcionados com os políticos. Mas não se rebelam e ainda votam em seus próprios verdugos. Muitas pessoas gostam de ser  enganadas. A diferença entre um mágico e um petista é que o mágico confessa fazer truques, enquanto o petista afirma ter poderes que o habilitam a solucionar todos os problemas do povo. Basta ao petista distribuir "Bolsa Família" e "Minha Casa, Minha Vida"; cooptar UNE, MST, Centrais Sindicais e partidos Políticos, para as pessoas crerem. Faz parte da natureza humana. Essas pessoas não evoluíram para duvidar ou ter visão crítica. Isso exige discernimento e reflexão. Crer é mais fácil. Existem pessoas que teimam em não desenvolverem um alto-senso crítico e uma visão própria do mundo. Crer é muito mais fácil. As pessoas preferem ser enganadas. Quem tem uma boa formação cultural e crê no que petista promete e fala, o faz em duas possibilidades. Ou se trata de um indivíduo conivente com a farsa ou é alguém que sofreu de um surto psicótico, é esquizofrênico e, portanto, doente, ou teve uma alucinação. O estado alterado de consciência pode ser fruto da ingestão de alucinógenos. Para tudo há uma explicação. Se ela convence o crente, o doente, o usuário, ou o petista, é outra questão. Mas petista convicto, para ser autentico, não tem convicções próprias... são apenas fantoches, bonecos de ventrilóquos, maria-vai-com as-outras, marionetes, ou simplesmente, "bois de piranhas"!

ISRAEL DIZ QUE BRASIL É UM PAÍS IRRELEVANTE

As críticas do Brasil sobre a ação de Israel na Faixa de Gaza foram rebatidas pelo governo do país asiático. "O comportamento do Brasil "ilustra a razão porque esse gigante econômico e cultural permanece irrelevante", afirmou, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, a chancelaria de Israel, para a qual, o país prefere "ser parte do problema, em vez de integrar a solução". As declarações respondem um comunicado emitido na quarta-feira (23) pelo Itamaraty que se manifestou contra o "uso desproporcional da força" por parte de Israel e não citou a participação palestina no conflito. Em mensagem anterior, divulgada no dia 17, censurou "igualmente" os bombardeios de ambos os lados do confronto e declarava solidariedade às vítimas dos dois países. Desta vez, apenas o "elevado número de vítimas civis, incluindo mulheres e crianças" resultantes dos ataques israelenses foi mencionado. Além da nota, o embaixador de Israel em Brasília, Rafael Eldad, foi chamado pelo governo para ouvir queixas sobre a situação em Gaza. O diplomata brasileiro que atua em Tel-Aviv, capital israelense, também foi convocado a retornar. O governo de Israel se disse decepcionado com as atitudes do Ministério das Relações Exteriores e afirmou, em nota, que "o Brasil impulsiona o terrorismo e, por consequência, diminui a capacidade de exercer influência".

GEDDEL LIDERA DISPUTA PARA O SENADO

Candidato ao Senado na chapa encabeçada pelo democrata Paulo Souto, o peemedebista Geddel Vieira Lima aparece com 34% das intenções de voto, na pesquisa Ibope encomendada pela TV Bahia e divulgada na noite de quarta-feira/23. O postulante do governo ao mesmo posto, Otto Alencar (PSD), ficou com 17%. Na sequência, aparece Eliana Calmon (PSB), com 5% das intenções de voto. Hamilton Assis, do PSOL, e Idalba Marins, do PEN, figuram com 1%. Brancos e nulos somam 19%. Não sabem ou não responderam, 23%. O Ibope também realizou a pesquisa espontânea. No levantamento, Geddel aparece com 11%, Otto com 6% e Eliana Calmon tem 1%. Ainda na consulta sem lista de nomes, 63% dos entrevistados disseram não saber em quem votar ou não responderam. O candidato da chapa oposicionista aproveitou o resultado para alfinetar a chapa da situação. "Confirmamos que na medida em que o candidato do governo for conhecido, entendendo que é sócio, cúmplice da falência da segurança pública, da regulação da saúde, que ele é responsável pelo estado não ter construído uma única barragem nos últimos anos, está aí o resultado. Mesmo com 60 dias usando toda a máquina pública, com muita propaganda e uma pressão inescrupulosa junto aos prefeitos do interior, o candidato, quando se tornou conhecido, caiu. Temos mais 60 dias para as eleições e se tornando mais conhecido vai cair mais e acabar terminando a eleição com 5%", declarou o peemedebista.

DOIS POLICIAIS SÃO ASSASSINADOS EM SALVADOR

Dois policiais, um militar e um civil, foram mortos a tiros durante assaltos realizados na noite de quarta-feira (23), em Salvador. Na Estrada Velha do Aeroporto, o agente Jorge Cesar de Castro Pereira, lotado na 13ª Delegacia Territorial (Cajazeiras), estava dentro de um carro, quando foi abordado por bandidos que chegaram em uma moto e anunciaram o assalto. Segundo a polícia, testemunhas informaram que os assaltantes, ao perceberem que a vítima estava armada, desconfiaram que se tratava de um policial e fizeram vários disparos contra ele. No segundo caso, ocorrido no bairro da Liberdade, a situação não foi diferente. O policial militar, Fábio Ferreira Rosa, 35 anos, teve o carro roubado na Rua Gaspar de Lemos, próximo à Cesta do Povo da Feira do Japão. A vítima também foi reconhecida pelos bandidos como policial e acabou atingida por vários tiros em diversas partes do corpo. O soldado, que era lotado na 40ª CIPM (Nordeste de Amaralina), chegou a ser socorrido e encaminhado para o Hospital Ernesto Simões Filho, mas não resistiu aos ferimentos. Ainda não há informações sobre prisões. Os dois casos são investigados pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

QUEM É O MAIOR CABO ELEITORAL DE PAULO SOUTO EM ITABUNA?

Essa pergunta possui múltiplas respostas e todas podem estar certas. Basta dizer que Maria Alice coordena sua campanha na cidade; que Fernando Gomes, Capitão Azevedo, Ubaldo Dantas, Augusto Castro, ou Renato Costa são suas melhores referências políticas, ou que DEM, PMDB, PSDB, PPS e demais partidos seus coligados, possuem renomadas lideranças envolvidas e apoiando sua candidatura. Entretanto, quem mais vai contribuir para que Paulo Souto seja o candidato com maior votação para governador em Itabuna, não são seus correligionários e aliados e sim, pasmem, seus adversários na cidade. Aqueles que são ligados ao governo do Estado, já estão ajudando Paulo Souto, através do marasmo a que submetem Itabuna. Os deputados do PT e coligados de Wagner, sofrem rejeição pelas inutilidades dos seus mandatos. Os insatisfeito com os petistas Geraldo Simões e Josias Gomes por exemplo, tendem a votar contra quem eles apoiam e aí Rui Costa perde votos. O próprio abandono de obras como o Centro de Convenções, Teatro, UPA, Barragem, Duplicação da BR 415 e Centro Cultural, faz o governo do Estado prejudicar o candidato a governador do governador. E nisso é beneficiado Paulo Souto. Entretanto, ninguém contribui mais para a vitória do candidato do DEM, que o prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (PRB. Seus índices de rejeição são alarmantes e influenciarão o eleitorado itabunense. Com Vane apoiando Rui, Rui perde votos e consequentemente o eleitorado contrariado com o prefeito, acabará votando em Paulo Souto. Este é um raciocínio lógico e que deverá ser constatado nas urnas. O prazo de validade para verificação deste prognóstico, encerrar-se em 5 de outubro do ano em curso. Os incrédulos então perceberão, que o Estado da Bahia está no caminho certo, para ser livre, leve e Souto.

GEDDEL FARÁ A BAHIA VOLTAR A TER VOZ NO SENADO

João Durval (PDT), Walter Pinheiro (PT) e Lídice da Mata (PSB) foram eleitos para representar os baianos como senadores, mas nem parece que a Bahia possui representação no Senado Federal. Eles não correspondem as expectativas geradas por quem os confiou os mandatos. Eles não falam da Bahia, como falavam Antonio Carlos Magalhães, Josafá Marinho e Paulo Souto. Não protegem os interesses baianos e por isso o estado tem sido preteridos em obras e recursos federais, internacionais e da iniciativa privada, que no nordeste acabam indo para Pernambuco, Ceará e Maranhão. Entretanto, as próxima eleições poderão fazer a Bahia recuperar a força, projeção política e respeito. Nossos atuais três senadores parecem turistas. De 2011 para cá, Walter Pinheiro já viajou 11 vezes, sendo 8 para o exterior: Espanha, Suécia, Noruega, Emirados Árabes, Alemanha e Estados Unidos. Já Lídice da Mata passeou dez vezes, sendo seis delas ao exterior: Alemanha (duas vezes), Colômbia, Cuba, República Tcheca e Estados Unidos. Geddel Vieira Lima é a única alternativa de altivez, determinação, competência e coragem para fazer com que o Senado Federal volte a ser um dos pilares da estabilidade institucional do Brasil e espaço onde a Bahia tenha voz e vez. Para além de sua inquestionável importância política, Geddel possui a determinação de um baiano brigão, raçudo, intrépido e incansável na defesa dos direitos da Bahia. E os baianos necessitam de um Senado onde a Bahia seja destaque e seja respeitada com dignidade e respeito.

23 de julho de 2014

PRÓXIMO PREFEITO DE ITABUNA: A URNA EM 2014, DIRÁ O QUE SERÁ 2016

As eleições municipais de 2016 já começam a merecer debates, especulações e discussões acirradas. Os prováveis prefeituráveis estão com seus nomes sendo defenddidos ou criticados. E as evidencias apontam para a hipótese de que estas próximas eleições, que decidirão em 2014, quem serão nossos deputados estaduais e federais, senador, governador e presidente da república, não são tão importantes e empolgantes quanto as próximas eleições municipais, que somente ocorrerão dois anos depois. Talvez isto explique o nome de Fernando Gomes (DEM), que não é candidato atualmente, está muito mais em evidência, que políticos que estão disputando as eleições vigentes. Todos os prognósticos revelam favoritismo para Fernando voltar a ser prefeito de Itabuna. Ocorre que o que se disputa agora não é cargo executivo municipal. Entretanto, para quem quer entrar nessa disputa contra Fernando, há que demonstrar arrojo e boa votação em 5 de outubro próximo. Entre os postulantes ao Congresso Nacional, Davidson Magalhães (PC do B) tem o impedimento de uma candidatura natural de reeleição para o aliado Claudevane Leite (PRB) e Geraldo Simões (PT) enfrenta dificuldades quase intransponíveis de agregar coligados, pois a maioria das lideranças locais já foi aliada dele e hoje fortalece seus altos índices de rejeição. Entre os nomes que concorrem ao cargo de deputado estadual, Coronel Santana (PTN), Glebão (PV) e Aldenes Meira (PC do B) não são candidatos a prefeito. Ângela Souza (PSD) e José de Armatéia (PRB) nem votam em Itabuna. Restaram Capitão Azevedo (DEM), Coronel Valci Serpa (PT do B) e Augusto Castro (PSDB). Estes três deverão sair fortalecidos, caso obtenham votações expressivas nestas eleições e está entre eles, o que será mais votado em Itabuna. Com a perspectiva de inviabilidade legal para os registros de candidaturas para Fernando, Geraldo e Azevedo (Possuem implicações com a Lei da Ficha Limpa), recairá sobre Augusto Castro o favoritismo que o fará agregar as condições e as forças, necessárias para elegê-lo prefeito de Itabuna, em 2016.

CASAL É MORTO POR ESTRANHO APÓS MARCAR NOITE DE SEXO PELA INTERNET

Uma jovem de 18 anos e o namorado dela foram assassinados por um desconhecido com quem eles tinham combinado uma noite de sexo. A garota estava grávida de oito meses e esperava uma menina, Audi Lynn, quem também morreu. O casal desapareceu no dia 12 de julho no estado de Michigan, nos Estados Unidos. Desconfiada, a polícia local rastreou diversos e-mails entre o casal e o assassino. A polícia foi até a casa de Brady Oestrike, 31 anos, com um mandando de busca no dia 17 de julho. Ao perceber a presença da polícia, ele fugiu e foi perseguido. A busca terminou depois que Oestrike cometeu suicídio durante a perseguição. Tudo começou depois que os três envolvidos se conheceram através de um site de anúncios, Craigslist. Logo depois, Brooke Slocum, 18 anos, trocou e-mails com Brady, marcando um encontro sexual em troca de dinheiro. Ela combinou que o namorado, Charles Oppenneer, iria conhecer Brady pessoalmente antes do ato, e que o rapaz de 25 anos iria assistir enquanto os dois mantinham relações. Durante o encontro na residência do casal, Brady matou Charles decapitado. Ele então fez a grávida refém e a estrangulou até a morte, antes de colocá-la na mala do carro. O corpo de Oppenneer foi encontrado em um parque da cidade um dia antes da perseguição policial que culminou na morte de Brady. No entanto, a cabeça dele ainda não foi localizada. O pai da jovem, Greg Slocum, comentou após a morte da filha que já tinha lhe alertado sobre este tipo de comportamento. Ele revelou que o casal estava se separando, mas que Brooke estava desesperada para evitar que o namorado a deixasse, e que por isso concordava com tudo que ele insistisse para que ele permanecesse com ela. "Não importa o que fosse, ela faria para tê-lod e volta", disse Greg Slocum para o jornal britânico Mirror. "No final, ela acabou pagando um preço muito alto por isso. Ela encontrava homens que anunciavam no Craigslist para conseguir dinheiro, porque o namorado dela era um manipulador", relata. "Ela passaria pelo inferno se isto significasse que a sua família não se divorciaria". Ele também conta que já tinha avisado a filha sobre os perigos de se encontrar com estranhos. Antes de morrer, Brooke escreveu diversas cartas para sua filha que ainda não tinha nascido, explicando porque ela se encontrava com homens para fazer sexo. Nelas, a jovem dizia que fazia isso somente porque queria ser amada. Por Correio24horas.

AUGUSTO CASTRO MOSTRA FORÇA EM ITABUNA

O deputado estadual Augusto Castro (PSDB) lançou oficialmente sua campanha ontem, terça-feira/22, em evento na Ação Fraternal de Itabuna (AFI), que contou com comparticipações de Paulo Souto (DEM), Geddel Vieira Lima (PMDB), da chapa majoritária da oposição e uma multidão estimada em mais de 2 mil pessoas. Além dos candidatos ao governo e ao senado do grupo oposicionista, o evento também teve a presença do deputado federal Jutahy Júnior e lideranças de diversas cidades sulbaianas. Foi uma oportunidade em que ficou evidente que o deputado estadual Augusto Castro está cada vez mais fortalecido em sua pretensão de reeleição e segundo informações do próprio Jutahy, que ele deverá ser um dos candidatos mais votado da Bahia. Este fato o consolida como uma liderança de destaque no contexto de um possível governo sob o comando de Paulo Souto e deverá criar excelentes condições para o sul da Bahia voltar a contar com obras e verbas do Estado.

SALDANHA ESPERA SER UM DOS MAIS VOTADOS DA BAHIA

Vieira dos Santos, conhecido por todos na cidade de Ilhéus como ‘Saldanha o Gogó de Ouro’ registrou sua candidatura à Deputado Federal pelo PMN, com o número 3333. Numa coligação com o PHS e PT do B, o radialista espera ter mais de 50 mil votos, inclusive superando os seus rivais locais, Bebeto Galvão, também candidato a Deputado Federal pelo PSB, e Capitão Nonato, pelo Psol. Saldanha já foi Assessor de Comunicação da Prefeitura de Ilhéus, no governo de Antônio Olímpio; já foi promotor de eventos, e atualmente é diretor do Jornal Foco Bahia. Também já foi apresentador de vários programas radiofônicos em Ilhéus. "Tenho o apoio do maior PIB da região e já disponho em caixa mais de R$ 300 mil para a campanha", afirma o magnata Saldanha. A última vez que Saldanha participou de um processo eleitoral foi exatamente há 12 anos, quando foi candidato a Vereador. Obteve 224 votos e sua base eleitoral foi o Bairro do Malhado. Esse ano seu escritório político vai funcionar na Avenida Edgar Santos, s/n, térreo, em Narandiba, no conceituado Juliano Moreira. CHANCES - A probabilidade de Saldanha vencer esta eleição é a mesma que um apostador tem de ganhar o premio da Sena 20 vezes seguidas, sozinho; O mar invadir o sertão cearense; Ilhéus nevar; Ou mesmo encontrar uma virgem num brega. Uma coisa é certa: 1.000 ou 2.000 votos de repúdio que Saldanha obtenha podem atrapalhar alguns candidatos à Câmara Federal.

COSME ARAÚJO AFIRMA QUE REDUÇÃO DA MARIORIDADE É BALELA

Criminalista há 30 anos e um dos mais conceituados do estado da Bahia, vereador na cidade de Ilhéus e membro titular da Comissão de Constituição e Justiça, o advogado Cosme Araújo concorda com alguns doutrinadores na manutenção da maioridade penal aos 18 anos, todavia, antes de qualquer estudo na mudança na legislação, é preciso que se crie políticas públicas para a juventude e escola integral para a pré-adolescência. "Vivemos uma realidade totalmente diferente de outros países e, infelizmente o sistema prisional brasileira não recupera ninguém e, a droga e a ociosidade tem sido um diferencial que vem manipulando a juventude" pontua. Um dos projetos do candidato a deputado estadual pelo PDT, Cosme Araújo, é constituir parcerias tripartite entre a união, o estado e os municípios baianos, na busca incessante de conter a violência na Bahia, especialmente trabalhando fortemente contra o narcotráfico, o comércio subsidiário das drogas, evitando assim o recrutamento de menores para este tipo de comércio ilícito. O número de assassinatos na Bahia voltou a subir assustadoramente pelo terceiro ano consecutivo e, é preciso conter esse avanço. "Temos projetos para reaparelhamento das policias, qualificação e maior remuneração dos policiais e estabelecer metas de tolerância zero. Infelizmente a sociedade vive aquartelada diante do grau de temeridade que assola a maioria das cidades baianas", salienta Cosme Araújo. Outra solução para diminuir a violência, segundo Cosme Araújo, é monitoramento via câmeras em todas as grandes cidades, como forma de conter pequenos crimes e até mesmo diminuir a prostituição na via pública, o que é uma realidade entre adolescentes. Ainda segundo Cosme Araújo, dentro de suas metas na Assembleia Legislativa, se eleito, será criar mecanismos e unidade de trabalho coletivo entre as secretarias de educação, ação social e secretárias de justiça e Secretaria de Segurança, no sentido de melhorar e aumentar a eficiência do serviço público. No campo social o candidato a deputado, Cosme Araújo, vai propor na ALBA, mais investimentos sociais nos cidades com maiores índices de violência, com foco em controle de natalidade, geração de empregos, moradia, educação em tempo integral e incentivo ao esporte. A partir desta 4ª feira, 23, o candidato Cosme Araújo intensifica sua caminhada rumo a algumas cidades do Território Baixo Sul, a exemplo de Gandu, Piraí do Norte, Presidente Tancredo Neves, Camamu, Igrapiúna, Ituberá, Teolândia, Valença e Wenceslau Guimarães, onde buscará apoio à sua candidatura, especialmente com os agricultores, famílias assentadas e comunidades quilombolas. (Matéria da assessoria do vereador e candidato a deputado estadual, Cosme Araújo).

PT DE ILHÉUS CONTINUA PERDENDO PARA JABES RIBEIRO

Parece que a impopularidade do prefeito Jabes Ribeiro não é problema para o aliado Rui Costa. Cotada para ser a segunda suplente do candidato Otto Alencar, na chapa majoritária petista, Carmelita Ângela, o maior nome do PT Ilheense, foi vetada depois de uma forte articulação do prefeito Jabes Ribeiro, e seu partido PP, junto ao PT estadual. Segundo informações da capital, ao saber que o nome da petista estava sendo cogitado, Jabes, ficou atordoado, argumentando que o nome de Carmelita na suplência ao senado seria traição por parte da cúpula petista estadual, que estaria antecipando as eleições de 2016. Mais uma vez o "petezinho" de Ilhéus fica submisso aos caprichos do prefeito de Ilhéus, que tem seus pedidos atendidos por Rui Costa e cia. Até quando? Vale lembrar que o governador petista, Jaques Wagner, se negou a descer em Ilhéus nas eleições de 2012, a pedido de Jabes, aliado incondicional. Por agravo.

22 de julho de 2014

ATÉ VEREADOR PETISTA CRITICA GOVERNO DO PT

O governador Jaques Wagner (PT) tem submetido Itabuna ao menosprezo e não possui nenhuma obra na cidade, com exceção de quatro ruas asfaltadas e uma UPP no bairro Monte Cristo. Este fato tem provocado criticas constantes de adversários do governador e deixado seus aliados e correligionários em situação de constrangimento. O vereador Ronaldão (DEM), tem feito pronunciamentos na Câmara Municipal, se manifestado indignado com o que ele considera "desrespeito do governador ao povo de Itabuna", com ausência do Estado na cidade de Itabuna. segundo Ronaldão, "Itabuna está órfã de obras e verbas estaduais e as consequências recaem sobre índices alarmantes de violência, doentes sem médicos e medicamentos e há mais de sete anos não se constrói uma só sala de aula no município". Mas a contundência de maior crítica, partiu do líder do PT na Câmara, Júnior Brandão, que cobrou na segunda-feira/21 a retomada e conclusão das obras de reforma do Centro de Cultura Adonias Filho, cujas obras foram iniciadas em agosto do ano passado e estão paralisadas, sem previsão de conclusão. O vereador petista denunciou que a suspensão das obras tem causado sérios prejuízos aos artistas e promotores de eventos artísticos e culturais e que nenhuma explicação foi dada à comunidade quanto à paralisação. Já o vereador Antonio Cavalcante (PMDB), ressaltou que a referência do governo do estado em Itabuna, é o pouco caso com que ele tratou equipamentos públicos deixado na cidade por seus antecessores: "O governo Wagner começou abandonando as obras de conclusão do Centro de Convenções e do Teatro de Itabuna e sairá do governo deixando aos escombros, o Centro de Cultura Adonias Filho" - destacou Cavalcante.

PAULO AZI DIZ QUE PT TEM VERGONHA DE SI MESMO

Em entrevista de rádio ao jornalista Samuel Celestino, hoje pela manhã, 22, o deputado Paulo Azi (DEM) ironizou a retirada da estrela e da cor vermelha - símbolos históricos do PT -, das peças de campanha do candidato a governo Rui Costa. "Será que o PT anda com vergonha de si mesmo?", indagou o deputado, frisando que o desgaste do partido e a rejeição que o candidato petista vem enfrentando nas ruas não são atoa. "Apesar de se dizer amigo da presidente Dilma e de Lula, o governador Wagner não foi capaz de fazer a Bahia avançar, ao contrário, regrediu, saindo da sexta para a oitava posição em relação aos indicadores sociais", disse, voltando a bater nas retaliações que, segundo ele, o governo vem imprimindo à prefeitura de Salvador e à gestão de ACM Neto. "É triste perceber que o governador se deixou contaminar pela máxima do PT de quanto pior melhor, ignorando os prejuízos que isso possa causar a população de Salvador", frisou, referindo-se ao pedido de financiamento da prefeitura ao Desenbahia, negado pelo governo. O empréstimo seria destinado à construção da via de ligação entre o bairro de Cajazeiras e a BR 324.