31 de março de 2016

OS PETISTAS MORIBUNDOS ESTÃO ASFIXIADOS PELOS FATOS

Geraldo vai ter que perder parte do que já roubo do erário, para
pagar mortadela, pão e dar 30 moedas aos seus cabos eleitorais
Os petistas estão desesperados pelas perspectivas de consequências eleitorais desastrosas nas próximas eleições em Itabuna. As pesquisas submetem o prefeiturável do PT, Geraldo Simões, à incômoda situação de quarta colocação (quando o entrevistador pergunta sobre em quem votaria o eleitor, se as eleições fossem hoje), ficando atrás de Augusto Castro, Capitão Azevedo e Fernando Gomes. Por enquanto, Geraldo ainda está à frente de Roberto José, Antonio Mangabeira, Carlos Lee e Davidson Magalhães. Mas a tendência está mais para ele perder posições, que avançar sobre os candidatos que estão à sua frente. O PT não conseguiu mais que 10 pré-candidatos a vereador e terá muitas dificuldades para reeleger apenas um dos seus atuais dois vereadores. Júnior Brandão cogita a possibilidade de nem tentar se reeleger. E Paulinho do INPS teme não haver coeciente eleitoral, para assegurar-lhe mais um mandato. Ontem mesmo, a chapa proporcional do PT, sofreu mais uma baixa, com a saída da ex-gerente do SAC, Maria Fernanda, que decidiu se filiar ao DEM, por onde se candidatará a vereadora, com as bênçãos do ex-prefeito Fernando Gomes. Os petistas compraram os partidos nanicos, PSL e Pros, mas só levaram as siglas, pois todos os candidatos e diretores destes dois partidos, se recusaram a compor e apoiar Geraldo. Para complicar a situação do petistas, Dilma, Lula, Rui Costa e Jaques Wagner, não possuem mais força suficiente, para empurrar malas sem alças e pesadas, ladeira acima e todo este contexto nos faz acreditar, que Geraldo está como um moribundo, sufocado dentro de uma urna fúnebre, esperando somente ser levado pelos coveiros. E o cortejo segue à beira do precipício, Todo castigo para ladrões porcos do dinheiro público é pouco!

COMENDO VIDROS E REZANDO PARA NÃO FALTAR VIDROS PARA COMER

Brasília está pegando fogo e não há quem consiga apagar no PT
O que estava previsto aconteceu: o PMDB, através do seu diretório nacional, anunciou o chamado desembarque do Governo da presidente Dilma Rousseff para embarcar e acelerar o impeachment e fazer o seu presidente Michel Temer o presidente da República. O que o Governo buscar fazer agora é reestruturar sua base no Congresso Nacional para tentar barrar o impeachment, ao mesmo tempo implementar ações imediatas e objetivas para a retomada da economia e contar assim com o apoio da sociedade, o que também é uma tarefa difícil. Fato é que o país, que já passava por uma crise econômica e política aguda, viverá um período conturbado nos próximos meses, com a sociedade dividida, cujas consequências são imprevisíveis. Por sua vez, o PMDB e os partidos de oposição podem até conseguir o impeachment da presidente, mas não podem oferecer garantia alguma de que restabelecerão a normalidade democrática nem tão pouco que terão o condão de contornar a grave crise econômica. Pelo sim, pelo não, a sociedade que se prepare que dias difíceis virão.

CANTOR CARLINHOS FÊLIX PARTICIPA DO 8º ANIVERSÁRIO DA IGREJA ALIANÇA

Quanto mais houver palavra de Deus, mais paz e amor reinarão
A Igreja Evangélica Aliança de Itabuna, na rua Paraná, nº 59 – Jardim Vitória, em Itabuna, estará comemorando neste sábado/2, às 19h. e domingo/3, às 9h. e 18h., o 8º aniversário com a participação do cantor e compositor Carlinhos Fêlix, um dos intérpretes mais respeitados da música gospel, nacional e internacional. A ministrações da palavra e os louvores serão realizados na sede da Igreja, localizado no bairro Jardim Vitória. Com canções consagradas no meio gospel como “Basta querer” (1993), “Obediência” (2008) e “Primeiro Amor” (2011), o cantor carioca Carlinhos Félix estará em Itabuna para ministrar a palavra de Deus e recordar canções que marcaram e, até hoje tem levado muitas pessoas a se aproximarem de Deus. Em mais de 25 anos de carreira, Carlinhos Fêlix é conhecido por ter inovado a música cristã no Brasil. Ele inseriu o rock no repertório gospel com o Rebanhão, banda criada nos anos 80, e conquistou o público jovem. Atualmente é evangelista itinerante, missionário e ministro de louvor, com passagens em diversos países e, inclusive nos Estados Unidos, onde foi consagrado capelão pelo estado de Nova York. A sua passagem por Itabuna marcará a comemorações do ministério Aliança e tem o objetivo de despertar as pessoas sobre a importância de Deus em suas vidas. De acordo com o Pastor titular da Igreja, Jorge Oliveira será também um momento importante para celebrar uma das maiores conquistas durante oito (8) anos de ministério da Aliança: “a restauração de muitas famílias e a libertação de pessoas de vários vícios”, destacou. A festividade é aberta a toda a população de Itabuna e de cidades circunvizinhas, com início no sábado, às 19 horas, seguindo no domingo, às 9 horas e encerra às 18 horas, com o culto da família. Ainda está prevista apresentação de peças teatrais e a participação do grupo de louvor da Igreja Aliança. HISTÓRIA: Com a visão de resgatar, libertar, curar e promover a salvação para uma vida abundante em Cristo, a Igreja Aliança nasceu de uma promessa de Deus na vida dos Pastores Jorge e Heloísa Oliveira, que depois de estarem vivendo há três anos nos Estados Unidos, obedeceram ao chamado de Deus e instituíram a Evangelical Alliance Church no ano de 2004. De volta ao Brasil, em agosto de 2007, o Pastor Jorge e sua família instituíram a primeira Igreja do ministério na cidade de Itabuna no ano seguinte, em 2008. 

JORNALISTA DA RECORD É ENCONTRADO MORTO EM MG

"NÃO MATARÁS" (Ex 20,13) ... SUICÍDIO É MAIS COVARDE
O jornalista Renato Soares, de 31 anos, foi encontrado morto em Curvelo, Minas Gerais, na tarde da última segunda-feira/28. Soares era contratado da Rede Record e havia trabalhado também na Rede Globo. Segundo a polícia, a causa da morte do repórter ainda não foi descoberta, mas a suspeita é de que ele tenha se suicidado, pulando da janela de um prédio. O jornalista fazia tratamento contra depressão e já havia ficado desaparecido por 52 horas em setembro do ano passado. De acordo com a Record, o funcionário estava afastado de suas funções na emissora para dar continuidade ao tratamento. No Twitter, o diretor da Record Minas, Gustavo Paulus, lamentou a morte do colega. “Acabo de receber a notícia que o repórter Renato Soares faleceu há pouco. Nossos sentimentos a família... Forças neste momento de dor”.

“BALANÇO DE PROJETOS DA FICC É MUITO POSITIVO”, DIZ PRESIDENTE

Roberto José se despediu da equipe da Ficc com agradecimentos
O presidente da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), Roberto José, realizou, na última segunda-feira (28) uma reunião com os principais articuladores de projetos e colaboradores atualmente vinculados à fundação. A reunião, feita com um tom de despedida, teve como pauta um balanço geral dos projetos desenvolvidos pela FICC e como vem se desenhando, ao longo da semana, o processo de transição para a nova presidência, cujo nome ainda será confirmado pelo prefeito Claudevane Moreira Leite. Roberto José está se desimcompatilizando do seu cargo de presidente e, segundo relatou, se afasta da fundação já nesta quinta-feira (31). Ao avaliar sua gestão, falou que sai com um sentimento de dever cumprido, deixando a FICC numa posição de destaque no desenvolvimento de políticas sociais e culturais. “Os projetos da casa (Viv-à-rte e Casa das Artes) colocam Itabuna numa condição de cidade a ser imitada; somos referência no desenvolvimento de políticas culturais que atingem Itabuna como um todo de maneira democrática e republicana”, disse o presidente, citando ainda iniciativas como o apoio à Banda Municipal Falcões, o apoio aos artistas (músicos, atores, artistas plásticos, poetas, escritores, artesãos). “Hoje a FICC tem o [projeto] Letras Que Voam, a Paixão de Cristo consolidada no calendário religioso de eventos no Sul da Bahia, a FELITA já desenhada para acontecer em maio, o Festival Multiarte com uma amplitude maior, tudo isso permitido e fomentado principalmente pelo aumento de repasses feitos pela prefeitura”, ratificou. O presidente tratou ainda de tranquilizar os servidores que permanecerão na casa, indicando que, a priori, não há acenos de que ocorram ajustes de pessoal nas equipes. Após falar, Roberto ficou muito emocionado com o que ouviu dos servidores, tendo recebido saudações positivas, mensagens de agradecimento e desejos de profícuo sucesso nos projetos que o retiram, neste momento, da condição de presidente da fundação. Roberto José foi bastante aplaudido e concluiu: “Se o trabalho foi bem feito, não foi exatamente por causa do presidente ou de quem quer que seja. Nenhum trabalho se faz de forma isolada. A FICC, hoje, tem a sorte de ter pessoas certas nos lugares certo e isso faz com que a fundação tenha um papel crescente e pujante em Itabuna. Quem está de parabéns são as equipes de trabalho, todas elas, e a cidade, que merece ter os projetos que estão em andamento”, concluiu. Até que se anuncie o nome do novo gestor, o prefeito de Itabuna, Claudevane Moreira Leite estará respondendo interinamente pela presidência da fundação a partir de 1º de abril.

MORO DIZ AO STF QUE LULA QUIS 'INTIMIDAR E OBSTRUIR' AS INVESTIGAÇÕES

O juiz Sérgio Moro tem provado que Lula possui mãos sujas
No ofício que enviou ao Supremo Tribunal Federal para explicar porque mandou grampear o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e porque deu publicidade aos áudios, o juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, cravou que o petista quis "intimidar" e "obstruir" as investigações das quais era alvo. Para o magistrado, a conduta de Lula pode "configurar crime de obstrução à Justiça" - tipificado na Lei 12.850/13, que define organização criminosa. "Mesmo sem eventual tipificação, condutas de obstrução à Justiça são juridicamente relevantes para o processo penal porque reclamam medidas processuais para coartá-las", anotou o juiz. Moro transcreveu, na peça de 30 páginas, 12 interceptações telefônicas da Polícia Federal anexadas aos autos da Operação Aletheia, desdobramento da Lava Jato que pegou Lula e a ele atribui a propriedade do sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP) - o que é negado veementemente pela defesa do petista. O juiz chamou a atenção para um grampo em especial, no qual Lula disse a seu interlocutor "eles têm que ter medo", em referência aos investigadores que vasculham sua vida. Para Moro, o ex-presidente fez tal afirmação "sem maiores pudores". Um grampo que Moro transcreve pegou Lula com o ministro Nelson Barbosa, da Fazenda. O ex-presidente demonstra contrariedade com a ação da Receita no Instituto Lula e na LILS Eventos e Palestras. Aparentemente, ele sugere ao ministro que cobre do Fisco investigações em emissoras de TV e até na fundação do adversário político Fernando Henrique Cardoso, do PSDB. Moro aponta "outros diálogos do ex-presidente intencionando ou tentando obstruir ou influenciar indevidamente a Justiça". "Há também diálogos nos quais revela a intenção de intimidar as autoridades responsáveis pela investigação e processo", escreveu.

IBOPE|: GOVERNO DILMA É DESAPROVADO POR 69% E APROVADO POR 10%

Dilma chora o leite derramado de índices deprimentes de rejeição
Pesquisa Ibope encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) e divulgada nesta quarta-feira/30 aponta que 69% dos brasileiros avaliam o governo da presidente Dilma Rousseff como ruim ou péssimo. A pesquisa apontou que 10% avaliam o governo como ótimo ou bom e 19% acham que ele é regular. Entre os ouvidos, 1% não soube ou não respondeu. Foram ouvidas 2.002 pessoas em 142 municípios. O grau de confiança da pesquisa é de 95%. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O levantamento começou a ser feito em 17 de março --um dia após o juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, divulgar os áudios de conversas entre Dilma e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a posse do petista como ministro da Casa Civil, interpretadas pelo magistrado como indícios de que os dois tentavam obstruir investigações da Justiça-- e terminou três dias depois, no dia 20. Os números são parecidos com a última pesquisa Ibope encomendada pela CNI, de dezembro do ano passado, que apontou que 9% dos brasileiros consideravam o governo ótimo ou bom, 70% disseram que era ruim ou péssimo e 20% o indicaram como regular. Segundo o Ibope, a soma dos percentuais pode não igualar 100% por causa dos arredondamentos.

30 de março de 2016

IMPOSTO SINDICAL PATROCINA CARAVANA ILHEENSE CONTRA O IMPEACHMENT

Parasitas do PT e PC do B usam dinheiro dos sindicatos
para patrocinarem manifestações em favor de Dilma e Lula
Não é segredo para ninguém, o quanto petistas e comunistas usam e abusam dos recursos do imposto sindical, para patrocinar interesses políticos, partidários e ideológicos, principalmente, do PT e PC do B. E fazem isto escancaradamente. Nestes últimos dias de acirramento da disputa política, os sindicatos e suas centrais de representação federativa, os dirigentes metem suas garras de ave de rapina, imundas, nos cofres das entidades, para financiarem e engrossarem essas mobilizações, sob pauta de "luta contra o golpe”. E pagam pães, mortadelas e dão 30 moedas (R$ 30,00) a quem se dispor a segurar bandeiras e adereços co mensagens políticas e muitas vezes ofensivas ao Juiz Sérgio Moro, Ministério Público Federal-MPF e políticos, que até pouco tempo, eram aliados do governo federal e de Dilma e Lula. Assim, nomes como Delcídio, ex-líder do PT no Senado e Eduardo Cunha, ex-aliado de Dilma no Congresso, são endemoniados e queimados como Judas, em forma de bonecos de panos incinerados nas manifestações. E quem quiser que critique, ou xingue Paulo Maluf, José Sarney, Renan Calheiro, Fernando Collor e muitos outros, que eram satanizados pelos petistas e comunistas, mas que atualmente, são seus lacaios e comparsas. Esta é uma realizada nacional e Ilhéus não foge à regra. Hoje está saindo de Ilhéus, uma caravana com dois ônibus e cerca de 100 pessoas, para Brasília, onde será realizado ato contra o processo de impedimento da presidenta Dilma Rousseff, amanhã, dia 31. A caravana vai se somar aos movimentos sociais e sindicatos trabalhistas na capital federal, em ato que deve reunir cerca de 100 mil pessoas de todo o País. Oficialmente, esses sindicalistas vão para Brasília, com tudo pago pelos sindicatos e pelo próprio governo federal, para participarem de um congresso nacional, onde debaterão questões trabalhistas.

TRÊS DOS SEIS MINISTROS DO PMDB QUEREM PERMANECER NO GOVERNO

O que nunca vai faltar, é quem grite Barrabás, Barrabás, Barrabás
Embora a reunião do diretório nacional do PMDB tenha decidido nesta terça-feira/29 romper com o governo e entregar todos os cargos ocupados pelo partido na administração federal, até a noite, a maioria dos seis ministros do partido ainda não tinha anunciado uma decisão. Mas, segundo informou o Jornal Nacional, três deles permanecerão no governo. O único que já anunciou publicamente que não sairá do governo e não deixará o partido – o que confronta com a deliberação do diretório nacional – é Celso Pansera (Ciência e Tecnologia), deputado pelo PMDB-RJ. Segundo apurou o Jornal Nacional, além de Pansera, Marcelo Castro (Saúde) e Kátia Abreu (Agricultura) pretendem permanecer no governo. Eduardo Braga (Minas e Energia), Mauro Lopes (Aviação Civil) e Helder Barbalho (Portos) devem sair, mas querem um prazo. No caso de Kátia Abreu (PMDB-TO), da Agricultura, ministra muito próxima da presidente Dilma Rousseff, há possibilidade de ela deixar o partido para permanecer no governo. Um possível caminho para a ministra é voltar para o PSD, do ministro Gilberto Kassab (Cidades), ex-prefeito de São Paulo. Henrique Alves deixou a pasta do Turismo nesta segunda-feira (28), um dia antes da reunião do diretório nacional do partido. O presidente nacional do PMDB, Michel Temer, continuará como vice-presidente da República porque foi eleito na mesma chapa de Dilma Rousseff.(G1)

SOLIDARIEDADE NEGA RETORNO PARA A BASE PETISTA NA BAHIA

Luciano Araújo reafirma que não existe Solidariedade com o PT
Novas especulações sobre uma possível retorno do Solidariedade para a base do governador Rui Costa (PT) foi negada ontem pelo chefe da Secretaria de Urbanismo de Salvador, Silvio Pinheiro. De acordo com o secretário, que se filiou ao no ano passado, o partido não está negociando com a gestão petista. “O Solidariedade jamais trocaria um barco navegando em mar de almirante, para entrar no barco do PT, que afunda a cada dia”, disparou Pinheiro ontem, em entrevista à Rádio Metrópole. O chefe da Sucom é um dos possíveis nome para ocupar a vaga de vice-prefeito na chapa que será encabeçada pelo prefeito ACM Neto (DEM), candidato à reeleição nas eleições municipais deste ano. O presidente do Solidariedade na Bahia, Luciano Araújo, em entrevista à Tribuna também negou qualquer possibilidade de adesão ao governo petista na Bahia. “Não sei de onde tiraram isso. Nunca tivemos nenhuma conversa do tipo”, disse.Nas eleições gerais de 2014, a cúpula do partido, comandado nacionalmente pelo deputado Paulinho da Força, decidiu pelo apoio ao então pré-candidato do DEM ao governo, Paulo Souto.(TB) 

DELAÇÃO DE PUBLICITÁRIA ENVOLVE DILMA E RUI COSTA

Danielle denuncia o governador Rui Costa na Operação Lava-Jato
A delação premiada da publicitária Danielle Fonteles, dona da agência de comunicação Pepper Interativa, está se tornando uma delação bomba atingindo, além a Presidente Dilma alguns governadores. Segundo a Folha de São Paulo, ela confirmou que recebeu R$ 6,1 milhões de forma ilegal referentes a serviços prestados à campanha de Dilma Rousseff (PT) em 2010. Segundo a publicitária, sua empresa bancou despesas da campanha de Dilma em 2010, como pagamento de funcionários do comitê da petista, com recursos repassados à Pepper pela construtora Andrade Gutierrez. Segundo a Folha, na delação, a dona da Pepper confirma que recebeu R$ 717 mil da empreiteira OAS em 2014, mas diz que o dinheiro foi pago por serviços ligados à campanha do petista Rui Costa ao governo da Bahia, sem ter relação com Dilma. Na campanha daquele ano, a Pepper cuidou da página da presidente no Facebook. Outro governador citado é Fernando Pimentel, de Minas Gerais, que a publicitária disse, em sua colaboração com a Justiça, que a teria orientado a firmar o contrato de R$ 6,1 milhões com a Andrade Gutierrez para a campanha de 2010. 

DILMA CANCELA IDA AOS EUA E EVITA QUE TEMER ASSUMA O GOVERNO

Dilma teme Temer a substituindo e facilitando ações de Moro
A presidente Dilma Rousseff decidiu nesta terça-feira (29) cancelar a viagem que faria aos Estados Unidos na próxima quinta-feira (31) para participar da 4ª Cúpula Sobre Segurança Nuclear, que acontecerá em Washington. A decisão foi tomada no momento em que o PMDB oficializa o desembarque definitivo do governo federal e a crise política que a petista enfrenta se acirra com a possibilidade de que outros partidos aliados também se afastem do governo. Interlocutores da presidente afirmam que ela ainda pode mudar de ideia e comparecer ao evento, mas Dilma ordenou que a viagem da equipe precursora – responsável por verificar questões de segurança e de logística para o presidente da República em qualquer tipo de evento –, marcada para esta terça, também fosse cancelada. O cancelamento da viagem também evitará que o vice-presidente Michel Temer, presidente nacional do PMDB e principal articulador do rompimento, assuma o comando do país por dois dias. As informações são da Folha.

ROMERO JUCÁ DIZ QUE NINGUÉM DO PMDB OCUPARÁ CARGO NO GOVERNO

O PMDB só precisou de quatro minutos para ter fim ao tempo
da sua participação no governo petista e comunista de Dilma
Logo após anunciar a ruptura do PMDB com o governo de Dilma Rousseff, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) disse nesta terça-feira (29) que a partir de hoje ninguém ocupará cargo no Executivo Federal em nome do partido. Primeiro vice-presidente da legenda, Jucá mandou um recado para os integrantes da legenda que quiserem continuar no governo e deixou no ar a possibilidade de ocorrer uma penalidade. “Cada um responde pelos seus atos”, disse. Para o senador, não haverá um “desembarque” do governo, porque há pessoas no PMDB que nunca estiveram “embarcadas”, como ele próprio. “Esse termo desembarque não funciona para mim, é um posicionamento político (da legenda)”, destacou. As informações são do Estadão.

CURTAS COM FILTROS DAS CULTAS (218)

Não está descartada a possibilidade de uma chapa majoritária
com Augusto Castro e Roberto José evitando a cobiça dos cururus
A radialista Jacqueline Mendes avalia que o povo itabunense só conta com uma solução para a crise da seca a que está submetida Itabuna: “Exoneração de toda Diretoria da Emasa”. - SÓ UM DOS QUATRO RESERVATÓRIOS DE ÁGUA DA EMASA ESTÁ FUNCIONANDO - Itabuna lidera o ranking estadual de casos suspeitos de dengue, chikungunya e zika vírus, com mais de 20 mil atendimentos de pessoas com os sintomas. - ATÉ COM AS PRAGAS, ITABUNA PIOROU TENDO VANE COMO PREFEITO. - O Cabeça de Pitu, Inadimplente da Palavra e agora conhecido na Lavo Jato pela alcunha de “cacau”, está tendo muita dificuldade na chapa de vereadores. Não tem dez! - O PT DE ITABUNA DIFICILMENTE ELEGERÁ VEREADOR E TERÁ MENOS VOTOS PARA PREFEITO QUE EM 2012. - Em uma reunião relâmpago realizada na tarde desta terça-feira/29, o PMDB decidiu, por aclamação, deixar oficialmente o governo da presidente Dilma Rousseff. - O PMDB SÓ PRECISOU DE QUATRO MINUTOS, PARA SAIR DE 40 ANOS DE GOVERNO. - O senador Walter Pinheiro, apresentou na terça-feira/29, o seu pedido de desfiliação ao PT. O senador deverá ter PSD, ou PSB como seu novo partido. - SAIR DO PT E ENTRAR NO PSD, OU PSB, É IGUAL A TROCAR SEIS POR MEIA DÚZIA. - O povo sulbaiano ainda espera o cumprimento das promessas do litoral norte, novo aeroporto, duplicação da BR-415, Porto Sul, a ZPE, nova ponte de Ilhéus, etc. - EM ÉPOCA DE ELEIÇÃO AS PROMESSAS QUE NUNCA SÃO CUMPRIDAS SÃO COMPRIDAS. - Preveno a dificuldade que o PT terá em atingir coeciente, para eleger vereador, Paulinho do INSS está pensando em não se candidatar e assim desistir da sua releição. - O PT SÓ ELEGERÁ VEREADOR SE COOPTAR E SE COLIGAR NA PROPORCIONAL COM O PSB. - Novo ministro da Justiça, Eugênio Aragão, é acusado de sabotar a PF com o objetivo de blindar o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff nas investigações da Lava Jato. - TODO O GOVERNO DE DILMA/LULA E PT, PARECE UMA CASA DE PROSTITUIÇÃO. - O Troféu Dodô e Osmar foi realizada na noite de segunda/28, em Salvador. Tays Reis recebeu o troféu de Banda Destaque e Sucesso do Carnaval, com o hit Paredão Metralhadora. - HÁ PREVISÃO DE QUE A BANDA TSUNAMI SEJA O PRÓXIMO SUCESSO NACIONAL DE ITABUNA. - Michel Temer, reuniu-se na segunda/28, disse contar com o PSB para a formação de eventual governo dele em caso de impeachment da presidente Dilma Rousseff. - EXISTEM ACORDOS ENTRE PARTIDOS, QUE PARECEM PARTILHA DE FURTOS, ROUBOS E ASSALTOS. - A Bahia perdeu mais de 12 mil empregos formais neste ano, com saldo negativo foi de 5.812 postos de trabalho em fevereiro, parecido com o de janeiro, quando foram perdidas 6.800 vagas. - A BAHIA SE TORNOU MORIBUNDA, DEPOIS QUE ACM MORREU. - Carcereiros do Presídio de Itabuna, encontraram uma farta quantidade de maconha e munição para revólver calibre 38, durante uma revista naquela unidade prisional na segunda/28. - NÃO HÁ DROGAS NOS PRESÍDIOS, SEM NEGLIGÊNCIA, OU CRIME DE CARCEREIROS. - Os servidores do Hospital Luís Viana Filho de Ilhéus, deflagrarão greve por tempo indeterminado a partir do dia 30, porque o hospital ainda não pagou o salário do mês de fevereiro. - O HLVF (Ilhéus), RECEBE 3 VEZES MAIS RECURSOS, QUE O HBLEM (Itabuna). - A crise econômica tem sido terrível, para o Brasil, que perdeu mais de 200 mil empregos em apenas 2 meses, sendo 104.582 em fevereiro, o pior resultado para o mês desde 1992. -  NUNCA NA HISTÓRIA DESTE PAÍS, A CORRUPÇÃO PREJUDICOU TANTO OS TRABALHADORES. - Colo Colo foi derrotado pelo Vitória da Conquista (2x1), no domingo/27, no estádio Lomanto Junior, pelo Campeonato Baiano e acabou rebaixado para a segunda divisão do Baianão. - COMO BOM TORCEDOR DO ITABUNA, CONFESSO QUE ESTOU CONTENTE COM A QUEDA DO COLO-COLO. - O Mapa da Violência mostra que, em 2013, 277 mil foram agredidas na Bahia e a taxa de homicídios de mulheres negras no estado subiu de 1,9 em 2003 para 5,9 dez anos depois. - MAIS DE CINCO MESES, É O TEMPO DE ESPERA PARA PRIMEIRA AUDIÊNCIA NA DEAM. - O que o prefeito Vane do Renascer fará de diferente em seus mais oito meses restantes de governo, que os já passados mais de três anos? - NUNCA NA HISTÓRIA DE ITABUNA, HOUVE UM PREFEITO TÃO INÚTIL QUANTO VANE DO RENASCER. - Pensando bem... golpe mesmo no Brasil, nos últimos tempos, foi aquele aplicado na Petrobras, Bndes, Furnas, Fundo de pensões e nos cofres públicos, durante os governos Lula e Dilma. - NÃO VAI TER GOLPE CONTRA O ERÁRIO, QUANDO OS PETISTAS FOREM DEFENESTRADOS DO GOVERNO. - Pensando bem... o “racha na OAB” (26 votos a favor do impeachment, dois contra), que só o PT vê, é tão equilibrado quanto o “País dividido” em relação à destituição da presidente Dilma. - SÓ ADVOGADOS PELEGOS E QUE COMEM NAS TETAS DO GOVERNO, NÃO APOIAM O IMPEACHMENT. - Agradeço-lhe o acesso a este nosso blog e espero que tenha gostado e volte sempre a nos prestigiar com sua leitura.

29 de março de 2016

AUGUSTO CASTRO COBRA CONVOCAÇÃO DE CONCURSADOS DO ESTADO

Augusto Castro tem se notabilizado com atuação muito firme
O deputado estadual Augusto Castro, líder do PSDB na Assembleia Legislativa, sugere a convocação de representantes do Governo da Bahia para dar explicações sobre a situação da segurança pública no Estado. Para o parlamentar, o alto índice de homicídios registrado no último fim de semana prolongado na capital e no interior demonstra que a criminalidade está vencendo a guerra contra o aparelho de segurança. Segundo dados da própria Secretaria de Segurança Pública, houve 19 homicídios em apenas três dias em Salvador e Região Metropolitana. Em Itabuna, que se tornou uma das cidades mais violentas do Estado, o número de assassinatos em 2016 já chegou a 40, a maioria com características de execução e indícios de relação com o tráfico de drogas. Para o deputado, enquanto o crime avança, o governo recua em vez de fortalecer as ações de segurança pública. “Na região de Itabuna, dos 21 municípios que compõem a 6ª Coorpin, oito não têm delegado titular, e na Bahia são mais de 150 cidades na mesma situação”, observa Augusto Castro. O deputado recebeu hoje (28) um grupo de aprovados no concurso público realizado pelo governo em 2013, visando à convocação de aproximadamente 800 novos policiais civis, entre delegados, escrivães e investigadores. Passados três anos e já com o curso de formação concluído, nenhum policial foi convocado. “O governador prometeu nomear todos os novos policiais logo após o Carnaval e agora alega que não pode chamar ninguém por causa do limite prudencial. Isso é falta de planejamento e de prioridade”, critica Augusto Castro. Ele sugere a convocação do secretário de Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, e dos titulares da Administração e da Fazenda, respectivamente Edelvino Góes e Manoel Vitório, para dar esclarecimentos sobre a situação.

ITABUNA TEM MAIS DOIS PREFEITURÁVEIS

Cel Santana e o Pastor Elias Fernandes, são dois nomes dignos de
merecem a confiança do povo que quer eleger gente do bem para prefeito
Cometi a gafe, involuntariamente, na última materia que postei aqui, sobre os prefeituráveis itabunenses, de não mencionar todos os nomes, que vão estar concorrendo ao cargo de prefeito de Itabuna, nas próximas eleições municipais. Faltaram dois. Amigos e inquestionavelmente, personalidades com relevantes serviços prestados ao povo de Itabuna. Pessoas de conduta ilibada e que merecem nosso reconhecimento e respeito. Lideres que exercem influência social, politica, comunitária e que sempre estiveram se destacando como protagonistas em seus respectivos seguimentos de atuação. Um se notabiliza como excelente gestor em segurança pública e o outro se distingue por sua proeminente capacidade de comunicador e diretor de rádio. Me refiro ao simpático Coronel Gilberto Santana, que exerceu notável administração no comando do 15º Batalhão de Policia Militar da Bahia e atualmente comanda o PTN, que é o partido que o inscreverá como candidato a prefeito de Itabuna; e o Pastor Elias Fernandes, que faz da Proeves FM, uma das melhores e mais ouvidas emissoras de rádio no sul da Bahia. Na condição de líder maior do PTC, o Elias Fernandes o representará entre os prefeituráveis, que concorrem à sucessão de Claudevane Leite ("PC do B"). Portanto, espero estar retificando um equívoco e propiciando condições iguais para todos que se anunciam como possíveis candidatos majoritários para o início do próximo mês de outubro, quando o povo itabunense vai às urnas, para decidir quem deverá ser o próximo prefeito da cidade. Sendo um dos dois aqui mencionados, não há dúvidas de que a prefeitura estará em boas e limpas mãos.

PROCURADORIA DENUNCIA MARQUETEIRO DE DILMA E LULA

Se todos petistas corruptos forem presos, faltarão presídios no país
Os procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato denunciaram o publicitário João Santana, marqueteiro das campanhas da presidente Dilma Rousseff (2010 e 2014) e do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (2006). Sua mulher e sócia Monica Moura também foi denunciada. A acusação também afeta o lobista Zwi Skornicki, apontado como operador de propina da Odebrecht no exterior, segundo informou o Estadão. Eles são acusados por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa. O juiz Sérgio Moro encaminhou nesta segunda-feira, 28, o caso para o Supremo Tribunal Federal junto com as investigações sobre o “departamento da propina” da Odebrecht para que a Corte decida quais instâncias serão responsáveis por cada investigação. João Santana, Monica Moura e Zwi Skornicki foram alvo da Operação Acarajé, 23ª etapa da Lava Jato. Eles foram presos em fevereiro por ordem do juiz federal Sérgio Moro. Os dois são acusados pelo recebimento de US$ 7,5 milhões, entre 2012 e 2014, do esquema de corrupção descoberto pela Lava Jato na Petrobrás. O dinheiro foi depositado em conta secreta que Santana e a mulher mantinha na Suíça. Os valores foram pagos pela empreiteira Odebrecht.

PSD E PP LIBERAM DEPUTADOS NA VOTAÇÃO DO IMPEACHMENT

Os dias não tem sido tranquilos para Dilma e seu governo
A um dia da reunião do diretório nacional do PMDB que deve aprovar o rompimento do partido com o governo Dilma, outras legendas do chamado "centrão" da base aliada começaram a dar sinais mais fortes de que também poderão desembarcar em breve. À frente dos Ministério das Cidades, o PSD decidiu liberar seus 31 deputados para votar como quiserem em relação ao impeachment na Câmara. O PP, que comanda o Ministério da Integração, já cogita também liberar oficialmente sua bancada, a terceira maior da Casa, com 49 parlamentares. No PSD, a liberação teve anuência do ministro das Cidades e presidente nacional da sigla, Gilberto Kassab. Apesar de a notícia ter vindo à tona somente hoje, deputados afirmam que o líder do partido na Câmara, Rogério Rosso (DF), já tinha anunciado a liberação desde antes de se tornar presidente da comissão do impeachment. De acordo com um dirigente do PSD, atualmente, pelo menos 70% da bancada da Câmara é favorável ao impeachment. Esse líder afirma que a tendência é de que, assim como os deputados, a bancada do partido no Senado, composta por três senadores, também seja liberada para votar como quiser. No PP, o presidente nacional da sigla, senador Ciro Nogueira (PI), já admite que não terá como segurar suas bancadas, principalmente se o PMDB desembarcar oficialmente do governo. Na semana passada, dirigentes do partido já informaram à presidente Dilma Rousseff dessa dificuldade. Pelos cálculos da direção da sigla, dos 49 deputados do PP, pelo menos 15 são a favor do impeachment e outros 35 "aguardam" definição oficial do partido. "Só conseguimos garantir os 35 votos para o governo se for para o governo ganhar. Se for para perder, não conseguimos", afirmou um interlocutor de Nogueira. Na semana passada, parlamentares do PP pró-impeachment entregaram ao presidente do partido uma lista com assinaturas de 22 deputados e de 4 dos 6 senadores, pedindo a antecipação da convenção nacional da legenda, para discutir o desembarque do governo Dilma Rousseff. Ciro prometeu marcar uma nova reunião das bancadas para tratar do assunto, mas ainda não definiu a data do encontro. O objetivo do dirigente é "ganhar tempo" e só deixar uma decisão oficialmente sobre rompimento para depois que outros partidos da base anunciarem desembarque. A liberação das bancadas pelo PSD e, possivelmente, pelo PP deverá dificultar ainda mais o trabalho de Dilma para se salvar do impeachment. A presidente precisa de pelo menos 172 votos para barrar o impeachment na Câmara. Hoje, o governo só conta como 100% certo os votos de todos os deputados do PT, PDT e PCdoB. 

SE DILMA FOR DEPOSTA, TEMER SERÁ O PRÓXIMO, DIZ LÍDER DO GOVERNO

Humberto teme segredos que podem ser revelados por Delcídio
O líder do governo no Senado, Humberto Costa (PT-PE), afirmou na segunda-feira/28 que se a presidente Dilma Rousseff for deposta pelo impeachment o vice-presidente Michel Temer será “seguramente” o próximo a cair. A declaração foi dada com ênfase pelo senador durante discurso na tribuna do Senado. O parlamentar classificou a possibilidade de impeachment como “golpista”, alertando que não haverá trégua a esse movimento contra Dilma. “Não pense que os que hoje saem organizados para pedir ‘Fora, Dilma’ vão às ruas para dizer ‘Fica, Temer’, para defendê-lo. Não! Depois de arrancarem, com um golpe constitucional, a presidenta da cadeira que ela conquistou pelo voto popular, essa gente vai para casa porque estará cumprida a sua vingança e porque não lhe tem apreço algum. E, seguramente, Vossa Excelência será o próximo a cair”, disse. Para o petista, a convenção do PMDB marcada para decidir se a legenda ficará ou não no governo só pode ser entendido pelo “viés escancarado do oportunismo”. 

MORO ENVIA SUPERPLANILHA COM 300 SUSPEITOS DE CORRUÇÃO PARA O STF

O Juiz Sérgio Moro tem revolucionado a história do Brasil
O juiz federal Sérgio Moro decidiu enviar ao Supremo Tribunal Federal (STF) a superplanilha com a indicação de pagamentos feitos pela Odebrecht a políticos, encontrada pela força-tarefa da Operação Lava Jato na casa do ex-presidente de Infraestrutura da empreiteira Benedicto Barbosa Silva Junior, no Rio de Janeiro.A superplanilha traz cerca de 300 nomes ligados a 24 partidos políticos. Levantamento do Estado com base no documento mostra que, em vários casos, os valores são superiores aos declarados pelos candidatos indicando possível caixa 2. A superplanilha foi divulgada oficialmente pela operação na manhã de quarta-feira, 23. Mas, no início da tarde, o juiz federal decretou sigilo sobre o documento. Moro pediu ao Ministério Público Federal que se manifeste sobre “eventual remessa” dos papéis ao Supremo Tribunal Federal.No sábado, dia 26, Moro mandou soltar nove investigados na Operação Xepa, 26ª fase, que apura suspeitas de pagamento de propina e lavagem de dinheiro envolvendo a Odebrecht e foi desencadeada pelas descobertas da 23ª fase. 

MPF ENTREGA 2 MILHÕES DE ASSINATURAS CONTRA CORRUPÇÃO

O MPF tem sido  atuante e rigoroso na luta contra a corrupção
O Ministério Público Federal (MPF) entrega nesta terça-feira/29 mais de 2 milhões de assinaturas coletadas por cidadãos e cidadãs de todo o país em apoio à Campanha 10 Medias contra a Corrupção. A solenidade de entrega acontece em Brasília, a partir das 14h, no Auditório Juscelino Kubitschek da Procuradoria-Geral da República, e será aberta ao público. Durante a cerimônia, as fichas de assinatura serão devolvidas de forma simbólica à sociedade civil, que levará as propostas ao Congresso Nacional. As 10 medidas reúnem 20 propostas para alterar leis para aprimorar a legislação brasileira de combate à corrupção, como criminalização de enriquecimento ilícito, aumento das penas e para tornar como crime hediondo a corrupção de altos valores, dar celeridade nas ações de improbidade administrativa, reformar no sistema de prescrição penal, responsabilização dos partidos políticos e criminalização do caixa 2. As propostas foram desenvolvidas, inicialmente, pelos membros da força-tarefa da operação Lava Jato, em Curitiba, Paraná. Com o tempo, as medidas foram aperfeiçoadas por uma comissão de membros do MPF, instituída pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em janeiro de 2015. As propostas foram apresentadas à sociedade civil e disponibilizadas no portal do MPF para críticas e sugestões. Depois de receber contribuições de especialistas e cidadãos, as medidas foram encaminhadas ao Congresso Nacional, no final de maio, pelo coordenador da Câmara de Combate à Corrupção do MPF, órgão responsável pela condução institucional do projeto. As assinaturas começaram a ser coletadas em julho de 2015, através de apoios de igrejas, universidades, associações, estabelecimentos comerciais, empresas e ONGs. A meta inicial era 1,5 milhão de assinaturas, atingida em fevereiro deste ano. O evento contará com a participação dos procuradores da operação Lava Jato.

LULA ACREDITA QUE DILMA VAI RESISTIR À PRESSÃO

Dilma está tão perdida quanto cego no meio de um tiroteio 
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na segunda-feira/28 acreditar que a presidenta Dilma Rousseff deve sobreviver à crescente pressão que tem sofrido no Congresso Nacional pelo seu impeachment. Em entrevista coletiva para jornalistas de veículos internacionais, ele afirmou que a democracia do Brasil estará em risco caso o processo de impedimento de Dilma seja aprovado. De acordo com o portal online do jornal New York Times, o ex-presidente, nomeado recentemente ministro-chefe da Casa Civil, afirmou que a presidenta poderá resistir ainda que parte do PMDB decida deixar o governo, segundo a Agência Brasil. Lula, cuja nomeação para o cargo está suspensa pela Justiça até que o Supremo Tribunal Federal (STF) tome uma decisão definitiva, informou ainda, segundo o New York Times, que vai conversar com o vice-presidente Michel Temer, presidente nacional da legenda, e outros políticos em Brasília com o objetivo de ajudar Dilma a continuar no cargo. Ainda de acordo com o New York Times, o ex-presidente disse que não quer ser um “intruso” no governo da presidenta e negou as afirmações de que ele aceitou o cargo de ministro-chefe da Casa Civil para evitar ser preso por acusações de corrupção.

RUI REÚNE BANCADA DA BAHIA PARA PEDIR VOTOS CONTRA IMPEACHMENT

Rui Costa dá costas para a segurança e serve ao "Fica Dilma"
O governador da Bahia, Rui Costa (PT), participou na segunda-feira/28 de uma reunião com parlamentares da bancada da Bahia na Câmara dos Deputados que teve como um dos assuntos o pedido de votos contrário ao impeachment da presidente Dilma Rousseff. De acordo com parlamentares, o objeto da reunião não era apenas esse – o governador chegou a ouvir críticas dos parlamentares, que teriam ficado em segundo plano no retalhamento do governo estadual na comparação com deputados estaduais. Segundo fontes do Bahia Notícias, o tom de Rui já sugeria o desembarque definitivo do PMDB da base aliada do governo Dilma, reunião agendada para a tarde desta terça (29) em Brasília. “Não foi um pedido de votos, foi um pedido para que multiplicássemos votos contra o impeachment”, relatou um parlamentar. A bancada baiana na Câmara, formada por 39 deputados, não estava integralmente representada: cerca de 15 parlamentares participaram do café-da-manhã. Na semana passada, Rui esteve com a presidente e governadores da base aliada e teria ouvido o apelo por apoio, pedido atendido com o encontro da manhã desta segunda.

O DIA DE HOJE É DECISIVO PARA DILMA NO GOVERNO

O PMDB deverá dar hoje, um ponta-pé no traseiro de Dilma
O PMDB oficializa hoje, terça-feira/29, o desembarque do governo Dilma Rousseff. A notícia não é surpresa para quem acompanha o noticiário político. Há algum tempo setores da legenda criticam abertamente a condução do governo pela presidente e o desgaste ficou cada vez mais evidente após a carta de queixas encaminhada pelo vice-presidente Michel Temer à Dilma. Durante a semana passada, o governo já dava sinais de que a estratégia de governabilidade não incluía mais o PMDB – o líder do PT na Câmara, Afonso Florence, citou nominalmente o vice-presidente na defesa de Dilma. Na segunda/28, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, convocado por Dilma para tentar conter o desembarque peemedebista, entregou os pontos e lamentou a saída da legenda da base. Na Bahia, o governador Rui Costa se reuniu com a bancada da Bahia na Câmara dos Deputados e também deu os mesmos sinais de que o Palácio do Planalto não contava integralmente com o PMDB desde o encontro de Dilma com os governadores aliados. Com favas contadas e por aclamação, a preocupação do governo deixa de ser o desembarque do PMDB e passa a ser um eventual efeito manada com outras bancadas. O PP, que até o dia 2 de abril tenta chegar a 55 deputados, deve ter uma reunião da executiva nacional na próxima semana para discutir o assunto. Na sequência, em Brasília, o comentário é que o PR poderia debater o tema. A comparação com o cenário apocalíptico do filme “O Dia Depois de Hoje” é talvez o menos problemático para o governo. Em tempos de política da terra arrasada, Dilma tenta se manter no governo mesmo com uma base cada mais fragilizada. Apenas 172 votos separam a presidente do impeachment. Enquanto a oposição julga que a saída do PMDB é a pá de cal na eventual derrocada da petista, o governo quer garantir os votos contrários ao impedimento. Até a votação, o mercado de cargos passa a ser no varejo e, no vale-tudo político, talvez nem a estrela de Lula consiga guiar os nebulosos tempos que esperam o Palácio do Planalto.

RÉGIS: RUI PRETERE SEGURANÇA NA BAHIA POR SALVAMENTO DE DILMA

Sandro Régis denuncia o caos na segurança pública na Bahia
O líder da oposição na Alba, deputado Sandro Régis (DEM) disse nesta segunda-feira, 28, que enquanto o governador Rui Costa se preocupa com a agenda política nacional, promovendo café-da-manhã com deputados federais aliados para pedir apoio contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff e "salvá-la", a população da Bahia sofre com a total falta de segurança. Ele afirmou que o feriadão da Páscoa mostrou a falta de capacidade do governo em conter a criminalidade, transformando em drama e sofrimento a vida de diversas famílias que deveriam aproveitar a data para se confraternizar. Em apenas três dias de feriado foram registrado 19 homicídios em Salvador e Região Metropolitana, de acordo com os dados divulgados pela própria Secretaria de Segurança Pública. Somente no domingo, oito assassinatos foram registrados nos bairros do Lobato, Federação, Dom Avelar, Tororó, Boca do Rio e Paripe, além das cidades de Camaçari e São Sebastião do Passé. "É inadmissível que o governador Rui Costa canalize suas ações e energias em defesa do governo federal, enquanto a população baiana morre nas ruas e fica refém da criminalidade", disparou o líder Sandro Régis, destacando o assalto sofrido na manhã desta segunda-feira, pela tripulação do voo 6213 da Avianca, atacada quando deixava um hotel em Salvador em direção ao aeroporto. 

TAYS REIS É DESTAQUE NO TROFÉU DODÔ E OSMAR

Tays Reis permanece sendo sucesso e se destaca entre ícones da música baiana
Com uma noite repleta de performances e homenagens, chega ao fim o Troféu Dodô & Osmar 2016, que teve como destaques a cantoras Tays Reis e Ivete Sangalo e o cantor Bell Marques. Estreante no Carnaval de Salvador, a itabunense Tays e sua Banda Vingadora conquistaram o público com o sucesso "Paredão Metralhadora", além do prêmio de "Banda Destaque". Ivete, mais uma vez, foi a "Cantora Destaque" do ano e levou para casa ainda o troféu de "Momento do Carnaval". Já Bell, concorrendo pela primeira vez em carreira solo, conquistou o prêmio de "Cantor Destaque". Em meio às premiações, a noite contou ainda com performances de artistas baianos. Teve homenagem a Riachão com Ju Moraes e as Ganhadeiras de Itapuã e também homenagem ao pagode com Tony Salles, Léo Santana e Katê. O comediante santo-amarense Marcel Fiuza interpretou os irmãos Caetano Veloso e Maria Bethânia em homenagem a MPB.

28 de março de 2016

A SITUAÇÃO E FORÇA DE CADA UM DOS 14 CANDIDATOS A PREFEITO DE ITABUNA

14 prefeituráveis disputarão a sucessão de Vane do Renascer
A corrida eleitoral já superou um primeiro obstáculo, que foi o entra e sai de políticos das legendas, garantido por lei, em especial para o processo sucessório deste ano. Agora, é hora de contabilizar quadros e, principalmente, traçar perspectivas de alianças. Quem está na disputa majoritária, por ora, é o deputado estadual Augusto Castro (PSDB), o deputado federal biônico, Davidson Magalhães (PC do B), os ex-prefeitos Fernando Gomes (DEM) e Capitão Azevedo (PTB), o médico Antonio Mangabeira (PDT), a empresária Leninha da Auto-Escola (PPS), o ex-presidente da Ficc, Roberto José (PSD), o engenheiro Fernando Vita (PMDB), o ex-deputado federal Geraldo Simões (PT), o empresário Carlos Lee (PSB) e os candidatos de partidos nanicos, Pedro Eliodoro (PCB), Zem Costa (PSOL), Otoniel Azevedo (PPL) e Zé Roberto (PSTU). Pelo menos é esse o cenário, de momento, mas que pode se alterar com o passar dos dias. O fato é que com a definição dos nomes, o trabalho de base começa agora, para consolidá-los. E dentre os prefeituráveis considerados como competitivos, apenas Augusto Castro está com candidatura dependendo somente de si mesmo. Os demais esperam consolidações de alianças, ou torcem e atuam para evitar intervenções, desistências e composições. PC do B, PSB e PSD estão à mercê do PT, que depende do desempenho de Geraldo, que pode ter que se render a Davidson, ou Roberto José, caso sua rejeição permaneça acima dos 50%. DEM, PDT e PTB, estão dependente de queda vertiginosa de Augusto Castro, que aguarda o apoio de ACM Neto, mas não tão necessariamente quanto Fernando e Azevedo. O PMDB dificilmente sustentará uma candidatura própria e tem tendência de compor com o tucano. As candidaturas proporcionais podem alavancar campanhas mais amplas e empolgantes e neste quesito, também há obstáculos enomres para alguns candidatos. Aí também ele leva vantagem dos demais, pois possui mais de 120 candidatos a vereador, distribuídos em oito partidos que já o apoiam neste início de campanha; com menos de 30 e mais de 20 candidaturas proporcionais, estão Carlos Lee, Antonio Mangabeira, Roberto José, Davidson Magalhães e Fernando Vita. Com menos de 20 candidatos e mais de 10, estão Fernando Gomes e Capitão Azevedo. Com menos de 10, está Geraldo Simões. Embora haja expectativas para "muitas águas, que ainda passarão por debaixo da ponte", há que se considerar que o Rio Cachoeira fede e que o voo do tucano acontece em céu de brigadeiro. E os demais que briguem para abatê-lo e evitar que caiam no esgoto sob a ponte do Marabá!

JAQUES WAGNER É PASSIVO

Sósia de Wagner saindo para ir a Parada Gay
Passivo na economia é a dívida que se tem num determinado momento, tais como, empréstimos, financiamentos, duplicatas e contas a pagar. Passivo trabalhista, acontece quando um empregador deixa de cumprir com suas obrigações trabalhistas ou recolhimentos de encargos sociais. Passivo ambiental é o conjunto de todas as obrigações que as empresas têm com a natureza e com a sociedade, destinado exclusivamente a promover investimentos em benefícios ao meio ambiente. Já o termo passivo, também por vezes submisso, é uma expressão que, na gíria homossexual, se refere à posição da pessoa que é penetrada anal ou oralmente por outra pessoa, que por sua vez penetra esta e por isso é chamada de ativo. E o que seria ser passivo na compreensão dos corruptores brasileiros? Veremos a seguir. Primeiro é pertinente informar, que os documentos da Odebrecht apreendidos pela Polícia Federal durante a Operação Acarajé (23ª fase da Operação Lava Jato), divulgados na terça-feira/22, cita o chefe do Gabinete Pessoal da Presidência, Jaques Wagner, com o codinome “Passivo”. Os documentos apreendidos pela Polícia Federal listam repasses da Odebrecht para mais de 200 políticos de 18 partidos políticos. É o mais completo acervo do que pode ser a contabilidade paralela descoberta e revelada pela força-tarefa da Operação Lava Jato. As planilhas são riquíssimas em detalhes, embora os nomes dos políticos e os valores relacionados não devam ser automaticamente considerados como prova de que houve dinheiro de caixa 2 da empreiteira para os citados. São indícios que serão esclarecidos no curso das investigações da Lava Jato. Entretanto, há a incógnita sobre a causa de Wagner esta fichado na corruptora Odebrecht como passivo. O nome de Wagner está entre os políticos que receberam propina da empresa. Mas a planilha da Odebrecht  não desvenda seus motivos. Ninguém sabe o porque de Jaques Wagner ser apelidado de passivo! E nos deixa com a prerrogativa de diversas suspeitas. Que talvez não tenha nenhuma relação com dívidas não pagas; descumprimentos de suas obrigações trabalhistas, ou algum contexto com questões homossexuais. Talvez!

27 de março de 2016

NENHUM PARTIDO DEVERÁ ELEGER MAIS QUE DOIS VEREADORES EM ITABUNA

Quem gastar mais comprando votos de eleitores vigaristas, ou
abestalhados, conseguirá se reeleger com facilidade em Itabuna
Entre 110 a 120 mil eleitores devem votar nas eleições proporcionais nas próximas eleições, em Itabuna. Estes números resultarão em um coeficiente eleitoral, que fará um partido eleger vereador com a soma de 5 mil e quinhentos votos, no máximo. Cada partido poderá lançar até 32 candidatos e elegerá um vereador com a soma percapta de 170 votos. Atualmente Itabuna possui 21 vereadores e eles foram eleitos, filiados em 16 partidos. A perspectiva é que a Câmara contará com 16 partidos, no mínimo, entre os 21 vereadores eleitos em outubro que vem. Isto significa dizer, que sobrarão para a segunda contagem de coeficiente eleitoral, apenas cinco vagas. Destas, umas três deverão já está reservadas para partidos, ou coligações, que obtiverem o dobro deste primeiro limite. E nesta situação poderão estar PSDB e PC do B. Restariam então, somente duas vagas a serem disputadas, ainda, nesta segunda rodada de preenchimento de vagas. Consequentemente, o que se pode prever, é que não haverá vagas para uma terceira rodada de coeficiente eleitoral. Podendo assim, nenhum partido conseguir eleger mais que dois vereadores em 2016. Todos dirigentes partidários tem consciência deste fato. Entretanto, quase todos se utilizam da enganação como instrumento de sedução. Eles sabem que, para eleger dois vereadores, terão que contar com aqueles que ficarão na suplência e que ajudarão na soma dos votos mínimos necessários para este propósito. E dizem que, elegerão quatro, cinco, seis vereadores, pois serão 21 as vagas disputadas. Enganam. Não informam o que está esclarecido acima. Para contrapor este conto do vigário, o PHS, PMB, PSC, PT  do B e PSDC estão se reunindo com candidatos com expectativa de 400 a 800 votos e os filiando com objetivo de isolar os atuais vereadores; os compradores de votos e aqueles que já estão cotados como prováveis eleitos. Há nestes partidos, uma relação de candidatos que obtiveram mais de 1. 000 votos e que não integrarão seus quadros de filiados. Também estão se reunindo com esta mesma idéia, o PSD e PTC. Caso atinjam seus alvos, estes partidos dificultarão a reeleição de muitos dos atuais vereadores e precipitarão obstáculos enormes para candidatos como Joilson Rosa, Rui Porquinho, Jairo Araújo, Gegéu, Carlito do Sarinha, Paulinho do INPS, Walter do Socorrinho e Carmem do Posto Médico. PARTIDOS COM NOMES QUASE IMBATÍVEIS - Para quem estará filiado nos grandes partidos, há uma barreira enorme a ser vencida, pois os favoritas são quase insuperáveis. E a relação já está exposta: no PT, os esforços do partido convergirão para reeleger seus atuais vereadores Júnior Brandão e Paulinho. O PTB quer reeleger Ruy Porquinho; Pastor Francisco da Iurd e Manoel Jr. são os preferidos do PRB; Capitão Fábio é o favorito no PRP; Éneas Brandão é nome favorito no PTC e o PRTB tentará eleger Milton Gramacho. O Solidariedade está sendo recomposto com propósito único de reeleger Carlito do Sarinha. O PC do B, só tem perspectiva de reeleger seus atuais dois vereadores: Aldenes meira e Jairo Araújo. Não há como ser diferente. Aqueles que estiverem coligados aos comunistas, servirão apenas para pagar para serem cabos eleitores dos nomes aqui projetados. No PPS, os nomes favoritos são o do radialista Nadson Monteiro e de César Brandão, que atualmente já representam o partido na Câmara. No PV, a reeleição de Glebão é tão certa quanto a soma de 2 mais dois resultar em 4. O PMDB só tem vaga assegurada, para quem já ocupa cadeira na Câmara: Antonio Cavalcante. O PSDB será um “balaio de gato” enorme, caso aceite filiar Ronaldão, ou se coligar com o PV de Glebão. Daí poderão ser reeleitos Chico Reis, Glebão e Adilson José, com Marcos Apoim, Zé Silva e Beto Dourado, brigando para preteri-los. Partidos com tradições de eleger vereadores em Itabuna, possuem atualmente, poucas perspectivas de elegerem representante para a próxima legislatura e entre eles se destacam DEM, PSB, PDT, PMN, PTN, PR e Pros. Neste contexto, restarão duas vagas, que serão preenchidas por candidatos de partidos, ou coligações, com difícil previsão sobre quem poderá ganhar. Neste caso me reservo à prerrogativa de não expor minha opinião sobre nomes do PHS, pois incorreria na possibilidade de errar os dois nomes, que deverão ser eleitos pelo partido em outubro próximo, entre os 32 já filiados. PSL, PDT, PTN, PP, PR, PPL, P-SOL, PSTU e PCB não deverão eleger ninguém. Este é o meu prognóstico e só o resultado das urnas em 2 de outubro deste ano, poderá comprovar se estou certo, ou não.

INDAGAÇÕES OPORTUNAS PARA NÃO TER VERGONHA DE VIVER E SER FELIZ

Emoção e razão  devem ter o equilíbrio para quem quer ser feliz
Viver é um privilégio. Só reconhecemos essa dádiva quando, durante nossa existência aqui na Terra, passamos por percalços que nos fazem sentir uma imensa vontade de gritar para todos os recantos do mundo o quanto existir é bom e que a vida precisa ser encarada como um grande desafio. Sabiamente a natureza, para modelar nossa passagem como vivente, nos impõe sacrifícios, decepções e muitas alegrias. Durante todo nosso processo de formação da vida, enfrentamos doenças, sede, fome, frio, a perda de um ente querido, o esforço do aprendizado, a competição na vida profissional, enfim, os percalços do dia a dia, isso para darmos valor à vida. Muitas vezes o sacrifício vem como um exemplo: o Cristo, os Mártires Cristãos, o Holocausto. Sacrifício é um ato sublime, nobre e também de abnegação em favor dos outros. Viver é ter decepções conosco, com os outros, com os problemas mundiais. Com tanta maldade que campeia o mundo de hoje e a falta de providências pelas autoridades competentes, chega um momento em que nos sentimos revoltados e, impotentes, passamos a perguntar: que mundo é esse que se curva ao mal? Que mundo é esse que está sendo destruído e não reagimos? Que mundo é esse em que vemos milhões de irmãos morrendo de fome e não vamos saciá-los? Que mundo é esse que os povos migram de suas terras para não morrer e não os acolhemos? Que mundo é esse que se digladia somente pelo poder? Que mundo é esse do qual aceitamos impávidos sua destruição e não paramos para reconstruí-lo? Que mundo é esse em que deixamos nosso irmão ao relento e não lhe damos abrigo? E as perguntas continuam: por que as disputas e não a conciliação? Por que matar e não salvar? Por que virar as costas e não abraçar? Por que roubar e não nos contentarmos com o pouco que temos? Por que ser descrente e não crer? Por que o egoísmo e não a bondade? Por que o mal e não o bem? Por que as desigualdades se se pode viver de mãos dadas? Por que poluir se precisamos respirar o ar puro? Por que tanta crença se existe apenas um Deus? Por que o embuste se esse não prospera? Por que usar a força e não a conciliação? Por que o enfrentamento do dia a dia, se abraçados podemos ser mais fortes? A alegria de viver suplanta todos os sacrifícios e decepções. Não importa nossa condição financeira ou social. Viver alegre mesmo que seja em “nosso pequeno mundo”. Existe maior alegria quando ajudamos honestamente um necessitado? Ou quando recebemos o carinho de quem amamos? Quanta alegria sentimos quando estamos reunidos com parentes e amigos e relembramos as histórias do passado! Não podemos ir além das nossas forças, precisamos ver o belo e o bom, precisamos amar, e nos doar para sermos lembrados e recompensados depois de nossa passagem aqui pela Terra. E cada um do seu jeito, torna-se feliz. Daí pode cantar a canção do Gonzaguinha: “viver e não ter a vergonha de ser feliz...”

ESTAMOS SEMPRE EM BUSCA DA TERRA PROMETIDA

A busca está sempre focada na felicidade e segurança da família
A festa da Páscoa é a mais importante do ano tanto para cristãos quanto para judeus. Enquanto os cristãos comemoram a ressurreição de Jesus Cristo, os judeus fazem memória da libertação de seu povo, que era escravo no Egito há mais de 3 mil anos. Embora as duas religiões a celebrem com enfoques e em datas distintas, há uma relação profunda entre ambas. A palavra Páscoa significa "passagem", pois a festa foi instituída pelos judeus para celebrar a passagem da escravidão do Egito para a liberdade de sair e buscar a terra prometida. Os primeiros cristãos eram judeus. Quando Jesus celebrou sua última ceia junto aos discípulos, na véspera de sua crucificação, ele estava comemorando a Páscoa judaica. De acordo com o relato bíblico, Jesus foi preso, acusado, examinado, sentenciado e executado publicamente, por meio da crucificação, considerada a forma mais humilhante de punição, aplicada a escravos rebeldes, criminosos violentos e subversivos políticos. Ainda segundo a Bíblia, no terceiro dia o nazareno ressuscitou dos mortos. A mensagem de Jesus foi, então, propagada para diferentes territórios, rompendo as fronteiras do judaísmo. Durante quase três séculos, os cristãos foram alvo de grande perseguição por parte de Roma. A grande virada ocorreu no século IV, quando o Cristianismo se tornou a religião oficial do Império Romano, transformando toda a história ocidental. Com o declínio do Império Romano, a Igreja assumiu também o poder civil. A história do Cristianismo passou a ser, então, a própria história da civilização ocidental. Sua influência perpassa a arte, a linguagem, a política, lei, a vida familiar, as datas no calendário, a música e a forma de pensar. Assim como o Natal, a festa da Páscoa se encontra hoje descaracterizada. Tornou-se mais uma data comercial, simbolizada pelos ovos de chocolate e pelo coelho. Entretanto, mesmo os que não se consideram religiosos ou não acreditam na divindade de Jesus, não podem negar o impacto de seus ensinamentos. Não é algo que se possa ignorar ou desprezar totalmente.

O PT PRECISA COMPRAR PARTIDOS EM ITABUNA

Geraldo compra partidos políticos, como se eles
fossem cavalos não selados, mancos, loucos e cegos
Não há no PT de Itabuna, mais que dez pré-candidatos para o cargo de vereador e este fato compromete sua representação na próxima legislatura. Os petistas precisam cooptar outras legendas, que possuam candidaturas proporcionais e assim ajudarem a reeleger Júnior Brandão, ou Paulinho do INPS, ou ambos. Até agora o PT não tem conseguido atingir este objetivo, pois os partidos já adquiridos, estão sem ninguém para se prestar à função de "boi de piranha" dos petistas. PSL e Pros foram tomados de sua direções anteriores, mas foram esvaziados completamente. Todos dirigentes e candidatos, que estavam filiados no PSL e Pros, acabaram migrando para o PHS e o Solidariedade. Ninguém quis acompanhar o "barco furado" do PT. A situação só não é desesperadora para os atuais petistas na Câmara, porque ainda resta o PSB como "tábua de salvação" para eles. Dirigentes estaduais peessedebistas, são lacaios do petismo baiano e isto torna a candidatura do prefeiturável, Carlos Lee, vulnerável e sua chapa proporcional à mercê dos interesses do PT de Itabuna. As apostam apontam a perspectiva de votação do prefeiturável, Geraldo Simões, em quantidade inferior aos pouco mais de 16 mil votos obtidos por sua esposa, Juçara Feitosa, nas eleições municipais de 2012 e caso não esteja havendo equivoco nestas previsões e ela resultem em fato, a realidade é que Geraldo em nada poderá contribuir, para evitar que o PT nem vereador eleja nas próximas eleições e isto significará o fim do geraldismo e petismo em Itabuna.

26 de março de 2016

E-MAIL ENCONTRADO PELA PF CITA REPASSES DA ODEBRECHT PARA SETE PARTIDOS

A Justiça tem tirado o Brasil das trevas da corrupção e impunidade
Em meio às planilhas de contribuições eleitorais encontradas na residência do presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedicto Barbosa Silva Junior, a Operação Lava Jato apreendeu uma cópia de e-mail de funcionários do "setor de propinas" da empreiteira pedindo "pagamentos via bônus" a partidos e a políticos de sete siglas - PSDB, PMDB, PT, DEM, PPS, PDT e PTB - durante a campanha eleitoral de 2012. Parte dos repasses envolvendo a Construtora Norberto Odebrecht (ou CNO, segundo a sigla utilizada pelos funcionários da empresa) que aparecem na mensagem coincide ou é próxima dos valores declarados nas prestações de contas entregues pelas siglas, em 2012, à Justiça Eleitoral. Contudo, nenhum dos pagamentos da empresa ETH Bioenergia (que pertence ao grupo Odebrecht) mencionados no e-mail coincide com o que foi declarado oficialmente - um indício de que os pagamentos podem não ter sido feitos pelo caminho oficial. A mensagem sugere que a empresa teria repassado R$ 2,5 milhões somente no mês de agosto daquele ano para diretórios estaduais dos partidos, sem especificar que Estados seriam beneficiados. Oficialmente, porém, a ETH Bioenergia doou apenas R$ 90 mil em 2012, e nenhuma de suas contribuições teve como destino algum diretório estadual das siglas citadas. Na mensagem, de 29 de agosto de 2012, já no período eleitoral, Luiz Eduardo da Rocha Soares, funcionário do setor financeiro da Odebrecht em São Paulo, solicita a Benedicto e a Hilberto Silva, responsável pelo setor de Operações Estruturadas da Odebrecht, os "pagamentos a serem efetuados via Bônus" referentes a uma lista de políticos e partidos. A Operação Xepa, da Polícia Federal, concluiu que o setor de Operações Estruturadas era o "departamento de propinas" da empresa. O e-mail cita, em relação ao PT, um repasse de R$ 450 mil da Construtora Norberto Odebrecht e outro de R$ 500 mil da ETH. Na prestação de contas do partido, porém aparece apenas um depósito de R$ 550 mil da construtora, em 31 de agosto de 2012, destinados ao diretório nacional. Não há referências a doações da ETH. Para o PSDB, a mensagem indica repasse de R$ 100 mil ao diretório nacional, ao lado do nome do deputado Bruno Araújo (PE), que não disputou nenhum cargo naquele ano. Ao lado do nome do tucano aparece a sigla CBPO, em referência à Companhia Brasileira de Projetos e Obras, que foi incorporada ao grupo Odebrecht e é chamada atualmente de CBPO Engenharia. Também há referência a R$ 400 mil para "PSDB Estadual", sem referência a qual diretório. Oficialmente, a única empresa do grupo que doou para o PSDB em agosto de 2012 foi a ETH, que fez um repasse de R$ 15 mil ao diretório nacional. Já o repasse ao PSB citado no e-mail, feito pela Construtora Norberto Odebrecht, coincide com uma transferência feita em 31 de agosto de 2012 e registrada no Tribunal Superior Eleitoral, no valor de R$ 300 mil. Por Mateus Coutinho.

SÍ DANTAS PODE TER UM TUCANO COMO VICE EM ITAJUÍPE

O Pastor José Reis poderá ser vice de Si Dantas, com apoio de
diversos partidos e do prefeiturável de Itabuna, Augusto Castro
As eleições no município de Itajuípe, tem sido intensa na pré-campanha da prefeiturável Si Dantas, que recentemente foi oxigenada com adesões de lideranças expressivas do PSDB e do PPS. Com perspectiva de integrar a chapa majoritária do DEM, que tem Sí Dantas como líder absoluta em todas as pesquisas já realizadas, o Pastor Reis se desfiliou do PSC e num ato festivo na Câmara de Vereadores, se tornou tucano com ficha de filiação abonada pelo deputado estadual, Augusto Castro (PSDB). Neste evento o destaque se notabilizou na harmonia contagiante envolvendo o Pastor Reis e Si Dantas. Reis abdicou da sua candidatura a prefeito, para se colocar à disposição de uma composição majoritária na chapa dos Democratas. PPS FORTE E CONSOLIDADO - O atual diretório do PPS de Itajuípe, tem como presidente, o jovem e pré-candidato a vereador Ueny Costa, que coordena articulações de fortalecimento de parceria com o PSDB e DEM, para ajudar a eleger Sí Dantas e vitalizar o projeto da oposição na Bahia, que tem o deputado federal, Arthur Maia (PPS), como um dos mais destacados protagonistas no esforço de fazer do atual prefeito de Salvador, ACM Neto, o próximo governador do Estado da Bahia. 

VANE QUER LUCRAR COM DESEMPREGADOS

Vane traiu todos que acreditaram em sua promessa de acabar
com a mesmice e transformar Itabuna numa cidade melhor!
Tenho ouvido bastante de servidores públicos, que a prefeitura de Itabuna está abarrotada de contratados e comissionados, que foram beneficiados pelo aparelhamento partidário no governo do prefeito Claudevane Leite ("PC do B"). São poucos espaços para tanta gente e considerável contingente está sempre ocioso e sem nenhuma serventia aos serviços públicos. Mesmo assim, o alcaide fez publicar no Diário Oficial do Município, da última quinta-feira/24, Concurso Público visando a contratação de 617 cargos efetivos do quadro de servidores da Prefeitura de Itabuna. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 17 de abril. Embora o concurso seja pública, suas inscrições são privadas e caras. Os valores das taxas são os seguintes: R$ 50,00 para os cargos de Ensino Fundamental; R$ 80,00 para os de Ensino Médio e Técnico; e R$ 100,00 para os de Ensino Superior. O resultado final do concurso está previsto para ser divulgado até o dia 23 de junho. E esta data é próxima do início das realizações de convenções, que definirão as homologações de candidaturas a prefeito e vereadores em Itabuna. Não há impedimento legal, para a realização de concursos públicos durante o período eleitoral; eles podem ser realizados a qualquer tempo, antes e depois das eleições, conforme entendimento do Tribunal Superior Eleitoral. Mas há que se ter fiscalização rigorosa, para que eles não sejam usados para beneficiar candidatos, que prometem interferências para aprovar, ou desaprovar inscritos. O que parece haver neste concurso, são objetivos suspeitos, pois a prefeitura possui mais de seis servidores, quando o Município de Vitória da Conquista, com mais de 350 mil habitantes e mais de 60 distritos, tem menos de 4 mil barnabés e o prefeito tem feito e desfeito tudo para arrecadar dinheiro. Está sendo previsto que este concurso da Prefeitura de Itabuna, deverá ter inscrições que resultarão em mais de 10 milhões de reais arrecadados, que são recursos dobrados, segundo informações do próprio prefeito, para os custos de uma campanha eleitoral majoritária. CÂMARA LUCROU COM CONCURSO - Se a pretensão do prefeito evangélico, é fazer a prefeitura ter mais dinheiro, essa estrategia é diabólica, mas teve ótimos resultados quando foi explorado pela Câmara Municipal de Itabuna, no início do ano passado. A Câmara realizou seu Concurso Público com finalidade de  preencher apenas 45 vagas imediatas em diversos cargos, com taxa que custou entre R$ 50 e R$ 100 e mais de 8 mil pessoas foram inscritas. Uma fortuna oriunda de desafortunados!

ZIKA VÍRUS CHEGOU AO BRASIL NA COPA DAS CONFEDERAÇÕES DE 2013, APONTA ESTUDO

O futebol não tem resultado muito sucesso ao Brasil ultimamente
A zika não chegou ao Brasil na Copa do Mundo de 2014, nem em uma competição de canoagem realizada no Rio de Janeiro em agosto daquele ano, como se pensava. Conforme matéria do Estadão, o vírus veio de avião e desembarcou em solo brasileiro em algum momento entre maio e dezembro de 2013 ­ possivelmente durante a Copa das Confederações­, segundo um novo estudo publicado na sexta­feira/25, na revista Science. Para chegar a essa conclusão, um grupo de cientistas do Brasil, dos Estados Unidos e da Inglaterra comparou sete sequenciamentos do genoma do vírus circulante no Brasil, a partir de amostras de diferentes perfis. Conforme mostrou o Estado em reportagem publicada no domingo, 20, a comunidade científica internacional está organizando uma força­tarefa para obter o maior número possível de sequenciamentos do genoma vírus zika a partir de amostras variadas. A nova pesquisa é o primeiro resultado desse esforço coletivo global. O grupo, liderado pelo virologista Pedro Vasconcelos, diretor do Instituto Evandro Chagas, analisou amostras coletadas, em diferentes Estados, de pacientes com diferentes quadros clínicos de zika: quatro pacientes que foram infectados sem maiores consequências, um paciente que recebeu sangue contaminado em uma transfusão, um caso de morte de um paciente com lupus e um bebê que nasceu com microcefalia e malformações congênitas. Os dados filogenéticos obtidos pelo grupo de cientistas foram cruzados com dados epidemiológicos e com informações de viagens a partir de países que tiveram surtos a partir de 2012. Com isso, os pesquisadores constataram que a chegada do vírus coincidiu com um aumento de mais de 50% nas viagens feitas dos focos de epidemias para o Brasil, saltando de 3.775 por mês no começo de 2013 para 5.754 um ano depois. (Estadão).

VIGILÂNCIA ATINGE 42% DOS ALUNOS DA REDE PÚBLICA

A escola pública tem sido vítima de gestores desqualificados
A violência verbal ou física atingiu 42% dos alunos da rede pública nos últimos 12 meses. É o que revela uma pesquisa realizada pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), em parceria com o Ministério da Educação e a Organização dos Estados Interamericanos (OEI). Esta é a primeira edição da pesquisa que, entre janeiro e novembro de 2015, ouviu 6.709 estudantes, de 12 a 29 anos, em sete capitais brasileiras: Maceió, Fortaleza, Vitória, Salvador, São Luís, Belém e Belo Horizonte. Todas elas apresentaram, segundo o Mapa da Violência de 2014, taxas de homicídio entre jovens maiores que a média nacional (82,7 homicídios por 100 mil jovens). O estudo considerou violência não apenas agressões físicas e homicídios, fatos que, apesar de existirem, são menos recorrentes. Discriminação, ameaças e xingamentos, muitas vezes confundidos com brincadeiras, também são considerados atos violentos e podem evoluir para agressões mais graves. Todas elas contribuem para tornar o ambiente escolar hostil. De acordo com 70% dos alunos, houve algum tipo de violência na escola em que estudam no último ano. Entre os violentados, 65% apontaram um colega como agressor. Mais de 15% alegaram que a agressão partiu dos próprios professores. Entre os tipos de violência praticada, o cyberbullying – que engloba intimidações na internet e em aplicativos de conversa – representa 28% dos casos. Roubo e furto representam 25% dos casos e ameaças, 21%. Para a socióloga Míriam Abramovay, coordenadora da pesquisa, um dos dados mais chocantes é sobre o local onde mais ocorrem os episódios violentos. É na sala de aula, que deveria ser um lugar protegido, que acontecem 25% das ocorrências – o mesmo percentual dos pátios. Em segundo lugar, estão os corredores, com 22%. A pesquisa se deu em duas etapas. Em uma delas, estudantes de 140 escolas públicas sorteadas responderam a questionários que originaram os dados percentuais. A outra foi desenvolvida pelos próprios alunos, num diagnóstico participativo, assim chamado pelo estudo . Cerca de 10 jovens por escola foram orientados por professores para pontuar em cadernos de campo características do cotidiano escolar. O objetivo era torná-los pesquisadores de sua própria realidade. “Os jovens têm um olhar especial sobre suas escolas, o que, muitas vezes, adultos e pesquisadores não têm”, diz Míriam. Os relatórios produzidos tornaram evidente a importância de se olhar além dos episódios violentos. Salas de aulas quentes, sem iluminação e superlotadas foram apontadas pelos alunos como responsáveis por tornar o ambiente escolar propício para o surgimento de conflitos. “Infraestrutura, conjunto de regras da instituição e relações interpessoais constituem o chamado clima escolar, que, quando deficitário, interfere nas taxas de violência”, afirma a pesquisadora. Com 15 anos de experiência em pesquisas sobre violência nas escolas, Míriam relaciona os altos índices da pesquisa à dificuldade que as instituições têm de se adequar à realidade e às necessidades dos alunos. “A escola continua seguindo um modelo do século retrasado. Ela não é feita para esses alunos, não tem a ver com o que eles querem e pensam.” Assim, o conceito por trás do diagnostico participativo é uma forma de começar a melhorar a realidade escolar. Quando estudantes debruçam sobre seu cotidiano – e põe no papel o que observam – passam a exercitar o senso crítico e a ampliar a visão sobre o que é violência, com suas causas e consequências. “O objetivo é mostrar que jovens podem opinar, participar e ajudar na solução dos problemas da escola”, afirma Míriam.