9 de fevereiro de 2017

CHEGA DE VIOLÊNCIA CONTRA MULHERES

Mulher violentada reluta em prestar queixa contra marido agressor
As mulheres precisam ser respeitadas, disso, não há dúvidas. Mas é evidente que isso não acontece. Infelizmente, apesar de todos os avanços conquistados por elas ao longo do tempo, a realidade, praticamente, ao que parece, continua a mesma: necessitam ser valorizadas e respeitadas. Para que a realidade possa ser diferente, tramita na Câmara dos Deputados, um projeto de lei que aumenta a pena para o assassinato de mulheres por questões de gênero em diversas situações. Com a aprovação deste dispositivo pelos senadores, milhares de mulheres poderão contar com a Justiça, para não serem mais expostas à violência e a impunidade. Antes de tudo, devemos lembrar, que precisamos que a Constituição Federal seja mais rigorosa e, também, que as mulheres passem a denunciar. Homem de verdade não bate em mulher. Mulher de verdade, se protege.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.