12 de fevereiro de 2017

JORNALISMO PERDE HOJE JOSÉ ADERVAN

Tive a honra e o privilégio de homenagear José Adervan em vida
Faleceu  agora a  pouco, o  jornalista José  Adervan,  proprietário do  jornal  ”Agora". Adervan  vinha doente e  estava internado no hospital  Calixto Midlej  Filho.  O  local  do  velório e  hora  do sepultamento  ainda não  foi  divulgado pela  família. - Em 11 de setembro de 2011, publicamos neste nosso blog, a seguinte homenagem: 
JOSÉ ADERVAN É NOSSA PERSONALIDADE DE DESTAQUE - Nas páginas gloriosas da história da nação sulbaiana estão inscritos os nomes dos notáveis cidadãos que dignificaram a existência humana e lições com seus feitos imortais. Em nossa cidade as gerações se sucedem reverenciando a vida dos predestinados que exaltam em sua terra, seu povo, suas instituições com despreendimento, idealismo, sacrifício e seriedade, no sentido de conduzir sua terra a seus destinos de felicidades, grandeza e prosperidade. Todos os municípios sulbaianos para glória da comunidade regional têm tido o privilégio de trazer ao cenário estadual e nacional os nomes daqueles que se tornaram dignos da gratidão, do respeito e da admiração de nossos conterrâneos. Nessa conjugação de esforços itabunenses tem tido notável atuação pelo bom trabalho de seus filhos. E para ser itabunense, não é necessário que se tenha nascido em Itabuna. Estão registrados em nossa história os nomes dos ilustres itabunenses, louvados pelo povo e glorificados pela região inteira. É a justiça dos homens consagrando para a imortalidade seus heróis e benfeitores. Neste sintético comentário, meu propósito é focalizar o personagem despretensioso, dinâmico, honrado, idealista e boa de José Adervan. Bancário aposentado, jornalista, político e empresário, Adervan de índole arrojada e criadora, imbuído de superiores ideais, marca a trajetória de sua vida com atuações impressionantes na imprensa sulbaiana. Atento aos magnos problemas da região cacaueira, ele é um dos que lutam pela criação Estado Bahia do Sul, ou Estado de Santa Cruz. Não seria possível no limitado espaço destinado a um artigo explanar toda a grandiosa atuação realizada por este valoroso homem político, privado e público. Assim, ressaltarei apenas uma de suas realizações: o Jornal AGORA, o maior do interior baiano. Através do seu jornalismo democrático, ele ajudou Itabuna e demais cidade da Bahia em áreas importantes como o ensino, a saúde pública, o problema habitacional, a construção de estradas, o transporte, a ampliação das redes de água, esgoto e eletricidade e as obras de reurbanização, a reestruturação dos serviços públicos e a normalização das instituições e organizações da sociedade, tudo isso foi fator decisivo para o bom jornalismo no estado da Bahia. Em verdade, somente os predestinados como José Adervan, homem de gênio, são capazes de realizar verdadeira diferença entre os humanos. Ao traçar o perfil de José Adervan, os aspectos de sua maravilhosa existência, procurei cumprir um dever sagrado: reverenciar perante a região, perante o nobre povo itabunense, um cidadão útil, honesto, sério, ético... um herói, verdadeiramente um gênio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente no blog do Val Cabral.