31 de agosto de 2017

AS INGRATIDÕES DE CUMA COM MADALENA E CAPUCHO

Cuma deu "uma banana", para Madalena e Capucho!
Ele não cuida de quem vive o bajulando e sustentando.
Ser ingrato tem a ver com o caráter do prefeito Fernando Gomes (Cuma), porque ele atribui suas vitórias a ele mesmo e não ao DEM, seus eleitores e patrocinadores. Cuma não reconhece que, sem quem o apoiou e votou, não seria eleito para seu quinto mandato. Ele é useiro e vezeiro à idolatria de si mesmo. Cuma tem dois comportamentos extremos: “ama” quando quer se locupletar de quem o ama, e quando consegue se satisfazer em seus propósitos pessoais, passa a desprezar e se torna totalmente ingrato. Cuma esquece com muita facilidade… não as coisas ruins, mas esquece as coisas boas que fizeram por ele. Cuma vive no “seu mundo”, buscando apenas os seus próprios interesses. É um tipo de pessoa que se tornou cega para a doação de quem está ao lado e quem o ajudou a ter sucesso. Outra característica da personalidade de Cuma é a desobediência que leva a rebeldia… e a infidelidade. Como ele acha que sabe de todas as coisas, ele não ouve a mais ninguém, não aceita conselho de ninguém, não considera ninguém capaz de liderá-lo, ou de aconselha-lo. Ele finge aceitar, mas na verdade, ele não aceita se submeter a autoridade, porque ele realmente acredita que sabe o que é bom para si. E as mais evidentes entre as comprovações das ingratidões de Cuma, está em seu desprezo ao líder comunitário, José Calixto Madalena, que o apoiou em sua candidatura e depois foi tratado por ele, como se fosse um molambo qualquer, a ponto de ignorar suas inúmeras tentativas de cobrar as promessas que fez, para obter seu apoio e voto. E o abandono dispensado ao blogueiro Beto Capucho, em seu dramático desfecho fúnebre. Cuma desprezou Capucho em suas necessidades de melhores condições de atendimento médico e hospitalar. Não o visitou em suas duas semanas de luta para sobreviver. Não publicou uma Nota de Pesar. Não ofereceu suas condolências a família enlutada. E se quer se dispôs a enviar uma coroa de flores em seu sepultamento. Estes fatos revelam o quanto Cuma é ingrato e só se interessa por vantagens que possam o beneficiar. Pessoas pra ele, são apenas pedras, que ele usa para  pavimentar seus caminhos. E assim ele as usa e depois pisa!

O PAU QUE BATE EM LUIZINHO, TAMBÉM TEM QUE BATER EM LULINHA

Lula e Bruno: bandidos condenados, mas apenas um está preso!
Uma determinada ocasião, ainda no ano de 1995, li matéria em revista brasileira (creio ter sido a Isto É), cujo foco era mostrar o nível de corrupção do nosso povo. A matéria enfatizava que nas empresas, organizações, instituições, o roubo é prática generalizada e ocorre com todos, isto é, desde o office boy até os diretores e patrões. Hoje mais que nunca, sei que estão saqueando este país de forma absurda, e entendo que se não houver a participação efetiva de cidadãos de bem, não conseguiremos mudar este quadro caótico de roubalheira generalizada de bens públicos, em todas as esferas de poder. É deprimente (para dizer o mínimo), aquilatar que a corrupção é regra nos negócios entre governo e empresas. Todos (quase sem exceção), querem levar vantagem em tudo e isto se tornou um hábito que somente a consolidação de princípios éticos pode paralisar e defenestrar. Como pode os irmãos Batista da JBS, Lula, Aécio, Wagner e muitos outros corruptos flagrados com a "mão na combuca" estarem em liberdade? Isso, para mim, é uma bofetada na face de cada pessoa decente... Ouço atordoado nossos políticos falarem de um jeito, e agirem no sentido diametralmente oposto ao que propalam. É incoerente, ilógico e insano! Sem acabarmos com a cleptocracia e a corrupção endêmica que grassa soberba e altiva na mente de nossos políticos, o dinheiro nunca chegará a quem de fato precisa. Nunca chegaremos a uma distribuição de renda adequada que possa garantir paz social... Esta paz social tão inutilmente perseguida... E Sergio Moro condenou Lula a quase 10 anos de cadeia... Ora, a arte de roubar precisa ser premiada com prisão. E as delações devem apenas abrandar um pouquinho a pena destes calhordas; caso contrário transgredir pode ser muito lucrativo... Pau que bate em Luizinho, precisa bater também em Lulinha!

30 de agosto de 2017

SERÁ QUE NEM VIDRO TEREMOS PRA COMER AMANHÃ?!

A Justiça é cega, surda, rica e só serve aos criminosos poderosos
Aí está a causa da bandalheira e roubalheira que assola o Brasil!
Enquanto serviços públicos essenciais começam a reduzir suas atividades e correm o risco até de fechar as portas com o contingenciamento ou corte de mais de R$ 38 bilhões, o “balcão de negócios” montado pelo Governo teria liberado mais de R$ 2 bilhões em emendas para deputados e senadores com a finalidade de garantir a sobrevivência do presidente Michel Temer, acusado de corrupção, obstrução à Justiça e formação de quadrilha. Por esperteza ou mesmo por ideologia, evidentemente, que muitos parlamentares, inclusive aqui do Estado, se aproveitaram desse “balcão” para liberar suas emendas e destiná-las aos seus currais eleitorais visando as eleições do próximo ano. Enquanto isso, como se disse, a sociedade vai pagar e já está pagando o preço pela redução desses serviços essenciais. Entre os quais, as universidades federais, algumas delas ameaçadas de paralisar suas atividades nos próximos meses sem recursos para pagar professores e funcionários. Sem falar das Polícias Federal e Rodoviária que já foram obrigadas a reduzir até o consumo de combustível para realizas fiscalizações. Conclusão: ou a sociedade reage ou dias mais difíceis ainda estão por vir.

28 de agosto de 2017

ETERNAMENTE CAPUCHO

Capucho integrava o círculo intrépido da
imprensa e também tinha língua afiada!
Existem verdades que são impiedosamente intrínsecas para todos que vivem neste mundo. E entre tantos verdades que nascem com todos nós, existe a de que um dia partiremos desta vida rumo ao desconhecido. É o final inevitável que todos conhecem. Mas pouco importa quanto sabemos, quanto esperamos e tememos esse adeus definitivo. Pois quando ele bate na porta de forma inesperada e leva uma pessoa que nos é querida, o choque é tremendo, horrível; como agora que meu amigo e parceiro Beto Capucho se foi, sem aviso, sem tempo para atenuar o impacto da partida. É terrível dizer adeus, é triste e doloroso, e multiplicado até ao infinito quando esse adeus é eterno. Pois dói muito tomar consciência que jamais voltaremos a encontrar Beto, ler ou ouvir suas matérias polêmicas e intrépidas; não neste plano da existência. Compreender os propósitos de Deus, muitas vezes pode ser uma tarefa bem difícil, principalmente quando a tristeza bate na nossa porta porque acabamos de perder um amigo. Descanse em paz Beto. Que Deus conceda alívio e conforto a todos que sofrem com sua perda.

ACM NETO VENCE RUI COSTA EM ENQUETE NA RD

Rui Costa não tem sido páreo para ACM Neto!
Em pouco mais de meia hora de enquete realizada pelo Programa Impacto Meia Quatro Zero, da Rádio Difusora, com 110 ouvintes participando no ar, o prefeito da capital baiana, ACM Neto (DEM), obteve 53 votos, enquanto o governador Rui Costa (PT), teve 51 votos e 6 ouvintes obtendo por não votarem em nenhum dos dois. Para o vereador Babá Cearense (PHS), que ouviu, mas não participou do enquete, o que mais foi destaque nessa consulta popular, é que a própria emissora possui propaganda constante do governador e ainda assim, ele não consegue superar a vontade que o povo tem, de eleger ACM Neto para sucedê-lo" - ressaltou o vereador. Este resultado é igual ao que tem sido revelado por todas as pesquisas registradas e que tem consultado milhares de baianos em diversos municípios e cujos resultados sempre favorecem ACM Neto. O prefeito ACM Neto (DEM) ainda não confirmou sua candidatura ao governo do Estado, mas lidera pesquisa de intenção de voto para o posto, com 54,5%, segundo levantamento do Instituto Paraná Pesquisas, solicitado pela Record Bahia. O governador Rui Costa (PT) obteve 24,1% dos votos; seguido do senador Otto Alencar (PSD), que teve 4,7% e Fábio Nogueira (Psol), com 2,9%. Considerando eventual segundo turno entre o prefeito ACM Neto e o governador Rui Costa, o primeiro receberia 58,4%; o segundo, 28,8%; 3,9% não saberiam em quem votar; e 8,9% rejeitam os dois candidatos. Foram entrevistadas 1.510 pessoas em 70 municípios baianos, entre os dias 31 de maio e 4 de junho. A margem de erro da pesquisa é de 2,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

27 de agosto de 2017

EQUIPE DE NETO GARANTE ALIANÇAS EM MUNICÍPIOS BAIANOS PARA DISPUTA EM 2018


ACM Neto deverá se eleger com a rejeição ao petismo dos baianos
Articuladores da oposição já concluíram acordos que garantiram ao prefeito ACM Neto (DEM) alianças com caciques políticos em mais de 90% dos 417 municípios do interior baiano. Segundo a Coluna Satélite, do Correio, a conta inclui tanto atuais prefeitos quanto candidatos derrotados na disputa de 2016, que controlam parte das lideranças de base. Na conta dos oposicionistas, há palanques montados em aproximadamente 380 cidades, incluindo todos os maiores colégios eleitorais. Restam ainda finalizar as negociações em cerca de 40, quase todas pequenas localidades. De acordo com um dos principais estrategistas do arco democrata, a quantidade de acordos fechados mostra um salto na quantidade de apoios reunidos em comparação com 2014, quando o ex-governador Paulo Souto, candidato do DEM ao Palácio de Ondina, concorreu com número bem menor de adesões.

SERGIO MORO DEFENDE MANUTENÇÃO DE PRISÃO APÓS SEGUNDA INSTÂNCIA


O Brasil necessita de mais juízes dignos, sérios e éticos como Sérgio Moro!
O juiz Sergio Moro defendeu a possibilidade de um réu que foi condenado a prisão ser mantido preso após decisão de segunda instância, independentemente de recurso ao Supremo Tribunal Federal (STF) ou ao Superior Tribunal de Justiça (STJ). Durante o 1º Congresso Brasileiro da Escola de Altos Estudos, em São Paulo, ele considerou que seria lamentável se réus já condenados passassem a poder esperar em liberdade uma decisão de instância superior. Moro mandou prender na quarta-feira/23 o empresário Márcio Bonilho e o operador Waldomiro de Oliveira, ambos condenados em segunda instância na Lava Jato. É a primeira vez que Moro determina uma prisão com base em decisão do Supremo Tribunal Federal, de que condenado em segundo grau pode ter a pena executada. Na terça-feira (22), porém, o ministro do STF Gilmar Mendes ordenou a soltura de um condenado na mesma situação, sinalizando mudança de seu entendimento sobre a questão. No evento neste sábado, Moro ainda argumentou que, em situações de corrupção sistêmica, não é necessária a comprovação de recebimento de contrapartida de propina para que se caracterizem casos de corrupção. "Não existe propina grátis", afirmou. O juiz considerou que o Brasil avançou nos últimos anos no combate a corrupção e em prol da redução da impunidade. "Muitas vezes pensamos que estamos fadados a viver em uma corrupção sistêmica, mas não existe dentro do regime democrático um desafio que não possa ser vencido", disse. "Avançamos e muito", comentou. "Não é possível retroceder", completou. Hoje, em evento promovido pela B3 em Campos do Jordão, o procurador da República e membro da força-tarefa da Lava Jato no Ministério Público Federal no Paraná, Deltan Dallagnol, disse que se o Brasil quiser seguir pela impunidade em crimes, o melhor caminho é a revisão de prisão em segunda instância. Nesta semana, Gilmar Mendes concedeu pedido de habeas corpus para o ex-presidente do Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro-RJ) Rogério Onofre. Mas Onofre foi alvo de um novo mandado de prisão do juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal, do Rio, na Operação Ponto Final - desdobramento da Lava Jato que cercou a cúpula do Transporte no Rio. Seu advogado, Yuri Sahione, disse hoje que Onofre vai se entregar. Por Dayanne Sousa e Fernanda Guimarães.