31 de janeiro de 2017

AI QUE DÓ DÁ EIKE NO XILINDRÓ!

Empresário Eike Batista é preso ao desembarcar no Rio
A descoberta de que Eike Batista subornava agentes públicos, em especial o ex-governador Sergio Cabral, que, segundo a Polícia Federal recebeu propinas de pelo menos US$ 16,5 milhões do grupo EBX, escreve um capítulo importante na história do empresário que prometia ser o homem mais rico do mundo, quando o Brasil vivia seus dias de exuberância irracional. Eike se vangloriava de ter feito sua fortuna no mercado privado, sem ajuda do Estado, o que, em tese, tornava sua aproximação com o mundo político mais segura para os dois lados. De fato, antes de recorrer a empréstimos de Bancos Oficiais, Eike montou um império bilionário abrindo o capital de suas empresas e vendendo ações ao mercado. Em quase todos os casos, tratava-se de vento bem embalado por bancos de investimento, auditores e outras instituições financeiras. Pesquisei no google a trajetória empresarial de Eike e descobri, que tudo começou com sua mineradora, a MMX, depois criou uma empresa de logística, a LLX, e bombou de vez com sua empresa de petróleo, a OGX. Por último, criou ainda a companhia de navegação OSX. Embora fossem projetos ainda no papel, eram vendidos ao mercado como “a nova Vale”, a “nova Petrobras” e assim por diante. Como havia liquidez excessiva no mundo e o Brasil era vendido como “bola da vez”, Eike encontrou terreno fértil para oferecer a investidores incautos – no Brasil e no m undo – suas promessas mirabolantes. Foi só por volta de 2012, quando já sabia que sua bolha iria estourar, que Eike começou a cercar o poder o público para tomar recursos do BNDES, do FGTS e para tentar empurrar seus projetos para a Petrobras – o que, graças à resistência do corpo interno da empresa, jamais conseguiu. Portanto, se agora está provado que Eike corrompeu políticos como Cabral, ainda há uma avenida gigantesca a ser explorada: a corrupção privada do grupo EBX. Quais eram os bancos de investimento que avaliavam suas empresas? O que acontecia se alguém ousasse contestar tais avaliações? Quem, enfim, ajudou a soprar a bolha do século? Se Cabral movimentou cerca de US$ 100 milhões em propinas, isso é pouco ou nada perto do que a riqueza que Eike tomou de investidores privados. O estouro do grupo EBX fez desaparecer cerca de US$ 100 bilhões, deixando um rastro de dívidas e projetos inacabados. E até mesmo o Rio de Janeiro, que Eike prometia salvar, herdou um cartão postal às avessas: o esqueleto do Hotel Glória.

PRESÍDIOS: O ESTADO ESTÁ DE “BARBAS DE MOLHO”

O presídio de Itabuna é um dos mais preocupantes na Bahia
A indiscutível e provada ineficiência do sistema prisional brasileiro assusta. Resultado da má gestão pública, a animalesca violência registrada nos presídios de Manaus (AM), Boa Vista (RR) e Natal (RN) deixa o povo temeroso de novas tragédias, e o pior, de que a matança de dentro se amplie além das penitenciárias. Não há como evitar que o governo federal e os estados sejam apontados como os responsáveis pela violência nos presídios, e fora deles também, por negar a os encarcerados direitos básicos previstos em lei. A gestão penitenciária é, de fato, um desafio para o poder público. O problema, dizem especialistas, é que o País acostumou-se a prender infratores, sem se preocupar com o que acontece depois. A matança de mais de 150 presos, em uma semana, mostra que o descaso tem preço e um deles é causar desconforto nas autoridades. Desde a matança nos três presídios citados acima, governo e Justiça, aí incluídos o Ministério Público e a Defensoria Pública, começaram a pensar em soluções além do simples encarceramento. Garantir o direito ao trabalho é uma delas. Na Bahia, os responsáveis pela gestão do sistema prisional botaram as “barbas de molho” e estão dando mais atenção ao que a Lei de Execução Penal define co mo ressocialização. Um exemplo é a recente iniciativa de garantir aos reeducandos a possibilidade de um emprego. Eles vão receber orientações para buscar espaço no mercado de trabalho após cumprirem suas penas. Nessa perspectiva, terão cursos de informática e vão obter a carteira de trabalho. No ponto em que chegou, o sistema prisional carece de investimentos bem maiores. Mas é um passo para que a gestão e a sociedade entendam que o encarceramento sem ressocialização não é a solução para os males da segurança pública.

NÃO HÁ NADA NESSE MUNDO QUE O VELHINHO NÃO SAIBA DEMAIS

Se a história passada fosse tudo o que importa no jogo,
as pessoas mais ricas seriam os bibliotecárias
Ouvi de um tal de Raulzito, a história de um velhinho, que o havia garantido ter nascido dez mil anos atrás E que não havia nada nesse mundo, que ele não soubesse demais.  Ele disse que viu Jesus Cristo ser crucificado o amor nascer e ser assassinado e as bruxas pegando fogo, para pagarem seus pecados Ele também disse que viu Moisés cruzar o Mar Vermelho; que viu Maomé cair na terra de joelhos e viu Pedro negar Cristo por três vezes diante do espelho o velhinho disse que viu as vel as se acenderem para o Papa; que viu Babilônia ser riscada no mapa e que viu o Conde Drácula, sugando sangue novo e se escondendo atrás da capa. Disse que viu a arca de Noé cruzar os mares; Salomão cantar seus salmos pelos ares e que viu Zumbi fugir com os negros prá floresta, pro Quilombo dos Palmares. Também disse que viu o sangue q ue corria da montanha, quando Hitler chamou toda Alemanha. Que viu o soldado que sonhava com a amada, numa cama de campanha. Ele também disse que leu os símbolos sagrados de umbanda; que foi criança pra poder dançar ciranda e quando todos praguejavam contra o frio, ele fez a cama na varanda. Que estava junto com os macacos na caverna; que bebeu vinho com as mulheres na taberna e quando a pedra despencou da ribanceira, ele também quebrou a perna. Disse que foi testemunha do amor de Rapunzel e que viu a estrela de Davi brilhar no céu e para aquele que provar que ele estava mentindo, tiraria o seu chapéu. E garantiu que não tem nada nesse mundo, que ele não saiba demais. Não posso contestar a sabedoria do velhinho amigo do Raulzito. Mas hoje o que sei, é que não há nada depois de morto, que Raul não saiba demais.

QUANDO AUMENTA O SALÁRIO, TUDO FICA MAIS CARO

O anuncio do aumento do salário mínimo já é suficiente
para que tudo tenha aumento de preço em todo o país
Enquanto o salário mínimo aumentou míseros R$ 57 neste ano, passando de R$ 880 para R$ 937, o preço de gasolina, só nas últimas três semanas, apresentou nada menos que três altas consecutivas. E como todos sabem, Itabuna segue imbatível na liderança do ranking de maior valor pago pelo produto no sul da Bahia. Em Itabuna, o litro da gasolina custa, em média, R$ 3,95. O pior de tudo é que, assim como a gasolina, diesel e etanol também já sofreram reajustes neste ano. Ou seja, o consumidor fica totalmente s em alternativas quando precisa, por exemplo, abastecer seu veículo para ir ao trabalho ou fazer outras atividades. Além disso, vale lembrar que esses aumentos sucessivos devem provocar um efeito cascata em vários setores que dependem dos combustíveis. Inclusive, isso tem sido uma das justificativas apresentadas pelos taxistas e proprietários das Empresas de Transportes Coletivos, ao propor um aumento da tarifa de taxi e da passagem de ônibus na maior cidade do sul da Bahia. É preciso que o governo federal apresente soluções que ajudem a brecar o preço da gasolina e dos outros combustíveis no país. O trabalhador brasileiro não aguenta mais carregar o fardo extremamente pesado que está sob suas costas. Chega!

CHICO REIS É HOMENAGEADO PELA SANTA CASA

Chico Reis foi homenageado por contribuir
para  causa e centenário da Santa Casa
O presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Chico Reis (PSDB), foi homenageado sábado (28) à noite pela Santa Casa de Misericórdia deste município, com a comenda Monsenhor Moysés , concedida apenas a personalidades que, de alguma forma, contribuíram ou ainda contribuem, com o engrandecimento da instituição, que está completando 100 anos de existência. A solenidade de entrega da comenda reuniu centenas de pessoas e ocorreu no salão nobre da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), no bairro São Judas Tadeu. O evento marcou a comemoração do centenário da Santa Casa. "Sinto-me honrado e muito orgulhoso com a medalha que me é conferida por esta instituição séria, prestadora de excelentes serviços de saúde ao povo de Itabuna e região, e que é referência para a Bahia e o Brasil", declara Chico Reis.

30 de janeiro de 2017

JUSTIÇA PROLONGA DOR DE FAMILIARES DE PROFESSORA ASSASSINADA EM ITABUNA

Rayluciene foi assassinada e o marido é suspeito
Familiares e amigos de Rayluciene Castro Nery convivem há oito anos com a dor da perda – e a impunidade. A professora foi morta na tarde de 25 de janeiro de 2009, no Bairro Alto Mirante, em Itabuna, dentro da própria casa, grávida de 4 meses. O marido, Everaldo Marques, então com 27 anos, havia deixado a residência para, supostamente, comprar pão. As investigações da Polícia Civil apontaram para Everaldo como autor do crime. Rayluciene levou um tiro no rosto. O marido da professora passou a morar em Ipiaú logo após o crime. O acusado alega que saiu para comprar pão e, ao voltar, encontrou a esposa morta. A polícia desconstruiu a versão, pois, de acordo com as investigações, não havia sinais de arrombamento na residência – nem evidências de que se tratasse de um caso de latrocínio. À polícia, Everaldo disse ter trancado o portão da casa e levado as chaves do cadeado, quando saiu à padaria. Os dois estavam casados há cerca de dois anos. JÚRI SUSPENSO HÁ 6 ANOS - Já em 2011, a justiça decidiu que Everaldo Marques seria levado a júri popular em Itabuna. A defesa do acusado recorreu ao Tribunal de Justiça da Bahia e conseguiu suspender o julgamento. Seis anos depois da decisão do TJ baiano, a família de Rayluciene ainda aguarda um desfecho para o caso. A Justiça tarda e prolonga uma dor que começou naquele janeiro de 2009 e aumentou ainda mais no início deste ano. A família recebeu informação de que o caso está sem juiz que o analise e tome as decisões necessárias para encaminhar o julgamento. Várias varas da Comarca de Itabuna contam apenas com juízes substitutos. Por tomribeiro.blog.br

HOJE É UM DIA MUITO ESPECIAL PARA OS SAUDOSISTAS

A saudade é o que faz as coisas pararem no Tempo.
No calendário do tempo o dia 30 de janeiro é dedicado ao Dia da Saudade. Quem de nós não tem saudades? Saudade rima com felicidade e eternidade. Na literatura vemos que a saudade é tema de muitos escritores. Cada um de nós tem muito o que recordar, na imensidão dos tempos que se foram, das cenas de nossa infância vividas com alegria. Se fecho os olhos e volto a rememorar a gostosa fase da minha infância, me banhando no rio Cachoeira, jogando pião, gude e bola, sinto-me transportado a um mundo distante, com meus 10 a 15 anos dentro da vida, quando vivia a minha meninice, para quem as perspectivas do mundo eram para mim ignoradas. Na minha meninice, ainda de calças curtas, futebol, bola de gude e pião foram os brinquedos que mais me seduziram. E raro era o menino do meu tempo que não trazia, em suas mãos uma bola e em um dos bolsos, bolas de gude e seu pião, com o respectivo cordel, como arma de luta, pronto para atender ao convite de um desafiante. Centenas, milhares de definições existem de saudade; resta-nos curti-la. No silencio da noite, nos momentos de paz, olhando as fotografias do passado, recordamos momentos vividos que se foram. Saibamos viver o dia de hoje com alegria no coração, pois, com certeza, ele será motivo de saudade amanhã. É um prazer reviver outros tempos, como é bom não querer esquecer, só pensando nos tempos de outrora e na rua que nos viu nascer. Caminhando nós seguimos em frente, pensando no passado e sentindo saudades dos tempos que se foram e que jamais voltarão: a nossa casa, a nossa escola, os nossos amigos do passado, nossas brincadeiras de criança. Agora tudo mudou. Os tempos saudosos se foram. Só ficou a saudade guardada com emoção em nosso coração. Na realidade as melhores coisas da vida não são pagas: a própria vida, o sol, o luar, gestos de fraternidade, as grandes amizades, o carinho dos pais e dos avós, e a convivência com os amigos. Isso tudo devemos preservar para que no entardecer da vida possamos aumentar as nossas defesas com os bons pensamentos que nos invade a alma, recordando momentos de felicidade vividos no passado. Isso se chama saudade.

GEDDEL SE DESESPERA COM DELAÇÃO NA LAVA JATO

Vozes vorazes do cárcere atormentam Geddel Vieira
O ex-ministro de governo do presidente Michel Temer, o baiano Geddel Vieira Lima, se desesperou com a delação premiada que está por vir do empresário Lúcio Funaro, preso há sete meses pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato. Segundo o colunista Lauro Jardim, do O Globo, GeddelpPassou a “telefonar insistentemente para a mulher de Funaro para prestar solidariedade e, como quem não quer nada, saber se ele já havia começado a delatar”. Ainda conforme o jornalista, três políticos são alvos da delação: o deputado cassado Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima e Eliseu Padilha Preso em julho de 2016, Funaro é acusado de envolvimento no esquema de cobrança de propinas de empresas que obtinham empréstimos do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FI-FGTS). O esquema era comandado por Cunha e Funaro, segundo o ex-vice-presidente da Caixa Fábio Cleto. Conforme o delator, as irregularidades teriam ocorrido entre 2011 e 2015. Cunha é acusado de ficar com 80% da propina desviada do fundo de investimento, Funaro com 12%, Cleto com 4% e Margotto, com outros 4%.

NILO PODE PERDER REELEIÇÃO POR UM VOTO

Adesões ao Coronel Ângelo preocupam Marcelo Nilo
A oposição na Assembleia Legislativa da Bahia declarou apoio a Ângelo Coronel (PSD) na briga pela presidência da Casa. O parlamentar ligado ao senador Otto Alencar concorre com o atual presidente Marcelo Nilo (PSL) e tem um acordo com o deputado Luiz Augusto (PP) para, chegando à reta final da campanha, decidir quem terá melhor viabilidade para ir à disputa. Líder do grupo de oposição ao governo Rui Costa, o prefeito ACM Neto (DEM) se reuniu no sábado (28) com a bancada da minoria e pediu para que os deputados votassem em Coronel. Embora tenha encontrado resistência dentro do seu grupo, Neto conseguiu convencer os dissidentes que, ao menos na reunião, garantiram que ficarão unidos. Para além, Neto deixou  a entender que estará junto com Otto em 2018. Otto seria o seu candidato Palácio de Ondina, contudo, esta também foi uma possibilidade vista com pragmatismo pelos parlamentares do grupo. No sábado, durante a reunião, não houve fechamento de questão pois havia ainda dúvidas sobre as garantias de vitória do deputado do PSD mesmo com o apoio de oposição. Se os 19 deputados da oposição votarem com Coronel, junto aos do PP (5), PSD ( 7) e PSL (2), o pessedista é o novo presidente da Casa. Ele somaria 33 votos, um a mais que os 32 necessários.

28 de janeiro de 2017

ITABUNA TEM MOTIVO PARA DAR UMA BANANA PARA O GOVERNADOR

Fernando quer aderir ao petismo, em troca de obras e verbas
Há 10 anos, um elefante branco está parado em frente ao Hospital de Base de Itabuna, onde deveria existir o Centro de Convenções e o Teatro da cidade, mas só existem construções abandonadas sofrendo a ação do tempo. O atual Governador Rui Costa (PT), faz ouvido de mercador, tanto quanto fizera no passado o seu antecessor e correligionário, Jaques Wagner, com as obras sendo arrastadas sem as devidas e necessárias conclusões. Estas obras são de fundamental importância para o município de Itabuna, que possui mais de 220 mil habitantes sedentos por arte e cultura. A inexistência desses equipamentos, agrava a situação de dificuldade e marasmo nas áreas de arte e cultural em Itabuna. Entretanto, uma suposta adesão do prefeito Fernando Gomes (DEM) ao petismo baiano, carrega consigo, o comprometimento pela viabilização da cidade ter teatro, com o revés do governador Rui Costa (PT), ter rejeitado a conclusão da construção do Centro de Convenções. Os R$ 20 milhões dessa obra, não chegam aos pés da grandiosa Fonte Nova, em Salvador, que custou mais de R$ 890 milhões aos cofres públicos do Estado. Portanto, a contra-partida dessa cooptação é irrisória e render-se ao governador, não deve ser a melhor alternativa para o prefeito de Itabuna. Conveniente é dar uma banana pra ele. 

ATÉ DEPUTADOS DO PSL, NÃO QUEREM VOTAR EM NILO

Manassés não quer saber de votar em seu correligionário Nilo
A situação do presidente da Assembléia Legislativa Marcelo Nilo piora a cada momento. Dessa vez o foi o deputado Manassés (PSL) que afirmou que não vai votar em Nilo e pediu mudança no comando do Legislativo Baiano. Esse é o segundo colega de partido de Nilo que não vai votar nele. Mais cedo Allan Castro também disse que não ia votar no colega. "O momento que o Brasil vive pede mudança. Dentro do próprio PSL há insatisfação. Temos opinião própria, como existe um clamor. O ser humano respira mudança política no poder. Nilo deu sua participação, mas a mudança vai fazer bem para a Assembleia. A mudança já passou do tempo. Eu não tenho rabo preso com ninguém. Essa mudança vai ser muito boa para a Assembleia", ressaltou Manassés.

TEMER VISITA BAHIA NA PRÓXIMA SEMANA

O prefeito ACM Neto deverá se reunir com Temer na Bahia
Com a eleição do Congresso na semana que vem "encaminhada com relativa tranquilidade" para o governo, o presidente Michel Temer desembarca na próxima segunda-feira (30), pela terceira vez, no Nordeste, para tentar reverter a sua baixa popularidade na região que, apesar de não mostrar mais tanta fidelidade ao PT, ainda possui um eleitorado que deu peso aos governos de seus antecessores - Luiz Inácio da Silva e Dilma Rousseff. A primeira parada de Temer será na cidade de Paulo Afonso, na Bahia, e na sequência vai a Floresta, em Pernambuco, onde autorizará a ligação de trechos de estações de bombeamento do Projeto de Integração do São Francisco e fará a assinatura da Ordem de Serviço para elaboração do Projeto do Ramal do Agreste Pernambucano. Na sequência, Temer vai a Serra Talhada, também em Pernambuco, onde, ao lado do ministro da Educação, Mendonça Filho, irá inaugurar o novo campus do Instituto Federal do Sertão de Pernambuco. De acordo com Mendonça Filho, a terceira visita de Temer à região mostra que o presidente trabalha pelo Nordeste. "O presidente Temer está mostrando que o Nordeste é sua prioridade com ações", disse ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado. "Além de acelerar e investir nas obras de estrutura hídrica, o governo demonstra a preocupação com o ensino técnico, que vai ajudar a gerar empregos e, consequentemente, na retomada do crescimento".

O SISTEMA É BRUTO

A truculência policial está crescente e há que se conter a tortura
Problemas nos sistemas judicial, prisional e de segurança pública, entre os quais violações sistemáticas dos direitos humanos, contribuíram para os níveis elevados e persistentes de violência criminal. A maioria das dezenas de milhares de mortes causadas por armas de fogo ocorreu nas comunidades mais pobres. Bem mais de mil pessoas foram mortas em confrontos com a polícia, em incidentes classificados como “resistência seguida de morte”, muitas em situações que sugerem o uso excessivo de força ou execuções extrajudiciais. A tortura continuou a ocorrer de forma generalizada e sistemática. O acesso à terra seguiu sendo um foco de violações dos direitos humanos. Houve despejos forçados e ataques violentos contra ativistas rurais, manifestantes contrários à construção de barragens, movimentos de sem-teto e povos indígenas. Muitas pessoas continuaram a trabalhar em condições análogas à escravidão ou sujeitas a servidão por dívida. Os defensores dos direitos humanos continuaram a sofrer ameaças e ataques. Entram e saem presidentes, deputados, senadores e nada muda neste país.

27 de janeiro de 2017

AS DUAS MANCADAS DE CUMA EM SEU PRIMEIRO MÊS DE GOVERNO

Fernando Gomes com mancadas iniciais à frente da prefeitura 
Julgo pertinente salientar, no início deste artigo, que "Cuma", é o apelido carinhoso (e não pejorativo), com que o prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (DEM), é conhecido pelos itabunenses. Também considero importante destacar, que falhas e negligências são factíveis num começo de governo. Entretanto, existem erros, que são descabidos, para quem tem vasta experiência em administração e vicissitudes. E quem haveria de duvidar da capacidade de Fernando Gomes desemaranhar revés? Mas não há quem possa acertar sempre. Os dissabores são inevitáveis, até para os grandes campeões. Isto posto, quero aqui elencar dois momentos de mancadas (equívocos, gafes, enganos e lapsos) de Cuma. O primeiro erro veio em dose dupla. Refere-se a nomeação do filho Sérgio Gomes, para o comando da Secretaria de Trânsito e sua subsequente e breve exoneração. As regras do nepotismo não são tão incômodas, quanto a desnecessidade de expor Sérgio a um cargo menor que sua capacidade de legislar. E como segundo erro, identifico a recém exoneração de José Leopoldo dos Anjos, da presidência da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (Fasi). Leopoldo ficou desempregado porque se recusou a demitir 200 funcionários do Hospital de Base. Portanto, os contra-tempos de Fernando Gomes, acontecem em tempo de recomeçar e aplicar seu aprendizado de quatro mandatos, com firmeza de propósito, coragem, sabedoria e vitórias,

26 de janeiro de 2017

UPB: OS MÉRITOS MAIORES SÃO DE EURES E QUITÉRIA

Ninguém vai conseguir usurpar os méritos de Eures e Quitéria,
como maiores protagonistas na disputa pela presidência da UPB
A imprensa oficial do Estado e seus sustentáculos midiáticos, sustentam a argumentação de que o governador Rui Costa (PT), foi o grande protagonista da vitória do prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro (PSD), para a presidência da União dos Prefeitos da Bahia (UPB). Este é um despautério que requer correções. Embora não se deva desconhecer, a importância do governador e seus subalternos no êxito da campanha de Eures. Mas o fato é que a então líder maior da UPB, Maria Quitéria, é a quem se deve creditar mérito dessa vitória. E ao próprio prefeito, que se notabiliza, como o mais bem sucedido gestor entre os 417 alcaides da Bahia. A importância de Rui Costa no processo eleitoral da UPB, não foi maior que as intervenções do senador Otto Alencar (PSD). E ambos juntos não devem ter contribuído mais que Quitéria e seus compadrios de diretoria. Todavia, sem demérito a Rui, Otto e sua elegante e bela antecessora, o próprio perfil e curriculum de Eures Ribeiro, lideraram suas causas de conquistas dos 206 votos válidos. O seu adversário, Luciano Pinheiro (PDT), prefeito do município de Euclides da Cunha, obteve 139 votos. Ao todo foram 349 votos válidos e 41 prefeitos associados não compareceram para a votação. Eures vai comandar a entidade municipalista pelo biênio 2017-2018. 

POR QUE PESSOAS ESCULHAMBAM VEREADORES?

As pessoas que procuram vereadores (em sua absoluta
maioria), buscam somente fazerem pedidos pessoais
Muitas pessoas criticam o vereador, por conta de suas contas não serem pagas por ele. E pouco se importam com a qualidade do parlamentar, pois suas prioridades estão restritas aos seus interesses pessoais e inconfessáveis. Basta perguntar a quem esculhamba o vereador, se ele sabe sobre qual partido ele pertence, quais suas ações legislativas e o ele tem feito pelo povo. E as respostas são sempre evasivas e sarcásticas. É pertinente ressaltar, que alguns vereadores negligenciam em suas falas e ações. Esta é a realidade de que não existem regras, que não possuam suas exceções. Entre os críticos dos vereadores, raros são aqueles que frequentam as sessões e se fundamentam em questões que não lhe são particulares. O vereador é entre todos agentes políticos, quem mais próximo do povo está. É fácil encontrar vereador na cidade, enquanto é muito difícil ver deputados estaduais e federais. Ver senador e governador, é um "Deus nos acuda"! E presidente da república, só via tv. Portanto, é o vereador quem acaba tendo que ouvir desaforos, desabafos e incompreensões. Quando um vereador resolve fazer uma visita a um bairro de periferia, com propósito de se informar sobre as demandas, prioridades e reclames da comunidade, só se depara com quem quer ser atendido em pedidos pessoais. Estes são os fatos, que explicam muitas criticas contra vereadores. E aplausos!

OS BICHOS AOS PÉS DOS MISERÁVEIS DA PERIFERIA DE ITABUNA

Muitas doenças estão relacionadas a  miséria e pobreza do povo
Mesmo antes desse inquietante estado de nossa economia, grande parcela da população brasileira já sofria com a disparidade na distribuição da renda. A riqueza esteve e continua concentrada nas mãos de uma parcela restrita da sociedade. Mas a crise econômica dos últimos tempos aprofundou as mazelas sociais por todo o País. O estado de incerteza em que o Brasil foi mergulhado, agravou a pobreza, favorecendo o incremento dos bolsões de miséria por toda parte. Empurrados para áreas marginalizadas, milhões de brasileiros seguem vivendo em locais desprovidos de infraestrutura básica (pavimentação, esgoto, água tratada), em habitações extremamente precárias. Tal situação de miserabilidade atesta a realidade analisada pela Organização Mundial de Saúde (OMS), para quem muitas das milhares de mortes que acontecem todos os dias no mundo estão relacionadas às causas da pobreza extrema. Em pleno século 21, o mundo registra mortes por doenças que poderiam ser prevenidas e curadas com custo muito baixo, como fome, diarreia, pneumonia e tuberculose. Itabuna está entre os cantos do planeta onde milhares de pessoas sobrevivem em condições sub-humanas. Ainda está pouco propagado o drama de moradores da periferia da maior cidade sulbaiana, que estão literalmente sendo devorados por bichos. Dezenas de pessoas, com ferimentos nos pés, mal consegue andar. A suspeita é de que sejam vítimas do bicho-de-pé, um tipo de pulga, que provoca a doença do subdesenvolvimento. As vítimas sofrem há mais de dois meses, sem assistência dos órgãos de saúde. O quadro chocante, revela o descomprometimento do poder público com a vida miserável das famílias que ali habitam. Esse caso mostra que da miséria social não é consequência apenas da violência, drogas e criminalidade. Há ainda a dolorosa exclusão que não garante aos pobres assistência mínima, para se livrarem sequer de pulgas. Bicho-de-pé pode até parecer bobagem, mas o caso concreto serve para romper a aparente tranquilidade com que se convive com a desigualdade e seus efeitos.

25 de janeiro de 2017

POLÍCIA JÁ TEM SUSPEITO DE PARTICIPAR DE CRIME CONTRA ESCRIVÃO

José Carlos é mais uma vítima da insegurança Pública na Bahia
A Polícia Civil já tem um suspeito de ser o autor da morte do escrivão José Carlos Teixeira, ocorrida nesta quarta-feira (25). Cinquenta policiais civis de Salvador, Itabuna e Ilhéus estão na região de Camacan, local do fato, investigando as circunstâncias do crime. O corpo da vítima, que trabalhava na Delegacia Territorial (DT) do município de Jussari, foi encontrado nas margens da BR-101. A motivação também é investigada. “Estamos solidários e à disposição da família deste nosso valoroso servidor. Determinei imediatamente o reforço do efetivo na região e as ações de inteligência já foram iniciadas pelo Departamento de Inteligência Policial (DIP)”, informou o delegado-geral da Polícia Civil, Bernardino Brito.  Informações sobre o caso devem ser enviadas através do número 181 (Disque Denúncia do interior).

EURES RIBEIRO É ELEITO PRESIDENTE DA UPB

Vitória de Eures é um prêmio ao bom exemplo de gestor público
O prefeito de Bom Jesus da Lapa (PSD), Eures Ribeiro, foi eleito para a presidência da União dos Municípios da Bahia (UPB) na tarde desta quarta-feira, 25, com 206 votos válidos. O seu adversário, Luciano Pinheiro (PDT), prefeito do município de Euclides da Cunha, obteve 139 votos. Ao todo foram 349 votos válidos e 41 prefeitos associados não compareceram para a votação. Eures vai comandar a entidade municipalista pelo biênio 2017-2018. Eures comemora a vitória ao lado de aliados como a prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT). Durante praticamente toda a campanha ficou claro que Eures, do PSD, partido comandando aqui na Bahia pelo senador Otto Alencar, representava na disputa as forças governistas, aliados ao governador Rui Costa (PT), já que Luciano Pinheiro teve o apoio público do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). O próprio Rui chegou a dizer, ontem, que torcia pela vitória de Eures.

SÓ A CONVICÇÃO DA RESSURREIÇÃO CONFORTA À DOR DA PERDA DA MÃE

Minha saudosa Mãe Nicinha, em momento de
entretenimento, com meu pai e minhas irmãs
Há 28 anos carrego em meu peito, a convicção que a perda de uma mãe, está na lista dos lutos mais doloridos e longos na vida de uma pessoa. Quando se há uma relação forte, sentimental e intima com a mãe, independente a idade, a reação de luto dilacerante é certa. Esta perda geralmente traz consigo o desnorteamento da vida, pois a mãe é uma figura muito importante, principalmente em nossa cultura, ligada a segurança, aconchego, orientação e refugio. Então quando uma mãe morre é tudo isso que parece morrer com ela, inclusive para com adultos, que já possuam sua família. Apesar de já haver construído segurança em si mesmo e ter conquistado espaço na vida, com seu trabalho e família, a mente emotiva resgata, nesta hora de perda, que seu símbolo de segurança, exemplo, referencia emocional e racional foi embora e a sensação é de medo, e incertezas. O espaço vazio que uma mãe deixa ao morrer, não é gerado por ela, e sim pelos filhos que ficam. Tudo vai depender de cada historia, cada relação, cada impacto vivido com essa perda. Mas de uma forma geral pode-se dizer que para lidar com essa perda tão significativa é preciso respeito, respeito de si mesmo com sua dor, momento e sentimentos, assim como por parte dos outros. O choro é a maior forma de expressão dos sentimentos, e é muito comum. Não há porque segurar, chore se sentir vontade. Fale sobre sua mãe, relembre os momentos bons e assuma a saudade e a dor que sente. Verbalizar dá espaço para esvaziar os sentimentos e entrar em contato com eles. Muitos dizem por ai, como: não chore, não fale disso, não fique triste. Sugiro sempre que faça o contrario, fale sim sobre ela, chore, sinta raiva (pois sentimos raiva com essa perda), saiba que a tristeza é grande e assuma para você e para quem for preciso. O tempo de alivio ou de passar a dor, é relativo, há casos que levam meses, outros levam anos, tudo depende de quem está passando por isso. Não tenha pressa, sua mente estará tentando se adaptar a esta ausência e tentando redirecionar a fonte se segurança e aconchego para outras referencias em sua vida e isso leva tempo. Uma mãe não será esquecida ou substituída e por isso o Luto é tão dolorido e lento. Se em algum momento acreditar que esta perda, sensação de tristeza interfere em sua vida pessoal, profissional ou familiar, por ter dificuldade de continuar adiante sem sua mãe, sugiro uma ajuda psicológica para orientação e acolhimento, mas somente neste caso.

24 de janeiro de 2017

VIVALDO NÃO DEVE NOS FAZER LEMBRAR, QUE JÁ TIVEMOS 3 SECRETÁRIOS INÚTEIS

Vivaldo terá que corresponder à expectativa dos sulbaianos
Grande parte da mídia sulbaiana, está propagando a perspectiva do engenheiro agrônomo José Vivaldo Mendonça se tornar o "salvador da pátria", na função de secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado (Secti). Ele foi indicado para o governador Rui Costa (PT), como o nome do PSB, que é presidido pela "senadora" Lídice Mata. Não há na região cacaueira, quem possa questionar a vasta experiência de Vivaldo Mendonça, como excelente referencia em gestão pública, privada e terceiro setor. Todavia, já está identificadas as áreas onde ele deverá enfrentar maiores desafios. E ele mesmo declara, que suas prioridades estarão focadas no fortalecimento da ciência e da tecnologia; na perspectiva de que a inovação seja a matriz do desenvolvimento do Estado da Bahia, através da integração entre as universidades, o centro de pesquisa, a unificação de estratégias, o fortalecimento dos polos de conhecimento e informação unindo a Região Metropolitana e os polos do interior da Bahia, que deverão resultar na dinamização da economia. Sem querer fazer juízo de demérito, é oportuno que não esqueçamos, que Itabuna já contou com três secretários estaduais, ocupando pastas estratégicas. O então "governador" Jaques Wagner, indicou Geraldo Simões, para a Secretaria de Agricultura e Itabuna não teve nenhum investimento na área; já o professor Adeum Sauer, foi secretário da Educação e não construiu uma só sala de aula na cidade; enquanto Edmon, como secretário de Desenvolvimento Regional, só serviu para ganhar seus próprios salários de marajá. Portanto, é bom que estejamos em festas, com Vivaldo Mendonça como secretário estadual, mas não nos embevedemos muito, pois suas limitações são muitas. 

ITABUNA: CÂMARA E SINDICATO DOS RADIALISTAS FORTALECEM RELAÇÕES

Os  vereadores se reuniram com radialistas hoje à tarde na Câmara
O presidente da Câmara de Vereadores de Itabuna, Chico Reis (PSDB), recebeu em audiência, na tarde desta terça-feira (24), uma comissão de dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Rádio, TV e Publicidade de Itabuna (Stert), liderada pela presidente da entidade, Sônia Amorim. O fortalecimento institucional do Poder Legislativo com os radialistas itabunenses foi o ponto principal do encontro, que contou ainda com a presença do vice-presidente do Stert, Joel Filho, do secretário-geral, Ederivaldo Benedito, de outros comunicadores e dos vereadores Babá Cearense (2º vice-presidente da Câmara), Charliane Souza (1ª secretária), Beto Dourado e Júnior do Trator. “Foi uma conversa altamente positiva, que serviu para fortalecer as relações entre os representantes desta Casa e os profissionais de rádio, TV e publicidade”, avaliou o presidente Chico Reis. Na audiência, também foram discutidos temas relacionados a projetos capazes de contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população itabunense.                

A BAHIA SOB A CARNIFICINA HUMANA

Emboscada junto a Cotef, fez o 10* morto em Itabuna neste ano
O ano de 2017 ainda nem completou seu primeiro mês e, até a manhã de hoje, 10 homicídios já haviam sido registrados em Itabuna. A maioria deles vitimou pessoas com passagem pela polícia e/ou com suspeita de envolvimento com organizações criminosas. Se continuar nesse ritmo, o ano terminará com um número superior a 120 assassinatos, algo extremamente assustador para a sétima cidade da Bahia. É importante salientar que as mortes não ocorrem por falta de vigilância ou empenho por parte dos órgãos que compõem o aparelho de segurança pública, embora seja contigente seja, vertiginosamente, inferior ao existente há uma década. E, se não existisse uma grande articulação envolvendo Estado, Tribunal de Justiça e Ministério Público, a situação certamente estaria ainda pior. Essa tragédia humanitária na Bhaia, não se restringe a Itabuna, pois 180 Homicidios ocorreram em Salvador e Região Metroplitana só nesse ano de 2017. Na manhã desta terça-feira (24) próximo a Clinica Cotef, no bairro Jardim Vitória. Murilo Leone dos Santos Bonfim, de 20 anos, estava saindo da Cotef, onde foi fazer uma revisão na perna, quando foi alvejado mortalmente por diversos disparos de arma de fogo. Já ontem, segunda-feira (23), em um tiroteio na Avenida Bionor Rebouças, bairro São Roque, Anderson, filho de dona Ana do bar,  foi baleado e socorrido para o Hospital de Base, mas já chegou na unidade hospitalar sem vida. Há uma incômoda sensação de que na Bahia, se mata muito mais gente, que comparado a países em guerra. É preciso pôr fim, urgentemente, a essa situação assombrosa. A população quer voltar a ter tranquilidade e dias de paz.

23 de janeiro de 2017

EX-MINISTRA DIZ QUE A CORRUPÇÃO NO PAÍS LEVOU AO CAOS NAS PENITENCIÁRIAS

A baiana Eliana Calmon permanece sem papas na língua
Ministra aposentada do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Eliana Calmon analisou os últimos acontecimentos do cenário político no Brasil. Em conversa exclusiva com a Tribuna, ela traçou o panorama do país e falou sobre temas importantes, como o andamento da Operação Lava Jato após a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, em um acidente aéreo no litoral de Paraty, no Rio de Janeiro, e a crise carcerária escancarada com rebeliões e mortes em presídios brasileiros nos primeiros dias do ano. Para a ex-ministra, o Brasil já conseguiu avançar no quesito econômico, mas os escândalos ainda impedem o presidente Michel Temer de ter a governabilidade necessária. “Temer tem de contornar e fazer essa política que é a política que eles dizem de coalizão, não é enfrentamento, e começar a dividir com as nomeações, para não desagradar aqueles de quem dependem as aprovações dessas reformas que são imprescindíveis e essenciais. Ele sempre fez isso com muita competência, mas as coisas estão tão difíceis, e ele numa posição difícil também, está tendo dificuldades, principalmente porque a equipe dele está misturada com diversos elementos que a cada hora aparecem como um daqueles que não mereciam a confiabilidade dos brasileiros. Agora, qualquer sensato tem que defender a permanência do presidente Temer para nós termos alguma estabilidade. Com ele pode estar ruim, mas pode ficar muito pior sem ele”, disse ela.

JUSTIÇA PERMITE CANDIDATURA DE RODRIGO MAIA NA CÂMARA

Justiça liberou candidatura de Rodrigo Maia à reeleição na Câmara
O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), desembargador Hilton Queiroz, suspendeu a decisão proferida na última sexta (20) por um juiz de Brasília que impedia o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de concorrer a um novo mandato à frente da Casa. A eleição que escolherá o novo presidente está marcada para o próximo dia 2. Com a decisão, o deputado torna-se novamente apto para disputar o cargo. Ainda tramita, porém, no Supremo Tribunal Federal (STF), outro pedido para impedir sua reeleição, ainda sem decisão. Na última sexta, o juiz federal substituto Eduardo Ribeiro de Oliveira, da 15ª Vara Federal de Brasília, de primeira instância, atendeu ao pedido de um advogado para barrar a candidatura de Maia. O argumento é que ele seria privilegiado na disputa, já que, como presidente da Câmara, também conduzirá a eleição. Na decisão, Hilton Queiroz derrubou a liminar (decisão provisória) de Oliveira por entender que houve violação à separação de poderes, princípio segundo o qual o Judiciário não deve intervir em assuntos internos do Legislativo. Para o desembargador, a Constituição não proíbe expressamente a reeleição de um presidente da Câmara após um “mandato-tampão”, como o de Maia, que assumiu o cargo no ano passado após a renúncia do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Uma decisão mais efetiva sobre a possibilidade ou não de Maia ser reeleito ainda poderá ser tomada no Supremo Tribunal Federal (STF). Na semana retrasada, a presidente da Corte, Cármen Lúcia, pediu a Maia uma manifestação com urgência sobre pedido semelhante para impedi-lo, apresentado pelo deputado André Figueiredo (PDT-CE), que também é candidato à presidência da Câmara.

SENADO PODE DAR FIM À IMUNIDADE TRIBUTÁRIA PARA IGREJAS

Muitos charlatões estão ficando milionários com igrejas
Está em análise no Senado a sugestão legislativa, que pede o fim da imunidade tributária para entidades religiosas. Iniciada por uma internauta no portal E-Cidadania, a consulta obteve mais de 20 mil apoios e passou a ser analisada pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH). Se aprovada pela comissão, pode virar projeto de lei. A sugestão é uma das mais populares em número de votos no portal. Até a tarde desta quinta-feira, havia recebido 95.577 votos a favor e 82.673 contra. Na comissão, o relator é o senador José Medeiros (PSD-MT). Ele recebeu a relatoria em outubro, após dois outros senadores designados para a tarefa terem devolvido o texto para redistribuição e outro ter deixado a CDH. A ideia foi apresentada por Gisele Helmer, moradora do Espírito Santo. Publicada em março de 2016 no portal, a sugestão obteve o número necessário de votos (20 mil) em junho do mesmo ano.  A autora apontou os escândalos protagonizados por líderes religiosos. Além disso, argumentou que o Estado é laico e que qualquer organização que permite o enriquecimento dos seus líderes deve ser tributada.

APÓS CAMPANHA, PASTOR CONSEGUE ARRECADAR R$ 8 MILHÕES

Falsos profetas e charlatões estão proliferando em todo o país
Além de ter sobrevivido a uma tentativa de assassinato o pastor Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial, conseguiu outros dois “milagres” só neste mês: os templos voltaram a ficar lotados e ele já obteve os R$ 8 milhões que pediu aos fiéis para bancar um mês de seu canal, a Rede Mundial. Conforme Uol antecipou, Valdemiro iniciou a campanha de doação para a TV logo após ter alta do ataque sofrido de um fiel, que o atingiu a golpes de facão. Em um dos programas de seu canal 32.1 UHF (também presente na Net no canal 25), Valdemiro pediu que 8.000 de seus seguidores aceitassem o “desafio” de doar R$ 1.000 para ajudar na tele-evangelização. Segundo esta coluna apurou, na semana passada a meta já havia sido não só alcançada, mas superada. Segundo o pastor, R$ 8 milhões seria o custo mensal para bancar a emissora por cerca de um mês, mas provavelmente esse valor deve cobrir também as operações das muitas rádios que a Mundial tem espalhadas pelo país. Outro “milagre” relatado por fontes da igreja à coluna é que, após o ataque, os templos da Mundial voltaram a ficar lotados como ocorria cerca de cinco anos atrás. Não há dados exatos sobre o número de fiéis da igreja de Valdemiro Santiago. A última mensuração oficial (do IBGE) data de 2010 e apontava então 315 mil fiéis. Porém, esse número certamente é muito maior, já que há muitos evangélicos que se recusam a dizer que linha seguem. A igreja está instalada em cerca de 20 países.

A GUERRA QUE SÓ PODE SER VENCIDA POR TODOS

Guerra contra o Aedes Aegypti deve ser constante em Itabuna
Enquanto os agentes de endemias percorrem vários bairros de Itabuna fazendo visitas domiciliares com o intuito de orientar e alertar a população sobre a necessidade de eliminar possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, os trabalhadores da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano - SEDUR - têm realizado diariamente a limpeza e o recolhimento de entulhos em diferentes comunidades da cidade. O trabalho em equipe e bem executado é essencial quando se trata do enfrentamento ao terrível mosquito, que não é mais conhecido e temido apenas por transmitir a dengue, mas também a zika e a febre chikungunya, o que faz com que a preocupação de todos seja ainda maior. É importante salientar, contudo, que os meios de combate são os mesmos de sempre, e a população já sabe de cor. Os cuidados vão desde a limpeza dos quintais até não deixar água parada em quaisquer recipientes. Vale reforçar que mais de 70% dos criadouros estão dentro de quintais e das casas. Portanto, não adianta somente a mobilização de agentes de endemias e trabalhadores da Sedur, é essencial que haja a contribuição também de cada morador. Resumindo: o dever é de todos!

JUÍZES DEFENDEM NOMEAÇÃO DE MORO PARA VAGA DE TEORI NO STF

Sérgio Moro é quase unanimidade nacional, para substituir Teori Zavascki
Um dia depois da morte do ministro Teori Zavascki em um acidente aéreo, uma corrente de juízes federais já defende que o presidente Michel Temer indique o juiz Sérgio Moro – responsável pela Lava Jato na primeira instância – para a vaga aberta no Supremo Tribunal Federal (STF).  O nome de Moro surgiu em conversas internas de magistrados da Justiça Federal. O argumento desses juízes é de que Moro é o maior conhecedor da Operação Lava Jato, cujo relator no STF era Teori. No total, estão em andamento na Corte cerca de 40 inquéritos contra 13 senadores e 29 deputados federais.  Contra o juiz pesa a proibição de assumir todos – ou ao menos boa parte – dos processos da Lava Jato, pelo fato de ele ter conduzido os trabalhos na primeira instância, como titular da 13ª Vara Federal de Curitiba.

22 de janeiro de 2017

JOVENS ESTÃO SENDO COOPTADOS NO SISTEMA SÓCIO EDUCATIVO

Muito menores de idade são maiores e mais perigosos que adultos
Facções criminosas de âmbito nacional estão em guerra. Trata-se de uma guerra de organizações fora da lei entre si e do Estado contra esses grupos. Os resultados são conhecidos e as causas também, dentro e fora dos estabelecimentos prisionais. A resposta estatal está sendo amplamente divulgada: mutirões processuais, transferências de presos, novos presídios, Força Nacional e, agora, as Forças Armadas. O investimento será bilionário. Tudo porque não foi feito o que a legislação determina há muito tempo: ressocialização. Ocorre que essa guerra entre facções criminosas chegou às unidades onde se encontram os adolescentes e jovens adultos que cumprem internação provisória, internação permanente e semiliberdade pela prática de atos infracionais. Isso significa que o Estado, também nesse setor, não fez o que a legislação determina: socioeducação. Os jovens socioeducandos comportam-se como presidiários, porque assim são tratados. As unidades de internação são verdadeiras cadeias. Guardadas as devidas proporções, o sistema socioeducativo é ainda pior que o sistema prisional. Não há mão de obra estatal suficiente e qualificada, além de serem muito mal remunerados e com vínculo precário. Falta o básico e o que existe é improvisado. A despeito de tal realidade não ter sido noticiada e, pior, a reação estatal que busca corrigir os erros do passado na condução do sistema penitenciário não contempla a prevenção e não se estende ao sistema socioeducativo. Desse modo, ao invés de educar pessoas em condição peculiar de desenvolvimento para serem cidadãos produtivos, as unidades de internação e semiliberdade continuarão a fornecer jovens filiados a facções criminosas e plenamente formados para o mundo do crime. Apesar de serem áreas conceitualmente distintas, ressocialização e socioeducação, a cruel realidade hoje as nivela. Tudo o que existe de errado nas prisões está sendo replicado nas unidades de internação e de semiliberdade de adolescentes e jovens adultos, com o agravante de ser o sistema socioeducativo muito mais carente de recursos materiais e humanos e ter o diferencial de demandar forte investimento em educação formadora. Seria realmente oportuno que o esforço bilionário estatal não esquecesse do sistema socioeducativo e providenciasse melhores condições para as unidades de internação e de semiliberdade, assim como para os setores responsáveis pela liberdade assistida e prestação de serviços à comunidade.

MAIS DE 67 MIL BAIANOS PERDERAM EMPREGOS EM 2016

Muitos baianos estão no "olho da rua", por causa do desemprego
A crise econômica atingiu em cheio o mercado de trabalho da Bahia no ano passado. Em todo o estado, foram eliminados 67.291 postos de trabalho formais, segundo o Caged – o pior resultado em toda a região Nordeste. O setor de serviços liderou as demissões, com o corte de mais de 25 mil vagas. Em seguida aparecem a construção civil (-19.783) e o comércio (-14.518). A indústria de transformação também encerrou 2016 com saldo negativo (-5.275), mas trouxe ao menos uma boa notícia: a recuperação do setor calçadista, responsável pela geração de 3.312 empregos celetistas.  Com sua economia fortemente ancorada no setor de serviços e de comércio, Salvador amargou ao longo de 2016 o fechamento de exatos 25 mil postos de trabalho com carteira. A vizinha Lauro de Freitas, com perfil econômico parecido, cortou quase 14 mil. Com a redução da atividade industrial, Camaçari eliminou mais de 5 mil vagas. Feira de Santana, o segundo maior município do estado, perdeu quase 6 mil empregos e, Vitória da Conquista, outros mil. O destaque positivo foi Juazeiro, que criou no ano passado 1.956 novas oportunidades de trabalho com carteira.

RUI MANOBRA PARA TIRAR WAGNER DA ROTA DE MORO

Wagner entrou e cena e Rui será seu "Boneco de Ventríloguo"!
O ex-governador Jaques Wagner (PT) foi confirmado como secretário de Desenvolvimento Econômico (SDE), no lugar de Jorge Hereda. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa em seu perfil oficial do Facebook. Wagner está sendo investigado pela operação Lava-Jato, da Polícia Federal, como suspeito de receber dinheiro irregular para campanha de 2010. Desse modo o ex-governador ganhou Fórum Privilegiado nas investigações. Além de Wagner Rui alocou quatro outros novos secretários. Na Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), deixa o cargo Carlos Martins e assume Fernando Torres; como pensou Otto Alencar, na Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) deixa Manoel Mendonça e assume Vivaldo Mendonça; na Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), deixa o cargo Álvaro Gomes e entra Olívia Santana, que será substituída na Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) por Julieta Palmeira. "Montamos um time vitorioso, mas às vezes as trocas são necessárias, pois servem como instrumento de motivação. Vamos continuar trabalhando duro, dia a dia, visando cumprir com os compromissos que assumimos com a Bahia.", disse, na nota, o governador Rui Costa. Com o anúncio de Wagner como secretário, o ex-governador e ex-ministro da Casa Civil, que é investigado pela Operação Lava Jato, ganha foro privilegiado e fica impedido de ser julgado em primeira instância.

21 de janeiro de 2017

ATEUS RECLAMAM DA DIFICUDADE DE SEREM ACEITOS POR NÃO CREREM EM DEUS

"O Brasil é um país difícil para os ateus, diz Gregorio Duvivier
"Se você não acreditar em Deus, você tem o demônio no corpo." Assim o ator Gregorio Duvivier, 30, descreve a reação de boa parte da população religiosa brasileira diante de alguém que se declara ateu. O ator revela que nunca teve uma formação religiosa e, por isso, não enfrentou problemas em sua relação com amigos e familiares por ser alguém que questiona a existência de Deus. Mas o próprio Gregorio faz coro a uma reclamação da maioria dos ateus no país: a de que, em geral, a sociedade brasileira tem dificuldades em entender e aceitar aqueles que não professam nenhuma fé religiosa. "O Brasil é um país difícil para os ateus porque nós somos uma minoria realmente pequena", avalia o ator. "É um país onde todas as pessoas têm não só uma religião, mas várias, e onde acreditar em qualquer coisa parece mais sensato do que não acreditar em nada." Um dos criadores do grupo Porta dos Fundos, que já abordou diversas vezes a religião em seus vídeos na internet, Gregorio diz que é natural fazer humor com temas tabus e que o riso deveria ser uma arma contra o fanatismo. "Os cristãos têm bancada no Congresso e estão mais bem representados do que qualquer um", afirma. "Por isso, não vejo problema nenhum em rir deles, até porque você está rindo, em geral, dos fanáticos, dos falsos profetas." Segundo pesquisa Datafolha realizada em dezembro de 2016, 1% dos brasileiros são ateus. O levantamento ouviu 2.828 maiores de 16 anos em 174 municípios e tem nível de confiança de 95%. A dificuldade de aceitação de ateus pelos religiosos fez crescer nos últimos tempos o uso de uma expressão popularizada pelo movimento LGBT: o "sair do armário". Tradicionalmente associada à decisão de uma pessoa de assumir em público a sua orientação sexual, a expressão também passou a ser usada pelos ateus que resolvem tornar pública a sua postura em relação à religião. "É uma metáfora boa. São pessoas que têm um entendimento de si que, em um certo momento da vida, resolvem tornar público, seja orientação sexual ou de ordem religiosa", afirma Rafael Quintanilha, pesquisador do Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento), que atualmente faz um mestrado na USP sobre os discursos ateístas no Brasil. "A expressão é feliz também porque o movimento LGBT tem se mostrado um grande aliado do movimento ateísta nas suas reivindicações públicas", acrescenta. "Normalmente são agentes religiosos dentro da política que impõem certas propostas que restringem os direitos LGBT e, ao mesmo tempo, restringem a noção de Estado laico dos ateístas." Por Diego Toledo

MEDO DE DOR NÃO É RAZÃO PARA CESÁREA

Qual o Melhor Tipo de Parto a Fazer, Cesariana ou Normal?
As mulheres gostam de partos cesáreos? Ou são os médicos que preferem? Fato: é a junção da fome com a vontade de comer. Médicos lucram mais com partos cesáreos. Porque são mais rápidos e previsíveis. E as mulheres têm a noção de que não vão ter dor com esse tipo de intervenção – embora essa não seja uma verdade. Fato é que o parto normal cansa. A mulher cansa, a criança cansa, o médico cansa. Mas é o normal. O nome diz tudo. As novas políticas do Ministério da Saúde para tentar conter a predileção desenfreada pela cesárea passam pelos riscos para a mãe e o bebê. Esperar o momento do nascimento é a essência da gravidez. A mulher está esperando. A família está esperando. Intervir nessa espera, acelerar o processo, é antinatural. É claro em que existem casos onde a cirurgia é recomendada. Quando a mãe tem problemas de saúde ou quando o bebê está em sofrimento dentro da barriga. Pronto. Essas são as recomendações para a cesárea. Conveniência também não. Só tem uma coisa: a vontade de cada mulher deve ser respeitada. E isso muda qualquer lei imposta. Eis o grande dilema: mudar a mentalidade dessa geração de mulheres e médicos que acredita ser tranquilo alterar o modo de nascimento por motivos que não passam por reais problemas. A mulher tem de assimilar que a cirurgia está aí para uma necessidade. Os médicos têm de retomar a essência de sua profissão enquanto obstetras – além de interesses econômicos. Bebês que são tirados da barriga antes da hora, pela simples conveniência, muitas vezes têm problemas de saúde por toda vida. É um preço bem alto a se pagar.

20 de janeiro de 2017

O TRABALHADOR E SEUS ENTRAVES NO BRASIL

Não são poucas as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores
Estudos internacionais comprovam que o Brasil precisa de quatro trabalhadores para produzir o que apenas um trabalhador norte-americano produz. Isso: o que um norte-americano faz sozinho, no Brasil, são necessárias quatro pessoas para dar conta. E isto é vergonhoso. A distância vem crescendo, levantamento após levantamento. Hoje, os índices brasileiros estão próximos à década de 50. É claro que muita gente vai bradar: essa mania de comparar tudo com os Estados Unidos, de fazer daquele país o parâmetro para medir o mundo. Mas é o fato. A produtividade norte-americana não pode ser contestada. No Brasil, não existe incentivo real para melhorar a qualidade educacional. A qualificação profissional é algo pouco incentivado – tanto em empresas públicas, quanto nas particulares. Não se investe dinheiro para melhorar a produtividade, com gastos em infraestrutura e inovações tecnológicas. O resultado se apresenta, impiedoso. A resposta que o brasileiro dá a isso, independente dos programas e ações do governo deveria ser questionada e pensada. Enquanto as empresas deveriam rever seus modelos de produção, os funcionários devem estudar sua conduta – não apenas no trabalho, mas diante da vida. O triste costume brasileiro de deixar tudo para depois, a famosa procrastinação, sem falar na mentalidade tacanha de “vou fazer o mínimo necessário”, são respostas que não podem ser atribuídas ao sistema de ensino ou à falta de investimento governamental neste setor. O comportamento das pessoas é a chave e mudá-lo está nas mãos de cada um.

PRESO RECEBE VISITA DE IRMÃO GÊMEO, TOMA SUA IDENTIDADE E FOGE DA CADEIA

Giancarlo ficou preso no lugar de seu irmão gêmeo Alexander
Um preso peruano bolou um plano de fuga cinematográfico para escapar da cadeia de Ancón 1 pela porta da frente. Alexander Jeferson Delgado Herrera, de 27 anos, dopou seu próprio irmão gêmeo para assumir sua identidade e fugir da penitenciária de segurança máxima. A informação é do jornal "La Republica". A fuga ocorreu no último domingo (8). No fim da manhã, Alexander recebeu a visita de seu irmão gêmeo Giancarlo Steven, que foi levar alimentos e cartas de familiares. Durante a visita, Alexander deu um copo de refrigerante para o irmão, que acabou adormecendo. A polícia investiga se havia algum tipo de sedativo na bebida. O preso, então, trocou de roupa com seu gêmeo e saiu, passando pelos seis portões da cadeia. Nenhum guarda o parou ou checou se o detento tinha um carimbo no braço, algo obrigatório para todos os visitantes da unidade. Somente durante a tarde, a polícia se deu conta da troca de irmãos na cadeia. Um exame de digitais confirmou que Giancarlo, e não seu irmão, estava preso. Alexander havia cumprido dois anos de sua pena de 16 anos por roubo e abuso sexual. Ele agora está na lista de foragidos da polícia peruana. Já Giancarlo foi, inicialmente, acusado de ter favorecido o irmão. Ele nega a ajuda e diz ser vítima do caso. O diretor da penitenciária e outros seis funcionários estão sendo investigados em um processo interno por conta da fuga de Alexander.

A INOCÊNCIA PERDIDA SÓ PODE SER REENCONTRADA ATRAVÉS DA EDUCAÇÃO

Apenas Educação, Família e Religião podem formar cidadãos
Cadeia regenera alguém? Difícil. Com essa pergunta simples, seguida da resposta ainda menos complicada, podemos tecer várias linhas de raciocínio. Um menor de 16 anos tem uma capacidade inferior de compreensão se comparado com um jovem de 18? Não. Porém, a discussão em torno deste tema não pode ser tão rasa. São mais de 85% os brasileiros que concordam com a redução da maioridade penal, de acordo com pesquisas de opinião pública. O motivo que leva essas pessoas a defender a redução é a criminalidade e o constante uso de menores para assumir a culpa de delitos. A verdade é: está tudo mais que errado. Esses jovens que cometem crimes, infelizmente, estão perdidos. O caminho deles deve ser discutido da mesma forma como dos outros membros da população carcerária do Brasil. Não há como suavizar a questão. A inocência está perdida – há tempos. Mas – e sempre tem um mas – a grande discussão de toda a sociedade brasileira deveria ser: o que podemos fazer para que os jovens não cheguem a cometer crimes? As propostas que deveriam ser elaboradas e pensadas deveriam ser aquelas que afastam as crianças e adolescentes do caminho errado. E neste país, infelizmente, as mentes que o comandam não estão interessadas em – de fato – melhorar a vida da população. Então, cria-se um debate completamente errado para desviar o foco do povo diante do real e mais profundo problema da nossa sociedade: a falta de comprometimento com a Educação. Porque tudo – absolutamente tudo – o que está errado neste país se resolveria com uma população mais instruída. Da criminalidade ao gosto musical, por exemplo. Tudo ficaria menos pesado se as pessoas tivessem acesso a professores motivados e pais engajados na tarefa de cuidar e amparar seus filhos. Porque sim, Educação não é só escola. Educação é berço, amor e comprometimento. Se reduzir a maioridade penal resolve o problema da violência? É claro que não. O que resolve a violência é um investimento pesado em ensino e qualidade de vida para a população sofrida – muito além de assistencialismo simplório e escravizador. Mas quem está interessado nisso, não é mesmo?

19 de janeiro de 2017

A TEORIA DA CONSPIRAÇÃO NA MORTE DE TEORI

Teorias de conspiração contra autoridades invadem a internet
Mal o avião caiu e a boataria decola nas redes sociais. Os Sites, Blogs, Twitter, Facebook já estão falando. Mas, por favor, tente não acreditar em nenhuma das teorias da conspiração envolvendo a morte do ministro Teori Zavascki. Como era o relator da Lava-Jato, a primeira coisa que passa pela cabeça de quase todo mundo é o que vai acontecer com a operação. Até aí, faz parte e é saudável. Bem diferente é chegar a conclusões sem nem saber exatamente o que aconteceu. “Ah, quem se safa com isso é o Congresso.” “Foi o PT!” “Estranho, logo agora que estava chegando nos tucanos!” Logo tem gente dizendo que foram os americanos ou sabe-se lá quem mais. Isso faz parte desse nosso mundo da tal pós-verdade, em que primeiro vem a teoria e depois, quem sabe, a confirmação. Derrubar um avião não é muito fácil. Mas, mesmo que fosse. A aeronave era de um amigo do ministro. O amigo mandou matá-lo? Acidentes, infelizmente, acontecem. Claro que nenhuma possibilidade deve ser descartada. Mas, uma dica que é sempre importante: não acredite em tudo que lê. Principalmente em teorias da conspiração. Normalmente é pura bobagem. É claro que a internet se dividiu em quem acredita que foi mero acidente e quem acredita que não. Uma das teorias que estão circulando pelas redes sociais envolve uma declaração do filho de Teori, Francisco Zavascki. Em maio de 2016, o filho do ministro usou a sua página do Facebook para alertar que, se algo acontecesse com alguém da sua família, as pessoas deveriam saber onde procurar, pois a operação Lava Jato estava mexendo com "criminosos do pior tipo".  Já outra, que também fala em sabotagem, compara a morte do ministro com o caso do ex-presidente da Câmara dos Deputados Ulysses Guimarães, ocorrido em outubro de 1992. Houve um acidente de helicóptero exatamente na mesma região, que matou Guimarães e sua esposa, além do senador Severo Gomes e também sua mulher. Além de ninguém a bordo da aeronave ter sobrevivido, o corpo de Ulysses desapareceu no mar. Como Ulysses lutou contra a ditadura militar, apoiou Tancredo Neves e garantiu a posse de José Sarney na presidência da república, em 1986, ficou conhecido como Senhor Democracia e conduziu a Constituinte de 88. Ele foi membro ativo no impeachment do ex-presidente Fernando Collor. Justamente por ter sido da oposição ná época de Collor, muitos acreditam que o acidente com o político foi armado.  A história foi comparada com o caso de Teori Zavascki pois, nos próximos 10 dias, o ministro daria seu parecer no futuro da operação Lava Jato no Supremo. Ele estava ligado diretamente com a homologação das delações premiadas dos executivos da Odebrecht, e avaliaria os depoimentos na próxima semana. Para muitos, houve sabotagem do avião para que a Lava Jato fosse prejudicada. MAIS ACIDENTES ENVOLVENDO AVIÕES E FIGURAS POLÍTICAS: O candidato a governador da Bahia, Clériston Andrade, também morreu em um acidente aéreo em 1982. O acidente ocorreu poucas semanas antes da eleição.  Em 1987, outro acidente aéreo entrou para a história nacional. Foi quando o ministro Marcos Freire, titular da pasta da Reforma Agrária, morreu quando o avião em que viajava explodiu logo após a decolagem. Na aeronave estava também o presidente do Incra, José Eduardo Raduan, e alguns funcionários do ministério.  O nome do candidato à presidência da República em 2014, Eduardo Campos, surgiu nos Trending Topics do Twitter após a morte do ministro. Mas não é de se espantar que o nome do político tenha aparecido na lista de mais comentados, uma vez que ele também faleceu em um acidente de avião às vésperas das eleições e que até hoje tem sua procedência questionada pelos mais céticos. Para muitos usuários, a morte do ministro não vai interferir negativamente no andamento da operação Lava Jato. Para outros, o caso não passa de acidente, e acidentes acontecem. Seja como for, sendo acidente ou não, uma coisa é certa: a política no Brasil não é para amadores. 

REFORMA ADMINISTRATIVA: CÂMARA SÓ RETOMA DEBATE SEMANA QUE VEM

Chico Reis comanda reforma administrativa
A Câmara de Vereadores de Itabuna suspendeu temporariamente o debate, e votação, em plenário, do projeto da reforma administrativa proposta pelo prefeito Fernando Gomes (DEM). A decisão foi tomada na tarde desta quinta-feira (19) durante sessão plenária do Poder Legislativo e que durou apenas alguns minutos em função de questionamentos levantados pelo Ministério Público Estadual, que apontou inconstitucionalidade em um dos artigos do projeto que trata de valores salariais  na  prefeitura.  “Por conta disso, consultamos o nosso departamento jurídico, que confirmou a inconstitucionalidade, o que nos levou a devolver o projeto ao Executivo para que o prefeito faça as adequações necessárias”, atesta o presidente da Câmara, Chico Reis (PSDB).  Agora, a discussão e consequente celeridade da reforma administrativa dependem única e exclusivamente do Executivo  porque os vereadores terão que aguardar as adequações para, depois disso,  reiniciarem  as discussões sobre o assunto, o que deverá ocorrer somente no inicio  da semana que vem.

A IMPUNIDADE EMPURRA A SEGURANÇA PARA O PRECIPÍCIO

Por que tanta impunidade, se ela fomenta a criminalidade?
Como todos sabem, o crescimento da criminalidade não é um problema que atinge apenas Itabuna. Muito pelo contrário, em outras cidades brasileiras o cenário é ainda mais grave, inclusive em cidades considerados as mais ricas do país. É certo também que os percalços na área de segurança pública não são simples de ser sanados. O setor sofre bastante com a ausência de políticas públicas que gerem resultados positivos e também em função do quadro reduzido de profissionais de praticamente todas as funções. Aliado a isso, a frouxidão do ultrapassado Código Penal, que é cheio de brechas e prevê uma série de regalias aos transgressores da lei, acaba encorajando milhares de homens e mulheres a seguirem pelo mundo do crime, na certeza da impunidade. Enquanto isso, os nobres deputados federais e senadores, que têm a responsabilidade de legislar e já deveriam ter atualizado o Código Penal, ignoram o clamor da sociedade e há algum tempo preocupam-se apenas em se locupletarem do erário. Dessa forma, não há como obter avanços na área de segurança pública e em outros setores importantíssimos. Até quando a população vai aguentar tanto descaso?

18 de janeiro de 2017

MEUS PARABÉNS ESPECIAIS PARA AUGUSTO CASTRO

Augusto Castro é um grande amigo que vi crescer, vencer e convencer
Amigo Augusto Castro, hoje é o seu dia, um dia mais que especial e feliz na vida de todo mundo que tem o privilégio de ter você como amigo. Eu nem precisaria lhe desejar um feliz aniversário, porque para pessoas como você o dia em que se completa anos não poderia ser diferente, é sempre um dia de festa! Hoje, você faz aniversário e espero que o dia já lhe felicite com um belo sorriso do sol entrando pela sua janela, para que você possa sentir a graciosidade da vida e como ela se revela feliz nas pequenas coisas. Desejo que durante todo o seu dia, muitos amigos e familiares se lembrem de você, e que lhe digam palavras bonitas, dizendo como você é importante e especial, e como lhe desejam a felicidade. E espero que à noite, você possa estar cercado das pessoas que ama, dos amigos e entes mais próximos e queridos, e receba muitos abraços e beijos, e carinhos sem fim. Desejo também que a vida lhe dê todos os presentes que você quiser, e lhe dê muita força para lutar por aquilo que acredita que lhe fará feliz. Desejo que você seja alegre, mesmo quando vier a chorar; que você seja sempre jovem, mesmo quando o tempo passar; que você tenha esperança, mesmo quando o sol não nascer; que você ame seus íntimos, mesmo quando sofrer frustrações; que você jamais deixe de sonhar, mesmo quando vier a fracassar e que Deus permaneça o abençoando com dádivas de muita paz. harmonia, propseridade, saúde e felicidade. Parabéns e felicidades hoje e sempre, meu querido amigo e deputado estadual, Augusto Castro!